História 30.11.2016 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Imagine Got7, Imagine K-pop, Mudanças
Exibições 12
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii de novo! Tudo bem? Eu espero que sim^^
Bom! Eu trago um capitulo e uma notícia, eu provavelmente só postarei nos finais de semana. Por exemplo: dia de semana toda eu não postei, aí no domingo eu posto, no sábado eu não irei postar provavelmente. Não sei se deu pra entender kkkk!

Boa leitura <3

Capítulo 2 - Começou.


Fanfic / Fanfiction 30.11.2016 - Capítulo 2 - Começou.

Eles entraram pela porta. Eu ainda estava imóvel, eram três garotos vestidos de preto, eles tinham armas com eles. Eles me olharam e ignoraram:

-Onde está o cofre da universidade?!-Um deles pergunta com a arma apontada para a professora.

-E-eu n-n-não s-sei...-A professora fala e ele dá com a pistola na cabeça da mesma.

-Pegue a protegida!-Um deles fala e só fica um ali.

Ele pega uma bombinha e taca na sala, logo um gás começa a sair, ele me puxou e anda com uma arma, encostada no meu pescoço. 

Ele me levou a sala do director. Quando entramos, o homem de terno estava sentado na sua cadeira de couro olhando papeis a sua frente. Enquanto outro homem de negro estava sentado no chão, enquanto apontava para a cabeça do director com uma arma. Os dois nos olharam...com sentimentos distintos, é claro.

-ONDE ESTÁ A PORRA DO COFRE UNIVERSITÁRIO?!?-O que estava sentado no chão se levanta e grita.-Ou você fala ou a sua protegida vira cadáver.-Fala e ele me olha.

O som da porta se abrindo é escutada, logo um cara de preto entra. Nossos olhares se encontram por breves segundos mas logo os olhos alheios se desviam dos meus.

-Eu achei o cofre.-Fala e coloca a arma no cinto.

O barulho de um tiro é escutado. Meu corpo se vira para a frente, dando a visão nítida do Director, que era uma espécie de Pai para mim, estava morto, na minha frente. Com um líquido vermelho escorrendo por sua cabeça, caindo em seu ombro e manchando o terno preto e a camisa azul clara.

-Não...não, acorda!! acorda!...NÃO!!! NÃAAAAAAAAOOOOOO!!!-Falei e cai no chão, todos já haviam ido embora, só eu e o corpo estavam ali.

(...) Jackson Wang On.

-Galera!-Chamei vendo pela janela.-Temos que bazar agora!!-Gritei e todos começaram a correr.

-Esperem!! A garota! Ela é testemunha, a única viva e acordada para ser testemunha....-Bambam.

-Eu vou buscar ela. Corram!-falei e eles assentiram, Mark, meu melhor amigo, me olhou por algum tempo e saiu correndo. 

Sai correndo para a sala do director e peguei a garota. Ela estava caída no chão, chorando...parecia uma fugitiva do hospício. Ela se rebateu um pouco, mas logo desistiu e me deixou pega-la.

Peguei a mesma e sai correndo. Consegui não ser visto pelos policiais.

-O-onde...você vai me levar? Você vai me matar...?-perguntou não encarando meu rosto. 

A olhei surpreso, a ajeitei no meu colo e começamos a andar.

(...) Lee Ji Eun On.

Eu e aquele garoto que eu não sabia o nome, só sabia que poderia ter sido ele a matar meu protector. 
Nós andávamos de mãos dadas como se fossemos namorados, era só para não suspeitarem de nada. O garoto se soltou de mim, paramos em frente a uma casa, quer dizer, era mais uma mansão!!

-E aí cara! Pensei não voltar a vê-lo...-um garoto alto de cabelo colorido, fala e me olha sério. 

Nós entramos e me prenderam dentro de um quarto. 

(...) Im Jaebum On.

-Eu acho que ela tem de ficar! Nós falhamos em algumas coisas, ela viu essas coisas. Se ela é testemunha, deverá pelo menos ficar aos nossos ''cuidados''.

-Ela não deixou as coisas na sala?-perguntou Yug.

-Não.-Mark.

-Hã?-Youngjae.

-Quando Jack foi buscar ela eu deixei vocês irem na frente, logo depois eu entrei na sala e busquei a bolsa dela. Assim vai parecer que ela nunca esteve lá. Já que as bombas provocam esquecimento dentro das 24 horas. Os sobreviventes nunca iriam falar que se lembram de a ver lá.-Mark.

-Bom plano!

-Esse é meu garoto!-Jackson fala e começa e brincar de socos com o mais novo.

-Não esperava menos. Mark é nosso cérebro maligno hhshsh!!-Bambam.

-E você um psicopata!-Mark fala e rimos.

-Mas enfim! Líder, como nós iremos fazer para ela ficar calada?-Youngjae.

-Eu irei piorar a situação dela...depois ela vai ficar traumatizada. Não será capaz de falar.

-Você vai usar a força? Ela trocou algumas palavras comigo...aquela garota tem ar de arisca e esperta. Tenha cuidado, JB.-Jackson.

-Não se preocupem!-falei e fui para o me quarto.


Notas Finais


Obrigada por lerem^^
Por favor comentem o que acharam, plssss <3
Bjjs fiquem bem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...