História 2 MOONS THE SERIES VOLUME 2 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 248
Palavras 3.801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi galera!

Antes do primeiro capítulo do Volume 2, preciso voltar a esclarecer para quem não sabe que essas publicações não se
tratam de "FANFIC" Mas sim de um projeto de tradução para os fans da série. Outra coisa que preciso esclarecer é que,
esse segundo livro contém momentos de sexo e explícito então, não diga que não avisamos, é sério!
Traduzimos ele em tempo recorde e eu tive que parar várias vezes pra respirar fundo kkk.
Bom, espero que vocês curtam tanto quanto nós. Prontos para um lado deles que ainda não vimos!!!?
Okay então, obrigado e boa leitura.

Capítulo 1 - UM


Fanfic / Fanfiction 2 MOONS THE SERIES VOLUME 2 - Capítulo 1 - UM

 


 
  - WAYO -


  "Novo ambiente. Novos amigos. Novo namorado, que acabei de ganhar.
  Eu estou em um novo ambiente de estudo e tudo isso aconteceu ao mesmo tempo.

  P´Pha me deu um carona em meu primeiro dia de aula, apesar de não termos tomado café da manhã juntos.
  Ele também precisava correr para sua faculdade. Isso conseguiu deixa-lo ainda mais irritado do que o
  engarrafamento em todo o campus da Universidade, está horrível de verdade.

  Ao saltar do carro e entrar no edifício da minha faculdade, o primeiro grupo que vi foram os Anjos de
  Fadas. Nada difícil para encontra-los na multidão de alunos, graças ao arco no E´Elefante Fada dos 
  Anjos à quilômetros de distância."
 
- E´Yo seu Vadia!

 "Assim que me viram rapidamente se juntaram à minha volta. Eu tinha certeza que ele me chamaria assim.
  Eles me encheriam de flores todas as vezes que me vissem a partir de agora." 

- Viu só quantas pessoas estão de olho em você agora? Isso é realmente impressionante. Você agora é
 mais famoso que nosso veterano.

- Hey! E´Gordinho. É graças a minha sábia decisão que E´Yo se tornou famoso agora, concorda?

 "E´Mon disse isso com orgulho puxando a gola da minha camisa, me puxando tão rápido que quase tocamos
 os lábios um do outro. Eu consegui escapar à tempo."

- Me diga N´Yo...Quem é dono do Audi no qual você veio, hum?
  "Ele sussurrou sua curiosidade para mim. Ele me viu mesmo?"
- Por quê a pergunta?
 
 "Eu engoli em seco."
- Me diga Bitch, não me faça usar a força. Posso ver claramente seu nervosismo.
- Não...é ninguém.

 "P´Pha é o tipo de namorado que qualquer um gostaria de ostentar para os amigos e conhecidos mas, eu 
  sou tímido o bastante para não contar sobre ele à ninguém. Bom, na verdade, eu tenho mesmo é medo
  do que os outros vão dizer, tenho medo de ser provocado."

- Hã...me diga, você já têm algum amor por aí ou, você vai esperar os seus fãs para receber 
  alguns lanches como mimo?

 "O número 2 apontou para o meu peito como um pai que esta ensinando algo ao seu filho."

- Do quê você está falando? Que fãs!?
- Como assim, nossa faculdade também vai atrair muitas pessoas.
- Exatamente. Acho que E´Yo nunca parou para pensar que as pessoas podem vir aqui para me procurar.

 "E´Mon disse isso cheio de esperanças."
- Calma! E se já tiverem pessoas que gostam do E´Yo!!!?
- Hã!? Eu vou joga-los para cima de você E´Gordinho.

- E´Bitch Mon, vou dar uma bofetada em você.
- Então vêm! Vamos, se atreva! Eu sempre odiei essa sua barriga enorme.

 "Mon foi rápido para socar a barriga de FA1 antes que ele pudesse atacar de volta."
- Ou será que foi a Lua da Universidade que lhe trouxe? ´Ming!?

 "Eu não respondi a pergunta, apenas baixei a cabeça fingindo estar lendo alguns livros que nos foram
  dados para a aula de hoje.

- E´Bitch, você até parece um imã de Luas ou o quê? Quantas Luas você têm em cima de você? 
 
  Ouvi boatos de que você pegou as duas Luas do ano passado e a deste ano já passou pelas suas mãos.
  Eu já ouvi sobre a Lua atrás de estrelas mas, que porra é essa agora? Uma Lua paquerando outra Lua agora?
  Me diz, o que você andou fazendo, hã?

 "E´Mon perguntou tudo aquilo enquanto apertava a minha bochecha."
- AUU! Isso dói!
- Garanto que a minha inveja está doendo mais que isso.

- Hã...você não pode apertar minhas bochechas assim. Já não basta o FA1 tentando tocar as minhas..."coisas"
  toda vez que estou distraído."

- Pelo seu tipo...o tamanho deve ser bom.
- Vai se ferrar.

- Chega...chega! Hoje é só o primeiro dia de aula e você quer machucar o tesouro do nosso veterano e da
  faculdade toda? Nós temos que cuidar dele.

 "FA3 é muito legal, só por ter vindo me salvar.

                                      ...................

  
  O primeiro tempo já havia terminado e só tenho uma coisa a dizer sobre as aulas da manhã, É FODAAAA.
  Não consegui entender nada que os professores diziam. Logo no início eu até conseguia entender uma 
  coisa ou outra mas assim que as horas iam passando eu comecei a me sentir como Alice, no país das
  maravilhas.
  Bem que me disseram que a vida universitária é um verdadeiro inferno. Isso é mais perturbador do que
  o exame de admissão. Sem dúvida eu sentir como se estivesse no inferno nas últimas três horas naquela
  salas. 
  Porra! Isso é totalmente diferente do ensino médio. Por mais que os professores tentassem explicar
  menos eu compreendia. Não são poucas as perguntas na minha mente, na verdade, são milhões.

  O que posso fazer agora é relaxar bebendo meu Leite de Rosas na praça de alimentação da faculdade, claro,
  aproveitando para enviar algumas mensagens para perguntar à P´Pha como ele esta mas tudo que recebi
  dele foi "COM FOME" Dai em diante continuamos a bater papo.

- Nossa! Agora você precisa sempre andar bonito heim!?
 
 "FA1 fingiu jogar o cabelo "Que ele não têm" para trás com um movimento extremamente feminino."

- Você poderia dividir esse mel comigo E´Yo Vadia. O que você faz para deixar sua pela tão branca 
  assim? Toma alguma vitamina? Gluta por exemplo? Me diz!

- Você é burro!? Ele usa aquela loção, porque acha que ele ganhou o prêmio de Lua com a melhor pele?

 "FA2 ergueu as sobrancelhas ao responder aquilo."

- Para você ficar bonito vai precisar tomar banho com todos os cosméticos que existem por aí, se quiser
  ter uma pele bonita assim.

- E´Mon seu idiota! Você não é melhor do que eu!

 "Eu já estava começando a me acostumar com as brigas entre eles. Eu na verdade achava muito engraçado,
  rindo até a barriga doer com as discussões deles desde hoje de manhã. Ainda mais quando o E´Elefante
  se irrita ficando realmente parecido com um elefante."

- Hã...E´Yo! Meu amigo da engenharia pediu seu número de telefone....posso dar a ele?

 "FA3 levantou o celular de forma brincalhona me perguntando."

- Calma! É uma menina ou...um menino?
- É um cara, E´Mon.

 "Eu balancei minha cabeça negativamente ao mesmo tempo que E´Mon me deu um soquinho no joelho."

- Eu sabia que esse gato estúpido do Yo é mesmo um imã de caras.

 "P´Pha tinha toda a razão. Eu deixei meu celular de lado e dei uma olhada rápida ao redor só para
  perceber que uma porção de olhos estavam em cima de mim. Eu finquei constrangido com aquilo e apenas
  fingi não notar enquanto bebia meu leite, até meu celular tocar.
  
  Era P´Pha, acho que é hora do almoço dele."

- OMG!!! O marido secreto do E´Yo está ligando!

 "Eu repreendi o FA1 antes de tocar o botão e atender."

- Oi...
- Como você está?...Meu namorado?
 
 "Parece que alguém está orgulhoso de seu novo título."

- Como foi sua aula?
- Hã...foi, dificil. Isso é sempre tão difícil assim?

- Hã! Só começou hoje e você já está reclamando que é difícil?
- Droga, meu cérebro está doendo de tanto ler.

- Qual a matéria? Fundamentos da Biologia?
- É isso mesmo. Biologia Um

- Isso é fácil. Esqueceu de quem é seu namorado? Eu posso ajudar nisso.
- Não precisa sério.

 "Eu quase me esqueci que P´Pha é estudante de medicina. Essa matéria não deve ser nada difícil para
  ele afinal. Ter um namorado assim é realmente impressionante porque, isso me dá uma vantagem incrível.
  Eu realmente posso me sentir um sortudo por meu novo status também..."

- Okay...então, me diga. Alguém chegou perto? Alguém já deu em cima de você?
- Não! Você pirou!?

- Eu só...estou perguntando no caso de isso acontecer.

 "As palavras de P´Pha me fizeram olhas em todas as direções. Eu consegui com muito esforço evitar os
  olhares dos alunos de Ciências da Computação mas, não tive tanta sorte com os alunos safados da Física.
  Será que E´Mon está certo? Como eu posso atrair tantos caras desse jeito?"

- Sabe que não...ninguém mesmo.
 "Eu engoli minha saliva depois de responder."

- Yo..."Você é só um cara normal e, têm apenas a si mesmo e seu coração, que agora são meus..." certo?

  Porra! Ele decorou mesmo a letra da música.

- AI P´PHA!
- Hahaha! Okay...vou almoçar agora. A noite vou te buscar.
- Hã...eu tenho uma reunião hoje a noite com meus colegas do segundo ano.

- Eu espero, sem problemas...

 "Ele desligou o telefone.
  Eu não sabia dizer agora o quanto estou feliz. Eu e ele estamos lidando de forma tão...natural com
  nossa nova relação e os títulos que ela carrega. Sem nem ao menos  sentirmos vergonha por nos 
  gostar assim."

- Hey!...Você ainda está no seu corpo?

 "Eu levantei a cabeça ao ouvir a voz daquela pessoa - seja ele quem for - parado bem na minha frente."

- Então...meu amigo disse que gosta de você e, pediu para perguntar se você pode dar seu número?

 "Era a primeira vez na minha vida inteira que um cara chega em mim dessa maneira, pedindo meu 
  número e isso só me deixou com vertigem. Muito diferente de quando eu estava no ensino médio e ouvia
  coisas do tipo como "Yo seu idiota! Me dê seu número para conversarmos para marcar alguma coisa com
  
  a galera mais tarde."
  Eu reparei que esse cara estava com vergonha ao ouvir as gozações dos seus amigos que estavam
  sentados a poucas mesas de distância. Eu acho que entendi quem era o "Amigo" que queria meu 
  número de celular."

- Me perdoe mas...eu já tenho um amor.

 "O que você queria que eu fizesse? Que jogasse cabelo como um garota e dar um fora nele? Eu sou 
  homem e fiz exatamente o que um homem deve fazer. Dizer isso na cara, de forma direta. Não que
  tenha sido fácil esconder como eu estava chocado porque, isso nunca havia me acontecido.
  
  Eu nem mesmo sei se o cara entendeu o que eu disse mas, eu não continuei encarando ele para saber 
  essa resposta.

  Como a vida de alguém pode mudar tanto e, de forma tão rápida? De um Nerd quatro olhos para, o 
  Vice- Campeão Lua, o interesse de muitas pessoas agora.

  Eu queria gritar só pelo fato de que o primeiro dia de aula não acabava. Eu ainda estou aqui, sentado,
  ouvindo um monte de blá blá blá, ditos pelos alunos do Segundo Ano de como se comportar, como se vestir
  etc...etc....etc... . Eu já estava preocupado em deixar P´Pha esperando por muito tempo. Não larguei
  o celular contando os minutos para acabar ou para ele ligar."

- Okay, isso é tudo por hoje. Estudem bastante e sejam os melhores alunos da Universidade!
  "Finalmente..."
- Hey Yo! Vamos tomar sorvete!
 "Meu veterano E´Mon disse assim que nos levantamos."

- Bom, eu...

 "Antes que eu terminasse de falar os quatro me arrastaram e eu não tive escolha a não ser segui-los.
  Eu só tinha que ligar para o P´Pha e..."

- OH MEU DEEEEUS!
- OMG!!!!
- MEU SANTO MOLY!
- PELO MEU SAGRADO BUDA!

 "Eu fiquei realmente assustado com a reação de todos eles. Eles gritaram ao mesmo tempo o que só
  me deixou ainda mais perplexo com aquilo e o pior, eu não estava entendendo nada, bom não até 
  me dar conta que haviam Duas Luas, um do lado do outro esperando por alguém na entrada do edifício 
  da minha faculdade. E alguma coisa me diz que esse alguém sou...eu?"

- Eu sabia E´Yo Bitch! Eu sabia que você tinha comido nada mais e nada menos que os caras nível 
  prêmium da Universidade.

 "FA1 babava ao dizer isso para mim.
  Tudo que fiz foi me afastar, coçando a cabeça envergonhado e acenando um até logo para eles."

- Eu vou com vocês na próxima.
- Okay! Só vá para onde tiver que ir mas, me diga depois quem foi que você escolheu porque, quero
  ficar com o que sobrar.

 "Droga...esses caras não têm mesmo jeito..."

- Certo, até mais.

 "Apertei o passo ao me aproximar dos caras que me aguardavam. Eu percebi que eles estavam trocando 
  algumas palavras mas, ainda assim, sérios. ´Ming acenou para mim, já P´Pha me deu aquele meio 
  sorriso que tanto gosto."

- O que vocês estão fazendo? Querem destruir minha faculdade?

 "Não pude deixar de reclamar com os dois. Ainda mais agora que uma multidão de alunos da minha faculdade
  começava a deixar o prédio e lançavam olhares e cochichos curiosos em nós três. Todos estavam 
  realmente, chocados."

- Nós temos planos, esqueceu?
 "P´Pha me deu uma bronca por causa do que acabei de dizer."

- Nós não temos planos mas, estou disposto a ir com você, onde quer que você queira ir Yo.
 
 "´Ming respondeu de uma forma um tanto quanto exageradamente séria."

- Do que você está falando ´Ming?

 "Meu amigo se inclinou, aproximando a boca do meu ouvido para cochichar, o que fez P´Pha juntar as
  sobrancelhas, daquela forma que ele sempre faz quando está bravo ou aborrecido."

- Escuta...P´Pha me disse que você é namorado dele agora...isso é sério?
 "Eu não estava esperando por essa pergunta, o que eu digo?"

- Então, eu...
- Eu vou ter que fazer um teste com ele. Preciso saber se ele está levando meu amigo à sério mesmo.

- Hã!? Você pirou!? Como testa-lo!?
- Seu idiota estúpido! Eu estou com raiva agora. Como você me arrasta por tantos anos para ficar de
  olho nesse cara e quando finalmente esse dia chega...sério mesmo, como você quer que eu aceite isso
  de uma hora para outra!?

 "Eu fiquei assustado com a reação de ´Ming. Ainda mais quando ele se afastou de mim, agora se virando
  para encarar P´Pha."

- Yo disse que eu posso ir com vocês também.

 "O quê? Quando foi que eu disse isso!?
  P´Pha não disse nada. Simplesmente agarrou minha mochila para leve-la até o carro. Todo mundo 
  ao redor estava espantando com o que viam aqui."

- Você vai comigo, não é verdade?

 "Por quê ´Ming esta fazendo isso comigo? Droga...são duas opções de carro à minha disposição."

- Eu...eu acho que...

 "P´Pha estava me encarando, parecendo tranquilo quanto a resposta que eu daria. Será que por ter
  certeza que vou com ele? E se eu não for?"
- P´Pha...eu vou com o ´Ming.

 "A expressão dele vacilou por alguns segundo antes de coçar a cabeça."

- Hã...está bem então.
- Você têm ideia de como todo mundo está nos olhando agora?

 "Eu tinha. Eu podia ver a forma frenética como a gangue dos Anjos de Fadas gesticulavam e conversavam.
  Tudo graça ao burro do meu amigo. Por quê ele veio aqui? Seu KITKAT está ocupado e ele não tinha
  nada melhor para fazer do que vir até aqui causar uma situação dessas?"

- Prova número 1, Aprovado!
- Prova 1 sua bunda!

 "Eu só conseguia amaldiçoar ´Ming assim que sentei no banco do carona em seu carro, que está logo
  a frente do de P´Pha"

- Viu só!? Ele deixou você decidir e não ficou bravo quando você escolheu o seu melhor amigo em vez dele,
  e só por isso eu o aprovei.

- Seu Burro! Não interessa se ele vai passar ou não nessa prova idiota! Nada vai mudar, ele já é meu
  namorado.

- Hããã, seu chato!
 "Eu me senti estranho mas orgulhoso por dizer isso assim."

- E o quê isso têm a ver!?
- Você vera quando eu tiver o meu namorado.

- Por quê?
- Como porque!? Eu vou amarrar ele em mim dia e noite.

- Aishiii! Então esse namoro não vai durar, não mesmo.
- Vire essa boca para lá! Meu P´Kit não é como você!
 
 "Espere...porque ´Ming está me comparando com P´Kit.?"

- Ele é ainda mais sensível, inquieto, vulgar e mais teimoso do que você.
- Então...você está desistindo?

- Desistindo do quê?

 "Por que esse cara não usa seu tempo livre para correr atrás dele do que vir me perturbar?"


                                               .......


 "Já na mesa do restaurante P´Pha não parava de me cutucar com seu hashi, nem dando bola para a queixa
  de ´Ming sobre nós dois termos pedido Curry e ele não."

- O que acha que está fazendo P´? Por acaso fiquei invisível nessa mesa hã!?
- Para mim é como se você fosse ´Ming.

 "UAU! Isso foi mal P´Pha. Deve estar doendo muito em ´Ming agora."

- Só estou brincando ´Ming.

 "´Ming deve estar é muito contente pela forma que P´Pha está o tratando. Até brincou com ele. A maioria
   das pessoas recebem apenas a expressão tediosa e fria de P´Pha. 
   Eu tenho descoberto tantas coisas sobre ele. Tantos expressões desconhecidas nele. Ele é totalmente
   diferente quando está comigo, bom, eu acho."

-  Me diga, onde está o P´Kit?
-  Por que você só me pergunta pelo Kit? Você pode perguntar pelo Beam as vezes sabia?
  
  "Pelo tom de voz que P´Pha usou, ele desconfia de alguma coisa."

-  Eu só...
-  Hahahah.

  "P´Pha apenas riu da cara de ´Ming"

-  Ele foi comprar algumas coisas hoje. Vive reclamando que seus estojos estão desaparecendo com todos
   os seus lápis e canetas.

  "A expressão de ´Ming já dizia tudo "Porque não fui ajudar o meu KITKAT droga!" com certeza ele 
 
   está pensando isso."

-  Não esquenta. Ele foi com Beam.

  "É sério, a expressão de ´Ming foi de mal a pior."

-  Há...

  "Acho que agora eu sou o cara invisível na mesa já que P´Pha e ´Ming decidiram finalmente
   conversar."

-  O quê você têm?
-  Hã?
  "´Ming estava mesmo no mundo da Lua agora."

-  Acorda. A comida está servida, vamos jantar logo.

  "Eu não queria saber se seria educado ou não mas, eu simplesmente me atirei no prato com meu curry
   por causa da fome que eu sentia. Quando olhei para o lado me dei conta que P´Pha me encarava sem
   nem ao menos piscar. Foi difícil engolir depois disso."

-  Quê...?
-  Hã...nada, só estou com medo de que você morra engasgado.

-  Humm...eu estou com fome.
-  Certo...você quer o meu também?

-  Eu vou engordar como uma baleia.

  "´Ming olhava de mim para P´Pha e vice-versa. Ele simulava que ia vomitar 
  colocando o dedo dentro da boca enquanto olhava P´Pha sorrir para mim.
  Dane-se. Ele que insistiu para vir, agora que aguente.
  
  Eu só queria mesmo era jantar e comi tão depressa que terminei antes que eles dois. Não têm problema
  deixa-los sozinhos têm? Eu me desculpei e levantei da mesa para ir ao banheiro fazer xixi.
 
  Por sorte o toalete não ficava muito distante e logo eu já voltava até que, fiquei perplexo ao me 
  dar conta que o cara que pediu meu número de celular hoje cedo estava escorado na parede, os braços
  cruzados, olhando para mim."

- Oi!...
  "O que eu poderia dizer além disso?"
- UAU! Isso que eu chamo de, coincidência.
  
  "Ele disse aquilo com um...sorriso estranho nos lábios."

-  É...bom, eu tenho que ir.
 
  "O que eu deveria fazer? Como eu deveria reagir? Foi o amigo dele que pediu meu número e não ele mas,
   têm alguma coisa de errada com esse cara. Eu só baixei o rosto dando alguns passos quando senti a
   mão dele agarrar meu ombro."

-  Hey...calminha! Não precisa me evitar assim. Nós podemos pelo menos ser, amigos?

  "Aquilo foi o fim da picada para mim. Esse cara ultrapassou todos os limites e já começou a me irritar.
   Em um roupante eu me virei batendo no seu braço, obrigando ele a se afastar de mim. Ele ergueu
   as mãos em sinal de que havia se rendido."

-  Foi mal, não queria te assustar.

  "Esse cara é tão...lindo mas a beleza dele  escondia algo, assustador, não sei explicar.
   Bom, mais assustador do que ele, era o cara que estava parado a poucos metros quando me
   virei para ir embora
."

Yo...quem é aquele?
 
  "A voz de P´Pha é, fria e, isso arrepiou todos os pelos do meu corpo. Para a minha desgraça ele parece
  ter visto tudo, tudo mesmo, desde o começo."

-  Hã...?
-  Aquele Yo!

  "P´Pha não pareceu constrangido em apontar para o cara estranho que ainda estava encostado na parede
  ao lado da porta do banheiro, sorrindo de uma forma, estranha para nós dois
."

Eu perguntei, quem é ele?
-  Hã...eu não sei, não, o conheço.

Há é? Então porque você estava conversando com ele daquela forma?
-  Pare! Eu já disse que não o conheço. Ele...pediu meu número hoje e, nós dois só, nos encontramos
   por acaso agora, nada mais.

  "Eu deveria ter contado isso? A expressão no rosto de P´Pha ficou ainda mais séria que antes e não
   disse nada, apenas silêncio."

E...você deu seu número?
-  NÃO...!


-  Então...o que você disse à ele?

 "Droga! Eu sabia...Tinha certeza que ele perguntaria isso. Eu balancei a cabeça inconformado com essa
  pergunta antes de me afastar do meu namorado, ou melhor, eu tentei porque, P´Pha agarrou meu braço,
  os dedos apertando minha pele, me impedindo de ir."


Você não vai sair daqui até me responder.
  "Mas que...PORRA! Ele está me enlouquecendo com isso."

Pare! Eu só disse que não podia dar meu número porque...eu já tenho um amor.

  "O aperto de P´Pha diminuiu, bem como sua expressão que mudou de irritada para feliz, só um pouco."

-  Mas ele ainda está atrás de você. Ele está te incomodando?
-  Eu não sei P´Pha! Só, vamos embora daqui. ´Ming deve estar chateado por esperar nós dois.

  "Eu tentei seguir caminho mas, P´Pha não me deixou sair do lugar, agora com as mãos agarrando meus
   ombros. Algumas clientes saiam e entravam do banheiro feminino nos olhando com desconfiança. 
   A expressão de algumas pessoas era de espanto ao ver dois caras assim, tão, próximos. 
   Nós caminhamos de volta para a nossa mesa mas, antes de chegarmos P´Pha me segurou, me virando para
   que eu o olhasse nos olhos
."

-  Yo, eu sei que você me disse a verdade.
  "Eu só fiquei parado, ouvindo e olhando para ele."

Me perdoe. Eu fico louco de ciúmes e, não consigo controlar isso. Por favor, diz que me entende. 
   Você me entende não é
?
  
  "O que eu digo? O que se diz à alguém nessa situação.
   Nem nos meus sonhos mais loucos eu ouviria P´Pha dizer que está "Louco de ciúmes" de mim. E ainda
   é estranho ouvir essa palavra "ciúmes" envolvendo nós dois. E ainda mais louco é ouvir que o
   ciumento aqui, é o P´Pha."

Yo...se eu ficar irritado e, temperamental com você só me perdoe por favor.
  "Eu apenas consegui sorrir com suas palavras."

-  Está tudo bem P´.
  "Eu fiz carinho em seu ombro largo."

O que me importa, é que você acredita em mim P´Pha.
     

  
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...