História 15 Days Of Life - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Grandine, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Zeref
Tags Nalu
Visualizações 208
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minasannnn me perdoem a demoraaaaa 😥😥😥😥😥 prometo ser mais pontual , viu?
Espero que gostem do capítulo c: fiz com carinho ( isso soou errado , mas tudo bem )
Amo vocês 💙
Boa leitura , morecooss 💙💙💙

Capítulo 4 - Fourth day


Natsu acordou com Lucy o convidando para tomarem café no hotel. 

O rosado decidiu não tocar no assunto da noite passada 

- Bom dia , Lucy...

- Bon jour -Lucy disse sorrindo mesmo percebendo o tom frio do seu colega- bem, vou me arrumar ,ok? 

- Faça isso . Ah, não esqueça de recolher suas coisas. Depois do café iremos para Lyon

- Tudo bem... Vamos de táxi novamente ?

- Não reclame, você não pagou sozinha . E não , não vamos de táxi, iremos com um carro que eu aluguei 

Lucy não se ousou a responder mais nada . Só não entendia por que ele estava a tratando de maneira tão rude 

A loira se dirigiu ao toilette e não demorou como das outras vezes para tomar banho e se arrumar. Desta vez, vestia uma jardineira jeans preta e uma blusa com manga no ombro em tons de vinho , uma botinha também preta , e seu penteado de boxeadora.

Natsu nem se quer olhou para Lucy quando ela saiu. Só pediu licença e entrou no banheiro 

Lucy também acabou ficando séria e de cabeça baixa. Ela se importava em não brigar com seu colega afinal, ainda teria 6 dias com ele e não queria deixar um clima pesado entre os dois.

Enquanto seu colega se arrumava , a loira ajeitou suas malas e desceu para o restaurante do hotel.

O rapaz saiu vestindo uma bermuda marrom, um sapatênis preto e uma blusa com mangas no ombro também preta 

Pegou suas malas e também desceu .

Quando adentrou o estabelecimento , percebeu que Lucy estava diferente. A moça doce mal comia 

- O que aconteceu ?

- Por que se importa ?

- Por que eu não quero passar 6 dias brigado com uma das únicas pessoas cuja presença não me gerou incômodo algum 

- Me desculpe , Dragneel... Eu só me lembrei o que aconteceu ontem e imagino que seja o motivo pelo qual me tratou assim hoje cedo

Lucy respondia a tudo de cabeça baixa 

- Na verdade, fiquei preocupado ... Não acho que uma pessoa que cometa atos desse nível tenha uma vida normal. Aliás , nenhum de nós tem uma vida completamente normal. Quer me contar o que houve ?

- Prefiro esquecer esse assunto , Dragneel

- como quiser , mas coma mais , por favor . Apesar de podermos pagar várias refeições durante o caminho , não quero ter que parar o carro 

- ...

Eles terminaram a refeição e se dirigiram ao carro alugado por Natsu

O veículo era um renault duster 2017 Cor de chocolate 

- Me de suas malas , Luce

- Aqui , pode pegar. 

- Que peso ...  O que carrega aqui?

- Só o necessário

- Misericórdia.... Vamos logo. Quanto mais cedo sairmos, mais cedo chegaremos

Entraram no carro e permaneceram em silêncio até certo ponto da viagem quando a doce moça resolveu se pronunciar 

- O meu pai...

- O que tem ele ?

- Desde que a minha mãe morreu que ele começou a agir como um cretino... Completamente desumano... principalmente comigo... 

- como assim?

- ele me obrigou a trabalhar na empresa e quase me vendeu para alguns sócios em troca de lojas , dólares e um novo prédio como cede  

- O que ?... Que cara mais escroto ...  Por Deus... Me desculpe , mas uma pessoa que faz isso não tem amor nem a si mesmo 

- Eu sei bem disso... Eu não queria te importunar com essas futilidades 

- Futilidades ? 

Natsu pensou duas vezes se era o momento e a pessoa certa para contar sobre sua depressão e , consequentemente , o câncer

- Olha , Luce , eu não sei se é certo eu te contar ... Não contei nem aos meus pais, mas você é diferente....

 Luce, eu tenho câncer no cérebro e em pouco menos de 11 dias será irreversível

 Lucy mal conseguia mover um músculo 

- Alguns especialistas afirmam que doenças mais visíveis decorrem de insatisfações pessoais . Isso significa que foi causado pela minha depressão. 

Do que decorreu a minha depressão? A morte da minha irmã mais nova. O nome dela era Wendy ... Como ela morreu ? Minha culpa... 

- Natsu.... Como consegue sorrir?

- Eu também não sei ... Anos fingindo sorrir ... Costume

- Natsu, por que " vai " se tornar irreversível?

- porque eu decidi não fazer a cirurgia . Que motivos tenho para viver com a dor e o remorso ? Exato , nenhum 

- Natsu, por favor , não desista assim ... Você não tem ninguém ?

- Acha mesmo que alguém como eu teria alguém ?

- Olha, procure um motivo para viver. Algo que te faça levantar todos os dias e ser melhor 

Natsu apenas ignorou Lucy e continuou a dirigir 

Quando chegaram ao hotel em Lyon , puderam respirar aliviados já que haviam vagas de sobra 

Lucy ficou com o quarto 406 e o Natsu com o  805

Natsu entrou no quarto e telefonou para Gray no mesmo instante 

__LIGAÇÃO ON__

- Moshi Moshi , Gray?

- Traveco! Finalmente lembrou da minha existência ... Tá se divertindo tanto com a loira que esqueceu dos amigos né ?

- Deixa de ser escroto ... 

- O que aconteceu pra ter me ligado ?

- Eu contei para ela que eu tenho cancer, que vou morrer e ainda disse o porquê decidi morrer

- Meu Deus do céu , Natsu...

- Eu não sei o que me deu na cabeça... Nunca me abri com alguém que conheço a tão pouco tempo... Nem costumo conversar com pessoas... Estou agindo diferente com ela... Com medo dela se irritar... Se chatear comigo... Isso não é normal , Gray

- HAHAHAHA Você está apaixonado .... Logo você

- EU?!

- Nãoooo magiinaa 

- Deixe de tolices , Gray. Tenho que ir . Vou me arrumar para uma reunião , até 

- Até , seu viado 

__LIGAÇÃO OFF__

No quarto em que Lucy estava , ela conversava com Juvia por video chamada sobre Natsu. 

__ CHAMADA ON __

- Ai amiga... Coitado dele...

- Sim, fico bem triste em pensar que ,daqui a 10 dias, um pessoa doce como ele vai ter a certeza de morte .... Isso me deixa tão aflita.. 

- Lu ... Você ama ele

-  O que ? Não , Ju... Somos meramente amigos 

- Idai ? Vai lá safada . Você consegue conquistar o coraçãozinho quebrado dele e , quem sabe, restaurá-lo 

- Raiai ,Ju... Só você ... Bem, eu tenho que ir. Temos uma reunião daqui a 30 minutos 

- vish... Até , amiga 

- Até , Ju

__CHAMADA OFF__

Lucy trocou de roupa rapidamente , se apropriando de uma calça de cintura alta preta e uma camisa social branca . Usava também um salto de 8 centímetros preto , cabelo solto e uma bolsa da couro fino 

Já no quarto de Natsu , o rapaz já estava pronto vestindo o seu smoking e usando uma bolsa de couro masculina quando começou a sentir tontura 

O jovem repetia a si mesmo " não... Não posso me sentir mal hoje... Hoje não... "


Na frente do hotel, Lucy esperava já impaciente Natsu chamá-la. Ele não era muito pontual , de fato, mas também nunca havia feito esperar por tanto tempo. 

Já angustiada , Lucy subiu e bateu na porta da suíte de Natsu e, sem resposta, desceu a recepção .

-Bonjour, avez-vous la clé de la chambre 805? Je me suis retrouvé en claquant la porte avec la clé à l'intérieur ( Bom dia , a senhora tem a chave do quarto 805? Eu bati a porta com a chave dentro )

- Oui , Ici. il est, prendre plus de soin la prochaine fois, jeune femme ( sim, Aqui está. tome mais cuidado da próxima vez, mocinha )

- oui, merci merci beaucoup  ( sim, muito muito obrigada )


Lucy subiu depressa e , chegando no andar , abriu a porta do quarto ficando sina mais branca com a cena . Natsu estava caído com parte da testa ensanguentada . Ele havia batido a cabeça . 


- NATSU! POR FAVOR , ACORDE ! 


A doce moça gritava com lágrimas nos olhos . 

A loira pediu para que alguns funcionários a ajudassem a levar Natsu até o carro .

Eles colocaram Natsu no carro e Lucy começou a dirigir rápido a procura de qualquer hospital próximo .

Chegou ao hospital e , por conta do nervoso , gritou com os médicos explicando a situação do rapaz . Imediatamente , levaram Natsu para realizar uma tomografia e fizeram 7 pontos na testa do mesmo. 

Acharam melhor Natsu passar a noite no hospital caso houvesse alguma piora

Lucy foi a reunião e explicou que Natsu teve um mal estar e não pode comparecer . 

Ela participou e , mesmo com o nervoso e a preocupação , conseguiu passar segurança e convencer investidores e sócios de Lyon . 

Assim que acabou, passou no hotel e pegou uma muda de roupa para ela e outra para Natsu. 

Quando chegou no hospital , o rosado já estava dormindo no quarto .

A garota abraçou o rapaz que levemente  acordou e começou a fazer carinho na cabeça dela . 

- Que susto que você me deu...

- Obrigado por me trazer ao médico , porém não precisava esquentar a cabeça comigo . Vá para o hotel. Lá é mais confortável 

- Cale a boca e durma. Eu vou estar aqui até você acordar e ter alta

Natsu sorria de canto enquanto Lucy fechava os olhos lentamente já que estava bastante cansada por conta do dia movimentado 


...E permaneceram assim até o quinto dia...




Notas Finais


Eai? Gostaram? Tenso , né?
Bem, obrigada por terem lido 💙
Até 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...