História 30 Dias - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Acampamento, Aventura, Drama, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Romance, Zayn Malik
Visualizações 20
Palavras 2.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Acidente


Fanfic / Fanfiction 30 Dias - Capítulo 16 - Acidente

Pov mariana

Acordei no meio da noite apertada para ir ao banheiro, quando me levantei vi Elizabeth sentada em sua cama encarrando a janela.

-Não consegue dormir? - perguntei indo ate o banheiro.

-Estou sem sono – ouvi ela responder antes de sair, quando voltei do banheiro ela ainda estava na mesma posição, parecia preocupada.

-Quer dar uma volta? Tomar um ar? - perguntei e ela concordou.

-Onde vamos? - perguntou quando começamos a andar passando por algumas arvores, estava escuro então não sabia ao certo aonde estávamos.

-Tem um canteiro aqui perto com flores lindas onde podemos nos sentar - respondi.

-Acho que estamos muito longe – falou, olhei a minha volta e chegamos no topo de um morro coberto por grama, ela se aproximou da beirada – Nossa eu não conhecia esse lado do acampamento.

-Esse lugar é perfeito – falei e ela me olhou surpresa, - Agora você vai me ouvir!

-Mari... - tentou falar e eu interrompi.

-Eu disse que você vai me ouvir, eu já saquei o seu plano e você não vai me passar a perna, o Louis é meu e não importa o que você faça nada vai mudar isso!

-Do que esta falando? - perguntou assustada.

-Não seja sonsa, você sabe muito bem do que estou falando....Eu não dou a mínima se você esta gravida ou não, fica longe dele! Eu não quero você falando nem olhando pra ele, entendeu? É de mim que ele gosta.

-Ele nunca gostou de você desse jeito e vai gostar menos ainda quando souber dessas ameaças - Ela cruzou os braços me desafiando.

-Ele não vai saber, e eu acabo com você se contar.

-Você não pode fazer nada, o Louis é livre para fazer o que quiser, e se ele esta tão apaixonado porque ainda não te pediu em namoro?- A cada palavra dela minha raiva aumentava.

-Ele esta esperando o momento certo, isso não é da sua conta!

-Deixa de ser insegura mariana.

-Insegura é você, você não passa de uma riquinha mimada, filhinha de papai. Quando você vai perceber que não pode competir comigo? Você é uma viciada bulímica ninguém quer ficar perto de você!

-Cala a boca garota! - ela gritou de repente e pude ver seus olhos se enchendo de lagrimas.

-Você sabe que é verdade, eles só fingem gostar de você porque você tem dinheiro.

-É mentira, cala a boca! - Ela repetiu vindo pra cima de mim e eu bati nela fazendo-a cair no chão.

-Isso é pra você aprender a não se meter comigo – falei em cima dela batendo varias vezes em seu rosto.

-Para !!! você esta louca ! - ela gritou tentando se soltar, Liz colocou suas mãos envolta do meu pescoço para se defender e eu puxei o cabelo dela, quando comecei a respirar com dificuldade fui forçada a solta-la e ela se levantou.

-O que deu em você?

-Volta aqui vadia!! - gritei e corri na direção dela e num movimento rápido a empurrei, a mesma tropeçou e caiu eu me assustei e não pude fazer nada apenas assisti Elizabeth descer o morro rolando desaparecendo na escuridão...

 

Na manha seguinte...

Fernanda pov.

Quando eu e as meninas acordamos estranhamos o fato de Liz não estar no quarto.

-Ela deve ter ido dar uma volta – Alicia falou

-Ou ela esta com o Louis – Thais fez uma cara maliciosa

-Você acordou cedo Mari – Comentei quando a mesma saiu do banheiro toda produzida e nós três ainda estamos nos trocando.

-Não consegui dormir. - ela respondeu um pouco nervosa, imaginei que fosse por causa do Louis então encerrei o assunto.

-Bom vamos aproveitar meninas, pois só temos mais dois dias – Thais falou, e ouvimos as vozes dos meninos se aproximando.

-Bom dia garotas – liam falou

-Bom dia minha linda – Niall deu um selinho na alicia

-Bom dia gatinha – Harry fez o mesmo na Tay.

-Cadê a liz? - Louis perguntou.

-Achamos que ela estava com você.

-Não, eu não a vejo desde ontem a noite – ele respondeu.

-Devíamos procurar por ela? - Thais perguntou.

-Ela deve estar querendo ficar sozinha, vamos dar um tempo pra ela – falei, e eles concordaram.

 

Mariana Pov.

Quando os meninos foram pra mesa de pique nique tomar café eu disse que ia no banheiro e sai correndo atrás da Rebecca. Meu coração parecia que ia sair pela boca e eu não conseguia respirar. Corri ate a casa dela desesperada e a vi saindo, quando me viu me puxou pela mão para conversar em particular.

-Acho que estou tento um ataque de pânico.

-Porque ? - ela perguntou

-Eu fiz uma coisa muito ruim... Eu passei do limite e não sei o que fazer.

-Se acalma e me conta o que você fez...

-É a Liz...

-O que tem ela?

-Eu fui falar com ela como você mandou, só que eu não queria que ninguém ouvisse então levei ela pro outro lado do acampamento e as coisas saíram do meu controle... - comecei a falar rápido cada vez mais nervosa.

-E...

-E eu não sei se ela tropeçou ou se eu empurrei ela, só sei que ela caiu...

-Então foi você... - falou surpresa.

-Eu o que?

-Josh encontrou a Liz mais cedo e minha mãe levou ela pro hospital.

-que?? Ela esta...?

-Viva? Pra sua sorte sim.

-Graças a Deus - falei aliviada - eu tive tanto medo...

-Caramba Mari, eu disse pra você tirar satisfação e não matar ela - falou rindo. - Você é perigosa garota.

-Acha engraçado?

-Pelo menos agora ela vai ficar bem longe de você e do Louis.

-ELA QUASE MORREU!!!! - gritei brava. - Como pode dizer isso?

-Agora você pode consolar o Louis sua boba.

-Quando ele descobrir o que eu fiz ele nunca mais vai olhar na minha cara! Coitada da Liz...

-Nao é o que você queria? Assustar ela?

-Não! É o que VOCE queria! Você é doente  eu nunca deveria ter te ouvido. - falei virando as costas.

-Hei, não põe a culpa em mim, o sangue dela esta nas suas mãos. E não nas minhas.

-Eu nunca mais quero olhar na sua cara - falei e sai sem esperar pela reação dela

****

-Quando cheguei a mesa de pique nique estava vazia e Alícia e Niall sentados nela.

-o que houve? - perguntei hesitando.

-Acho que a madie esqueceu da gente - niall respondeu.

-Que estranho – falei.- E os outros?

-Nós nos separamos para procurar por ela ou pela Liz.

-Encontraram alguém? - Niall perguntou quando Thais e Harry voltaram de mãos dadas .

-Não, nenhum sinal delas nas cabanas.

-Nos banheiros também não estão - Zayn e Louis também voltaram.

-Não tem ninguém na casa  - Liam falou com a Fernanda.

-E agora? - Ali perguntou.

-Vamos esperar - falei.

-É o jeito...

-Pessoal! - de longe ouvi Josh gritando e acenando pra nós da enfermaria, tentei disfarçar e fingir que não ouvi.

-Gente, é o Josh! - Fernanda avisou apontando pra ele.

 - Venham aqui! - O mesmo gritou

-Ai meu Deus, será que tem algo a ver com a Liz? - Aly perguntou e correu na direção dele, eu e os outros fizemos o mesmo.

 

Alicia pov

-O que foi Josh? - Liam perguntou

-É a Liz?  - perguntei entrando atrás dele na enfermaria onde Isaac nos esperava

-Ela esta aqui? - Louis perguntou tão preocupado quanto eu.

-Não, minha mãe esta com ela no hospital – Josh respondeu.

-hospital? - Senti uma dor no peito só de imaginar o que pode ter acontecido com ela.

-É, Joshua a encontrou caída do outro lado do acampamento numa área perigosa, parece que ela caiu do morro e desmaiou ... - Isaac explicou

-O meu Deus...! – Thais falou

-Calma Tay... – Harry falou, mas a mesma começou a respirar ofegante. - Como isso aconteceu?

-Como ela foi parar lá?

-Gente eu não sei, ela estava desacordada então chamamos uma ambulância e quando elas voltarem Elizabeth vai nos explicar o que aconteceu. - Isaac tentava se manter calmo.

-Eu preciso vê-la.... - comecei a chorar – Me leve até ela por favor!

-Aly calma, vai ficar tudo bem.... - Niall me abraçou se ele não estivesse me segurando tenho certeza que cairia.

-Eu não posso perder ela de novo...

-Você não vai! Ela vai ficar bem.

-É algo grave? Ela se feriu? - Louis perguntou e percebi que ele tinha lagrimas nos olhos.

-Não se preocupem, aparentemente ela não corre nenhum risco.

Isaac continuou falando tentando nos consolar com a ajuda do Liam, Fernanda tentava acalmar a Thais pra ela não ter uma crise de pânico e Harry desesperado tentava convencer Josh a lhe emprestar o carro para ir ao hospital com ela, Zayn virou as costas e saiu correndo dali provavelmente para que ninguém o visse triste e Louis não se importou com nada e chorou baixinho ali mesmo, mariana também sumiu e  Niall me abraçava forte mas eu não conseguia parar de chorar. Depois de uma meia hora o telefone de isaac  finalmente tocou.

-Como ela esta?...É algo grave?... - Falava sem demostrar nenhuma reação - Então ela já acordou? Esta bem vou avisa-los, obrigada. 

-E então? - Harry logo perguntou.

-Ela esta bem, já acordou e não corre perigo, foi só um susto e as duas já estão voltando. - falou aliviado.

-oh graças a Deus! -  falei sentindo o mesmo alivio.

 

Mariana pov.

Minha consciência pesada esta me matando, eu não devia tê-la deixado lá, devia ter avisado alguém ou chamado uma ambulância e se a garota morresse? E se ela perder o bebê? O que eu ia fazer? Por mais que eu a odeie, não poderia viver com a culpa. E agora já faz um tempo que ela voltou e estão todos com ela na enfermaria, mas eu não posso entrar lá, ela deve ter contado a eles que eu a empurrei, Liz nunca vai me perdoar, Louis nunca vai me perdoar, eu nunca vou me perdoar! 

Droga não seja covarde mariana, você fez a merda agora assuma, parei de andar de um lado pro outro e resolvi voltar a enfermaria, quando cheguei na porta dei de cara com Thais, Louis e Fernanda saindo.

-Ela te contou? - perguntei.

-É ela contou – ele respondeu furioso passando por mim.

-Louis me escuta – pedi e ele parou de andar - ela veio pra cima de mim eu pensei que ela fosse me bater...

-Ah você achou que ela ia te bater e empurrou ela morro a baixo- ele me interrompeu.

-Foi um acidente eu esta mal, estava magoada com você e ela me sufocou eu não conseguia respirar...

-Eu não estou vendo marcas e você não ficou inconsciente por horas. - respondeu irônico. - Você passou dos limites, eu não quero mais ouvir uma palavra sua, a partir de hoje você morreu pra mim!

-n-não, Por favor... - pedi e ele me ignorou.

-Tay eu juro que foi um acidente – falei pra mesma

-Isso não importa, você a abandonou! Deixou ela lá sozinha, ela podia ter morrido, Você é pior do que eu pensava – respondeu e passou por mim indo atrás do Lou.
Fernanda, me escuta – falei e ela abaixou a cabeça seguindo a Tay.

Quando entrei na enfermaria Liz estava sentada na maca e Alicia ao seu lado, em sua testa havia um curativo e algumas manchas roxas nos braços e pernas.

- Liz podemos conversar a sós?

-Não acredito que fez isso – Alicia falou quando passou por mim. - Eu nunca vou te perdoar.

-Foi um acidente! - tentei me defender em vão.

-A queda talvez tenha sido, mas o fato de você não socorrer ela não foi um acidente, foi cruel.

E Liz observava cada movimento meu sem dizer uma palavra.

-Como você esta? - perguntei tentando quebrar o gelo.

-Dolorida – respondeu – Porque fez isso comigo Mari?

-Eu não sei... Eu sinto muito, eu fiquei louca de ciúme, só queria te assustar.

-Ciúme do que? Você queria o Louis e ele estava com você.

-É mais quando eu soube que você esta grávida eu perdi a cabeça, me senti traída.

-Mariana eu não to gravida.

-Você perdeu o bebê? - De repente a culpa que eu sinto ficou dez vezes maior.

-Eu nunca estive gravida, então era isso que você queria? Que eu perdesse o bebe?

-o que ? Não! De jeito nenhum ! Eu não pensei... quer dizer só fiquei zangada, Rebecca te viu fazendo o teste de gravidez e disse que eu devia tirar satisfações com você e eu perdi a cabeça..

-o teste deu negativo você não devia dar ouvidos a Rebecca.

-Eu sei disso! Pelo menos agora eu sei... ela dizia que era minha amiga...

-Ela só finge ser sua amiga para ficar perto dos meninos.

-Isso não é verdade, ela estava tentando me ajudar...

-Acredite no que quiser... Você seguiu o concelho dela, se sente melhor agora?

-Nem um pouco... - abaixei a cabeça envergonhada, ela deu de ombros e desceu da maca indo até a porta.

-Espera – pedi e ela se virou para olhar pra mim - Você me perdoa?

Eu te perdoo mas não  confio em você - respondeu - Você me disse coisas horríveis.

-Eu sinto muito.

-Eu também – falou virando as costas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...