História 30 dias em Nárnia - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas de Nárnia
Personagens Aslan, Caspian X, Dr. Cornelius, Edmundo Pevensie, Lúcia Pevensie, Pedro Pevensie, Personagens Originais, Ripchip, Susana Pevensie, Trumpkin
Tags Ação, Fantasia, Romance
Visualizações 44
Palavras 816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Narnianos! Aqui estoy com outro capítulo, e lembrem-se:

ESSA FIC NÃO SERÁ CANCELADA OU ESQUECIDA!!!

Capítulo 21 - Vigésimo dia


Fanfic / Fanfiction 30 dias em Nárnia - Capítulo 21 - Vigésimo dia

P.O.V. Mary.

Estamos chegando nas florestas de Cair Paravel, todos estávamos muito cansados e com fome.

-Chegamos! -Lúcia gritou, porém foi advertida por Edmundo.

-Não grita, Lú. Você por acaso se esqueceu de que há uma feiticeira mais doida que a Jadis sentada no nosso trono,é?

-Desculpa. -Disse abaixando a cabeça.

-Então, como entramos? -Eu disse descendo do cavalo com Ripchip no meu ombro.

-Também quero saber. -Caspian disse.

-É por aqui, pessoal. -Ed disse se dirigindo à uma parede, abrindo-a.

-Por trinta diabos! -Trumpkin disse tão impressionado quanto os outros.

Quando Ed abriu a porta, descemos um tipo de túnel, onde havia armas, roupas e tesouros reais.

-Nossa. -Eu disse com um brilho nos olhos.

P.O.V. Joana.

Eu estou muito feliz que conseguimos invadir o castelo e tudo mais, mas e a feiticeira? Às vezes eu acho que essas pessoas perderam totalmente o juízo e não querem achá-lo tão cedo. Passamos metade da tarde aqui descansando, comendo e esperando a noite chegar.

-É melhor eu ir buscar a Susana e o Doutor Cornelius. -Caspian disse se levantando. 

-Eu vou com você, vai precisar de ajuda. -Edmundo disse botando as mãos sobre os ombros de Caspian. Sorriram e foram.

-Bem, majestades acho melhor eu começar a preparar a poção.

-Boa ideia. -Mary disse. -Do que precisamos?

-Eu acho que prefiro ficar de guarda por aí. Não vai ser legal se a Charlotte ou a própria feiticeira nos pegarem aqui de surpresa. -Hunter disse se levantando e pegando a espada.

-Eu vou também. -Lú levantou, olhando fundo nos ohos verdes de Hunter. Juro, eles foram feitos um pro outro. Mesmo eu não sabendo direito o porquê deles estarem assim, afastados, acho uma besteira que briguem desse jeito.

-Enfim, voltando... -Caça-Trufas retomou após os pombinhos brigados saírem. -Precisamos fazer isso lá fora, pois temos que difundir a coroa de Caspian em uma fogueira. -Fomos lá pra fora, e Trumpkin acendeu a fogueira.

P.O.V. Susana. 

Eu e o Doutor Cornelius estávamos sentados lendo para o bebê, dizem que assim se acostumam com a voz da mãe. E quando fechei o livro, ouvi um barulho de espadas, e depois um grito. Minha primeira reação foi colocar as mãos em minha barriga, quando abriram a porta.

-Susana. -Aquela voz, aquela voz me fez correr e abraçá-lo o mais forte possível. 

-Caspian! -Disse após lhe dar um beijo. -Edmundo! -Fui correndo abraçar meu irmãozinho.

-Nossa Su. Que barriga, hein.

-Pois é, Ed. A feiticeira acelerou a gravidez.

-Professor! -Caspian foi correndo abraçar seu antigo tutor.

-Meu jovem rei.

-Obrigado por cuidar dela. -Caspian disse pegando na minha mão. O professor assenti.

-Eu sei que esse é um feliz reencontro cheio de ternura, mas nosso castelo foi tomado! -Edmundo disse abrindo a porta devagarzinho.

P.O.V. Autora.

Enquanto Susana, Caspian, Ed e o Doutor saíam, Lúcia e Hunter andavam pelos túneis escondidos por Cair Paravel, até que um guarda pulou atrás de Hunter e ambos começaram a duelar, o guarde fez um corte na barriga de Hunter, que caiu no chão. Então Lúcia pegou seu punhal, derrubou  guarda, sentou, pegou seu líquido de cura e deu à Hunter uma gota, que foi aos poucos fechando o corte e acabando com a dor do menino, que beijou Lúcia como nunca havia beijado antes, ela retribuiu o beijo.

-Eu te amo, Lúcia Pevensie.

-Eu também te amo. Mas é melhor sairmos daqui antes que apareçam mais soldados corvos.

 Quando Lú e Hunter retornaram, Caça-Trufas já havia acabado a poção e Mary e Rip foram buscar Pedro, que estava apodrecendo,confuso e enfeitiçado, nas masmorras.

-Pedro! -Mary gritou ajoelhando-se. 

-Quem é você? -Pedro cochichava chegando mais e mais perto dela. -Espere! Me lembro de você, a usurpadora do MEU trono! E você, Ripchip, achei que fosse leal à mim.

-Eu sou leal ao Grande Rei Pedro, e não à um bobo amaldiçoado, que vergonha, por Aslam. -O rato disse se lamentando. Mary bebeu a poção toda em um só gole, chegou perto de Pedro, e mesmo ele estando assustado, ela conseguiu beijá-lo.

-Será que funcionou? -Rip chegou mais perto de Mary, que encarava Pedro.

-Mary. Rip! -O loiro disse. -Me desculpem eu estava...

-Amaldiçoado pela Charlotte,já sabemos. -Mary disse. -Agora temos que te tirar daí.

-Não tão rápido, queridinhos. -Era ela, a Feiticeira Negra apareceu, e trancou Mary nas masmorras, botou Ripchip em uma pequena jaula, e sumiu com Pedro em um só feitiço.

-Essa não, Rip. Agora que conseguimos libertar o Pedro ela ataca de novo.

-Verdade, Mary, mas não podemos desistir, pense em todos os outros, pense em Nárnia, Aslam! Precisamos mostrar nossa honra, sabedoria e liderança nessas situações.

E assim tentavam descobrir como sair, já com o povo, Caspian chegou com Ed, Su e o Dr. Cornelius no salão subterrâneo, onde houve abraços, lágrimas, e preocupação com Pedro, Ripchip e Mary, que pensava já de madrugada, como seria o seu vigésimo primeiro dia em Nárnia.

 

 

 


Notas Finais


Então é com esse discurso inspirador de Ripchip que os deixo hoje. Semana que vem posto a continuação.
Beijosss e apoiem a fic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...