História 365 days of fucks - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~magpulta

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Nate Maloley, Vanessa Hudgens
Personagens Cameron Dallas, Personagens Originais, Vanessa Hudgens
Tags Cameron Dallas, Drama, Magcon, Romance
Exibições 159
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, gentee.
É a Brenda, tô postando o capítulo quatro pra vocês hoje. Espero que gostem. bjss

Capítulo 4 - Chapter four


          Quando acordamos, tomamos café e decidimos almoçar fora. Nos arrumamos, entramos no carro e fomos em direção ao Hard Rock, ao chegarmos lá, almoçamos e depois fomos ao shopping, entramos numa loja de lingeries e fizemos as compras. Quando tive a brilhante ideia...

– Meninas, faz um tempo em que não furtamos algo. -falei.

– Verdade, hoje seria um ótimo dia para isso... - Jade disse com ar malicioso.

– Ótima ideia, Maya! - Lauren sorriu.

           Achamos melhor ir para casa e só voltar depois de escurecer e torcer para que tudo desse certo. Nós já havíamos furtado várias lojas, mas não por necessidade, até porque tínhamos de tudo, mas sim, por diversão. Assim que entramos em casa, vimos Nina sentada no sofá com uma cara nada agradável.

– Onde vocês estavam? - ela perguntou furiosa.

– Estávamos no shopping e onde a senhorita estava? Por que em casa você não dormiu, mesmo depois que Nate liberou a gente! - disse Jade nervosa com a situação.

– Eu estava com o Nate. - ela disse sorrindo e olhando pra mim.

– Que bom, ele ficou com dó de você e te comeu por pena, foi? - eu disse, sarcástica.

– Maya, para! - Jade disse, me repreendendo.

            Nina estava com uma cara de tristeza, confesso que me arrependi do que eu falei para ela, mas já tinha falado, não tinha como voltar atrás. O clima ficou pesado e estávamos todas caladas, até que Lauren acabou com o silencio...

— Vamos contar a Nina o que queremos fazer mais tarde? - Lauren disse, com tom de entusiasmo.

– Então Nina, estamos planejando um assalto hoje à noite. Que tal? - Jade disse, toda sorridente.

– Super topo! - Nina disse.

            Já eram onze horas e estávamos nos arrumando para mais um brincadeirinha. Nosso plano iria rolar super bem. Nos arrumamos, pegamos as armas e entramos no carro. Jade foi dirigindo na frente com Lauren e eu, infelizmente, fui atrás com Nina. Decidimos nosso "alvo", era uma loja que vende jóias lindas e bem caras, por sinal. A loja era perto de uns restaurantes, mas não deveriam estar muito cheios, então, não chamaríamos muita atenção. Planejamos entrar pela porta dos fundos, colocamos as máscaras e entramos, estava tudo certo até perceber que tinha duas funcionárias. Nina pegou a arma e rendeu as duas, eu e as meninas fomos pegar tudo o que podíamos. Até eu ouvir um grito...

— Cala a porra da boca ou eu te mato! - Nina estava gritando, e a menina chorava aos prantos.

            Pegamos as coisas, e fomos chamar Nina.

— Solta elas, vamos embora. - Lauren disse, já nervosa por estarmos tempo de mais ali.

           Nina soltou as duas funcionárias e nós entramos no carro correndo, escondemos o saco com tudo dentro debaixo do banco. Estávamos nos mesmos lugares de antes, Nina estava cantarolando uma musica que eu não sei qual era, e Lauren começou a cantar junto. Estava eu viajando ao redor dos meus pensamentos, quando Jade parou num semáforo e avistei um homem saindo do carro junto com uma mulher. Eu sabia que conhecia aquele homem de algum lugar, mas quando ele virou, tive a certeza de quem era. Era Cameron, mas quem era aquela mulher? Ele deu um selinho nela e entraram em um restaurante de mãos dadas. Aquilo de alguma forma mexeu comigo, não consegui esconder minha cara de mágoa. Quando Nina pergunta...

– O que houve, Maya? - perguntou Nina colocando o rosto pra fora da janela para ver também.

– Nada. - disse com desânimo.

– Olha lá, não é aquele seu amigo? - disse Nina curiosa.

– Não, Nina, não é. - respondi.

– Claro que é, desculpa, mas acho que ele é casado. - Nina disse sorrindo com deboche.

– Foda-se, Nina! Não quero saber! - gritei.

– Tá, desculpa! - ela disse rindo.

           Eu sempre achei que Cameron fosse casado, mas mesmo se não fosse, ele deveria se relacionar com alguém. Nenhuma mulher deixa escapar um homem como Cameron. Ele era totalmente lindo e encantador, seu físico era pra lá de gostoso e ele sabia como seduzir qualquer mulher com apenas um olhar. Não, eu não estou apaixonada, mas é assim que eu vejo o Cameron, um homem diferente dos demais que sabe como chegar em qualquer lugar e sabe seduzir qualquer mulher. Eu poderia chamá-lo de perfeito, mas para mim ele não era tão perfeito assim. Ele me disse que tinha problemas, eu o escutei. Por que não me contaste que tinha uma mulher? Nossa "relação" estava fluindo e se ele só queria ter uma simples amizade com uma prostituta, ele conseguiu.

            Quando chegamos, fui direto para o quarto e me joguei na cama. Fiquei com os mesmos pensamentos de sempre quando Lauren e Jade entram no quarto.

– Ei, o que houve? - Lauren perguntou se sentando na minha frente.

– Nada não. - respondi.

– Maya, nós te conhecemos faz tempo e sabemos quando você não está feliz e hoje você não está feliz. - Jade disse.

– Isso aí, não somos Nina, desembucha. - Lauren disse sorrindo.

           Comecei a contar tudo sobre o Cameron, desde o nosso primeiro encontro na boate. E tudo o que eu achava sobre isso, como me sentia.

P.O.V NINA

            Estava passando pelo corredor quando escuto Maya falando com Jade e Lauren. Rapidamente me encostei atrás da porta para ouvir. Com sucesso! Mais um passo para a minha vingança começar. Cameron vai me ajudar.

P.O.V MAYA

– É assim como me sinto em relação ao Cameron, mas custava ele ter me contado que era casado? - disse furiosa.

– Olha Maya, pelo que você me contou acho que você tem que tomar cuidado, pois se essa história sair daqui o Nate te mata e você sabe disso. E quanto ao Cameron, ele deve ser cheio de problemas e deve ter um ótimo motivo para ele não ter te contado sobre ela. Talvez ele não a ame. Vai saber... mas fica tranquila, estamos com você sempre. - Lauren respondeu.

– Amo vocês! - respondi, abraçando-as.

            Deitamos e dormimos uma em cima da outra como sempre. Amanhã teríamos que ir ao Sex On The Bitch e estaríamos bem acordadas para uma longa noite de sexo.


Notas Finais


Twitter: @thaistavaresdp (Thaís), @My_MattEspinosa (Melissa), @bcmendess (Brenda).

Beijosss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...