História 3 Princesas apenas 1 Escolha - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Eadlyn Schreave, Gavril Fadaye, Kile Woodwork, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags Amor, Diversão, Mentiras, Revelaçoes, Romance, Sexo
Exibições 240
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiii, princesassss.

Demorou mas chegou!!!!!!

Nosso pov. Maxon.

Esperem que gostem.

Boa leitura!!!

Capítulo 51 - O sonho que virou realidade.


Fanfic / Fanfiction 3 Princesas apenas 1 Escolha - Capítulo 51 - O sonho que virou realidade.

Pov. Maxon

 Essa viagem não tem fim, quanta demora para chegar no Brasil. A impaciência estava tomando conta de mim.

 

- Está ansioso amigo?

- O que você acha Carter???

- Acho que sim, você passou a viagem toda batendo a perna rapidamente no chão. Já está me dando nos nervos.

- Lógico Carter não só ansioso como nervoso, eu estou indo conhecer uma pretendente que pode ser a minha esposa, e America pode estar lá, pode imaginar isso?

- A vida é difícil meu amigo, boa sorte.

Enfim, nós estávamos pousando, meu coração batia aceleradamente parecia que iria sair pela boca.

Assim como todos os outros quem nos receberam no castelo foram o rei e a rainha juntamente com seus sucessores Kenna e seu marido James. 

Eu não estava prestando muita atenção no que estava sendo falado, eu olhava a volta para ver se avistava America.

- Algum problema príncipe Maxon? Questionou o rei.

- O que? Não, tudo certo.

- Está parecendo que está procurando alguém.

- Não, só estou admirando o castelo, é um dos mais bonitos que já conheci.

- Obrigado, nós o reformamos faz pouco tempo. Você deve estar indisposto pela longa viagem. Pode acompanhar o mordomo, ele o levará aos seus aposentos.

- Obrigado a viagem foi bastante longa. A noite conversamos melhor.

 

Não consegui relaxar em nenhum momento andei um pouco pelo castelo tentando achar America e nada, Carter também procurou Marlee e não há achou. Não queria perguntar a ninguém não cairia bem, tenho que esperar a hora do baile.

No horário planejado eu já estava descendo as grandes escadarias que davam no salão do baile. Meus olhos a procurava em todo momento, Carter se separou de mim para tentar achar uma das duas e nada.

Eu já estava ficando impaciente, já tinha se passado mais de 1 hora do horário, a princesa estava bastante atrasada, eu estava extremamente irritado por não ter encontrado nem visto America, nem no baile ela estava.

Foi quando avistei Marlee descendo as escadarias, Carter que estava ao meu lado, foi logo em sua direção, e eu o segui para saber de America.

- Carter me espere? Falei em vão, ele já estava distante de mim.

- Eu sei que vocês têm muito para conversar. Mas Marlee preciso saber onde está a America? Cheguei ofegante não poderia perde essa oportunidade.

- Carter, Maxon?? O que vocês estão fazendo aqui? Marlee ficou espantada quando nos viu.

- Marlee onde posso encontrar a America?

- Você é o príncipe?

- Sim, sou, queria ver a America não a vi no baile, já procurei em vários lugares dessa festa.

- Você não vai encontrá-la aqui, ainda vai descer. Quer dizer ela está ali. Aponta Marlee para o meu lado oposto.

A música alterou para a entrada da princesa e a vi lindamente na ponta das escadas, e me apaixonei por ela novamente. O ar faltou em meus pulmões, minha respiração acelerou, parecia um sonho, mas dessa vez é real, é ela minha America e está alguns metros de mim. Fiquei paralisado por um momento, sem ação, meus pés colaram no chão. Enquanto ela descia as escadarias como uma verdadeira princesa. Sua presença fez todos a olhares, não tinha uma pessoa do salão que não a admirasse.

Foi quando minha ação voltou e sai abrindo caminho entre a multidão que a olhava e fazia reverencia quando viam que era eu passando. Foi quando nossos olhos se encontraram, pela cara que America fez, deu para ver que ela não acreditava que estava me vendo, deve estar se sentido em um sonho assim como eu, vi lagrimas escorrerem pela sua face. A vontade era subir as escadas e abraça-la como não existisse amanhã, mas America desceu o restante das escadas rapidamente e nos encontramos face a face, fiz uma reverencia e beijei a sua mão ela fez o mesmo, mas nossos olhos não se separaram em nenhum momento.

Nossos olhos refletiam a saudade que sentíamos um pelo outro, eles conversavam, estávamos nos comunicando apenas com o olhar.

Era maravilhoso revê-la minha outra parte estava bem na minha frente, eu me sentia completo, realizado, e sei que ela também, a nossa história realmente estava escrita, e agora pode acabar com um final feliz. America estava mais linda, mais mulher, abaixei a vista para admirá-la, eu senti sua pele apenas em olha-la, seu cheiro estava em toda parte.

Algum se aproximou de nós, mas minha atenção estava toda na minha futura princesa. Vi que o rei apresentou sua filha, na verdade só escutei o final.

Eu estava extremamente encantado, não sei o que falei, minhas emoções eram um mixe de sentimentos. Prestei atenção, quando ouvi sua voz que agradeceu meu elogio. Ela iria falar meu nome. A interrompi pra os demais estávamos nos encontrando agora, mas para todos que viram essa nossa cena, perceberam que foi amor à primeira vista. Eu queria ficar a sós com America, a única forma agora, seria a chama-la para dançar. Foi o que fiz. Seguimos para o meio do salão, todos abriam espaço para passarmos. Passei minhas mãos em sua cintura, sensação que não tinha esquecido, porém é bem melhor do que em meus sonhos.

- Então você é princesa? A questionei eu sabia quem ela era, mas queria escutar sua voz.

- Então você é um príncipe? Sorrimos juntos. Escutar o som do seu sorriso me fez andar em nuvens.  

- America, eu não sei expressar o que eu estou sentindo neste momento. As palavras estavam embaralhadas em minha mente. Eu queria falar várias coisas ao mesmo tempo.  

- Eu entendo você perfeitamente, estou sentido o mesmo.

- Nós poderemos ficar juntos finalmente. Foi o que eu quis sempre disse em meus olhos e acordava frustrado.

- Maxon foi muito difícil esse tempo sem você, pareceu anos, a dor foi terrível. Eu via a dor desse tempo em seus olhos, assim como, meus olhos refletiram o mesmo.

- Eu digo o mesmo America, senti muito a sua falta, foi como perde uma parte de mim.

- Não podemos dar muita bandeira, temos que fingir que não nos conhecemos. Fala America.

- Vai ser muito difícil me controlar assim tão perto de você. Por mim já anunciava o casamento agora mesmo.

- Séria tudo que sempre sonhei, mas vamos ter calma, temos algumas coisas para conversar e temos que seguir os protocolos de anos.

- E esse seu vestido? Você está linda, mas a vontade que dar é tirar meu casaco e te cobrir, quero você só para mim. O vestido que America usava nem em meus sonhos o teria imaginado, era lindo, porém mostrava partes demais que só eu poderia ver. O privilégio deveria ser apenas meu.  

– O que é tão engraçado? A questionei diante de seu sorriso.

- Antes de eu descer estava conversando com Marlee sobre o vestido que ela fez, e ela comentou que se você me visse deste jeito, iria querer me cobrir. E concordei com ela.

- Agora estou reparando esse vestido em você? Porque essa escolha? Eu sei que teve um motivo para essa escolha, não faz o estilo de America, pelo menos não assim usá-lo na frente de todos.  

- É uma longa história, conversamos depois, tenho muito para te contar. Eu sabia que existia algo por trás.

- E teremos todo tempo do mundo. Eu te amo. Declaram meu amor por ela sem está escondido, onde todos estão nos observando e vendo que nascemos um para o outro.

- Eu também te amo.

- Eu queria te beijar agora, minha querida. Só faltava isso sentir a maciez dos seus lábios nos meus e meu sonho estaria completo.

- E como eu queria que você o fizesse, meu príncipe.

Enfim nossas almas se encontraram. A abracei forte, nunca mais nos separarem novamente. E continuamos nossa dança abraçados como em um sonho que virou realidade.  


Notas Finais


E então foi encantador? O que acharam?

To fazendo o possível para não atrasar tanto, vamos seguindo firme e forte.

BJs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...