História 20 Coisas Que Eu Odeio Em Você


Escrita por: ~


Sinopse:
Odeio o jeito que seus olhos, que me encaram tão profundamente como se conseguissem ler a minha alma a cada olhar, decifram minhas inseguranças e medos mais infantis, me fitam sempre conseguindo me deixar perturbada.
Odeio o som da sua respiração, quando se aproxima de mim, deixando ela sonora misturada com seu hálito fresco emoldurando a sua presença.
Odeio o seu sorriso, cínico e confiante, que sempre usa quando solta uma ironia incontestável, ou quanto percebe os meus vacilos diante da sua presença irredutível.
Odeio a sua voz, rouca e em tom arrepiante, que sempre me surpreende em uma noite gélida sem estrelas, ecoando sob a minha nuca, provocando arrepios involuntários.
Odeio o calor, que você emana diante de uma brisa gelada, ou quando o frio percorre malicioso todo o meu corpo, durante uma noite chuvosa, o calor que você faz questão de transmitir ao meu corpo congelado, não me deixando opção senão sorrir com o maldito reconforto.
Odeio o jeito que você bagunça os seus cabelos charmosamente, como se soubesse o quanto esse simples gesto me afeta, me deixa nervosa, me faz entrar em milhares de brigas internas, faz meu coração produzir frenéticas batidas. Odeio o jeito autoritário que você tem diante de um impasse, o que faz com que eu me sinta em extrema segurança nos momentos mas díficieis, só porque você está ali, junto comigo.
Odeio o jeito que você me dá respostas rápidas e sarcásticas, quando estamos presos em uma irritante briga, capazes de me deixar sem palavras e de olhos arregalados diante da sua satisfatória vitória.
Odeio a atração que você exerce sobre mim, como se cada partícula sua gritasse em minha direção pedindo que eu o tocasse, que eu me aproximasse de você.
Odeio como você, e só VOCÊ, consegue, quando choro por algum motivo tosco, me consolar, trazendo o reconforto da sua presença.
Odeio o seu abraço, que me envolve, fazendo com que eu me sinta a pessoa mais sortuda do mundo, pelo simples fato de estar ali, presa em um par de braços que eu jamais gostaria que me abandonassem.
Odeio os seus ciúmes irritantes, quando estou falando com qualquer pessoa, seus olhares assassinos me fitando e fazendo eu me sentir culpada por algo que não sou.
Odeio o seu egoísmo esplícito, que só o torna mais convencido e irritante, o que combina totalmente com você, e só te deixa mais sedutor ficando cada vez mais díficil ficar a dois metros de você, sem ter o desejo de te agarrar.
Odeio quando interfere nas minhas decisões malcriadas e infantis, me proibindo de agir da forma errada como se fosse responsável, como se cuidasse de mim.
Odeio quando se aproxima de qualquer mulher, e isso é um fato imutável e incontestável.
Odeio quando você pousa sua mão gelada sobre a minha, só para dizer que você está aí e que posso contar com você.
Odeio o toque dos seus lábios frios, que me deixa em transe, sem saber como agir ou como pensar, e que sabe quando encontrar os meus lábios no momento certo.
Odeio saber que tudo o que escrevi nessa lista não passam de mentiras sobre um ódio que na verdade não existe.
Odeio olhar para você, e enxergar tudo o que eu sempre quis na vida, saber que o meu desejo mais profundo, é estar com você.

E mais importante que tudo, odeio ter a certeza mais absoluta de todas, a de que te amo, para sempre, sempre, e sempre.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Lana Parrilla, Sean Maguire
Personagens Lana Parrilla, Sean Maguire
Tags Colin O'donoghue, Emilie De Ravin, Ginnifer Goodwin, Jared Gilmore, Jennifer Morrison, Josh Dallas, Lana Parrilla, Once Upon A Time, Rebecca Mader, Robert Carlyle, Sean Maguire, Seana
Exibições 3.576
Comentários 249
Palavras 40.599
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction 20 Coisas Que Eu Odeio Em Você
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Odeio como você se veste
15
348
1.543
 
2.
Odeio como você fala
14
256
2.185
 
3.
Odeio como você me olha
12
243
1.967
 
4.
Odeio como você é convencido
22
252
2.837
 
5.
Odeio como você dança
14
247
3.375
 
6.
Odeio como você cuida de mim
20
244
2.250
 
7.
Odeio como você dirige
11
227
2.438
 
8.
Odeio como você arqueia as sobrancelhas
15
262
2.351
 
9.
Odeio como você me beija
12
262
2.483
 
10.
Odeio como você me faz bem
13
192
2.117
 
11.
Odeio como você é carinhoso
17
192
2.623
 
12.
Odeio como você sabe o que eu quero
10
164
1.843
 
13.
Odeio como você sorri
17
173
2.434
 
14.
Odeio como você me abraça
13
153
2.379
 
15.
Odeio como você, é só Você
13
136
2.606
 
16.
Odeio como você morde os lábios
13
116
1.870
 
17.
Odeio como você me ama
12
86
2.083
 
18.
Odeio como você me toca
6
23
1.215

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.