História 2 Months - (H.S) - Capítulo 160


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Amor, Cameron Dallas, Cosmopolitan, Drama, Harry Styles, Liam, Louis, Niall, One Direction, Romance, Shawn Mendes, Zayn
Exibições 186
Palavras 1.979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores
Desculpem a demora!
Boa leitura

Capítulo 160 - Papo sério


Pov Liz

Eu tenho plena convicção de que tenho que manter minha aparência de boa moça, afinal, acabei de conhecer a família dele. Mas essa prima... está me dando nos nervos.

Vou deixar bem claro que não importa o que ela sentia por ele (embora sejam familia), tudo isso tem que acabar, porque ele está comigo e estamos noivos agora.

Quando me levantei, logo pensei "O que eu estou fazendo?". Mas depois, vi que tinha que fazer isso... por essa garota no lugar dela, porque a partir de hoje será assim. Ela pode não querer isso ou não gostar de mim, mesmo sem me conhecer. Mas é assim que a banda vai tocar daqui pra frente.

Harry arregalou o olho quando me ouviu dizer que eu ia lá. Eu só quero esclarecer algumas coisas, afinal, se ela gosta do Harry ou tem um ciúme ridículo, eu preciso fazer ela entender que Harry e eu vamos nos casar e ela não pode mais vê- lo como o primo que ela se apaixonou um dia.

- Onde você vai? - Harry me diz

- Calma, só vou levar um papo com ela - digo e o silêncio se instala.

- Você não conhece a Ella, as vezes é uma idiota e grosseira - Matt diz - não quero que ela seja assim com você.

- Você tem que ver essa daqui brava - Zayn fala apontando pra mim.

- Relaxa Matt - digo - eu não vou arrumar confusão, só quero esclarecer umas coisas.

- Ok! - ele diz

- Já Volto -  digo e ouço Gemma cochichar com  Harry que ela ficaria de olho em nós.

Dou risada e logo passo pela porta de Saída, avisto Ella sentada na escada de frente à porta.

- Dá um tempo - Ella diz ao me olhar - mandaram você vir acertar as coisas? Harry já foi melhor...

- Não foi ele quem me mandou vir - digo e encosto no batente da porta que havia fechado atrás de mim.

- Veio por conta própria? Que linda. Pode dar meia volta e ir lá pro seu jantar - Ella diz - eu não quero falar com você. Volta pra lá garota.

- Mais infantil que imaginei - solto um riso baixo

- Como é que é? - Ella diz ao se levantar

- É... você entendeu! - digo - desde ontem, quando eu nem te conhecia como a prima do Harry, lá no pub. Você me tratando daquele jeito, como se fosse a dona da porra toda e agora aqui no jantar...

- Olha aqui, garota... Você acabou de chegar na vida dele. Você não o conhece como Eu, não sabe o que a gente já passou e...

- Não! Olha aqui você!- digo séria - você pode gostar do Harry, mesmo ele sendo seu primo... eu não to nem aí. Você vai me respeitar, independente do que achar de mim... Apesar de que nem me deu a chance de te conhecer... Mas eu cheguei na vida dele e se ele me escolheu pra vida toda, você precisa entender que eu sou noiva dele e a partir de agora, vai ser assim.

- Então você acha que é Assim? - Ella diz irônica -  você chega aqui, na casa da minha tia, só porque tá noiva dele, acha que pode chegar assim é falar esse monte de coisa, achando que vou acatar... Só porque está pedindo?

- Não é porque estou pedindo... é porque vai ser assim, agora, vai ser assim. Você querendo ou não. Você fez da minha noite um inferno, só porque um amor não foi correspondido e eu não tenho culpa.

- Não tem culpa? Porra! - Ella grita - Você não é garota pra ele, Harry tá emotivo, ta apaixonado, logo isso acaba e aí a gente vai ver ele agindo como sempre agiu... Harry sempre faz isso... E não me diga que eu nao avisei. Ele vai agir, como fez com todas, você é só mais uma.

Fico olhando para Ella. O que sinto? Pena!

Sim, pena éa única coisa que podemos sentir de pessoas assim. Ela está cega, apaixonada por alguém que não nutre o mesmo sentimento por ela. O pior é que eu só queria que o jantar fosse incrível é que eu conhecesse a família dele, conversasse e é que a gente pudesse rir a noite toda. Mas a infantilidade dela, impediu que isso acontecesse.

- Olha... Eu não vim aqui pra discutir com você ou ficar brigando. Porque essa noite é para celebrar meu noivado, num jantar em família -  falo - Não vou perder meu tempo tentando fazer amizade com quem não está nem aí pra me aceitar. Fica aí com a sua infantilidade... que eu não vou me importar.

Me viro e Gemma abre a porta. Apenas aceno com a cabeça e ela deve ter entendido o sinal.

Eu não vou perder meu tempo com isso, se ela não se esforça... Eu também não irei tentar.

- Tá tudo bem? - Gemma pergunta

- Eu tentei - digo

Gemma se vira e logo passamos pela porta. Logo sinto a dor em minha cabeça, Ella então me puxa pelo cabelo.

- O que você está fazendo Ella? - Gemma grita desesperada tentando me ajudar - HARRY, ZAYN, CORRE AQUI! ALGUÉM...

Caio no chão e vejo Ella segurando meu cabelo. Tento me defender, empurrando ela para o outro lado. Gemma tenta entrar no meio, mas a minha raiva é tanta, que eu só consigo bater em Ella.

- Liz!- Gemma fala ao tentar puxar Ella, que também está me arranhando - Para amiga.

- Foi ela quem começou- digo

- Deixa meu primo em paz, sua vaca! -Ella fala e puxa meu cabelo.

- Para de ser infantil Ella!- digo empurrando ela pra trás.

Gemma consegue nos separar. Estou arranhada no braço, mas eu tenho alguns fios de cabelo dela em minhas mãos. Não queria que fosse assim, mas de onde eu venho, a gente não sai na pior numa briga.

- O que está acontecendo? - Zayn diz aparecendo na porta.

- Agora? Nada! - Gemma fala

- Você começou! - Ella grita

- Eu não fiz nada sua louca! Você quem quer arrumar briga desde que me conheceu! - digo com a mão no braço.

- Não vejo a hora de Harry perder a vontade de estar com você, como sempre foi! - Ella fala rindo.

- Cala a sua boca ! - digo ríspida

- CHEGA ELLA! - Harry diz - chega!

Ficamos em silêncio, nós duas nos encarando e Harry então me abraça.

- Vamos entrar - Harry fala e eu me viro para entrar

- Isso mesmo, vira as costas com essazinha - Ella diz - Isso tudo porque eu tentei te beijar na cozinha?

O Que? Essa vagabunda pode ser prima dele, não me respeitou até agora, mas não vai agir como quiser com meu namorado.

Ela não parava de dizer sobre o que eles viveram e pelo que eu entendi não foi nada comparado ao que nós dois temos hoje.

- Corre com essa vagabunda mesmo - Ella grita - Você vai ser mais uma descartável na vida dele... e depois vai ver que eu sempre estive aqui.

De repente, eu paro, sinto raiva. Viro meu corpo e logo sinto aquela "cegueira" da raiva. Voei em seu pescoço, queria enganar ela.

- Sua idiota! - Grito

- Socorro! - Ella grita tentando correr.

- Meu noivado, hoje é o meu jantar de noivado sua louca - Grito puxando seu cabelo.

Harry e Zayn tentam nos separar, enquanto ouço a risada de Ben  e Matt dizendo que eles apostavam que Ella sairia com uma das unhas quebradas.

Logo, Harry me separa, Zayn está segurando Ella.

- Me larga Harry! - digo ao tentar sair dos braços dele - eu vou quebrar a cara dessa garota.

- Amor, chega! Não vale a pena - ele diz

- Vem aqui, eu quero muito ver se tem coragem - Ella fala debochada.

- Você não está me respeitando, eu tentei ser legal com Você e é assim que me trata? - Digo com raiva.

- Calma Liz! - Gemma fala se aproximando - ele nao beijou ela.

- Mas quis - Ella diz e Harry desmente.

- Você tá louca? - Harry fala - Ella, é o meu jantar de noivado. E se minha mãe descobre que você fez isso e agora está brigando com a minha noiva aqui no quintal, ela mata você.

Ella revira o olho.

- Olha, eu não quero criar mais confusão entre nós, você não quer ficar feliz por nós? Ótimo, não vou te obrigar - digo - Mas exijo respeito. As coisas são assim Agora, aceite nosso relacionamento...Eu não te conheço, você não me conhece, mas a partir de agora é isso... Você já sabe, Harry e eu, agora vamos casar. Espero não ter que ficar explicando ou dizendo  isso.

Ella abaixa a cabeça e a vejo limpar uma lágrima.

- Amor, vamos - Harry diz - minha mãe deve estar curiosa pra saber o que houve aqui fora.

- Tem razão- digo me acalmando- sua mãe... ai meu deus.

Ella me olha com a cara de tristeza, mas eu não quero criar mais confusão. Acredito que ela entendeu o que disse aqui.

- Melhor entrarmos - Zayn diz e todos entramos

...

• 23: 39 pm

As horas se passaram, Anne nos olhou com cara de quem ia aguardar uma explicação de toda a movimentação la no quintal.
Meus pais e Zayn ficaram conosco.

Estávamos no quarto de Harry, estava deitada, olhando pro teto e Harry ao meu lado. Penso que me sai bem no jantar, tirando as desavenças com Ella, foi tudo bem.

- Se saiu bem no jantar - ele diz

- tá sendo irônico ne? - digo olhando pra ele - Você viu o que eu fiz? Bati na sua prima, na sua casa, no nosso jantar de noivado.

- Ah... o jantar estava ficando sem graça, temos que ter algo pra contar pros nossos filhos - ele fala rindo - vou poder dizer a eles que você quase matou alguém por causa de ciúme.

Rimos ali, ele me abraça, beija minha testa.

- obrigada pelo que tem feito por mim!- digo me aninhando ao seu peito.

- Obrigada por ser quem é  pra mim!- ele diz

Um silêncio se instala. Aquele silêncio que não incomoda, um silêncio aconchegante que criamos entre nós.

- A gente pode fazer Amor? - ele diz e eu dou uma risada - assim... pra finalizar o dia com chave de ouro.

- podemos - digo e me viro em cima dele, me sentando sob ele - podemos sim.

Desabotoei sua camisa, devagar. E ele sorri pra mim.

- porque ainda não te agradeci direito pelo que fez por mim. - digo e ele sorri.

Beijo seu peito, agora já sem camisa. Vejo seu corpo arrepiar. E então, Harry puxa meu corpo pra cima, beijando meus lábios de forma quente e desejosa.

Nossa noite foi quente. Foi de um jeito que eu mal consigo descrever.

Cada toque dele sob meu corpo. Sua mão passeando por minhas curvas. Vez ou outra me apertando. Isso tudo não podia ser com outra pessoa, porque ele é Minha alma gêmea. E embora muitos não acreditem, eu sei que ele é aquela pessoa que foi feita pra mim.

Temos o encaixe perfeito. Nossos corpos em sintonia, ele é perfeito, somos perfeitos um para o outro. Ele preenche o vazio em mim, me dá amor, ele é a minha melhor metade.

Nada melhor que estar aqui com ele, nesse encaixe perfeito e sincronizado, sentindo ele dentro de mim, sentindo seu amor por mim, sentindo que não poderia estar em outro lugar ou com outro alguém.

Tinha que ser ele. Harry Styles.
---


Notas Finais


Hello, pra vocês aí que ainda leem minha fic.
Não to acreditando que não consegui postar aqui, caramba.
Me desculpem... essa correria é demais pra mim. E esse fim de semana estava em BH, sendo madrinha e nesse fim de semana serei de novo. Então imaginem a correria.

Espero que tenham gostado do capítulo de hoje.
Tentei fazer um barraco, mas acho que não deu tão bom... Mas, espero que tenham gostado.

Beijos
Marea


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...