História 3 dias com Shawn Mendes - Subtitled - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Visualizações 178
Palavras 5.982
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, decidi dividir o dia 1 porque ficaria grande demais se eu emendasse com o dia 2 ( que já grande). Então, quase 6000 palavras <3
Enjoy

Capítulo 2 - Dia 1 - parte 2


Fanfic / Fanfiction 3 dias com Shawn Mendes - Subtitled - Capítulo 2 - Dia 1 - parte 2

     

      As coisas não podiam estar piores, eu estava dentro de uma Kombi cheia de estranhos e ainda por cima com Shawn Mendes, eu tenho quase a certeza de que se acontecer alguma coisa com ele a culpa será toda minha, afinal a ultima pessoa que esteve com ele fui eu. Aquela Kombi estava repleta de  gente gótica, cheias de pirceings e tatuagens pelo corpo todo, sem contar nas roupas extravagantes, Shawn e eu éramos os únicos normais ali. Eu poderia pegar meu celular e ligar para a minha mãe mas 1- estava totalmente fora de área, 2- fiquei morrendo de medo de algum deles sacar uma arma ou sabe se lá o que pode acontecer, milhares de coisas estavam se passando pela minha cabeça naquele momento... Existe 50% disso ser um sequestro, ou um assalto... eu realmente queria chorar naquele momento. Shawn parecia confuso e assustado, mas não tão desesperado quanto eu.

 

- what the fuck is happenig ?

( Que diabos está acontecendo?)  - ele murmurou para  mim

 

- I don’t know...

( eu não sei...) – murmurei para ele de volta com voz de choro

 

 

     De repente a Kombi finalmente parou em um daqueles restaurantes de beira de estrada, ao me dar conta disso quis ir aos prantos. Mas caso eu demonstrasse fraqueza iriam perceber que sabia o que estava acontecendo e poderiam fazer algo respeito, quem sabe nos matar...

 

- Bom pessoal, essa é a nossa primeira parada, podem descer ir ao banheiro, comprar algo para comer, voltamos em cinco minutos. – disse a tal moça que nos arrastou para a Kombi

 

     Todos descemos em direção ao restaurante e nos afastamos um pouco do pessoal da Kombi. E pra piorar, em uma fração de segundos vi a Kombi sumir e nos deixar sozinhos no meio do nada. Não contive minhas lágrimas e comecei a chorar. Já estava começando a escurecer e aquele povo maluco largou Shawn e eu ali no meio do nada...

 

- droga...- disse chorando desesperadamente – So sorry Shawn, I can´t even use my phone to ask for help, cause it´s no signal... and I don´t even know where we are now...It´s all my fault! My mom will kill me, if she find me alive...

( Sinto muito Shawn, eu nem sequer posso usar meu celular pra pedir ajuda, e eu nem sequer sei aonde estamos agora... é tudo minha culpa, minha mãe vai me matar... se ela me achar viva...)

 

 

- Don't say it, it´s not your fault. We both just are in a bad day. We don´t choose our bad days, them choose us. Keep calm... you could ask to the people from the restaurant where we are instead freak out completely.

( não diga isso, não é sua culpa. Nós apenas dois estamos em um dia ruim. Não escolhemos os dias ruins,eles nos escolhem. Mantenha a calma... você poderia perguntar para as pessoas do restaurante aonde estamos ao invés de surtar completamente).

 

- How can you  be so calm in a moment  like this ?

( como você pode ficar tão calmo em um momento como esse?)

 

- I’ve passed through it many times, I´m used to it...

( já passei por isso várias vezes, estou acostumado)

 

- does your team use to forget you in any palce?

( a sua equipe costuma te esquecer em qualquer lugar?)

 

- in the beginning of  my career,and  during the magcon... we use to have many issues like this in the road... deal with broken buses, cellphones with no signal...look, you should be asking for information if you really wanna go away from here.

( no início da minha carreira, e durante a magcon... costumávamos ter muitos problemas como esse na estrada... lidar com ônibus quebrados, cellphones with no signal... olha, você deveria buscar por informação se realmente quer sair daqui).

 

- and you two... why you don’t care about it?

( e você também, por que não se importa com isso?)

 

- I don’t know why, but I trust on you. What’s very weird because I don’t even know your name...

( eu não sei porque, mas confio em você. O que mega estranho porque eu nem sei o seu nome)

 

Apenas revirei os olhos e fui em direção ao proprietário do local, um senhor barbudo e afável que aparentava ter mais sessenta anos, ele vestia roupas praianas e cantarolava algo do tipo MPB.

 

- desculpa senhor, é que sou turista gostaria de saber aonde estamos. Eu me perdi do meu grupo de turismo e...

 

-  Rio de Janeiro?

 

- sim.

 

- ah minha filha, se você soubesse a quantidade de turista que se perde  por aqui não acreditaria, acho que deveria começar a cobrar por isso. A região está uma loucura, por causa do tal rock in rio, ...  olha a cidade fica há menos de um quilômetro daqui, siga naquela direção.

 

- obrigada.

 

- ao seu dispor.

 

Fui em direção a Shawn que me esperava sentado em uma das mesas do restaurante e logo ele se levantou.

 

- and?

(e?)

 

- the good new is we are near from city, the bad new I really don’t what do... my mom probably already called the police... to find me, what’s good, but I don’t know what do, if at least remembered the name of the hotel that we’re hosted...

( a boa notícia é que estamos perto da cidade, e ruim é que eu realmente não sei o que fazer... minha mãe já ter chamado a polícia... pra me achar, o que é bom, mas eu não sei o que fazer, se ao menos eu lembrasse o hotel em que estamos hospedadas...) – disse dando um tapa em minha própria testa.

 

- I do. I know where we’re hosted, I mean, the name of the hotel... we can take a taxi, you come with me to the hotel,  I  call to Geoff, he’s with my phone, so I say that I  was tired and just back to the hotel and you talk to you mother and say that’s everything ok,say where you are and  if she get angry, I just ask to  team say that I saved you of to be crushed in the crownd and took you with me...I can ask to my dad talk to your mom, he speaks portuguese.Problem resolved!

( eu lembro. Eu lembro do hotel em que estamos hospedados, quer dizer, o nome do hotel... podemos pegar um taxi, você vem comigo até o hotel, ligo pro Geoff, ele está com o meu celular, então eu digo que estava cansado e voltei pro hotel, e você liga pra sua mãe e diz que está tudo bem, diga aonde está e se ela ficar brava, eu peço pra minha equipe dizer que eu salvei você de ser esmagada e te trouxe comigo...Posso pedir para o meu pai falar com a sua mãe, ele fala português.Problema resolvido!)

 

- you don’t know my mom, she wouldn’t believe in this story  even you were the Pope. I know that I’m really fucked... and I so nervous to think something better, so yeah , we go with your idea.

( você não conhece minha mãe, ela não acreditaria nessa história nem se você fosse o Papa. Eu sei que estou completamente fudida... e estou nervosa demais pra pensar em algo melhor, então é, vamos com a sua ideia)

 

- I’m the captain of this mission! –

( eu sou o capitão dessa missão) – disse ele fazendo pose de soldado

 

- so, you will need it. We will get in a city  with a lot of your fans. If the people recoganize you, will make this more hard  for us.

(Então, você vai precisar disso, Nós vamos entrar na cidade lotada de fãs seus. Se alguém te reconhecer, vai tornar isso mais difícil para nós) – disse lhe entregando um óculos escuro preto, um hoodie com capús e meu boné do BTS.

 

 

- BTS? Really?

( BTS? Sério?)

 

- it’s just until we get to the hotel. Is it or to be recoganized by the paparazzis and everyone, you choose...

( é só até chegarmos no hotel. É isso ou ser reconhecido pelos paparazzi e todo mundo, você escolhe...)

 

- I can’t believe that you have a cap of  the guys who killed me at Billboard. And  you say that’s my fan...

(  eu não posso acreditar que você tem um boné dos caras que acabaram comigo na Billboard. E ainda se diz minha fã...)

 

- them are cool...

( eles são legais) – disse o provocando

 

- And am I not? My sister is obsessed with them, many fans of mine like them, even Camila like them. For real, I don’t understand what you girls see that weird asian  boys... what them have that I don’t ?

( E eu não sou? Minha irmã é obcecada por eles, muitas fãs minhas gostam deles, até a Camila gosta deles. Sério, eu não entendo o que vocês garotas veem naqueles garotos asiáticos estranhos, o que eles tem que eu não tenho?)

 

- I don’t know why, but it sounds a little bit racist...

( eu não sei porque, mas isso soa meio racista...)

 

- it’s not racist, I’m just expressing my opinion. Now everyone listen to kpop, because it’s “cool”. I can’t understand all it...

( isso não é racista, estou apenas expressando a minha opinião. Agora todo mundo gosta de kpop, porque é “legal”. Não consigo entender tudo isso...)

- do you ever tried to listen at least one kpop song?

( você já ao menos tentou ouvir  pelo menos uma música de kpop?)

 

 

- nope.

( não)

 

- just try it...

( apenas tente...)

 

- Heya!does we go back to the city or not ?

( heya! Nós vamos voltar para cidade ou não?)

 

 

- ok, let’s go!

( ok, vamos!)

 

- yep.

( sim) – disse ele

 

- and is not “Heya”, it’s Camille.

( e não é “Heya”, é Camille)

 

- what?

( o que?)

 

- my name is Camille, but everyone call me Kami

( me chamo Camille, mas todo mundo me chama de Kami)

 

- OMG! After almost one hour and half  with you, I finally know your name. Do you that the people normally introduce themselves when them meet each other?

( OMG!  Depois de uma hora e meia com você, finalmente eu sei seu nome. Você sabe que as pessoas normalmente se apresentam quando se conhecem?)

 

 

- let’s walk... it’s almost darkening.

( vamos andar... Já está quase escurecendo)

 

 

- OK, Camille. – ele sorriu malicioso

 

- Kami!

 

 

-  I don’t know why but I rather call you Camille. I like it more than Kami.

( eu não sei por que mas eu prefiro te chamar de Camille. Eu gosto mais do que Kami)

 

    Andamos por mais trinta minutos até chegarmos Santa Cruz, tentamos chamar o mínimo de atenção possível, pegamos um taxi que nos levou até o Copacabana Palace, onde Shawn está hospedado ( típico, não?). Entramos, pegamos o elevador e fomos até sua suíte.  Nunca tinha entrado numa suíte como aquela, parecia coisa do filme.

 

- please, can you borrow me your phone?

( por favor, pode me emprestar o seu celular?)

 

- for what?

( pra quê?)

 

- to call my team... what more would I ask for?

( pra ligar pra minha equipe... o que mais eu poderia pedir?)

 

 

- ok. – disse lhe entregando meu celular

 

 

-  I need your touch ID... really? Let me guess it... BTS? I’m prettier and hot than this  guy...

( preciso da sua digital... sério? Deixe-me advinhar... BTS? Eu sou mais bonito e sexy que esse cara) – disse ele se referindo a foto de Kim Namjoon na minha tela de bloqueio

 

 

- oh you’re so conviced!

( oh você é tão convencido) – disse revirando os olhos

 

Ele apenas piscou para mim e começou a falar ao telefone, enquanto eu fiquei sentada na cama olhando pro nada. Esse tá sendo de longe o dia mais louco da minha vida.

 

- Thanks, they are backing to the hotel right now. You should call your mother and say that’s everything ok.

( obrigado, eles estão voltando para o hotel agora mesmo. Você deveria ligar pra sua mãe e dizer que está tudo bem).

 

- Yeah... – peguei o celular da mão dele e liguei pra minha mãe

 

Ela atendeu logo no primeiro toque.

 

- KAMI? ONDE VOCÊ ESTÁ? COM QUEM ESTÁ? O QUE ACONTCEU? EU ESTAVA PASSANDO MAL AQUI E...

 

- tá tudo bem mãe, é que aconteceram algumas coisas...e... eu não tive como evitar... o mais importante: Não é culpa minha!

 

- não quero saber se é culpa ou não, só quero saber onde você está agora mesmo!

 

 

- e...

- ME DIZ AGORA CAMILLE! – ela gritou desesperada

 

 

- Co-Copacabana Palace.- disse um tanto nervosa e com medo do que pudesse acontecer a seguir

 

- COPACABANA PALACE?  Essa história está muito mal contada...

 

 

- desculpa mãe, prometo que agora mesmo mando tudo detalhado por Whatsapp...

 

 

-  eu vou é agora te tirar daí!

 

   Facilitaria muito minha vida se o plano da minha mãe desse certo,MAS... não foi isso que aconteceu. Do nada, a frente do hotel ficou lotada de fãs do Shawn e do Maroon 5 e por segurança o hotel proibiu a saída hospedes e a entrada de não hospedes, e como eu já estava lá dentro mesmo não sendo hospede eu não poderia sair de qualquer forma. Por sorte a equipe de Shawn já havia chegado.

 

- finally you all arrived...

( vocês finalmente chegaram...) –  disse

 

- The traffic was a chaos, because of the festival, but we finally are here...

( o transito está um caos, por causa do festival, mas finalmente estamos aqui...) – Andrew disse

 

- Sorry son, for forget about you at the festival , please don’t tell nothing to your mother. Because if she knows about it, she will kill me.

( desculpa filho, esquece-lo no festival, por favor não diga nada a sua mão. Por que se ela souber, ela vai me matar.) – disse Manny

 

- It’s ok dad...

( tá tudo bem pai...)

- who’s the girl?

( quem é a garota?) – perguntou Geoff

 

- Everyone this Camille, Camille this my dad, my manager Andrew and Geoff that you alreay must know...

( pessoal essa é a Camille, Camille esse é meu pai, meu empresário Andrew e Geoff que você já deve conhece-los)

 

- Hi

( disse tímida) – e eles acenaram pra mim de volta

 

- She’s a fan, and we left the festival by accident together.

( ela é uma fã, nós deixamos o festival juntos por acidente)

 

- Brazilian?

( brasileira?) – perguntou Geoff

 

- yeah.

 

- are you ok Camille?

( você está bem Camille?) – perguntou Andrew

 

- Yeah. I’m fine. Except by the fact that my mom wants to take me out from here and she can’t... She’s freaking out about it.

( Sim. Estou bem. Exceto pelo fato de que minha quer me tirar daqui e não pode... ela está surtando com isso.)

 

-  Sinto muito, mas terás de ficar aqui. – disse o pai de Shawn com um forte sotaque português

 

- eu sei...

 

- mas pra consertar este problema, me passe o telemóvel de sua mãe. Irei notifica-la. – disse ela

- muito obrigada. – disse dando o número da minha mãe

 

[...]

 

- so you came here  to see Shawn,right?

( então você veio aqui pra ver Shawn,certo?) – perguntou Geoff

 

- yes, some others artists, Maroon 5, Lady Gaga... my mom  got  package for a very good price.

( sim, e alguns outros artistas, Marron 5, Lady Gaga... minha mãe conseguiu um pacote por um bom preço)

 

- cool. How old are? You’re are under 16, aren’t you? You’re so beautiful...

( legal. Quantos anos você tem? Você tem menos de 16 não é? Você é tão linda...) – disse Geoff

 

- Back off! I saw her first! You pedophile !

( cai fora! Eu vi ela primeiro! Seu pedófilo!) – protestou Shawn

 

- Actually will turn 19 in december.

( na verdade, eu faço 19 em dezembro)

 

- I thought you was younger...

( pensei que você era mais nova) – disse Shawn

 

- many people say it to me all the time, I mean, the people who don’t know me.

( muita gente me diz isso o tempo todo, quer dizer, as pessoas que não me conhecem).

 

- Camille conversei com tua mãe – disse Many interrompendo a conversa – ela já está mais tranquila, expliquei a ela o ocorrido . Mas terás que passar a noite aqui. Tua mãe irá enviar tuas roupas.

 

- obrigada, mesmo. Só não queria deixar minha mãe preocupada.

- ela disse que terás problemas se dormires aqui...-explicou Manny

 

 

- graças a deus... – murmurei para mim mesma

 

Peguei meu celular da bolsa, e vi que meu whatsapp tinha mais 3000 mensagens, nem me dei o trabalho de responder todas, a maioria era vinda de grupos. A única que respondi foi da minha mãe .

 

M: fiquei sabendo que o tal Shawn Mendes está com você

   O pai dele falou comigo, estou enviando suas coisas

Juízo, viu?

 

Eu: mãe, eu mal conheço o menino, não vai acontecer nada.

 

M: olhe lá...

 

- Shawn, you will sleep in the Geoff’s room tonight, the girl will sleeps here.

( Shawn, você dorme no quarto do Geoff  essa noite, a garota dorme aqui) – determinou Andrew

 

- I have no problems about share this room with her...

( não tenho problema nenhum em dividir o quarto com ela) – disse Shawn olhando pra mim e depois esticando o braço e me abraçando pelo ombro

 

- YOU in the Geoff’s room!

( VOCÊ no quarto do Geoff) – disse Many num tom autoritário

 

- ok. – disse Shawn

 

De repente bateram na porta e Many a abriu e era uma camareira ela carregava minha mala.

 

- Camille Andrade.- disse a moça

- sou eu.- disse indo pegar as minhas  coisas, Shawn foi em minha direção me ajudando a pegar a mala,  foi desnecessário porque a mala tem rodinhas.

 

- do I ever asked for help?

( eu pedi ajuda ?)

 

- No, but I was trying to be cool...

( não, mas eu estava tentando ser legal...)

 

- but you are cool, letting me breath! You don’t get off my back since the festival. It’s boring.

( mas você é legal, me deixando respirar! Você não larga do meu pé desde o festival. Isso é chato).

 

- Don’t like my company?

( Não gosta da companhia?)

 

- based in this day?

( baseada nesse dia?) – Sério, minha cabeça da época em que era MendesArmy quase que maluca eu achava que ter um dia com Shawn seria a melhor coisa que pudesse me acontecer, mas parece que eu tava errada... Eu sou meio que antissocial, eu não sou autista mas gosto de ficar só. E ter alguém no meu ombro olhando e seguindo cada passo  meu me irrita, não importa se Shawn Mendes ou não...

 

- Ok guys, let’s get out of here, let’s give a little bit of privace to her,specially you Shawn. Camille, here is the tickets that yoou need to use in the restaurant of the hotel to have your dinner and breakfast and the card to get in the room or lock it. I hope you enjoy the room.

( ok pessoal, vamos dar o fora daqui, vamos dar um pouco de privacidade a ela, especialmente você Shawn. Camille, aqui estão os tickets que você precisa usar no restaurante do hotel para o café da manhã e jantar e o cartão para entrar no quarto outranca-lo, espero que goste do quarto) – disse Andrew

 

- thank you so much.

( muito obrigada)

 

- se precisares de algo estamos acomodados nos dois quartos ao lado.- disse Many

 

- obrigada.

 

[ ...]

     Aproveitei o tempo que fiquei sozinha pra tomar um banho daqueles. Havia uma banheira enorme no banheiro, então pensei: Por que não?! Devo ter ficado lá de molho naquela banheira por uma hora e meia, me enchi daqueles sais de banho e todas aquelas frescuras de rico. Quando sai do banho já eram umas sete horas. Coloquei um vestido floral preto com detalhes praianos e uma sandália rasteira, deixei meu  cabelo solto.  Peguei meu celular e dei uma checada nas minhas redes, nada interessante até aquele momento. Dava pra ouvir a gritaria das fãs lá embaixo. Então decidi descer e ficar na área da piscina, peguei meu ticket caso quisesse jantar depois e meu celular. Fiquei apenas sentada em uma daquelas cadeiras na beira piscina mexendo no celular. Eu tinha esperança de achar alguém interessante ali na piscina, mas só tinha uns velhos ( nenhum bonito, talvez ricos, provavelmente ricos) e umas cinco moças na casa dos 30  anos na jacuzzi. Ignorei completamente o que estava a minha volta e resolvi tirar algumas fotos.

 

- The last one looks good.

( a ultima ficou boa.) – disse alguém atrás de mim, óbvio, Shawn. Confesso que tomei meio que um susto quando ouvi sua voz bem perto de mim, esse garoto é o que? Onipresente ?

 

- You almost scared me to death! Please in the next time let me know that you are coming, ok?

( você quase me mata de susto! Da próxima vez me avise quando me avisa quando estiver chegando,ok?)

 

-  I like to make surprises!

( gosto de fazer surpresas!) – disse ele se sentando ao meu lado na espreguiçadeira

 

-  I  noticed it...

( percebi )

 

-  I came to the conclusion that you’re not my fan anymore...

( eu cheguei a conclusão de que você não é mais minha fã ...)

 

- How you came up to this conclusion?

( como você chegou a essa conclusão?) – o questinou

 

- You didn’t screamed when you saw me for the first time, you got angry at me all the time, and your playlist is full of kpop songs...

( você não gritou quando me viu pela primeira vez, você fica brava comigo o tempo todo e sua playlist é cheia de músicas de kpop)

 

- wait, do you mess my phone?

( mexei no meu celular?) – Caralho seu filha d p... Não, não vou xingar te Karen ela não merece isso.

 

- Yay, not to much interesting,I don’t read your messages because you don’t use the imessage,your whatsApp has a password, why? you have pictures of that asian guys than yours... your storage is completely full of it.  You’re not my fan anymore, you love these guys more tha me...

( sim, nada tão interessante, eu não li suas mensagens porque você não usa Imessage, e o seu WhatsApp tem senha, por quê? Você tem mais fotos daqueles garotos asiáticos que suas... seu armazenamento está completamente cheio disso. Você não é mais minha fã, você mais a esses garotos do que a mim...)

 

 - are you saying that just because I’m kpoper means that I’m no your fan anymore?

( espera, você tá dizendo que só porque eu sou kpoper que eu não sou mais sua fã?) – Por que todo mundo adora implicar com quem ouve kpop? Que saco...

 

- I’m not saying it...  I just wanna say... um... Do you hated meet me , don’t you? I know you don’t like my company. I can feel when I’m not beloved by a person. Please be honest, if you’re not my fan, so why are you going to my concert?

( Eu não estou dizendo isso... Eu só quero dizer que...hum... você odiou me conhecer, não foi? Eu sei quando alguém não gosta da minha companhia. Eu posso sentir quando eu não sou querido por alguém. Por favor seja honesta, se você não é minha fã, então por que está indo ao meu show? ) –         naquele momento ele havia perdido seu tom brincalhão e otimista de sempre e assumiu um semblante e tom de voz sérios quase tristes, e aquilo me tocou de um jeito... Refleti tudo o que havia acontecido até aquele momento, e... “ Minha nossa, como eu fui rude com ele.”. Então nem exitei em dizer a verdade.

 

 

- For to be honest, I’m here beacause I disturbed my mom for months to see you at the festival. So he bought  everything some months earlier, Hotel host, Tickets, fly tickets, cards... everything. So we have to come because my mom didn’t want to waste her Money  and she didn’t want sell it because she came to see another artists... So for this reason, I’m here.

( Pra ser honesta, eu estou aqui porque eu perturbei a minha mãe por meses para ver você no festival. Então ela comprou tudo meses antes, hospedagem no hotel, ingressos, passagens, cards... tudo.  Então tivemos que vir porque minha mãe  não queria desperdiçar seu dinheiro e ela queria ver outros artistas... Então por essa razão, estou aqui).

 

- OK.. It was very sincere... the truth hurts...

( ok... isso foi bem sincero... a verdade doi...) – disse ele em um tom triste

 

- I don’t dislike you,ok?! I mean, you’re  cool,and helped me a lot today, if you was not there to tell me what do, I really don’t what would happened to me and I was so rude with you... Sorry,ok?

( eu não te odeio, tá?! Quero dizer, você é legal, e me ajudou muito hoje, se você não estivesse lá para me dizer o que fazer, eu realmente não sei o que poderia ter acontecido comigo e eu fui tão rude com você... Me desculpa, tá?) – disse passando minha mão por seus cachos, sim eu posso ser fofinha quando eu quero.

 

     Imediatamente ele abriu um sorriso e me abraçou e eu retribui. Comecei a sentir uma queimação no meu peito, mas eu não estava passando mal, era uma sensação gostosa. Ai minha nossa... não acredito que isso está acontecendo comigo... É a vida me fazendo de trouxa pela milhonésima vez. Kami, esqueça! Isso não vai dar certo.

 

- I don’t know why, but I’m happy that you dislike me...

( eu não sei por que, mas estou que feliz que você não me odeia...) – disse ele

E como reação apenas ri.

 

-  ...

 

- so now can we be  friends?

( então agora podemos ser amigos?) – disse finalmente desfazendo o abraço e segurando minha mão e brincando com os meus dedos

 

 

- I think so.

( acho que sim.) – disse confiante

 

- look,  the others already have dinner. So if you wanna company to have dinner, I’m here. I dind’t have dinner yet.

( olha, outros já jantaram. Então se você quiser companhia pra jantar, estou aqui. Eu ainda não jantei).

 

- ok, let’s have dinner, I’m so hungry.

( ok, vamos jantar, estou morrendo de fome) – disse me levantando e estendendo a mão para que ele levantasse

 

- ok. – disse ele colocando mão no meu ombro e em seguida estendendo seu braço pela minha costa até meu outro ombro. Foi quando finalmente percebi nossa discrepância de altura

 

- why are you so tall?

( por que você é tão?)

 

- why are you so short?

( por que você é tão baixa?) – ele rebateu

 

[...]

 

     Naquela noite, o restaurante estava cercado de pessoas acima dos quarenta, eu e Shawn éramos os únicos jovens ali, mas o clima estava ótimo, tinha música ao vivo ( tinha um homem cantando MPB) sem contar o restaurante que parecia mais a sala de jantar da cinderela. E o melhor de tudo estava sendo servido comida italiana.

 

- I hate italian food!

( odeio comida italiana!) – disse  Shawn

 

- I love italian  food !

( amo comida italiana!) – disse

 

- How can you like it? It has a lot   of seasonings... and them put tomatoes in almost everything!

( como você pode gostar disso? Isso tem um monte de condimentos... e eles colocam tomate em quase tudo!)

 

- yeah! I like seasoning, I like tomatoes !

( sim! Eu gosto de condimentos! Eu gosto de tomate!)

 

- I can’t believe I’m having a dinner with a girl who likes tomatoes!

( eu não acredito que estou jantando com uma garota que gosta de tomates!)

 

- sorry, if you’re disapointed about it...

( desculpa, se te deixei decepcionado)

 

- I’m already getting used with it

( eu já estou me acostumando com isso)

 

- o que desejam? – perguntou o garçon

 

- eu vou querer espaguete a bolonhesa.- disse me dirigindo ao garçon – and you? – perguntei ao Shawn enquanto ele olhava o cardápio

 

- Tortellini?! Is the only one here that doesn’t has tomato, so yeah, I want it.

( Tortellini?! É único aqui que não tem tomate, então é, quero esse).

 

- ele vai querer tortellini. – disse para o garçon

 

- certo, anotado. Ficará pronto em dois minutos. – disse ele

 

- obrigada. – disse

 

[...]

    Enquanto esperávamos a comida, ficamos por um bom tempo mexendo no celular. Sem interagir, eu estava no instagram, e logo percebi que Shawn começou a curtir TODAS as fotos da minha conta de fã, e ele estava rindo enquanto fazia isso.

 

- you was so crazy for me...OMG!

( você era louca por mim...OMG!)

 

 

- yeah! I know ! I was!

( sim, eu sei ! eu era !)

 

- oh, has a Musical.ly here of you!

( oh, tem um Musical.ly seu aqui!)

 

- NO SHAWN! DON’T WATCH IT !

( NÃO SHAWN! NÃO ASSISTA ISSO!) – disse nervosa tentando impedi-lo de ver.

 

   Aquilo era vergonhoso. Foi no natal passado eu e a minha prima inventamos de fazer vários vídeos doidos com o Musical.ly, entre eles um da música “ All I Want for Christmas is you” em que eu segurava um cartaz enorme escrito Shawn Mendes e dançava se achando a Ariana Grande, sério, eu não estava normal naquele dia. Mas no fim, infelizmente, Shawn acabou vendo, e ele começou a gargalhar alto até ficar completamente vermelho. Comecei a ficar com vergonha porque ele estava rindo de uma forma muito escandalosa.

 

- uhuh...If saw it at christmas, I would like to kiss you under the mistletoe...

( uhuh... seu eu visse isso no natal, eu gostaria de “ kiss you under the mistletoe”...* significa “beijar de baixo do visco” *) – disse ele num tom safado completando com a música do Bieber

 

 

- OMG! You’re so shameless!

( OMG! Você é tão safado!)

 

- I know it!

( sei disso) – disse arqueando a sobrancelha direita

Logo o garçon trouxe nossos pratos, então pudemos comer, o garçon também nos trouxa um garrafa de agua. Então ficamos ali por alguns minutos comendo em silencio, até que Shawn o quebrou.

 

- How I saw in your instagram account,you know a lot about me. But talk about you, your life, and do you like to do... We are friends now, remember it? Friends know these things.

(Como eu vi na sua conta do instagram você sabe muito sobre. Mas fale de você, sua vida, o que você gosta de fazer... Somos amigos agora, lembra? Amigos sabem dessas coisas.)

 

- ok, I live in city some 1500 miles from here, I’m the first year of the university, how you know I like kpop, but I also like pop, indie,country and rock... I love books, Harry Potter is my favorite, I read the serie a million times since I was a child . I really love write... I think it’s my passion...

( ok, eu vivo numa cidade há 2000 quilometros daqui, estou no primeiro ano da faculdade, como você sabe, eu gosto de kpop, mas também gosto de pop, indie,country e rock... eu amo livros, Harry Potter é meu favorito, eu li a saga um milhão de vezes desde que eu era criança. Eu amo escrever... Acho que é minha paixão).

 

- what do  you write about?

( sobre o que você escreve?)

 

- romance, drama and sometimes fiction... I have many notebooks with stories and articles created by myself...I also would like to be a screenwriter one day or write for a magazine .

( romance,drama,as vezes ficção... Eu tenho uma porção de cadernos com histórias e artigos escritos por mim. Eu também gostaria de ser roteirista um dia ou escrever para uma revista).

 

- I would like to read it, do you care? By the way, I would like to see you as a screenwriter one day. We could make a movie together, who knows...

(  Eu gostaria de ler, você se importa? Aliás, eu adoraria ter ver como roteirista um dia. Poderiamos fazer um filme juntos um dia, quem sabe...)

 

- yeah... do you wanna a dessert?

( sim... você quer sobremesa?)

 

- of course! – he said

( com certeza) – disse ele

 

    Pedimos um torta alemã  de chocolate, nunca tinha comido algo tão bom nada vida jesus... Ficamos ali, feitos dois doidos fazendo coisas retardadas e do nada ele começou a me marcar em um monte de memes no instagram, pra “oficializar” nossa amizade, acho que ele gostou muito da ideia de ser amigo de Kami Andrade. Depois ficamos um bom tempo brincando com os filtros do snapchat, e sem contar que tinha um monte anciãos olhando pra gente tipo “ essas crianças de hoje...”, juro que ouvi alguém dizer “cadê o pai dessas crianças”, mas nem ligamos e continuamos com nossas doidices. Já era umas dez horas da noite quando decidimos subir eu fui pro meu quarto ( que na verdade era dele) e ele pro dele. Coloquei o pijama e fiquei assistindo TV, mexe um tanto no celular, depois o coloquei pra carregar. Desliguei a TV e me deitei. Quando eu estava pegando no sono, ouço a porta bater, tentei ignorar, mas ficava mais forte, aquilo tava me irritando pacas, tava quase pra mandar a pessoa que estava na porta tomar no cú. Abri a porta, lógico, o sr. Shawnto-que-não-me-deixa-em-paz.

 

- What the hell are you doing here?

( que diabos está fazendo aqui?) – disse esfregando os olho, super incomodada com a claridade do corredor

 

-  I can’t sleep,Geoff is snoring a lot. Can I stay here? Please.

( não consigo dormir, Geoff está roncando demais. Posso ficar aqui? Por favor.) – disse ele com aquela cara de cachorrinho que caiu da mudança.

 

- come here.

( entra).

 

- thanks

( obrigado)

 

- This is my side of the bed, and this is your side of the bed. So don’t break into my space. Good night.

( esse é o meu lado da cama, esse é o seu lado da cama. Então não invada meu espaço. Boa noite) – disse .

Eu me deitaria na esquerda e ele na direita e pra facilitar, coloquei um lençol dividindo a cama, eu simplesmente odeio ter de dividir a cama com alguém, eu amo ter a cama só pra mim por que eu me mexo demais durante a noite, e dormir com alguém do lado não me dá liberdade pra isso.

 

- OK. – disse ele

15 minutos depois...

 

    Acordei e percebi que Shawn havia ignorado totalmente minha regra, e estava... Espera eu tava de conchinha com ele? Algo de errado não está certo. Mas aquela voz maliciosa na minha mente dizia “ Não está errado porra nenhuma”. Tire esse pensamentos maliciosos da cabeça Kami, hoje não vai acontecer nada. Tentei me soltar dele, mas acabei fracassando, pois ele bem maior e mais forte que eu. Então decidi chama-lo.

 

- Shawn! Shawn! – chamei ele, mas não acordava, ele só acordou depois da terceira chamada – Shawn shit!

 

 

- um? – ele perguntou com voz sonolenta

 

- Can you set me free?

( você pode me soltar?) – perguntei um tanto irritada

 

- Nope.

( não.) – disse ele

 

- why??

(por quê??) – perguntei extremamente irritada

 

- because you moves yourself too much, and it was the way that I found to let you quiet, ok? Good night.

( porque você se mexe demais, e esse foi o único jeito que eu achei pra te deixar quiet, ok? Boa Noite).

 

- Shawn...

 

- good night, little star.

( boa noite estrelinha) – disse ele enquanto massageava me cabelo, dessa forma acabei caindo no sono.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...