História 2 Months - (H.S) - Capítulo 147


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Amor, Cameron Dallas, Cosmopolitan, Drama, Harry Styles, Liam, Louis, Niall, One Direction, Romance, Shawn Mendes, Zayn
Exibições 191
Palavras 2.621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente... vem ai o primeiro rs
Boa leitura

Capítulo 147 - Surpresa


O jantar estava pra chegar, Harry e eu comemos os diversos pães que serviam ali e todos os tipos de molhos, que vinham de acompanhamento.

Harry me faz sentir um misto de emoções, um misto de sentimentos e o imenso prazer de ter sua companhia. O que me faz desejar isso tudo pra sempre.

Ele tem meu coração, minha alma esta ligada à dele e tudo o que eu sinto, esta voltado à ele.

Estávamos sentados, falando e comendo.

Ele contava sobre seu dia e tudo o que aquela garota mimada fez hoje pela manhã. Kendall realmente foi ridícula no que decidiu fazer. Mas, ao que vejo, ele parece bem melhor que antes.

Ver Harry contar sobre tudo o que quer fazer a partir de agora, me faz embalar e querer seguir isso. Ter essa liberdade. Não que eu vá largar meu emprego ou coisa assim...

Ele sabe o que me faz sentir, ao contar as coisas e ver que ele se sente bem. Me faz feliz demais. Me faz feliz saber que ele planeja tanta coisa, que deseja conhecer o mundo, um novo mundo inexplorado por ele, um mundo ao qual, ele quer conhecer e explorar junto comigo. Dividindo seus sonhos e desejos ao meu lado. 

Ele me mudou, me fez enxergar o amor de uma forma diferente, me fez abrir o.s braços e abraçar esse novo sentimento. Braços que estavam travados, cansados de lutar sozinha, que se fecharam para o amor, paixão ou qualquer outra coisa. Eu não conseguia ser feliz, não deixava que me fizessem feliz também. Mas, ele chegou e tudo foi transformado. O coração que antes ficou trancado a sete chaves, que foi colocado numa caixa de vidro... Hoje foi colocado nas mãos dele, eu confio plenamente que ele cuidará para que nunca mais precise voltar pra caixa ou para qualquer lugar fechado à sete chaves.

- E como o Louis está?  - pergunto

- Ele tá meio chateado, com isso da Kendall - ele fala - mas eu sei que ele vai conseguir se virar, nós vamos ajudar ele.

- Sarah está tranquila também - digo - acho que dinheiro, não é um problema pra eles.

- Óbvio que não - ele diz.

- Acho que esse bebê vai ser muito mimado - falo - Já imagino o monte de gente em cima da criança e mimando, dando presentes e todas essas coisas.

- Vai ser uma criança linda - ele diz -só espero que não seja como os pais.

Damos risada.

A comida finalmente chega, ficamos ali comentando sobre os meus planos e os planos dele para as carreiras. Falamos mais uma vez sobre o corte fabuloso dele, que sinceramente, me fez gostar ainda mais dele.

Rimos e tomamos vinho. O acompanhamento perfeito para o que estávamos comendo.

Harry sabia exatamente como me surpreender, essa joite está sendo incrível, na companhia incrível do meu namorado. Eu nunca me senti assim com ninguém. Mas Harry, é diferente.

- Tenho mais uma surpresa pra você. - Harry diz

- Ok, tô pronta. - digo

- Mas antes... quero contar uma coisa.

Harry me faz rir e então começa a falar.

- No começo tudo que eu queria era curtir e curtir - ele diz - mas agora... Tudo o que eu quero é sonhar, imaginar, viajar em pensamentos,  criar possibilidades... Isso tudo... Deixando de ser eu e pensando em um nós.

Harry começa a dizer, que tudo o que ele mais quer é ter alguém ao seu lado, alguém apaixonado, alguém que esteja disposto a cuidar dele... pra que ele possa retribuir tudo.

Falou que preparou algo pra nós, algo que nem ele sabe como vai ser. Mas, como eu gosto de coisas espontâneas, ele sabe que irei gostar.

- abre! - ele diz estendendo a caixa - Não! antes que abra, quero te fazer uma pergunta...

- Pode fazer - digo rindo

- Não é uma pergunta, na verdade - ele diz - eu só... quero que saiba que, eu decidi fazer dessa noite, uma noite de decisões. Uma noite de inícios... ou talvez um fim, seja lá como queira chamar... Eu decidi dar um passo na minha vida, um tanto diferente. Desde cortar o cabelo, até...Tudo isso que estou preparando...

- Não estou te entendendo - digo

Eu olho para ele, olho para a caixa e a abro. dou um pequeno sorriso, não era mesmo uma aliança.

- Passagens... Você quer viajar? - digo rindo.

- Encare como a continuação da surpresa.

- Você quer ir pra Londres? - digo sorrindo ao olhar para as passagens.

- Você tem duas opções, a primeira é você aceitar a surpresa, embarcar comigo numa aventura e saber como essa historia e a surpresa continuam... ooou... podemos terminar o jantar e seguir a vida normalmente, sem que você saiba o que eu preparei.

Fico parada, sorrindo. Ele sabe que eu tô curiosa pra saber o que me aguarda. E viajar com ele, seria incrível, finalmente teríamos um tempo pra nós e eu poderia conhecer o lugar onde ele nasceu e tudo o mais.

- Você sabe que eu adoro desafios, seja lá o que queira com tudo isso - falo - quero saber o que você está aprontando.

- É coisa boa, sério!  - ele diz - garanto e vai ficar de queixo caído quando souber o que eu preparei.

- Então... aceito!  - digo - quando começa?

- Começou quando você abriu a caixa e colocou essa roupa pra mim! - ele diz sorrindo de canto - a propósito, você está linda.

- Te garanto que não mais do que você e seu novo corte - falo sorrindo.

- Vamos terminar de comer agora, quero te levar à um lugar.

- Lugar?

- Claro amor! - ele diz - estamos apenas começando.

Que noite maravilhosa, cheia de surpresas. Estou começando a gostar de não saber das coisas.
.

* 21:28h *

.
Já haviam passado algumas horas, tudo estava claramente perfeito. Harry me contou que vai marcar com meu pai e resolver sobre o livro. Que meu pai sabe sobre a surpresa, minha mãe também.

Ok! Todos sabem e eu aqui curiosa.

Assim que terminamos de comer, Harry diz que ainda temos que continuar com a surpresa.

Então nos levantamos e vamos pagar a conta. Ele guarda as passagens e me puxa para fora do restaurante.

- Amor! - o chamo - e agora, pra onde vamos?

- Eu tenho passagens marcadas para as 23h, então vamos pro aeroporto - ele diz.

- Mas... eu não arrumei minha mala e nem tenho nada.

- Porque acha que as meninas estavam na sua casa? - ele diz - está tudo no carro e o restante com o Liam.

- Liam? - dou risada

- Pois é, eu disse que todos iam estar envolvidos nisso.

- Espera! - digo - e se eu precisar de algo na viagem e eu vou precisar de roupas...

- A gente compra! - ele diz - se bem que eu ainda prefiro que você fique nua o tempo todo!

Ele diz e faz meu rosto queimar.

- Certo, Senhor Styles! - digo rindo.

- Você fica linda com vergonha - ele para e dá um beijo na minha testa.

Harry abre a porta do carro. Eu entro e ele entra logo em seguida.

- Então, está pronta? - ele diz

- Estou pronta desde o dia que nasci querido! - digo e ele ri

- Certo! - ele diz - Então, vamos nessa!

Harry sai com o carro e eu logo me animo, colocando 5 harmony pra tocar. Tocava Write on me. Uma das minhas preferidas, costumo cantar ela enquanto tomo banho.

Essa noite começou bem, começou melhor do que eu imaginei.

Eu sinto que a história da minha vida, esse trecho, está mudando pra melhor, sinto que meus medos não existem quando estou com ele e que tudo é possível. Eu me sinto livre.

E mais uma vez, assim como quase sempre que saímos, faço aquele "show" dentro do carro, cantando as músicas e dançando no banco.

Harry sorri, então ele me acompanha quando começa a tocar sorry. Ele faz um tipo de coreografia engraçada e logo estamos dançando e gritando no carro, como dois loucos. Dois loucos apaixonados.

Assim quando chegamos no aeroporto, Harry deixa o carro e sai do mesmo. Olho ao longe e vejo Liam.

- Oi Liam...- digo rindo

- E ai Liz - ele diz e da um beijo no rosto - Tá aqui as malas Harry.

Eu olho pro lado dele e logo vejo minhas coisas. Apenas sorri.

- Valeu cara! - Harry diz.

- Então, divirtam-se! - Liam diz

- Obrigada Liam - falo e o abraço.

Os dois se abraçam também e Liam fala algo, baixo, eu tô muito curiosa.

- Pode deixar Liam - Harry diz - vamos amor?

Digo que sim e sorri ao me despedir de Liam, que levará o carro do Harry pra casa.

Todos estavam nisso, eu morrendo de curiosidade.

Ele então me leva até o check in e a partir dali, vamos nos preparando para a viagem sensacional e misteriosa. (no caso pra mim).

Ele me abraça e eu suspiro.

Eu perco o ar quando ele sorri. Perco a direção, quando ele me olha e me sinto livre quando ele apenas ousa respirar em meu pescoço. Ele é Harry Styles, meu namorado.

- Vamos ficar na sua casa? - pergunto

- Bom, vou te contar pelo menos uma coisa - ele diz - hoje vamos ficar num hotel, quero te levar em um lugar antes e temos uma programação. - ele ri - então ao chegar em Londres, vamos ficar juntinhos e quando terminar de fazer o que está na minha programação, ai sim, vamos pra minha casa.

Eu sorri, só consigo sorrir.

...

Assim que vamos pra sala de embarque, o nosso vôo é anunciado.

Ao entrar no avião,  vamos para nossos assentos e a aeromoça vem nos servir. Harry pede apenas água e eu peço algum drink que tenha por lá.

Estava tão ansiosa, que mal notei quando começamos a voar. Assim que estávamos no alto, seguro a mão de Harry e deito minha cabeça em seu pescoço.

- Tudo bem? - ele pergunta

- Tudo bem - digo

- Tá ansiosa?

- Acho que minha cara ja diz tudo isso né? - digo rindo.

- É, tá escrito ai - ele diz e beija minha testa - bem aqui!

Ele diz e mexe em meu cabelo.

- Você é engraçada - ele diz

- E você é lindo - falo - está cansado?

- Não tanto, estou muito agitado, pela ansiedade... Pensando nos detalhes e tal - diz e sorri - e você?

- Eu? Não tô nada cansada - falo.

Ficamos nos olhando e ai começo a rir, fazendo cara de quem quer aprontar.

- Eu bem sei um jeito da gente acabar com essa agitação - digo e sorri.

- Você não tá... - ele diz, olha pro corredor e me olha - tá?

- Uhuuuum - digo rindo com cara de quem vai aprontar - te espero no banheiro.

- Vou em um minuto.

Eu me levanto, caminhando calmamente pelo corredor do avião. Caminho tranquilamente, como quem não quer nada e entro no banheiro.

Harry vem logo em seguida. E alguns segundos depois, ele entra no banheiro. Estamos rindo baixo, pra que as pessoas não escutem  e não nos mandem sair de lá.

Beijo Harry, assim que ele entra. A porcaria do banheiro, é uma cabine minúscula. É meio que impossível permanecer imóvel nesse aperto.

Não consigo fazer Harry ficar parado. Ele me abraça, segurando minha nuca. Assim que ele me vira, quase derrubamos o suporte de papel. Harry continua me beijando e começa a rir.

- Amor - digo e o beijo - me beija, mas não ri.

- É meio inevitável - ele fala - esse banheiro não foi proporcional pra isso.

- mas a gente consegue - digo rindo.

Sim, estamos dentro do banheiro, nos beijando e tentando não fazer tanto barulho. Óbvio que é meio complicado quando se tem um namorado do tamanho do Harry, mas com fé e perseverança, tudo dá certo.

Ele me vira de costas e afasta o meu cabelo, beijando o meu pescoço. Sinto logo um arrepio por todo o meu corpo.

- Preciso dizer que você está linda, o vestido é lindo... eu tô dando graças à deus que Sarah escolheu um vestido - Harry fala

Eu me viro pra ele, entrelaçando meus braços em seu pescoço. Beijo seu pescoço, mas sem deixar marcas.

Me separo dele e logo começo a abrir sua camisa, ele sorri e assim que faço isso, volto a beijar ele. Harry com um impulso, prensa meu corpo na porta daquele pequeno espaço.

Tudo era incrivelmente perigoso, tentador e bom. O clima esquentava cada vez mais.

Minhas mãos foram direto para sua calça, abrindo o zíper e a puxando para baixo. Harry sorria e fazia o menor barulho possível.

E então, ele sobe meu vestido.

- Obrigado Sarah - ele fala e eu dou risada.

Assim que sobe o meu vestido, Harry me pega no colo, nos ajeitando em uma posição que fosse confortável para ambos, mesmo que o espaço não colaborasse.

Não precisava de muita coisa, apenas um beijo dele já fazia com que meu corpo estivesse preparado para o que vinha a seguir.

- Vamos logo com isso... - disse e voltei a beijá-lo.

Harry sorri e me segura. Ele aperta minha cintura ainda mais forte e arrumou seu membro em minha entrada. Assim que o senti em mim, impulsionei meu corpo para baixo, pra que ele pudesse agir rapidamente.

Certamente, eu contaria aos meus filhos que um dia, eu e Harry tivemos um momento de loucura dentro do avião.

Eu estava me segurando para não fazer o avião todo ouvir o que estava acontecendo ali no banheiro.

Abafei qualquer gemido no ombro dele.

Harry estava escorado na porta do banheiro, segurando minha cintura e ajudando a me impulsionar para cima e para baixo. Minhas pernas estavam entrelaçadas em sua cintura, minhas mãos em seus ombros, dando velocidade aos movimentos.

Estávamos fazendo o que a física diz ser impossível, dois corpos estavam literalmente habitando o mesmo lugar.

Minha respiração era forte, nosso beijo bem mais intenso do que já pudemos dar. Talvez seja porque a adrenalina se faz mais presente que o normal.

Tudo estava intenso e comecei a sentir aquela incrivel sensação, ao qual minhas pernas fraquejavam.

Então, aconteceu.

Assim que chegamos ao nosso limite... Os dois estavam ofegantes e risonhos.

Espero que ninguém tenha nos ouvido.

- Isso foi tão… - minha respiração não estava ajudando muito.

- Incrível? - ele disse rindo.

- Maravilhoso - falo e começo a arrumar meu vestido.

- Eu também achei - ele diz e me dá um selinho, enquanto abotoa sua camisa - um extra pra todas as surpresas da viagem.

- Um extra - digo e selo nossos lábios.

- Vou na frente - digo e limpo a boca dele, que está borrada de batom.

- Tudo bem - ele diz e muda de lugar, pra que eu abra a porta.

Sai do banheiro e segui normalmente, sem vergonha, nem nada. Ainda sentindo o calor do momento que tivemos nuns minutos atrás.

Me sentei e começo a rir. Dois minutos depois, Harry volta ao lugar. Ele ri pra mim e beija o topo da minha cabeça.

Se essas surpresas ainda vão melhorar? Eu não sei! Mas, só de saber que coisas diferentes estão acontecendo e tudo isso é graças ao Harry, que entrou em meu caminho. Num dia comum, se tornando a maior surpresa da minha vida.

----


Notas Finais


e ai amores...
Tudo bom com vocês?

EU TIVE UM PROBLEMA NA MINHA INTERNET.
COM O APP E A PORCARIA DO MEU CELULAR.
AINDA ESTAVA USANDO O MEU CELULAR ANTIGO PRA FAZER OS TEXTOS E ELE ME DEIXOU NA MÃO.

ELE TRAVOU E EU TIVE QUE REFAZER O CAPITULO.

ESPERO QUE ME DESCULPEM. MAS EU FIZ UM CAPITULO ENORME DE NOVO E DAQUI A POUCO, POSTO MAIS UM.

ATÉ JAJA
BEIJOS

MAREA♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...