História 2 irmãs, 2 caras e 1 mega confusão - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carter Reynolds, Magcon, Nick Jonas, One Direction, Originais, Shawn Mendes, Victoria Justice, Zayn Malik
Personagens Carter Reynolds, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Nick Jonas, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff, Victória Justice, Zayn Malik
Tags Amor, Brigas, Carter, Confusão, Duo, Harry Styles, Irmãs, Magcon 1d, Shawn Mendes, Taylor Caniff, Zayn Malik
Visualizações 37
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Lírica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oieee, desculpa pelo tempão sem postar, mas agora eu voltei

Capítulo 2 - Vamos fugir


Fanfic / Fanfiction 2 irmãs, 2 caras e 1 mega confusão - Capítulo 2 - Vamos fugir

BOM queria dizer que a vida não esta nada, nadica de nada fácil. é pelo visto a minha vida esta tão ruim quanto comida estragada. Só sei que eu estava preste a ir morar com Anne (minha mãe) e eu não gosto nada disso. Nem um pouco, mas acho que Mary é que não esta gostando nada disso mesmo. ela detesta a Anne.

Pov. Zoe

—não de jeito algum —me revoltei — não vou morar com ela —disse e cruzei os braços

— por que não ? achei que você amava ela —disse Ashley

— quando alguém te chamar na conversa aí sim você entra, até lá fica calada —disse sendo ironicamente Grossa

— filha olha lá o jeito que você fala com ela —disse meu pai bravo

— olha lá o senhor! Eu não quero ir pra helena quero ficar aqui, eu não quero todo esse negocio de arrumar uma escola nova uma casa nova, um namorado, e muito menos arrumar uma mãe que foi embora assim que soube que o marido a traía com uma carne de terceira —ri cínica

— vai deixar ela falar assim de mim? —disse Ashley

— FILHA JÁ CHEGA  —o pai ficou bravo de vez  —vocês vão e pronto, o ônibus sai amanhã de manhã

— mas pai..... —ia me justificar

— nada de mas... já esta decidido —disse ele saindo e  levando Ashley junto

— que saco pai —disse passando a mão no cabelo e andando pelo quarto super revoltada

— o que foi Zoe? —disse Mary  entrando no quarto um pouco preocupada

— o papai já lhe deu a grande noticia?

—que noticia?

— que nós vamos morar com a mãe? —disse super abalada e indignada

— sim ele contou

—e você não me disse nada ? —disse com mais raiva ainda

— ele disse que queria contar pessoalmente

—mas por que será que todo mundo acha que eu ia gostar da noticia ?

—eu acho que ele pensou que, já que você que foi a responsável de separar a mamãe do papai, você gostaria de saber por ele mesmo que você vai morar com  a nossa mãe

— você acha mesmo que eu gosto dela?

—acho, e do papai também

— Olha só, eu não gosto deles. Pra mim são tudo farinha do mesmo saco

— pois pra mim, você só está estressada de mais com toda essa historia de mudar

— e você por acaso esta feliz?

—claro que não! E se lá eu não for popular? E se não tiver amigas? Como vai ser?

—você só liga pra isso não é? —disse meio chateada

— claro que não!  Penso nos nossos pais também. E se eles nunca mais voltarem? E se eles nunca mais voltarem a ser o que já foram antes? Como será que a gente fica? Eu amo o papai e a mamãe também mas o papai eu amo mais. A mãe nos abandonou quando eu era só uma criancinha!

—hey ela não nos abandonou! Foi o papai que fez isso —defendi ela

— ta vendo como você se importa? —ela disse

—claro que não —disse tentando compensar o que eu havia dito antes

— claro que sim

— NÃO! —EU—NÃO—ME—IMPORTO— falei gesticulando e ficando  alterada

— ta bem! Não ‘ta mais aqui quem falou —disse ela andando

— eu não quero ir pra helena, não quero ver a Anne tão cedo

— chame ela de mãe é mais formal —disse ela

— eu chamo ela de Anne mesmo —disse —ela perdeu o direito de me ouvir a chamar de mãe há muito tempo

— ta bem se você acha isso

Pov. Marylin

Zoe estava mesmo decidida a não ir pra helena, e eu também não quero ir,eu não quero ver a mamãe de novo. Não mesmo, não depois do que ela fez com o papai. Eu não gosto nada dela, eu sei que isso é bem ruim de se dizer, porem é a verdade e eu só acho isso.

—vai ficar aí parada ou vai me ajudar a bolar um plano? —disse ela pensativa

— mas não adianta! Papai vai nos levar até ela, eu não gosta Zoe, não mesmo —disse me sentando na cama

— eu sei disso —ela disse me olhando — então me ajuda se você também não quer ir

— estou pensando Zoe fica calma! —disse elevando um pouco a voz

— shiiuuuu !fala baixo —disse ela —quer que o pai descubra?

— não

— então fale mais baixo

— ta foi mal

........

Ficamos um tempo em silencio pensando mais ou menos no que dizer.  Até que ela para de andar e me olha

— vamos fugir —ela estala os dedos — isso vamos fugir

— não, não! Não podemos fugir —disse me levantando

— claro que podemos, vamos embora se não quisermos ir pra casa da Anne —disse ela gesticulando

— mas essa não é a solução

— e qual é? Ficar aqui e esperar o papai nos colocar no primeiro trem pra Helena?

— mas fugir, não vai levar em nada —disse

— então fica você  aqui, por que hoje a noite eu vou embora

— embora? você vai pra onde?

— não sei, qualquer lugar

— espera, você não pode ir. Você não pode

— claro que posso —ela já estava arrumando as coisas dela

—espera, por favor me diz, me diz onde você vai. Com quem vai estar, e se vai estar bem

—isso eu não posso dizer, só posso dizer que eu vou ficar bem e em boa companhia

— isso vindo de você significa o que?

— significa que não é da sua conta

—nossa sua grossa! Vai não, eu vou sentir sua falta, não quero chegar lá sozinha

— e eu nem quero estar naquele trem, só quero fiar aqui.

— eu sei disso, mas podemos arrumar um outro jeito

—claro que não. Mary para de encher, eu não vou mudar de idéia —disse ela

— por favor diz que essa mala é pra gente ir pra Helena

— claro que não, eu já disse que não vou pra lá —disse ela

— espero que você saiba que eu.... vou sentir muito a sua falta se você for e...

— já começou com esse discursozinho clichê? Para! Eu vou ficar bem não se preocupe

— eu só vou ficar calma se você me disser pra onde vai

— pra que? pra você dizer pro papai e ele ir me buscar?

— não, pra aliviar mais a minha consciência

— ta bem, se isso ajudara você parar de me encher... eu conto

— eu vou pra casa da vovó

— pelo menos a vovó! Mas como você sabe que ela vai te ajudar? E se ela te dedurar pro papai?

—ela não vai! Somos carne e unha...

—alma gêmea.... —ela me olhou — opa! Desculpa eu fui na vibe

— ela é super de boa ela não conta —disse ela já trocando de roupa

— não Zoe por favor não vai não

— de novo isso?

— isso quer dizer que eu me importo com você e não quero que você vá

— eu estarei em boas mãos —ela colocou a bolsa nas costas e se virou pra sair pela janela

— espera! —disse

— o que ? —ela se virou e eu fui correndo abraçar ela

— vou ficar com saudades —a gente ficou em silencio por um tempo até ela o quebrar

— ‘tá bom já chega de abraço —disse ela se virando e saindo pela janela

Eu só a vi pegando seu skate que estava no gramado, e ela se foi, foi como um flecha.

 E agora? Será que eu conto pro papai?


Notas Finais


Espero de verdade que tenham gostado :3 vejo vocês depois love u guys


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...