História 365 days of fucks - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~magpulta

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Nate Maloley, Vanessa Hudgens
Personagens Cameron Dallas, Personagens Originais, Vanessa Hudgens
Tags Cameron Dallas, Drama, Magcon, Romance
Exibições 202
Palavras 838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, gente.
Aqui é a Melissa, (magpulta), mas podem me chamar de Mel. Então, esse é o segundo capítulo e espero que vocês gostem da nossa história. Beijossss!

Capítulo 2 - Chapter two


     Nos encaramos por um tempo até que ele sai por aquela porta sem mais delongas.

– Tchau então. - eu gritei assim que ele fechou a porta.
         
            Voltei para o bar com uma chuva de pensamentos na cabeça do que havia acabado de acontecer, mas logo foquei em Nina que vinha em minha direção.

– Nossa, foi rapidinha essa hein. - disse Nina.

– Deve ser porque comigo eles gozam mais rápido do que com você - respondi com um sorriso falso.
         
            Nina era daquelas amigas invejosas e falsas que te apunhalam pelas costas. É a mais nova do grupo. Magra de cabelo preto até o ombro, tem uma carinha de sonsa, mas a mim ela não engana. Por mais que Nina fosse falsa e invejosa, tínhamos uma relação de amor e ódio.

– Maya, Maya! - Nate gritava.
          
           Nate era o cafetão da Sex On The Bitch, nossa casa. Ele era o sonho da Nina, porém ele nunca dava bola pra ela e eu transava com ele sempre que podia. Nate era alto, moreno, seu braço era todo tatuado e mandava naquela porra toda.

– Oi Nate! - abracei-o.

– Clientes à espera, loirinha. - disse passando a mão pelo meu corpo.
         
           Sorri, lhe dei um selinho e fui até o próximo cliente que já me aguardava no quarto. Quando cheguei, era um homem alto, branco, de olhos azuis e cabelos grisalhos. Vestia blusa azul e calça cinza. Aparentava ter uns 30 anos. Então, perguntei...

– Qual o seu nome? - eu disse me aproximando dele.

– Meu nome é Nick. - ele disse já me beijando.
           
           O beijo dele era quente e me arrepiada intensamente, a língua ia ao encontro com a minha. Ele puxava meu cabelo de uma forma dominadora, e tirou meu corpete. Eu tirei a blusa e a calça dele, e quando eu vi o volume em sua cueca, me assustei. Era grande e grosso, e aquela altura eu já estava morrendo de tesão. Ele tirou minha calcinha, me jogou na cama e enfiou dois dedos em mim e em seguida, chupava e mordiscava meus seios com uma vontade enorme. Nick pegou a camisinha e pediu-me para colocar em seu membro, em seguida, ele me posicionou de quatro e enfiou o seu pau extremamente ereto em mim. Gemi alto, e em pouco tempo o fiz gozar. E aí, eu soube que era o fim de mais uma foda.
            
            Dormi ali mesmo e quando acordei estava completamente nua. Não havia ninguém no quarto, mas quando olhei o criado-mudo avistei um envelope que continha todo o esforço da noite de ontem. Eram exatamente quinhentos dólares, uma boa quantia para começar o dia de hoje.
          
            Tomei um banho, me vesti e em seguida fui tomar um café da manhã. Cheguei na cozinha e estavam todas as meninas tomando café. Como de costume, peguei meu café e uns pães de queijo. Sentei-me próximo a mesa e o Nate chegou.

– Hoje é sábado, dia de movimento. Quero que estejam bem descansadas, pois não quero meus clientes reclamando. - ele disse, com uma cara de poucos amigos.
         
           Assim que terminamos o café, fomos limpar os quartos, pois algumas meninas não ganham o suficiente para rachar uma empregada e ao mesmo tempo se sustentar. Como era começo de mês, saímos para comprar roupas novas e nos arrumar, pois nós sempre temos que estar bem arrumadas e bonitas, como ordem da casa. Eu, como sempre, sou uma das últimas a voltar para a casa, e sempre recebo bronca por isso.

– Ta atrasada, tem muitos clientes chegando, e um deles tá pedindo por você. - disse Nate, apontando para um cara sentado no bar.

– Desculpe, vou tentar não fazer de novo. - eu respondi, abaixando a cabeça.
       
           Me ergui e fui para o bar ver o novo cliente. Eu estava vestindo um conjunto de lingerie preta de renda, uma liga e um salto preto. Quando eu estava próxima ao bar, mesmo de costas, eu reconheci aquela pessoa, eu sabia quem ele era.

– Cameron? - eu disse, surpresa por ele ter voltado.
      
            Ele rapidamente olhou para trás e simplesmente sorriu.

– Oi Maya! - Cameron disse.

– Por que voltou? O que aconteceu? - eu disse querendo saber o real motivo dele ter voltado.

– Acho que temos uma conversa pendente. Não temos? - ele respondeu.

– É, acho que sim. - eu disse.

    Percebi que enquanto conversava com Cameron, Nate nos observava de longe. Nate zelava muito por suas meninas, como ele nos chamava. Sempre cuidava da nossa proteção. Mas Nate nunca deixaria uma de nós se apaixonar por um cliente. Para ele isso era como uma traição e ele odiava ser traído.
         
              Levei Cameron até o quarto e me sentei na cama para ouvi-lo. Ele estava do mesmo jeito de antes, cabisbaixo e me olhava do mesmo jeito safado de sempre. Mas eu não via maldade nenhuma em seu olhar, se ele realmente quisesse e tivesse segundas intenções comigo, já teríamos tido uma boa foda desde o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele se sentou na minha frente e começou a falar...


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Se quiserem falar com a gente, aqui estão nossos contatos.

Twitter: @thaistavaresdp (Thaís), @My_MattEspinosa (Mel) e @bcmendess (Brenda)
Beijossss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...