História 2059:A guerra - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Guerra, Suspense
Exibições 6
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi amorecos,então queria pedir desculpas por não postar nenhum capitulo, eu estava fora e acabei ficando sem internet, mas tive tempo para fazer o capítulo.
Nos vemos nas notas finais :3
Boa leitura <3

Capítulo 6 - 2059:A guerra


  Nós começamos a segui-la, ela nos apresentou algumas barracas, mostrou o refeitório, o campo de treino, onde ficava as armas, espadas, facas e etc...
  E em seguida a nossa barraca, ela era bem espaçosa, tinha duas camas, uma estante com 4 gavetas, um abajour, e uma pequena mesa redonda, um bau do lado de uma das camas, que depois de fazer impar ou par, descobri que seria minha.
  Ela nos acompanhou até sua barraca, onde disse que iria nos explicar algumas das regras.
  A barraca era de um tamanho mediano, contendo uma mesa no centro dela, a mesma estava bagunçada, com vários mapas com círculos vermelhos, não sabia ao certo o que isso significada, também tinha algumas frutas e uma jarra com água.
  -Sente-se -Ela diz apontando para duas cadeiras, que se encontrava a frente de sua mesa
  -Então aqui no acampamento, temos regras, e irei dizê-las a vocês dois -A mesma completa
  1-Temos horário para dormir e acordar, podemos ir nos ausentar até as 00:00,e acordar ás 08:00.
2-Cada um tem sua barraca, não entre na do outro sem a autorização do mesmo.
3-Nós temos três refeições ao dia,a única coisa que poderam comer fora disso e as frutas.
4-As barracas são separadas em parentes, se no caso você não tiver parentes, ficara junto com outra pessoa do mesmo sexo que o seu.
5-Cada um aqui realiza uma tarefa, uns são cozinheiros, outros cuidam da limpeza e os outros são guerreiros, então faça sua parte e não atrapalhe o outro.
6-Treinamos todos os dias, a diferença e que os cozinheiros e os que limpam treinam, menos que os guerreiros, porque eles tem que fazer as suas tarefas.
  -Como seu irmão e novo não vai sair do acampamento, então ele tera que trabalhar na cozinha, ou na limpeza -Ela diz
  -Prefiro a cozinha -Ele diz
7-Os banheiros das mulheres e dos homens são separados, nós tomamos banho no rio, e detalhe nunca, entendeu nunca, poderam ir ao rio sozinhos.
  8-Não fiquem arrumando confusão, porque seram punidos, as punições vão varear, dependendo da gravidade da ação cometida pelo mesmo.
9-Obedeçam os capatazes, se não quiserem apanhar.
10- cada três meses, O Mente vem aqui para, testar a habilidade de vocês, então dem o seu melhor.
11-Todo mês nós temos, o dia da fogueira, onde poderam dançar, beber, se divertir.
12-Vocês podem ter um relacionamento, com qualquer pessoa, independente se forem do mesmo sexo, ou não, aqui nós não temos preconceitos.
15-Depois que ficarem melhor, nas habilidades de sobrevivencia, vocês iram participar de expedições, tanto para procurar comida, roupas, armas, ou para procurar os monstros
  16-Se você ver o monstro mate, não tente fugir eles correm muito rápido
17-Aqui nós uma grande família, então sejam unidos e que também protej-M-Loaos outros.
18-Fiquem sempre atentos, quando estiverem fora do acampamento, ou quando estiverem andando sozinhos
19-É proibido sair dos limites do acampamento sem autorização, os limites são delimitados por muros bem altos.
20-E proibido usar arma dentro do acampamento, so nós treinamentos ou em caso de invasão
21-Vocês iram receber um uniforme, poderam usar a roupa que trouxeram, so dentro do acampamento, no caso de expedições usem o uniforme.
22-Poderam ter animais de estimação para caça:
-Cachorro
-Lobo
-Macaco
Detalhe não nos responsabilizamos pela morte deles
-Acho que são so essas regras -Ela diz
Nós despimos dela e fomos em direção a nossa baraca, e chegando lá, arrumamos as roupas e outros, nas gavetas.
Logo em seguida saimos, fomos em direção ao refeitorio, já que estava no horário do almoço, na metade do caminho, sinto uma cutucada em minhas costas, me viro e baixo
que era o mesmo menino, que tinha me ajudado, na floresta, (Aut:no caso, o que aplicou o antídoto) .
-Está melhor agora? -O mesmo pergunta
-Estou sim, e obrigada por me ajuda na floresta
-Que isso, so fiz meu dever, deveria agradecer o seu irmão, se ele não tivesse aqui, você poderia ter morrido
-Muito obrigado anãozinho (Aut:Anãozinho e o apelido do irmão dela)
-Não me chama assim, ja te disse -Diz Thomas
-Risos me desculpe
-A propósito sou Julie -Estendo a minha mão
-Sou Harry -Ele diz apertando a minha mão
Olhamos profundamente nos olhos, um do outro, quando meu irmão fala:
-Parem de namorar eu estou com fome
-T-Thomas -digo baixo
-Hahaha não tem problema -Diz Harry
-Nós vemos depois -O mesmo deposita um beijo em minha buchecha
Eu coro na hora e meu irmão me olha;
-Ta apaixonada, ta apaixonada -Ele diz fazendo chacota
-Não estou
-Ele ta caidinho por você
-E sério?
-Sim, ja que perguntou significa que tem interesse
-Não tenho, vamos logo -Puxo ele pelo braço, até o refeitório.
Chegando la, nos servimos, e nos sentamos, logo em seguida Harry chega, ele pergunta de pode sentar com a gente, digo que sim e ele senta ao meu lado.
Alguns amigos dele apareceram, ele me apresentou a eles, uma delas era a Akame, ela era Coreana, os pais dela morreram no país dela, morreram também na frente da mesma.
Nos estavamos conversando bastante , quando percebo que meu irmão ja nao estava ao meu lado, começo a pergunta a todos que estavam sentados na mesma mesa que eu, mais ninguém viu ele saindo,  Harry se levanta, e começa a me puxar pelo braço, procuramos na nossa barraca, nq enfermaria, no armazém onde ficava o armamento, no lago, nos banheiros, mais estávamos encontrando ele, sem perceber começo a chorar.
-Como pude perder meu irmao, eu prometi que nunca ia abandonar ele
-Calma Julie, nós vamos achar ele
Harry me abraça, e seca minhas lágrimas, e me diz que vamos achar o Thomas, ele coloca o braço no meu ombro, nós continuamos andando, quando vejo, Thomas sentado abaixo de uma árvore, com uma adorável menina.
-T-THOOOMAAASSS -Grito
Ele me olha assustado
-Oi Julie
-Você quase me matou do coração, não pode ficar saindo sem me avisar antes, nunca mais faça isso, me entendeu?
-Entendi, me desculpa so queria andar um pouco pelo acampamento
-Tem que me avisar antes ok


Notas Finais


Então esse foi o capitulo, tomara que tenham gostado.
Tenho um aviso para dar, essa semana vou ter prova, então não sei quando postei outro capitulo, mas vou tentar postar o mais rápido possivel.
Me desculpem por qualquer erro, e nos vemos no próximo capítulo *-*
Beijinhos no ar :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...