História 14 Loves In My Life - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Amizade, Amor, Bambam, Bhuwakul, Choi, Família, Friendship, Hoseok, Jackson, Jae Bum, J-hope, Jimin, Jin, Jung, Jungkook, Kim, Kookie, Kunpimook, Love, Mark, Mia, Min, Namjoon, Park, Prince, Rapmon, Romance, Seokjin, Suga, Tae, Taehyung, Tuan, Yoongi, Young, Youngjae, Yugyeom
Exibições 208
Palavras 2.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi genteeeeeeeeeee...

Chegueeeeeeeeeeeei... (era para o capitulo ter saído antes... mas é que eu estava responde os comentários hahaha pra mim essa é a melhor parte)

Leitores (as) novos (as) Sejam Muito Bem Vindos (as)

DESTAQUES:
Yoongi perde a paciência com os garotos
Mark conta seu segredo para o mais novo
Recepção

Caso tenha algum erro ortográfico, por favor, me desculpem.

Lembrando que se você gosta muito da historia comenta e compartilha ela com seus amigos, primos, tios, professores, crush’s, avos, periquitos, cachorros, gatos e por ai vai hahaha
Vamos fazer essa família crescer.

Ótima Leitura...
Beijooo...

Capítulo 45 - Sr. e Sra. Green


                Após Jackson explicar como conseguiu se livrar do policial os garotos decidiram sair daquele posto o mais rápido possível.

                Com a ajuda dos garotos Mia voltou para o banco de trás e sem perca de tempo Yoongi se sentou ao seu lado.

                O garoto a puxou fazendo com que deitasse em seu colo e ficou atento a qualquer movimento dela.

 

 

                - o que vamos fazer? – Seokjin esperou um carro passar por eles e entrou na estrada novamente.

 

                - vamos continuar. – Yoongi acariciava o braço da garota. – quanto antes chegarmos melhor será.

 

                - mas e se ela piorar? – BamBam olhava para trás.

 

                - ela não vai! – Yoongi engoliu seco enquanto tentava convencer a si próprio.

 

                - o silencio dominou o ambiente e após um tempo Jackson disse. – Jimin consegui um presente pra você? – o garoto pegou o papel no bolso e passou para trás.

 

                - o que é isso? – Jimin pegou o papel e leu alto. – ao meu estimado fã...? – o garoto ergueu as sobrancelhas. – policial Kevin?

 

                - Hoseok sorriu lendo junto com o garoto. – me deixa ver direito. – pegou o papel.

 

                - que ___ é essa Jackson? – Jimin olhava com expressão séria para o garoto.

 

                - um autografo. – BamBam riu enquanto negava com a cabeça.

 

                - não gostou não? – Jackson olhou para trás. – ele escreveu com todo amor.

 

                - ___ ___ ___! – Jimin deu uma joelhada no banco do garoto que não agüentou e começou a rir.

 

                - você não vale nada. – Seokjin sorria enquanto se direcionava ao garoto ao seu lado.

 

                - tem quem discorde disso. – Jackson se ajeitou em seu banco.

 

                - me deixa ver também. – Taehyung esticou o braço para conseguir pegar o papel e não conseguiu segurar o riso quando leu. – fã do policial Kevin? Quem diria maninho. – o garoto rapidamente pegou o celular e tirou uma foto. – os outros precisam ver isso.

 

                - ___ ___ Taehyung. – Jimin soltou o cinto e se virou para trás. – me devolve essa ___.

 

                - por quê? – Taehyung segurou o papel com força. – quer guardar para colocar na parede do nosso quarto?

 

                - devolve! – Jimin pegou a mão do garoto e começou a puxar.

 

                -___ ___!!! – Yoongi completamente irritado deu um soco no braço de Taehyung. – parem com essa ___!

 

 

Rapidamente Jimin se virou para frente e se ajeitou em seu banco enquanto Taehyung choramingava.

Yoongi aproveitou a atenção de todos para dar algumas broncas nos garotos e só parou quando sentia Mia se mexer em seu colo.

 

 

                - não... Briga... – a voz da garota estava fraca. – não briga com eles.

 

                - como? – Yoongi arregalou os olhos e respirou fundo. – não os defenda!

 

                - por favor... – Mia abriu os olhos e se virou para conseguir ver o rosto do mais velho. – não...

 

                - Yoongi olhou para a garota. – estou defendendo você.

 

                - Mia sorriu fraco sem abrir os lábios. – mas não precisa brigar...

 

 

                Yoongi respirou fundo por algumas vezes e então assentiu.

                Rapidamente os garotos se olharam estranhando a reação do garoto, mas agradeceram mentalmente por Mia estar ali.

                Por alguns instantes Yoongi se sentiu um tolo em atender ao pedido da garota, afinal nunca havia feito aquilo com nenhuma outra.

Mas aquela situação era diferente, ela era diferente e conseqüentemente o tornava diferente também.

 

 

○○●○○

 

 

                Preocupado demais Mark resolveu parar em um posto com a desculpa de abastecer o carro.

                Aproveitando que os garotos haviam ido ao banheiro, Mark pegou seu celular e ligou para Hoseok.

 

 

                - após chamar algumas vezes o garoto atendeu. – onde estão?...  Ainda?... ___... Estou à uma hora e meia de Phoenix... Em um pequeno posto... Restaurante? – o garoto olhou em volta. – não... É... – Mark limpou a garganta. – estão todos bem? – o garoto engoliu seco após morder o lábio. – hum... Mande o Seokjin acelerar, não vou esperar muito... Beleza.

 

 

                Após desligar a chamada o garoto olhou para o carro e viu o mais velho acordando.

                Sabendo que seus irmãos o jogariam para morrer, Mark se aproximou do carro e contou o que havia acontecido.

                Inesperadamente Jae Bum concordou com a atitude do garoto, mas nem por isso ele ficou sem levar uma bronca.

                Quando os outros voltaram para o carro não perderam tempo para começarem a contar o que havia acontecido.

 

 

                - vocês deveria se envergonhar por entregar ele. – o mais velho negou com a cabeça.

 

 

Jae Bum saiu do carro e se alongou enquanto os mais novos o olhavam confusos.

 

 

                - sei o que aconteceu e o Mark agiu certo. – Jae Bum estralou o pescoço.

 

                - como certo? – Youngjae arregalou os olhos. – a Mia estava precisando de nós.

 

                - por quê? – Jae Bum sorriu e logo negou com a cabeça. – todos nos importamos com ela, mas se estivéssemos todos lá não conseguiríamos ajudar. – o garoto se alongou novamente tentando aliviar as dores em seu corpo. – nessas horas menos é mais.

 

                - Jinyoung deu de ombros e abaixou a cabeça. – Jae Bum está certo.

 

                - ele esta certo? – Mark olhou com expressão séria para o garoto. – ___ ___. – o garoto negou com a cabeça e se afastou pisando duro.

 

                - o que tem de errado com ele? – Namjoon revezou olhares entre o garoto e seus irmãos.

 

                - está cansado. – Jae Bum deu de ombros.

 

                - todos estamos. – Youngjae cruzou os braços em frente ao corpo.

 

                - vou com ele. – Jungkook desviou os olhos do celular e caminhou na direção que o garoto havia ido.

 

                - o que vamos fazer? – Namjoon se encostou no carro e escondeu o rosto do sol.

 

                - Seokjin esta vindo nos encontrar. – Jae Bum olhou para pequena loja de conveniência. – daqui vamos juntos.

 

                - Yugyeom olhou para os garotos e sem saber o que fazer voltou para o carro. – não vejo a hora de chegar.

 

                - todos nós. – Jinyoung entrou novamente no carro, sentou no lugar de Namjoon e deitou no colo do mais novo.

 

                - não sou cama. – Yugyeom empurrou o mais velho.

 

                - e vai deixar de ser um humano vivo se fizer isso de novo. – Jinyoung sorriu enquanto se ajeitava no banco.

 

 

                Yugyeom empurrou novamente o garoto e sabendo que iria apanhar tentou fugir por cima dos bancos.

                Não dando tempo para o mais novo escapar Jinyoung segurou suas pernas e começou a lhe dar alguns tapas.

                 Namjoon e Youngjae acabaram entrando no carro e se juntaram os dois na tentativa de ajudar.

 

 

○○●○○

 

 

                Quando finalmente Jungkook encontrou Mark, o mais novo se aproximou e ficou ao seu lado sem dizer uma palavra.

                Ambos eram muito parecidos, quando não estavam bem buscavam se isolar para conseguir pensar em paz.

                Talvez fosse esse o motivo pelo quão sempre dividiram o quarto.

                Não era preciso muito para um saber o que o outro estava sentindo.

 

 

                - seu rosto ainda está feio. – Jungkook sorriu fraco após olhar rapidamente para o garoto.

 

                - Mark sorriu e negou com a cabeça. – quando ficou tão obvio?

 

                - Jungkook riu e negou com a cabeça. – vocês não estavam brincando?!

 

                - não. – Mark respirou fundo. – cometi um erro... – o garoto mordeu o lábio. – eu já esperava a reação dele.

 

                - tem haver com a Mia? – Jungkook olhava atentamente para o mais velho que com sua reação, esclareceu a duvido do garoto. – quando chegamos vocês estavam de mãos dadas, depois você some e quando aparece estava assim.

 

                - Mark forçou um sorriso e suspirou tentado se aliviar. – eu a beijei.

 

 

                Jungkook sentiu como se seus olhos fossem pular para fora.

                O garoto sabia que algo havia acontecido, mas não esperava aquilo.

                Rapidamente Jungkook teve sua mente invadida por pensamentos e sentimentos confusos.

                Após algum tempo em silencio tentando absorver o que havia escutado o garoto olhou para o mais velho.

 

 

                - posso te julgar?

 

                - não. – Mark olhou para frente.

 

                - beleza. – Jungkook deu de ombros.

 

 

                Ambos continuaram em silencio, pois sabiam que palavras não expressariam, nem explicariam o que pensavam ou sentiam.

                Depois de alguns minutos viram Jimin correndo atrás do Taehyung e resolveram voltar para onde estavam os outros.

 

 

                - onde estavam? – Seokjin os olhou atentamente.

 

                - por ai. – Mark passou pelos garotos e entrou no carro.

 

                - Jungkook coçou a nuca ao ver a reação de Seokjin. –... E a Mia?

 

                - parece ter melhorado. – Seokjin deu de ombros enquanto caminhava ao lado do garoto em direção ao carro.

 

                - na volta podemos pedir o numero do policial Kevin pra você. – Taehyung passou correndo pelos garotos e se escondeu atrás de Jinyoung.

 

                - vou te fazer engolir esse papel e o celular com todas as fotos. – Jimin chegou correndo.

 

                - vem então. – Taehyung ria enquanto usava Jinyoung como escudo.

 

                - já chega vocês dois. – Hoseok puxou Jimin para longe.

 

                - Jinyoung se soltou. – podem me explicar o que esta acontecendo?

 

                - o Jackson... – BamBam começou a falar mas logo foi interrompido.

 

                - não temos tempo para isso. – Yoongi se aproximou. – são quase quinze horas e ainda faltam uma hora e meia de estrada.

 

                - Yoongi está certo não vamos perder mais tempo. – Jae Bum pegou Jimin pela mão e levou até seu carro. – você vem comigo.

 

                - por que eu? – Jimin arregalou os olhos.

 

                - por que se você pedir para comer mais uma vez perto de mim vou cometer um crime. – Yoongi se aproximou do carro.

 

 

                Alguns garotos riram e ao verem o olhar mortal do mais velho correram para seu carro e entraram.

                Mesmo com a garota afirmando que estava bem Yoongi não quis arriscar e continuou ao seu lado.

                Com todos dentro dos dois carros os garotos voltaram para a estrada.

                Completamente exaustos cada minuto na estrada parecia uma eternidade.

 

 

○○●○○

 

 

                Quando finalmente chegaram à cidade Jae Bum pediu para alguém ligar para Yoongi para ter certeza do endereço, já que fazia algum tempo que não ia passar férias ali.

                Sem demora Jinyoung ligou para o mais velho e colocou a chamada no viva voz.

 

 

                - que demora pra atender. – Yugyeom negou com a cabeça.

 

                - oi. – Yoongi atendeu fazendo o mais novo arregalar os olhos.

 

                - Yoongi qual o nome da rua do nosso avô? – Jinyoung aumentou o volume do celular.

 

                - o Jae Bum sabe. – Yoongi respondeu com tom seco.

 

                - NÃO SEI NÃO. – Jae Bum gritou. – EU ESQUECI. – os garotos riram.

 

                - ___. – Yoongi ficou alguns segundo em silencio e após respirar fundo disse. – 730 West Wilshire Drive.

 

                - SEGUE EM DIREÇÃO AO ENCHANTED ISLAND AMUSEMENT PARK. – Jackson gritou.

 

                - quer falar com ele? – Yoongi ficou mais alguns segundos em silencio. – vou avisar o Hektor que estamos chegando.

 

                - BELEZA. – Jae Bum gritou novamente e sorriu.

 

 

                Sem dar tempo de nada Yoongi desligou a chamada e Jinyoung guardou o celular.

                Ansiosos para chegar os garotos não conseguiam ficar em silencio.

                Poucos minutos depois Jae Bum entrou na rua e logo viu o casal idoso os esperando.

 

 

                - aquela é a Zoe? – Youngjae olhava surpreso pela janela.

 

                - onde? – Jimin jogou o corpo em direção a janela.

 

                - entrou naquela casa. – Jungkook apontou.

 

                - sai de cima... Jimin! – Yugyeom empurrou o garoto.

 

                - olhem a avó Fanny. – Hoseok sorriu largamente ao ver a senhora sorrindo em frente à casa.

 

                - VEJA SÓ QUEM CHEGOU. – gritou um senhor enquanto balançava a bengala acima da cabeça.

 

 

                Jae Bum parou em frente à casa de seus avos e desceu junto com os garotos.

                Juntos se aproximaram do casal de idosos que abriram os braços para cumprimentá-los.

                Antes que todos recebessem um abraço do casal, Jackson apareceu gritando enquanto era seguido pelos demais.

 

 

                - oh céus como vocês estão grandes. – a senhora rapidamente abraçou Jackson.

 

                - já a senhora parece que diminuiu. – Jackson riu ao sentir os tapas que a senhora lhe dava.

 

                - você continua o mesmo pentelho não é mesmo? – o senhor puxou o garoto pelo braço. – venha abraçar seu velho.

 

                - vovó Fanny. – BamBam se aproximou da senhora que logo prendeu o garoto em seu braços.

 

 

 

○○●○○

 

 

                Ainda dentro do carro Mia olhava tudo sem conseguir mover um músculo.

                O medo a dominava e mesmo tendo o Yoongi ao seu lado, ela não conseguia ficar calma.

 

 

                - hey. – Yoongi apertou a mão da garota. – não precisa ficar assim, eles vão gostar de você. – o garoto sorriu sem abrir os lábios. – vamos sair.

 

                - Mia negou com a cabeça enquanto mantinha os olhos na recepção afetuosa do casal. – não quero... Eu... Eu vou ficar aqui.

 

                - não vai não. – Yoongi a olhou com expressão séria.

 

                - eles... – Mia olhou para o garoto. – quem são eles?

 

                - Yoongi olhou pela janela e novamente sorriu. – aqueles são nossos avos de consideração. – o garoto fez sinal com a cabeça. – Hektor e a Fanny.

 

 

                A garota olhou atentamente para o casal idoso que abraçava os garotos e sorria demonstrando sua completa alegria em vê-los.

                Seus cabelos e rosto mostravam que já haviam passado por muitas coisas, porém o sorriso de ambos era semelhante ao de uma criança.

 

 

                - não podemos ficar aqui pra sempre. – Yoongi estralou o pescoço e suspirou.

 

                - você pode ir... – Mia engoliu seco. – eu não quero... Eles... O que vão pensar? O que vão dizer?

 

                - não se preocupe com nada. – Yoongi soltou a mão da garota, abriu a porta e saiu do carro. – essa é uma função minha e do Jae Bum.

 

                - Yoongi... – Mia negou com a cabeça e logo a abaixou.

 

                - você confia em mim, certo? – a garota o olhou e Yoongi lhe estendeu a mão. – então vem comigo.

 

 

                O garoto a olhava de forma tão intensa que mesmo não querendo sair dali, quando percebeu já estava segurando em sua mão.

                Com um braço Yoongi abraçou a garota pela cintura e com a mão livre segurou a mão dela.

                Sem pressa em seus passos o garoto a guiou em direção a sua família.

                Quando perceberam a aproximação dos dois a atenção de todos se voltou para eles.

                Percebendo que a garota havia vacilado Yoongi apertou sua mão e logo a acariciou tentando lhe transmitir confiança.

                Após alguns passos ambos pararam em frente ao casal idosos que já não sorria como antes.

 

 

                - senhor e senhora Green. – Yoongi se curvou e logo os olhou sorrindo. – quero lhes apresentar uma pessoa muito especial... – o garoto olhou para seu lado. – essa é a Mia.

 

 

                Um silencio dominou o ambiente fazendo a garota sentir um arrepio percorrer seu corpo inteiro.


Notas Finais


E o que vai acontecer agora?
O casal Green vai tratar a Mia muito mal?
Vão ignorar a existência da garota?
Vão questionar a presença dela e a proibir de ficar na mesma casa que os garotos?

Suspencinho só por que amo vocês hahahaha

Até ao próximo cap...
Beijooo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...