História 12:50 Daddy - Capítulo 76


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Personagens Anastasia Steele, Christian Grey, Jason Taylor
Tags Amor, Daddy, Sexo
Visualizações 89
Palavras 238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Daddy Narrando.

Capítulo 76 - Capítulo


Peço para Gil pegar vestidos para Júlia,e preparar algo para eu comer,estava com fome e não tinha comido durante o dia,Depois de devorar todo conteúdo que tinha no prato,Tomo um banho rápido e saio de volta para o hospital, Levando comigo tudo que Júlia iria precisar.

--------- ----------

Depois de entregar a bolsa para a enfermeira,sou liberado para dormir no quarto de Júlia, lhe fazendo companhia.

Entro e fecho a porta,Respirando fundo ao olhá-la tao fragilizada na cama do hospital.

Sim,era triste não ver seu sorriso...era triste vê-la naquela situação por minha culpa.

Ao me ajeitar na cadeira,Fico olhando para Júlia,Ela simplesmente me tira o ar,Meu coração não podia pertencer a outra,somente Júlia era capaz de me ter assim,Tão apaixonado.

Doía tanto meu peito...

Sem perceber uma lágrima rola sobre meu rosto, Não estava me importando,a única vontade era Vê-la salva em casa.

-Agora eu sei oque é Amor-

-Britney...-

-Não me expulse,Eu Não posso fazer mais mal a ela-

-Como vou lhe expulsar?Já até mandei  para o inferno e não foi,Nem tirando sua vida,Isso deu jeito.-

Britney sorrir com meu comentário e Me olha.

-Eu não vou,até você me perdoar por tudo...-

-Eu perdôo, Pronto,já pode ir?- Pergunto ironicamente.

-Você saberá a hora certa,Seu coração não está me perdoando,Apenas palavras saíram da sua boca.-

-Eu não quero conversar com morto,Principalmente a morta que causou a desgraça da minha vida.- Rosno indignado.

O silêncio toma conta do local novamente e me sinto livre por alguns momentos, Era assustador isso...

Olho para Júlia.

-Durma bem meus amores!-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...