História 3 dias com Shawn Mendes - Subtitled - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Visualizações 209
Palavras 3.402
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente, essa será uma short fic, ou seja terá apenas três capítulos ( simplesmente pelo fato de que a história se passará em um fim de semana)

Essa será uma fanfic legendada ou seja todas as falas da personagem principal com Shawn serão em inglês mas logo abaixo terá a legenda dos diálogos, então se quiser praticar o inglês a vontade...

A fic irá se passar no Rock in Rio desse ano, então tive que alterar alguns fatos para que batesse com o enredo

Espero que gostem <3

Capítulo 1 - Dia 1


Fanfic / Fanfiction 3 dias com Shawn Mendes - Subtitled - Capítulo 1 - Dia 1

Sempre fui uma pessoa um tanto volúvel, seja em relação a gosto pessoal ou opinião sobre determinado assunto. Mas nunca soube ao certo se isso é bom ou ruim. Minha mãe ficava impressionada com a rapidez que mudava meu estilo na hora de se vestir ou os ídolos que eu tinha. Na verdade não acho que seja volúvel, eu apenas gosto experimentar coisas novas. Já fui belieber,directioner,mahomie... E no ano passado passei a admirar Shawn Mendes, eu era apaixonada por ele, sabia todas as musicas, assistia todas as livestreams, votava centenas de vezes por dia quando concorria há algum prêmio,além disso tinha seus dois álbuns e uma coleção de posters dele. 

    Assim que foi anunciado que ele viria para o Brasil durante o Rock in Rio, insisti para que meus pais me deixassem ir. Até que acabei os convencendo. Compramos passagens, ingressos e tudo... seis meses antes. Já estava tudo programado, iriamos eu, minha mãe, a melhor amiga da minha mãe Ana e a filha estranha dela Barbara, três anos mais nova que eu( tenho 18 e ela 15) , tudo para baratear a viagem pois iriamos passar três dias e meio no festival,seria um fim de semana,iriamos na quinta à noite para voltarmos domingo à noite, Ana estava lá para ver o Metallica no primeiro dia, e outras bandas de Heavy Metal, e no dia seguinte iria ver o de Shawn ,mas ficaríamos até domingo porque minha mãe queria ver o Frejat. Estava tudo certo, tudo planejado... 

    Porém, no meio do caminho acabei " contraindo" a febre do K-pop, e o novo amor da minha vida passou a ser BTS... ou seja, eu não tinha deixado de admirar Shawn, mas não era mais a mesma coisa, aquele amor... estava um tanto apagado. Quando estávamos prestes a ir eu já não estava tão animada. E não fazia tanta questão de ir. Mas como dizer isso para minha mãe, que gastou dinheiro e tempo planejando a viagem ? E de qualquer forma mesmo se eu dissesse isso ainda sim iriamos para o RIR, porque mamãe odeia desperdiçar dinheiro. 

 

 

Quinta-feira 

8:00 p.m 

Mais ou menos 42 horas até o show 

 

 

- vamos Kami, nosso voo já vai sair. - disse minha mãe,me levanto da cadeira em que estava sentada lendo ( na verdade relendo pela milésima vez) meu Harry Potter e a pedra filosofal edição especial de vinte anos ( sim, sou potterhead. Existem duas coisas que não deixo de ser fã de jeito nenhum e elas são Harry Potter e The Beatles) e além disso estava ouvindo Run ( BTS) no volume quase que máximo e com uma cara extrema de sono, porque fiquei maratonando Strong Woman até uma da manhã e fui pra faculdade de saco cheio. 

 

 

- anime-se querida em menos de vinte e quatro horas estaremos na cidade do Rock. Uuuuh...- disse Ana, ela parecia a ser a mais animada de todas nós com tudo isso. Apenas respondi com um sorriso. 

 

 

- para mãe, cê tá pagando micão...- disse Barbara entendida tirando os enodoe s de ouvido da cabeça. - tá me envergonhando a toa...

- tu é chata pra um cacete garota. - disse Ana

E realmente nunca gostei muito da Barbara, tá que mesmo ao dezoito anos eu tenho meus momentos de adolescente chata que gosta de se isolar. Mas minha nossa, ela é assim O TEMPO TODO!!! Além de dizer o que pensa a todo momento,mesmo que isso seja inconveniente. Estudamos na mesma escola por anos, - na qual eu me formei ano passado, ela irá se formar daqui há dois anos... - porém nunca fomos amigas. Eu tinha meu grupo de amigos da minha turma e ela ficava com a turma dela de gente esquisita e arrogate que nem ela. Não que ela tenha sido arrogante comigo... Na verdade mal nos falamos, só falo com ela por formalidade mesmo,nada mais do que isso e ela nunca me faltou com o respeito. Mas de qualquer forma, não tenho interesse nenhum em ser amiga dela, somos completamente diferentes  e não costumo lidar com gente como ela por muito tempo,geralmente eu me afasto. Sou na verdade alguém bem pacata, educada e as pessoas costumam dizer que sou bem inteligente e gentil também e ela é o oposto disso. 

     E apesar de ser mais nova que eu,ela bem mais alta  e pela forte maquiagem, cabelo colorido e roupas um tanto extravagante ela aparenta ser bem mais velha que eu. Mas ainda sim, ela continua sendo uma garota bonita, possui cabelos naturalmente ruivos com mechas azuis,olhos verdes, algumas sardas pelo rosto,pele pálida além de ser bem mais encorpada do que eu que sou uma garota esguia, baixinha, de cabelos longos,lisos e escuros. As pessoas costumam dizer que tenho um rosto bonito e bem jovial, vez ou outra ouço alguém dizer que se não fosse pela minha altura eu seria uma boa modelo de passarela ( geralmente as moças das lojas dizem isso. Elogiar cliente faz parte do negócio? Não faço a mínima.). 

 - bom as passagens estão aqui, eu e Ana nos assentos 23 e 24, 25 e 25  Kami e Barbara...- disse minha mãe apenas olhei para ela é revirei os olhos com cara de " vou ter mesmo que aturar essa mala a viagem toda?"  - são só três horas de viagem, prometo que quando voltarmos sentamos juntas. 

 

- tudo bem, mas só dessa vez dona Inês!- disse indo em direção ao meu acento

- eu sento na janela!- disse Barbara me empurrando e indo para a janela, que folgada! Cheguei primeiro! Pirralha do cacete! ( quando se faz 18 anos,todo mundo mais novo que você passa a ser "pirralho", é algo meio esnobe mas a sensação é boa pra cacete). Decidi não discutir com ela, já que estava com sono demais para isso. E foi o que aconteceu, acabei cochilando a viagem toda e acordei apenas quando chegamos. 

Quando chegamos era mais ou menos umas onze horas quase meia noite. Pegamos um táxi e fomos direto para o hotel que minha mãe e Ana haviam feito a reserva. E para diminuir todos os gastos ficaríamos no mesmo quarto, teríamos café da manhã disponível até às dez da manhã e serviço de quarto a nossa disposição. Até que nada mal,compensa o fato de que terei de dividir o quarto com a Barbara e passar o fim de semana com a minha mãe, não que eu não ame ela,mas mesmo aos 18 anos ela me trata como um bebê,e isso é irritante na maior parte do tempo.

Sexta-feira 

Rio de Janeiro,RJ 

Hotel CS 

00:00

 

Antes de ir deitar, recebi uma notificação no Twitter do Rock in Rio, achava que era apenas mais uma como todas as outras, mas na verdade aquela simples notificação mudou o rumo de tudo...

ATENÇÃO 

Caros amantes de Rock, 

  Devido a alguns imprevistos tivemos de fazer algumas modificações em nossa line-up. Devido a adesão de mais cinco atrações, a programação que ocorreria no dia 15/09 ocorrerá no 16/08 e a as atrações que antes neste mesmo dia passarão para o dia seguinte juntamente com as atrações do dia. OBS: apesar da modificação sua pulseira de acesso continuará válida.

     Atenciosamente,

   Staff Rock In Rio

 

Para mais informações que clique neste link 

- PUTA QUE PARIU! Mudaram a Line-up! - anunciou Barbara

 

- olha a boca Barbara! - repreendeu Ana

 

- como assim ? - perguntou minha mãe

 

- mudaram a programação, Shawn irá se apresentar no domingo.- disse

 

 - no dia em que voltaremos pra casa? - perguntou minha mãe

 

- pois é...mas tudo bem,vamos de qualquer forma. Não gastei todo aquele dinheiro a toa e não viemos aqui em vão...- disse minha mãe - agora vai dormir, temos um dia cheio amanhã...

 

- sim.- disse colocando o celular pra carregar na mesinha de cabeceira e indo dormir.

Sexta- feira 

8:22 a.m 

Hotel CS 

 

Eu realmente achei que iria acordar um pouquinho mais tarde, mas Ana fez o favor acelerar o processo. Sério tô AMANDO essa viagem... muito obrigada mesmo mãe por esse presente de aniversário maravilhoso( sim, esse é meu presente de aniversário,já estava decidido). 

- bom pessoal, vamo pra praia? - perguntou Ana

 

  - Fala sério mãe,praia essa hora? Praia é meu cú...- disse Barbara enfiando a cabeça de baixo do travesseiro

 

- bom, só iremos para a cidade do rock só as duas, então temos tempo de fazer algo. E não vai custar nada dar uma volta pela cidade, eu e Inês iremos aproveitar para dar uma volta. O que acha de vir conosco Kami? - perguntou Ana 

- é,pode ser.- por mais que já estivesse com um pé atrás em relação a isso disse sim, eu realmente sou o tipo de pessoa que dificilmente diz não para as pessoas principalmente se a pessoa for legal comigo que nem a Ana, ela é meio pirada as vezes mas é uma pessoa bem divertida de conviver.

- ótimo, então vamos antes que fique tarde. - disse minha mãe saindo do banheiro 

 

- ok, vou só trocar minha roupa e colocar um biquíni.- disse

 

- Barbara, tem certeza de que não quer ir? - perguntou Ana

 

- EU QUERO DORMIR! - disse ela da forma mais arrogante possível 

 

- nossa que mal humor,melhor ficar mesmo! - disse Ana alterando a voz

 Coloquei um biquíni verde agua com detalhes preto, e por cima uma camiseta lilás com detalhes praianos e com as palavras "Venice Beach" destacadas em lilás quase rosa, shorts cintura alta e uma rasteira, tentei miseravelmente fazer um coque em meu cabelo, mas como eu realmente não sei deixar tudo bonitinho, foda-se ficou aquela merda mesmo. 

   Confesso que sair com minha mãe e Ana não foi nada ruim, pra falar a verdade foi bem divertido. Fomos a praia de Copacabana, no cristo redentor, tirei varias fotos ( sim amo tirar foto de tudo, das paisagens e de qualquer coisa que eu posso editar no vsco cam e deixar tumblr), também fomos ao shopping e compramos algumas coisas, meio dia voltamos para o hotel, almoçamos, decidi tomar um banho e trocar a roupa que tava vestida por uma mais despojada ( shorts,camiseta dos Beatles,blusa quadriculada   E converse), coloquei tudo o que iria precisar dentro da mochila, celular,carregador, câmera...

     Em seguida, eu,minha mãe,Ana e Barbara seguimos com caravana do Rock In Rio. Que era um grupo de pessoas em um ônibus com destino a cidade do Rock, confesso que nunca vi tanta gente  gótica e hippie junta na minha vida, misericórdia...

 

Apenas me sentei ao lado da minha mãe e coloquei meus fones de ouvido e me fechei em eu próprio mundo. Decidi dar uma checadas nas redes sociais, Instagram... nada interessante... Twitter... a única coisa que se falava era Rock In Rio... e da recente chegada de Shawn Mendes ao Brasil, segundo o Twitter e sites de fofoca ele chegou hoje de manhã cedo e atraiu multidões logo no aeroporto. Há seis meses atrás eu ficaria extremamente empolgada com uma noticia dessas, porém naquele momento era apenas mais uma rolando em minha time-line, talvez um pouco mais relevante do que as notícias sobre Larissa Manoela ( nada contra, mas não sou fã então não tem o mínimo de relevância).  Mas aquela vibe : Rock In Rio + Shawn Mendes me fez querer escutar suas músicas o trajeto inteiro, isso mesmo " Stitches", " treat you better", " there's nothing holding me back"...  

         

       Devido à mudança da programação do festival o dia de estaria reservado para as bandas de heavy metal ( que eu particularmente detesto), uma mega barulheira,muitos gritos,pessoas embriagadas,etc... Antes mesmo de chegarmos lá os guias turísticos nos fizeram recomendações do tipo: Mantenham-se sempre juntos, se afastar em caso de tumulto, ficar o mais longe possível das caixas de som ( para evitar problemas auditivos) entre alguns outros avisos. 

      Assim que chegamos seguimos em fila indiana e conforme íamos entrando faziam a verificação das pulseiras e/ou credenciais. Logo que entramos na pista, a única coisa que eu queria fazer era dar meia volta e ir pro hotel, agarrei na minha mãe o máximo que pude. 

- Amanhã terão atrações melhores...- minha mãe cochichou para mim 

 

- com certeza,Lady Gaga...- disse

 

         Ana estava extremamente animada por estar ali. Bárbara também. E as únicas que pareciam estar desconfortáveis com aquilo era eu e minha mãe. Ao nosso redor muita gente gritando, bebendo e podia jurar que ouvi  um cara de mais ou menos uns quarenta e tantos anos me chamar de gostosa, mas apenas ignorei e continuei andando. 

 

- UUUUUH VAI COMEÇAR PORRA!! - gritou Barbara pouco antes do metálica entrar no palco. 

Assim que eles entraram a gritaria foi garantida,eu sequer conseguia ouvir o que minha mãe me dizia, sem contar que Ana e Barbara não paravam de gritar. 

 

- O QUE ? MÃE? - eu gritei o mais alto que pude

   A situação só piorou quando fomos conduzidas por Ana para cada vez mais perto do palco, o tumulto era bem maior, e cada vez mais eu me sentia mais sufocada pela quantidade de pessoas me apertando na multidão, podia jurar que poderia morrer ali mesmo, acabei bem soltando da minha mãe involuntariamente e tudo o que eu queria era sair dali,mas ninguém sequer ouvia meus gritos. 

  Aos poucos eu fui saindo do tumulto,para uma parte mais aberta e pouco lotada,ainda era possível ver minha mãe, um pouco distante, mas acabei esbarrando em alguém,bem mais alto que eu, pude jurar que ouvi " Hey Dad!" atras de mim, "vish,é Gringo..." pensei. Então foi quando decidi fazer contato visual, e acabei ficando de boca aberta, era ele... era Shawn Mendes, mas que diabos ele fazia em um show de Heavy Metal? 

 

- CARALHO! Shawn Mendes ! - gritei

 

- WHAT? - ele perguntou confuso

 

- Sorry, I  was looking at the floor. - disse 

( desculpe, eu estava olhando para o chão).

 

- Wow you speak English,finally someone who speaks english. - disse ele 

( wow você fala inglês,finalmente alguém que fala inglês )

 

- I try the best as I can.

( faço o melhor que posso) 

 

- No, I have to say sorry, I didn't see ya. - disse ele 

(não,eu que tenho de pedir desculpas, eu não vi você) 

 

- By the way, I'm a huge fan.- disse estendendo a mão para

( Alias, sou uma grande fã)

 

-I noticed it.- disse ele com um sorriso um tanto malicioso 

( eu vi isso)

 

Em vez de pegar na minha mão ele me puxou para um abraço sem aviso prévio. 

- Thanks. I gotta go, my mom will be very worried if she doesn't see me. 

( obrigada, mas tenho que ir, minha mãe vai ficar mega preocupada se não me ver) 

 

Quando ia me virando, senti alguém segurando meu braço.

 

- Can I ask you something random ? - disse ele

( Posso te pedir algo inusitado?) 

- yeah...What exactly?

( sim?! O que exatamente?) 

 

- Please,can you take me with you until I find my team? Because I can't find them, and I don't wanna to be alone here. - disse ele da forma mais fofa possível 

( por favor, pode me levar com você até eu achar minha equipe? Porque não consigo achá-los e eu não quero ficar sozinho aqui).

 

- e...  - fiquei sem saber o que dizer 

 

- Please, I'm totally incommunicable,my cellphone is with Geoff, and can't even talk to the staff of the festival and you look to be cool. And was very hard for me find someone kind who speaks English   like you here,plus I'm not so popular between the heavy metal fans, nobody here knows who I am, nobody  wanted to help me here,please be my guide for a awhile. 

   (  Por favor, eu estou totalmente incomunicável, meu celular está com Geoff e eu nem posso ao mesmo falar com a equipe do festival,e você parece ser legal. E foi muito difícil achar alguém bondoso que fala inglês como você por aqui, além disso não sou muito popular entre fãs de Heavy metal, ninguém  quis me ajudar . Por favor seja minha por um enquanto.) 

- Ok, you can come with me.

( ok, pode vir comigo) - afinal quem sou eu para dizer não a Shawn Mendes? - Let's look for my mom first, if she didn't see me I'm dead, and then, I help you to find your crew.Just follow me. 

( Vamos procurar pela minha mãe primeiro, se ela não me ver estou morta, e depois,eu te ajudo a achar a sua equipe. Apenas me siga)

 

- Ok.so... Let's go! 

( Ok. Então... vamos) - disse ele  vindo logo atras de mim 

 

Andamos para a parte um pouco mais próxima da aglomeração, e até aquele presente momento nada da minha mãe ou das garotas. Shawn seguia atras de mim.

 

- I have a question. 

( tenho uma pergunta) - disse

 

- Yeah? Tell me...

( sim? Diga...) 

 

- Do you like heavy metal?

( gosta de heavy metal ?) - perguntei

 

- No, actually I hate it. But my dad and guys like it,I came to here because I didn't wanna to be alone in the hotel room... and Geoff almost forced me to come here. He told me that the alternative girls are more interesting. At least... he was right...

(  Não, na verdade eu odeio. Mas meu pai e os garotos gostam, eu só vim pra cá porque não queria ficar só no quarto de hotel... e Geoff praticamente me forçou a vir, ele me disse que as garotas daqui são mais interessantes, pelo menos ele estava certo)- disse olhando para mim com um sorriso malicioso)

-I'm not alternative! And is not because I'm wearing a The Beatles T-shirt or a short with spikes that means I like this kind of music...

( Eu não sou alternativa! E não é porque eu tô usando uma camiseta dos Beatles ou um short com spikes que significa que eu curto esse estilo de música) - disse com a voz um tanto alterada, odeio que me chamem de alternativa, sou eclética! Ou pelo menos tento ser.

- Ok, you're right I took a hasty conclusion about your style.

( Ok, tirei uma conclusão precipitada sobre o seu estilo)

 

- yeah.

( sim.) - concordei 

 

- None of these women around here look like your mother? 

( nenhuma dessas mulheres por aqui se parece com a sua mãe ?) - ele perguntou 

 

-Not even far... 

( Nem de longe...)- disse 

 

- I'm starting to getting worried...

( eu estou começando a ficar preocupado...)

 

- Fuck! We are lost! 

( Caralho, estamos perdidos!) 

 

- wow, you talk swear word...

( wow, você fala palavrão) - disse ele abrindo um sorriso

 

-It's not funny! We're definitely lost! 

( isso não é engraçado, estamos definitivamente perdidos!) - disse irritada 

Rock in Rio, 15 de setembro ( primeiro dia de festival), 4:22 da tarde... Havia acabado de esbarrar em ninguém menos que Shawn Mendes, mas também foi quando me dei conta de que nem minha mãe,muito menos Ana ou Barbara estavam por perto. Eu me encontrava perdida em meio a uma multidão de fãs do Metallica com uma celebridade,  ele parecia estar achando aquilo divertido, qualquer garota no meu lugar estaria amando aquela situação de estar ao lado dele, mas na verdade eu estava tão assustada quanto uma criança que se perde da mãe em um shopping center. Apesar de tudo, estávamos presos um ao outro a partir daquele momento,precisávamos juntos achar o caminho de volta, nada seria como antes...

- Calm down, we will find a solution.

( fica calma, vamos achar uma solução).- disse pegando no meu ombro

 

- Can't be calm! I'm lost, we are lost! Oh shit! 

( não consigo ficar calma, estou perdida,estamos perdidos! Puta merda!) - disse aflita 

    

     E quando eu acho que as coisas não podem ficar piores, vem uma moça de cabelos roxos, mais baixa que eu por centímetros mas provavelmente mais velha, e coloca coroa de flores. 

- Hey casal bonito, estão convidados para o nosso tour Love Paradise. Não aceito não como resposta!

 

- não somos um casal, ele é....

 

- "Amigo" né?- disse ela em um tom malicioso

       

- what did she say?

( o que ela disse?) - perguntou Shawn 

 

- vamos!- ela disse nos empurrando para uma kombi colorida lá deveria ter uns quatro ou cinco casais... 

 

       Agora estou ferrada e presa a Shawn Mendes... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...