História 17 Invernos - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 9
Palavras 377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpe a demora, tava sem tempo. Fiz um capítulo novo hoje so q com minha burrice acabei excluindo o começo, e eu escrevo pelo celular então não tive como salvar, então vou postar a parte que não excluiu e fica como uma sinópse da que vou postar no próximo capítulo ta. Desculpas desde ja.

Capítulo 3 - Sinópse segundo inverno parte 1


Não tenho pena dessa cara, mais ela esperava tanto por essa oportunidade, ela tinha ido la exclusivamente pra isso. Além do mais uma parte de mim queria ter de novo aquela sensação. Respirei fundo, e tomei outro gole de café.

- Ok.- Balancei a cabeça em sinal de afirmação. Helena agarrou o meu pescoço com um abraço me dando um milhão de beijos no rosto.

-Teamoo amiga.

- ta ta ta. Já chega. - Quando lembrei que eu tava com bafo de atum e café, me desesperei . - Não, não posso ficar, eu  comi sanduíche de atum.

- Não seja por isso amiga. - Ela coloca a mão no bolso no jeans e tira um chiclete. - Aqui chicletinho de menta. -Ela pisca . Quando o jogo começa, e eu abro a embalagem e coloco o chiclete na boca.

O jogo finalmente acabou e o nosso colégio tinha ganhado de virada. As poucas pessoas ali presentes vibrando de alegria, e eu cada vez mais nervosa. As líderes de torcida fazendo a festa e os jogadores comemorando. Saimon estava muito feliz e abraçava seus amigos, quando ele apontou discretamente pra mim. Esse menino realmente so pode estar querendo me matar de nervossismo.
Em quanto os jogadores entraram para o vestuário e as arquibancadas se esvaziavam eu e Helena esperavamos ali sentadas conversando, quer dizer ela tentando me acalmar. Quando um garoto alto, cabelos loiros e olhos azuis fez sinal para Helena. Ele estava sem o uniforme do jogo e tenho que admitir que estava muito bonito. Helena fez sinal de espera pra ele e se virou pra mim.

- Bom estou indo la. Mais tarde passo na sua casa pra saber de tudo em. - Se levantou e foi em direção ao garoto que estava esperando na saida dos visitantes.

Eu gelei enquanto observava Helena ganhado distância. Enfim eu fiquei sozinha, sentada na aquirbancada, no silêncio. Isso so fez eu me perguntar o porque eu não iria embora. Ja que Helena ja tinha saído e eu estava completamente sozinha ali. Foi quando eu ouvir passos ecoando por toda a quadra. Era ele, Saimon Edery estava vindo para me abater, como um leão abate uma presa, e eu , eu não sabia se eu era uma presa fácil.


Notas Finais


😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...