História 30 REASONS WHY - LARRY - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Harry, Larry, Louis, Romance, Yaoi
Visualizações 40
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora gente, fiquei um bom tempo sem usar esse site pq digamos que eu sai de "ferias" AAAI GIRL MENTIRA FOI OCUPAÇÃO DA MERDA DA ESCOLA MEXXMO! Mas Como eu já finalizei minha fic Destiel (Que recomendo que vc leia) Vou ter mais tempo de focar só nessa. Vou começar a divulgar então se vcs quiserem me ajudar a vontade nenes!!! *Pareço feliz, mas cai por prata V no Lol*
Boa leitura <3

Capítulo 3 - LETTERS AND SURF


Não faço a menor ideia de como Niall e Liam arrumaram a casa antes que os pais do loiro chegassem de onde for que eles tinham ido. Eu estava com uma ressaca desgraçada, claro que eu n sabia direito o que era aquela merda que estava sentindo, só que meus olhos pesavam uma tonelada e meu corpo tinha virado palco pra um elefante sambar, Holy Shit! Foi a primeira vez que dei pt!

-Caramba Louis! - Niall falou me examinando.

-Não tem como eu ir pra escola. - Bufei. - Não vai dar.

Liam colocou as mãos na cintura pensando em alguma coisa.

-Bom à gente pode dizer que você passou mal. - Ele disse por fim. - Pessoas passam mal o tempo todo é normal.

-Tá maluco? E se os pais dele quiserem leva-lo no médico? - Niall perguntou.

-Bom a gente pode dizer que comi nozes sem querer, eu sou alérgico. - Sugeri.

-Boa ideia. - Niall disse. - Eu te dei um docinho e não sabíamos que tinha nozes nele.

-Vocês sãos os melhores amigos da terra. - Sorri.

Nosso plano deu certo e consegui que os pais de Niall me deixassem em casa, meus pais também foram enganados e fiquei no meu quarto comendo sorvete e assistindo tv depois de dormir mais umas quatro horas. Lembrava-me de ontem a noite com bastante frequência. Eu queria saber se Zayn era gay mesmo, e por que ele tinha ficado comigo já que me odiava, e o “madafaqui” Harry Styles que ficou na porta nos olhando, gente eu estava ficando doido com isso sério. Cheguei a conclusão de que iria falar com Zayn, mesmo acreditando que ele provavelmente estivesse bêbado demais pra querer fazer o que fez, se bem que dizem que “Quando estamos bêbados fazemos coisas que não temos coragem de fazer quando estamos sóbrios não é mesmo?” Pensei comigo mesmo.

Ah, e ainda tinha a porcaria do trabalho pra piorar tudo. Tudo bem Louis é só ter calma que vai passar.

Bom, no dia seguinte eu me acordei bem melhor e já estava em condições apresentáveis pra ir pra escola e prestar muita atenção nas aulas (Oque claramente eu não fiz não é mesmo?). Cheguei na escola bem de boas pensando que o dia seria tranquilo, mas eu estava enganado. Logo que entrei na sala já me deparei com a baixaria acontecendo, Lisa estava discutindo com Zayn e sobre o trabalho.

-Gente o que está acontecendo? - Perguntei me aproximando.

-Ainda bem que você chegou Louis. - Lisa se virou pra mim. - Sabe o que a professora de Biologia falou? As notas não serão individuais e eu não vou me prejudicar por causa de vocês.

Por que ela está falando assim comigo? É só me dizer minha parte que eu estudo.

-Não haveria problema se cada um estudasse sua parte. - Falei.

-Aí é que está Zayn não quer vir pros ensaios. - Ela cruzou os braços enquanto fazia uma careta e olhava feio pra Zayn.

Ai eu mereço.

Zayn estava me olhando diferente, quase como se estivesse tímido ou ansioso sei lá.

-Que seja façam o que vocês quiserem, não se preocupem comigo não eu sei o que eu vou fazer. - Zayn por fim falou.

-Acho bom. - Lisa nos virou as costas e saiu.

Ficamos somente eu e Zayn na sala, os outros alunos estavam em algum outro lugar. Sabe quando você quer falar uma coisa, mas você não sabe se deve? Ainda mais sobre pressão??

-Zayn. - Falei respirando fundo. - Você lembra o que aconteceu na festa?

-Não tenho certeza. - Ele veio até mim franzindo a testa. - Acho que fiz isso.

Zayn apertou minha bunda passando um braço sobre minha cintura. Me assustei com aquilo então acabei empurrando ele pra longe de mim.

-What the hell bitch?! - Eu falo em ingles quando fico nervoso, não me julguem.

Zayn me olhou com cara feia então disse:

-Qual é o problema Louis? - Ele deu mais alguns passos pra perto de mim? - Você vai me dizer agora não gostou do que estava acontecendo?

Qual é o problema dele?

-Se me lembro bem você me agarrou tanto quanto eu te agarrei. - Zayn continuou. -Mas no fim eu só queria te pegar mesmo, relaxe você não significa nada pra mim além de um pouco de prazer.

Sim isso doeu, me senti horrível? Sim também me senti horrível, Zayn me fez pensar que ninguém gostava de mim por um bom tempo, ele me fez acreditar que só o que importava pras pessoas era o meu corpo. Hoje em dia eu sei que estava enganado, mas naquele tempo isso me magoou bastante... Mas eu não fiquei calado e deixei-o simplesmente pisar em mim.

-Você acha que eu me apaixonei? - Sorri disfarçando incrivelmente bem o choro preso na minha garganta. - Eu estava bêbado, jamais ficaria com você enquanto estivesse sóbrio.

Dei uns passos na direção de Zayn que me olhava nos olhos.

-Quem é que iria querer ficar com você - Perguntei jogando meu ódio sobre ele. - Você é tão mesquinho, é sua essência é essa ignorância podre. Quem iria ficar com uma pessoa tão estupida como você?

Minhas palavras não o impactaram tanto quanto eu queria, mas foi o suficiente pra Zayn sair da sala sem dizer nada. Fiquei lá sozinho até que os alunos entrassem e começasse de vez a aula. Fiquei bastante triste durante a semana, até que começaram a aparecer cartinhas motivadoras na minha mochila, todo dia aparecia uma carta diferente, com frases que diziam que eu era uma pessoa importante no mundo e o clichê de sempre. Num dia eu estava voltando do intervalo, e antes de entrar na sala vi alguém mexendo na minha mochila, fiquei de longe olhando e era Harry. Ele estava colocando as cartinhas na minha mochila! No dia seguinte antes do intervalo eu escrevi um pedaço de papel e coloquei aberto na minha mochila, estava pedindo pra que a pessoa se identificasse pois eu tinha ficado bastante feliz de saber que alguém se importava comigo dessa maneira e iria adorar agradecer pessoalmente. Sai da sala e não voltei até o toque, queria dar tempo a Harry pra que fizesse oque tinha que fazer. Eu comecei a imaginar o casamento do ano só porque Harry estava me mandando cartas motivacionais anônimas. O casamento do ano não aconteceu como vocês já devem imaginar.

Percebi que Harry estava mais distante, mais preocupado, bem mais pensativo. As cartas pararam e eu nunca recebi um bilhete dizendo “Oi sou eu quem escreve as cartas, me Chamo Harry Styles”. E esse é o terceiro motivo pelo qual eu te odeio Harry, por me fazer ficar ainda mais triste pelo que Zayn disse que eu não significava nada, você me fez acreditar ainda mais nisso durante mais tempo. Você não se identificou, talvez por medo do que as pessoas iriam pensar, mas era apenas umas merdas de cartas, as pessoas não iriam pensar nada, e se pensassem e daí? Que se danem elas. Por medo você decidiu me deixar sozinho e se manter seguro, assim ninguém descobriria que você está afim de um garoto né?


Notas Finais


Foi isso golfinhos! espero que vcs tenham gostado... Tutu pom? até o proximo que n sei quando vai sair, mas vai... tenham fé


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...