História 3 fujoshis em meio ao surubangtan - Capítulo 9


Escrita por: ~, ~BaekInHo e ~bibu

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 2seok, Crack Fic, Crack!fic, Hopega, Jihope, Jikook, Jimonster, Jinkook, Jinmin, Junghope, Jungmin, Minjoon, Minkook, Namjin, Namkook, Nammin, Namseok, Os Otp É Maravilhoso, Pura Zoeira, Sobi, Sugakookie, Sugamon, Surubangtan, Taegi, Taejikook, Taejin, Taekook, Vhope, Vkook, Vmin, Vmon, Yoonjin, Yoonkook, Yoonmin, Yoonseok
Exibições 297
Palavras 4.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI
OLHA EU
EU AKA BELLS
nao matem a gente por favor obrigada
eu que tava enrolando pra postar as meninas já tinham escrito a um tempão
Eu tava ocupada sofrendo por chanbaek /menos Bells/ mentira tava estudando pq vida de pré colegial NAO É FACIL

MAS GENTE VOCÊS VIRAM AQUELE COMEBACK?
TEVE BEIJO INDIRETO TAEJIN? TEVE
EU TO É MORTA

Enjoy it, XOXO~

Capítulo 9 - Se não é pra lacrar BTS nem aparece


L Y H 

[...] -Vou pensar querido Jiminnie. Agora seu desafio vai ser... [...]
-Então Jiminzinho, se tá forte, né? E esses músculos todos?- sou venenosa mesmo, ta até escorrendo aqui.
-Porque saeng gosta do que vê?- ele arqueava as sobrancelhas.
-Ainda não, ainda não... - me segurem por que eu vou ver isso de camarote. – Então Park, quantas flexões você consegue fazer?
-Hm, talvez 60, 70?- HAHAHA SE FUDEU OTÁRIO.
-Então esse será seu desafio. - A gargalhada de todos foram ouvidas, menos das meninas, elas me conhecem sabem que eu não ia dar algo tão simples.
Namjoon deu o ar da graça com sua voz grossa.
-Sério isso, criatura? – foi minha vez de acenar com a cabeça em concordância e rir baixinho.
Jimin já ia se abaixando para pagar o desafio quando foi interrompido por mim.
-Nananinanão mocinho.- A expressão de todos os meninos era de confusão.
-Como assim, vai querer que eu pague as flexões no teto?- Aish ele ta brincando com fogo, vai ser irônico com a vó. Comigo não. Até ia ser boazinha, depois dessa vai pagar as 70.
-Vai lá Spider Man, se conseguir pago almoço de geral amanhã. - O Jin riu.
-Toma, besta- Omma fazendo aquele bullying.
Todos ainda observavam calados, parecia cena de filme americano de colegial, onde vai rolar briga e geral fica em rodinha a volta dos idiotas que tão pra se matar, em silêncio vendo a discórdia sendo semeada.
-Quer saber o que vai fazer Jiminnie?- meu sorriso era malicioso, e todos preparavam o cú, sabiam que eu ia deixar alguém bem constrangido ali. –Yoongi oppa!
Yoongi me olhou apontando pra si mesmo.
-É você mesmo querido, tem outro Yoongi aqui?- nossa até eu to me achando grossa.
-Aigo, já to aqui demente. - ótimo que comece o show.
-Tirando eu e os outros dois ali – disse apontando pra Yoon e Minnie - Saiam.
Houve protestos até das meninas, eu entendia eles but I’m Sorry, Bitches, apenas eu verei isso.
-COMO ASSIM SUA FILHA DE UMA DAMA DA NOITE QUE ABRE AS PERNAS POR DINHEIRO?– Jin e seu vocabulário sem palavras feias.
-É verdade, queremos ver o que eles vão fazer. –Tae disse, tão fofo que eu quase deixei ele ficar, mas meu lado malévola falou mais alto.
-Apenas saiam. - Jin, Nammie e kook saíram resmungando, Zizy e Bells me encaravam como se não acreditassem que tinha feito isso com elas, Tae estava absorto ainda magoado como uma criança quando tiram seu brinquedo. Agora Hoseok, esse era o melhor, tinha um bico gigantesco no rosto.
-Cuidado para não tropeçar Hoseok oppa! – Hoje eu to terrível.
-Tropeçar no que?- ele tava com a voz seca e irônica.
-No seu bico.- Até Jimin e Yoongi riram, ele só mostrou o dedo do meio enquanto saia batendo a porta.
-Tá achando que aqui é sua geladeira, oppa? – provoco mesmo.
Virei pra olhar os dois que estavam lado a lado e me encaravam apreensivos. Comecei a dar voltas em volta deles, tipo em dorama quando o professor vai dar uma brona na menina que estava mexendo no celular na aula.
-Credo filha, a gente não é sua caça não, para de dar uma de caçadora pra cima de nós com esse olhar.- Jimin cala a boca por que sua situação já ta péssima.
-Yoongi, deita. – sou delicada.
-Que?
-Deita logo, jão.
-Por que ele tem que deitar, sou eu quem vou pagar as flexões, alias por que ele ficou aqui e todos saíram?- ignorei Jimin e seu enxoval de perguntas.
-Aish, de barriga pra cima ou pra baixo?- Yoongi é tão bonzinho, bem que Jimin poderia ser assim, moleque chato.
-Cima.
-Yoongi o que você esta fazendo?
-Acabando com isso logo, Jimin. 
-Porque o Yoon? – Jimin eu vou te esmurrar.
-Porque se não fosse ele ninguém teria que pagar micão, e eu não teria dançado funk ao som de Jay Park.
-Vou estar ali no cantinho sentado observando a cena!- disse me dirigindo ao cantinho.
-Não entendi. - PUTA MERDA JIMIN.
-Você vai pagar as flexões em cima do Yoon. Quero testa com testa.
¬-AHHH NÃO MESMO. - Yoongi tava tranquilo demais, deveria estar com sono. 
-Vai logo, cacete.
-EU TE ODEIO. - também te amo Jimin.
Depois de algum tempo eu já tava morrendo de rir da cara dos meninos, eles tavam se segurando muito pra não se pegar, GRITO.
Tinha algo se roçando e não era os narizes, nem os lábios, nem os troncos. Exatamente eles estavam com uma ereção enorme no meio das pernas e continuavam a se roçar. Jesus a tensão sexual ali já estava demais, daqui a pouco estavam gemendo e eu estaria assistindo. Yoongi tentava cravar as unhas no chão de madeira da sala de treino, com os olhos fechados, lábio inferior entre os dentes e os cabelos já grudados na testa. O suor de Jimin vez ou outra caia na blusa de Yoon deixando marcas de gotas na roupa. Serio tava demais ver aquilo mais daqui a pouco meu nariz sangrava e na queria estar ali pra estragar o momento, mais queria continuar a ver eles. Meu deus que indecisão.
-Anh... meninos eu estou saindo. Jimin já acabou o desafio, acho que vão precisar de uma ajudinha aí. Aproveitem, sou segurar os meninos e as meninas na sala de ballet.  
Sai da sala deixando eles lá se comendo. E fui pegar a cambada que estava no saguão conversando e olhando o nada.
-Vamos?- chegay la já indo em direção a sala de ballet.
-Cade eles?- Hoseok perguntou. 
-Estão lá na sala, acho que é melhor você ir lá, precisam de ajuda.
-Por que, o que aconteceu, quero ir junto. Yoongi hyung está bem?- Tae era muito inocente ou queria uma orgia?
-HEY!!! Seu lesado Jiminnie hyung também está lá, ta? Não tem só seu hyung preferido!!!- jungkookie defendeu o mozão. Awnt.
-Valeu por avisar Saeng, estou indo- Hoseokão passou bagunçando meus cabelos.
Quando todos estavam caminhando para sala, já tinha falado pras meninas que conversávamos depois, o líder deles veio até mim.
-Eles estão bem, né? Temos um show no fim de semana eles não podem est...- não deixei ele terminar, cortei antes.
-Estão melhor do que deveriam oppa. Fica de boa.

~J I M I N ~
Aquela desgraçada queria abusar da nossa sanidade, eu já não aguentava mais sentir o cheiro de Yoongi tão de perto, com meu membro roçando no dele e aquela carinha tão deliciosa, sofrendo. Eu tava para agarrar ele ali mesmo com ela assistindo, tipo aquele fetiche estranho que o Jungkook comentou uma vez. 
Quando ela disse que iria sair vi Yoongi soltando o ar que eu acho que nem ele sabia que estava preso, a porta bateu e eu joguei meu corpo ao lado do dele no chão, recuperando o fôlego. Que eu perdi novamente quando senti ele sentar no meu colo e rebolar. 

N A R R A D O R 

-Q-Que você ta fazendo, Yoonnie?- Jimin arfava e sentia as unhas de Yoongi, que antes tentavam agarrar o chão, agora arranhavam seu braços.
-Seu cheiro, Minnie. Aquela peste fez pra provocar.- Jimin já beijava de leve o pescoço de Yoongi, não poderia deixar marcas pois tinham show no final de semana, mas isso não impediria Jimin de provar a tez alva do Min.
Escutaram o estrondo da porta sendo aberta e se separaram rapidamente.
-Que bonito os dois pombinhos.- Hoseok carregava sarcasmo na voz .
-Oppa!- Yoongi sussurrou.
Hoseok engasgou seriamente, passando mal e não acreditando no que havia escutado. Jimin o encarava perplexo.
-O que disse Yoonnie? -Jimin perguntou
-Falei oi para o Hoseok.- Cretino. A cara de santo mais não enganava nenhum dos dois presentes ali.
-Ta bom então, o que estavam fazendo? Sem mim? - Hoseok se sentia ofendido.
-Aish, senta ali Hobi.-  Yoongi apontou para o lado de Jimin e o mais novo obedeceu sentando ao lado do seu dongsaeng.
Yoongi sentou no colo de Hoseok, que diferente de Jimin estava sentado, passou os braços pelo pescoço e sentiu as mãos de Jung apertarem firmemente sua cintura afinada.
Jimin puxou as madeixas, rosa avermelhado de Yoongi e colou seus lábios ao dele, enquanto Jung adentrava com as mãos frias sua blusa e acariciava sua pele subindo com os toques até os mamilos.
A verdade era que Yoongi amava todos os membros e o prazer que todos geravam a ele durante seus momentos íntimos. Mas aqueles dois quando se juntavam para proporcionar prazer a Yoon ele tinha os melhores orgasmos e isso era inegável, só não admitiria em voz alta.
Hoseok foi levantando a blusa e retirando deixando a pele branquinha exposta. Devagar foi colocando as costas do rosado contra o chão, e selando os lábios com uma calmaria que daria inveja a qualquer idol que visse e comparasse a sua vida corrida. No final agradeceriam em olhares a garota que lhes proporcionou o momento que há tempos não tinham. Park abraçou Hobi por trás colando a ponta do nariz na nuca do mais velho, fazia carícias sentindo o odor amadeirado e amendoado de Hoseok.
Distribuía pequenas mordidas na orelha e algum chupão ou outro pela pele morena de Jung, via seu corpo arrepiar dando retornos positivos a suas ações.
Min já estava despido completamente e seu membro já era molestado por Hoseok, esse que sentia as mãos de Park circularem seus mamilos, vez ou outra puxando levemente.
Hoseok se encontrava somente de boxer e Park e Min totalmente despidos. 
-Vocês são as coisas mais lindas que meus olhos já presenciaram. Meu deus- Jung observava atentamente a pegação dos dois meninos nus a sua frente.
Seu pau latejava com a visão de Jimin engolindo Yoongi e do branquinho todo suado se contorcendo conforme dava, e segurando firme nos cabelos alaranjados de Jimin.
-Chega, os dois. Jimin separa.- Hope pediu não, mandou. - Yoongi de quatro, agora!- usou uma voz mais ativa, mas não que fosse preciso porque até se Hoseok mandasse Yoongi pra puta que pariu ele receberia de bom grado as palavras do seu "oppa".
Aquilo era ridículo, pois nem mesmo Hoseok era mais velho, porém parecia ser um fetiche de Yoongi ou algo assim, nunca havia usado tal tratamento com ninguém.
-Tudo bem, oppa!- Hoseok falhou novamente uma inspiração. Yoongi ainda lhe matava qualquer dia.
Hoseok sentou em cima de seus joelhos e retirou a cueca, chamando Jimin para lhe chupar enquanto enfiava três dedos babados por Jimin dentro de Yoongi que se encontrava ao seu lado.
Min poderia ser ótimo, Seokjin e Jungkook também, mas Jung Hoseok nunca tinha sentido boquinha melhor que a de Jimin. Era excepcional o boquete do mais novo ali.
Hobi com certa falta de delicadeza puxou os cabelos ruivos de Jimin, afastando a boquinha, agora inchada e avermelhada, do park de seu membro. O próprio gemeu em frustração com seu ato, mas não queria gozar agora.
Foi até Yoongi que ainda estava empinado ainda recebendo seus dedos e gemendo incansavelmente. Já estava até ficando rouco. 
-Vou te fuder, estava ouvindo Yoonnie?- Hoseok acariciava a cintura moldada e alisava as coxas brancas, vez ou outra desferindo tapas leves.- E depois não pense que escapará, ouviu Park? 
O sorriso malicioso no rosto do acastanhado demostrava o quanto ele queria aquilo.
Começou a penetrar Yoongi e de leve iniciou os movimentos, parando para Yoongi acostumar.
Quando o olhar de Yoon se dirigiu a frente, encarou o membro teso de Jimin e salivou, a quem queria enganar? Min se deixava guiar pelo prazer em momentos como aquele. E o prazer dominava cada célula viva de seu corpo.
Sentiu um carinho em seus cabelos e logo sua cabeça foi forçada para baixo e sua boca de encontro com pau de Park.
Sentia Hoseok ir fundo e calmo, afinal era Hoseok e por mais ativo que fosse em momentos como aquele, nunca machucaria uma mosca. 
Os movimentos começaram a acelerar, e a carne de Yoongi fervia. Jung acertava um ponto fixo dentro de si, seus olhos reviravam e seus gemidos vibravam no pênis de Jimin. Hoseok gozou e Yoongi sentiu-se preenchido, porém o dedo na fenda de Yoongi havia impedido que o pigmeu albino gozasse.
Jimin aproveitou e tirou seu membro da garganta de Yoongi. Ambos; garganta e membro ligados por um fio grosso de saliva e pré gozo.
Foi para trás de Yoongi e devagar adentrou o corpo frágil do menor. Jung se recuperava do seu orgasmo encostado na parede observando o ruivinho foder o Min.
Quando Jimin gozou e deixou que Yoongi viesse consigo esparramou-se pelo chão. Exausto, bem como, os outros dois.
Jung levantou e já com o membro desperto por ter observado a cena de um branquinho se contorcendo e com olhos marejados de prazer e um ruivinho com lábios inchados de tão maltratados e um abdômen cheios de marcas de unhadas se Yoongi escorrendo suor foi o basta para que seu fogo voltasse. E agora seria a vez de Jimin.
Bom, esse ele poderia ser menos delicado, o corpo não era tão frágil como o do Min. E Hope adorava, os dois.
Hobi posicionou as costas de Jimin no chão, circundou as pernas do mesmo em sua cintura e posicionou seu pau, já pulsante,na entrada de Jimin.
-Sem preparação, hyung? - Park questionou.
-Sim, você ia foder Yoongi e não me chamaria. Comeria na moita né? Vai sofrer um pouquinho agora. - Jimin sorriu. Amava o ladinho sádico de Hoseok, que até então em todas as fodas com mais integrantes, só via surgir com ele.
-Então vai, Hyung.- O próprio ruivo forçou sua entrada contra o pênis.
Aconteceu aquela coisa de sempre ne gente, lerelere e Hoseok gozou. Jimin veio junto e pá. Hoseok levantou pegou Yoongi no colo. Por que? Simples experimenta ficar 4 meses sem da e do nada da pra dois de uma vez. Vai conseguir correr uma maratona.
Fazia tempos que Yoongi não era passivo, tava difícil andar. Jimin tava de boas, já que vivia dando a raba. E hoseok bom esse melhor nem comentar.
Carregaram Yoongi até o quarto dele, Hoseok o pois na cama.
-Yoonnie?- Cutucou o mais velho que adormeceu em seus ombros pelo cansaço físico.
-Oppa...- Puta que pariu a mente de Hoseok gritava em alertar e pedia de pés juntos para que o garoto parasse com isso. -Me leva tomar banho?!
Jung concordou, pegou Yoongi, levou o menor até o banheiro retirou as roupas e viu a pele branquinha, com algumas marcas, se arrepiar. Colocou Yoongi no chuveiro, colocou shampoo de cereja na palma da mão dele. Esperou o menino ensaboar-se e repassar tirando toda a espuma, suor, esperma, e sujeira que tinha em si.
Retirou Yoongi do box e enrolou ele na toalha, deixou o Min se secando e foi pegar uma roupa para o menor.
Dado entregue a roupa foi atrás de Park que até então não havia dado sinal de vida. Encontrou a criatura desmaiada no sofá. Ambos; Park e Min; estavam cansados em demasia. La ía de novo Jung banhar o mais novo, assim como banhou o mais velho. Esse ainda foi pior porque Yoongi ainda estava mais acordado, Jimin estava quase dormindo em pé, hoseok praticamente banhou e trocou Park com ele dormindo. Colocou ambos na cama do Min. Yoongi já estava em seu terceiro sono, nem que a casa ficasse em Infires ele acordaria e Jimin ja estava assim desde o banho então esse era o momento que Jung finalmente descansaria. Sinceramente os dois dorminhocos eram ótimos de cama, mas depois disso pareciam crianças; manhosos e birrentos.
Beijou a testa da duas pestes na cama que cheiravam a cereja, arrumou o puto do Min que parecia uma lacraia toda torta na cama e recebeu um "Obrigada oppa" bem baixinho.
Realmente se o infeliz do Min Yoongi continuasse com ela graça, Jung Hoseok era um homem fodido.

[...] 


H O S E O K Ã O

Sai do quarto dos dois infelizes que eu amo. E fui para o meu, tomei um banho, coloquei uma roupa confortável  e encarei minha cama. Eu poderia deitar nela mas sei que ninguém naquela joça e capaz de dançar decentemente sem eu e o Jimin, e sinceramente acordar e a última coisa que o ruivo vai fazer agora.
Cheguei na sala de Ballet e ao contrário do que eu pensei a Zizy tava ensinando a coreografia pra Namjoon e Jin. Kook e bells estavam jogando algo no celular, imagino eu que seja por já terem pego a coreografia, e olha o milagre eles não tão se matando, ainda. E Tae estava com os cabelos e cabeça apoiada no colo da Lív, enquanto falavam de alguma coisa que eu estava cagando para.
-Cade o Jimin e o Yoongi? - Jin perguntou assim que me viu parado no batente da porta.
-Estão dormindo no quarto do Yoongi.- eu disse com simplicidade, dando de ombros.
Namjoon me olhou de forma mortal com uma expressão do tipo "E você deixou eles lá, desgraça?" 
-Nem me olha assim, Nammie.Faz 8 meses que Jimin treina incansavelmente e Yoongi escreve até altas horas, além de se dedicar ao máximo na dança. Somente hoje alivia pra eles, sim?- pisquei pra ele, éramos quase irmãos.
-Aigo Hobi, você é muito bonzinho.-Namjoon emburrou.
-Você muito chato.- retruquei.
-HOOOBI.- vi Tae correr em minha direção com braços abertos.
-Oi bebezão.- Tae odiava esse apelido, mas eu adorava provocá-lo.
-Não me chama assim, hyung. - eu ri concordando.
-Onde está Yoongi hyung, hm? - Qual é o fascínio que TaeTae tem com Yoongi, Jesus amado.
-Está descansando, mais a noitezinha você vai lá ficar com o hyung, sim? Vai mimá-lo bastante, mais do que já faz, mas agora vamos treinar.- disse acariciando os cabelos sedosos de Kim Taehyung.
-E vocês.- apontei pras três dementes aka meninas. - Podem ir treinando também, não quero ninguém parado.- já que eu não tirei meu cochilo pós foda, ninguém vai sossegar o cú até desidratradar de tanto suar.






Z I Z Y






Vocês estão vendo o que eu sofro? O bullying que eu levo? AQUELAS PRAGAS DEVERIAM ME RESPEITAR, E A LYH ENTÃO? AQUELA MINA ME PAGA, MANAS, NÃO ME SEGUREM! 




Eu ainda não tô creno que ela deixou meu OTP lá na maior tensão, sozinhos, e eu aqui, sem ver. Ah, mas ela vai ter pagar muitas flexões para eu a desculpar. Quero ver é sangue mesmo. 






Quando nós fomos treinar canto com os professores da empresa após a dança, somente eu e as garotas fomos até lá, já que os surubangtan já terminaram seus afazeres da tarde. Sortudos do caralho. Mentira, eles merecem, meus bebês ownt.




Lá na sala nos intervalos que tínhamos a praga disse o que havia feito e eu fiquei com um puta ódio, ódio do caralho, eu sou sudita de satansoo e ela faz essas porra sem ao menos chamar a gente pra ver? Não creio, estou de mal. Hunpf. Nem ligo. 



— Caralho, eu ainda não estou acreditando que você não nos deixou ver! – a bells gritou bem alto, falsete melhor que da melody, aprovo. Eu estou aqui só a olhando com um olhar 666, saka? 




— Se eu deixasse vocês verem, os bts iam querer ver também, porra! – Ela tentou se justificar, eu vou dar uns tapas nela. 




—Aí é que a porra ia ser foda! Pensa na tensão de todos eles juntos, mana, cê é burra? Sua guria do favoritismo! – Tô abismada e disse isso mesmo, quero gritar mesmo, e eu gritei mesmo, tipo muito, mas quando uma semana depois do ocorrido estávamos nos preparando para dormir e chegou notificação da ibighit no YouTube. O cu trancou legal, puta que pariu. Eu tentei me acalmar, respirar um pouco e chamei as meninas para ver o nosso próximo tiro. 




— Só queria deixar avisado, que amo vocês caso eu não consiga me levantar depois dessa. Okay, bora. – as duas assentiram e ai foi grito em conjunto. 




CARALHOCUBAGUETEROLA! 



— OLHA O ELES, PORRA! MEU DEUS, ESSA MÚSICA.  VAI BTS! VAI BTS! VAI BTS! – Essa foi a lyh fazendo uma alusão ao Wesley Safadão nesse forrózinho coreano delícia.



— GENTE! ESSA DANÇA, OLHA A PENTADA! MEUS OVÁRIOS EXPLODIRAM! MONI MONI MONI MONI! — Bells no refrão. 




—Pera, gente. Por que ele parou? Meu deus… Eles pararam, o Jin olhou pra trás e o tae tampou os zói dele… – eu fazendo as observações óbvias. 



—Eita… Tem uma estátua com asas de demônio. – Lyh disse que nem uma boboca de boca aberta. 


—É de anjo caído, burra. – Eu sou muito carinhosa com a minha saeng, sim ou claro? 





—Pera, gente. Ele está fazendo carinho na estátua…




—Ele está chegando perto…




—Tem uma alma saindo de um corpo alí, olha! 




—Porra… AAAAH! ELE BEIJOU A ESTÁTUA! MEUS SANTOS DEUSES, ELE BEIJOU A ESTÁTUA! 





—O ANJO CAÍDO É O TAEHYUNG! É O TAEHYUNG, DEUS!



—Espera… Se ele beijou a estátua, que faz alusão a um anjo caído, e o Taehyung é um anjo caído… TEVE BEIJO TAEJIN NO MV, CARALHO! QUEM É O MELHOR ANJO CAÍDO? TAEHYUNG É O ANJO CAÍDO QUE VOCÊ RESPEITA, OTÁRIA! MEU OTP TÁ NA TELA! CHOREM VADIAS! – E a bells pegou meu celular e ligou pro Taehyung, manas, ela realmente pegou meu celular e eu estou parecendo um zumbi no Moni Moni Moni porquê é só o que eu estou dizendo.



Eu acho que não tô bem, morrida estou.

 

 

BELLS

Sabe aquele momento que você fica tipo:

MEU DEUS QUE MORTE.

Pois é...

MEU DEUS QUE MORTE!

ME SEGURA @DEUS!

Vocês não sabem o quanto eu sofri, agora.

Talvez saibam.

Mas é o seguinte: Eu shippo Taejin desde sempre, Taejin otpzão, melhor casal, eles se comem every night! Só que é o seguinte, quase ninguém shippa taejin, o que me deixa bem bolada, por que não tem com quem eu conversar.

MAS AGORA, PORRA, EU TENHO PROVAS DE QUE É REAL, TAEJIN MEUS PAIS!

Ah não pera

TAEJIN MEUS FILHOS! Meus pais são chanbaek da licença.

Manas, eu to mais chocada que galinha de rosa choque, mais noiada que Park Chanyeol no MAMA 2014, Someone call the doctor porque eu e o chão viramos um só!

Ahhh mas esses viados vão ter que admitir na minha cara que se pegam, vo mandar eles falarem e gravar pra por como toque do celular, adoro!

Eu peguei o celular da mão da Zizy que tava fazendo cosplay de estátua (#MeBeijaJin) e procurei o número do Taehyung, ele vai me explicar tudinho e vai ser agora!

“Annyeong Zizy~!”

Zizy? Ué.

Ah é eu peguei o celular dela, tsc, como eu sou lesada.

- Não é a Zizy não, menino.

“Omo! Annyeong, Bells!”

- Sem esse negócio de ‘annyeong’, pode ir me explicando tudinho, oppa!

“Explicar...?”

- AQUILO FOI UM BEIJO INDIRETO? FOI? VOCÊ BEIJOU O JIN DEPOIS DAS GRAVAÇÕES? ME RESPONDE!

“Aish, calma! Você está muito histérica...”

- HISTÉRICA DE CU É ROLA, EU QUERO SABER TUDO, CARALHO!

- Bells ‘cê ta assustando o menino, filhona. – Lyh avisou.

- Aish! Me diz, oppa!

“Eu não posso te responder se foi beijo indireto, mas sobre a outra pergunta, a gente não só se beijou, como f– ” Acho que alguém do outro lado da linha tampou a boca dele, porque só to ouvindo som embaçado.

“Cala a boca, Tae!” Pera, era a voz do Jin? Eles tão juntos? Viado, me segura!

- CONTINUA FALANDO, TAE!

“Sai, hyung!” Tae reclamou e eu ouvi risadinhas. “Olha, saeng, eu não posso falar agora, a gente se fala amanhã, sim? Annyeong!”

E desligou.

Na minha cara, manas! Na minha cara!

- Espero que ele me explique amanhã. – murmurei, com um bico formado.

- AI MEU DEUS GENTE EU QUERO É SABER SE ISSO É UM MV OU UM FILME PORNÔ! – Zizy berrou.

- A Lív entende dessas coisas, pergunta pra ela.

- Isso não é mv e nem filme pornô, manas, isso – apontou para o mv rodando na tela do celular dela. – É minha morte!

- Nossa morte.

- BANGTAN MAIOR COVEIRO QUE VOCÊ RESPEITA! – Zizy berrou parte 2.

PLIM PLIM PLIM – era pra ser a onomatopeia do toque do meu celular.

- É o seguinte, galero, eu vou ali na cafeteria comprar um café já volto. – Sorri e abri a porta do dormitório.

- ‘Cê nem toma café, Bells.

- Pois é né que coisa! – Disse rápido antes de fechar a porta.

Corri até o salão de entrada e só parei quando eu já tava morrendo.

Sedentarismo mandou beijos, Bells.

- Parece que acabou de correr uma maratona, eu hein. – Ela riu soprado e eu estreitei os olhos.

- Não foi você que teve que treinar a porra do dia todo! – Reclamei.

- Certo, me desculpe, senhora fitness. – Deu outra risadinha e andou até mim.

- Sou mesmo, obrigada.  – Sorri. – Trouxe o que eu te pedi?

- Ta na sacola. – Jogou a sacola para mim.

- OBRIGADA! OBRIGADA, OBRIGADA! – Me agarrei nela. – Te amo, te amo, te amo! – Disse e distribui beijinhos no seu rosto. – Te pago depois, ok?

- Certo, depois a gente conversa sobre esse pagamento. – Sorriu e me afastou. – Agora eu tenho que voltar pra cafeteria, sabe como é, a Loma ‘ta me chamando e tem café lá.

- Certo, te vejo depois?

- A hora que você quiser.

Sorri e abri a sacola.

Tudinho que eu pedi!

Agora que começa a festa, muahahahaha *finge que foi uma risada maléfica*.


Notas Finais


Olha só pra compensar a demora teve esse lindo 3some Yoonseokmin da Lív! O que vocês acham que vai acontecer no próximo capítulo, hm?

Gente perguntinha, vocês gostam de café?
Eu odeio café mas eu sinto que sou a única pessoa no mundo que odeia café.

Ah, outra coisa, vocês já escolheram de quem são biased?
(Bells! Bells!)

FALEM COM A GENTE, PROMETO QUE NOIS É PARÇA

Eu vou tentar escrever o próximo capitulo o mais rápido possível, sim? Beijinhos no nariz, Xx~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...