História 365 dias para amar (imagine tae) - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine
Visualizações 128
Palavras 1.111
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaa
Tudo bom?
Então, eu vo postar esse cap hoje, depois desse tera mais um e a fic infelismente acaba.
Bom, nem tudo é eterno ne?
Me apeguei a essa fic igual me apeguei na do Kook, mas não deixarei de escrever outras ok?
Bora ler?

Capítulo 28 - Meses


Kim Taehyung on

Havia se passado tres meses depois que descobrimos sobre a gravidez de S/N.

Ela ainda não acreditava, varias vezes a peguei chorando, se olhando no espelho e sempre me dizia.

"oque as pessoas vão falar? So tenho 18 anos"

Ela se preocupava, com oque iriam da falar quando voltasemos para a Coréia.

Eu a tranquilizava, dizia  que não deviamos ligar para comentários alheios.

Ela estava cada dia mais linda, sua barriga já dava sinais.

Porem, ainda transavamos as vezes, a medica dela disse que ate ela completar cinco meses , não teria problema de ter relações, porém, eu devia ser cuidadoso para não machucar o bebe.

Ela estava indo bem nos tratamentos, quimioterapia e pré natal, apesar de eu não entender muito dessas coisas.

Mas pelo menos, sua doença seria curada.

Suga Hyung voltou da Coréia , ele estava bravo, pois havia discutido com seu pai, o mais velho não aceitava meu relacionamento com sua filha, muito menos aceitaria a criança que ela carrega em seu ventre.

Mas nos superamos , ou tentamos, mas mesmo assim, eu faço o possível e o impossível para minha família.

Amanha seria um dia importante,  mae de S/N viria para Osaka, apenas ela, já que seu ex marido voltou para Los Angeles.

Suga e Lia já sabiam oque eu iria fazer, amanhã a noite, levaria minha namorada para jantar, e lhe pedirei sua mão em casamento.

-Taehyung!- a menor me chama.

-Hm?- pergunto sonolento, havia acabo de acordar.

-Eu queria comer sorvete de chocolate e morango...

-Não pode esperar ate amanhecer amor?- pergunto e ela me olha fofa.

-Eu posso, meu bebe não..- ela diz fazendo bico, não resisti e lhe dei um selinho.

-Ta bom...- bufei..- eu vou ver se acho... - levantei.

Peguei um casaco e sai do apartamento.

Andei pelas ruas, pouco movimentadas agora, e achei uma pequena loja de conveniência.

Adentrei o local, comprimentei o senhor que estava no balcão e fui ate a geladeira, peguei o sorvete, por sorte, havia uma caixa de morangos.

Fui ate o caixa e paguei, sai do local, estava andando por uma rua ate ser abordado por um homem.

-Mãos para o alto!- ele diz e eu ergo as mãos.

-C-calma...- digo meio nervoso.

-Passa o dinheiro! Agora!

Eu lhe dei minha carteira, sorte meus documentos estarem em casa.

Ele pegou a carteira, olhou ela, e me acertou um soco na boca, imediatamente sangrou.

-Isso é pouco!!- ele grita- quero mais!

-E-eu só tenho isso...

-Me da essas sacolas...- ele as puxa mas puxo de volta.

-Olha cara, são pra minha namorada, ela ta gravida e teve um desejo de comer isso...- ele bufou, pareceu pensar e me encarou.

-Suma logo daqui!- ele diz e rapidamente sai.

Meu nariz e boca doia., sangrava, cheguei em casa, assim que entrei S/N veio pular em mim preocupada.

-Ai meus senhor oque houve!!- ela diz desesperada..- Tae quem te machucou?!

-So fui assaltado amor, to bem..- tento traquilizala.

Suga hyung e Lia saem do quarto.

-Oque houve Tae?- hyung pergunta

-Fui assaltado..

-E oque fazia essas horas na rua?

-Foi culpa minha...- S/N chorava..- eu tive desejo, e fiz ele sair essas horas... Me perdoa amor!

-To bem amor...- digo, Lia vem ate mim com um algodão que cheirava a álcool.

-Vai arder....- ela fala e toca meu machucado com aquilo.

-Aii- digo- Ta ardendo para!

-Sua namorada ta gravida, an dor é pior!- ela diz apos terminar de limpar

Depois de me recompor do susto, fomos dormir.

(...)

No outro dia, sua mae chegou... E a noite levei S/N para um restaurante bonito.

-Hm, acho que vou querer apenas sushi e algas...- ela diz olhando o cardápio.

-Vou querer o mesmo!- digo ao garçon.

-Mas amor.... Poderiamos ter jantado em casa, esse lugar e caro!- ela fala me olhando.

-Fazer isso aqui, sera mais legal...- me levanto e ela me fita curiosa.

-O-oque vai fazer?- ela pergunta ao me ver me ajoelhar a sua frente.

-S/N..- peguei sua mão..- E-eu te amo muito, você me fez feliz todos esses anos, obrigado por me dar um filho..já tive a honra de te fazer minha namorada, agora quero ter a honra de te fazer minha mulher.... Aceita casar comigo? -Ela olha com lagrimas nos olhos, todos no local nos olhava.

-E-eu... Aceito...- ela diz, eu coloco o anel de noivado em seu dedo anelar, e a beijo..

Ouvimos palmas e assovios, nos separamos e sorrimos.

Um tempo depois, a doutora de S/N lhe disse que ela poderia voltar a Coréia, já que queriamos nos casar lá. A médica disse, que se ela tomasse direito os medicamentos, estaria tudo bem.

6 meses de gravidez.

S/N on

-Esse vestido não vai caber em mim, olha o tamanho da minha barriga!- digo a minha omma e a Lia.

-Hoje é seu casamento, para de reclmar!- Lia diz terminando de me maquear.

-Coloca o vestido filha... Vai ficar linda!

Bufei e coloquei o vestido, ele era branco, obvio, e curto. Sim, ele era curto!, ia só ate o joelho.

Era rendado, e eu estava com uma coroa de flores no cabelo.

-Ficou maravilhosa!- Omma diz.

-Agora vamos, o noivo a espera.

(...)

-Sim, eu aceito Kim Taehyung como meu legitimo esposo, para amar e respeitar, ate o fim de meus dias..- digo e o vejo sorrir.

-Pode beijar a noiva!- sem demora ele me beijou.

Nao tivemos uma lua de mel normal, mas curtimos do nosso jeito.

7 meses

-Aaah vou ser madrinha de..... A eu não creio...- Lia dizia feliz.

-Poise amiga... Chama o Tae pra mim ?

-Claro!

Ela saiu e Tae entrou.

-Então amor?- ele diz

-Tae..- segurei suas mãos..- Vamos ter uma menina!

Seus olhos brilharam, lagrimas correram nossos rostos.

-Jura?- assenti.

Ele se abaixou, ergueu minha blusa e beijou minha barriga.

-Eu te amo Pequena...- diz e a bebe mexeu.

-Ela também te ama...- acariciei seus fios.

Ele sorriu, se levantou e me beijou.

Estavamos completos.

Me casei com o homem da minha vida, temos nossa casa própria, e nossa filha ta vindo.

-Não vejo a hora de conhece lá..

9 meses.

Kim Taehyung on

Estávamos todos no hospital, as contrações de S/N haviam comecado.

Apos entrar na sala cirurgica, vestido adequadamente, segurei sua mao.

-Força!- o medico diz.

-Você consegue amor...- lhe digo..

Ela gritou, e fez forca, ouvimos um choro ardente, ela sorriu e eu também.

-Aqui esta sua bebe...- a enfermeira entrega nossa filha ainda "suja".

-Minha...- ela sorriu e beijou a cabecinha da nossa neném.

-Vamos limpa lá, - a medica pegou novamente.

-Te amo S/N!...-lhe disse eu dei lhe um selinho.

-Eu também...- respondeu ofegante.

Ouvi o barulho da máquina que madia seus batimentos cardíacos.

Entrei em desespero, me tiraram do local.

-Não...- me debati..- me larga quero ver minha mulher..- digo

-Senhor espere aqui!

Olhei para Yoongi, que abraçou sua mae, lia começou a chorar, assim como eu.

Minutos passaram, para mim, uma eternidade.

Não tínhamos noticias dela, escorreguei na parede ate o chão, coloquei o rosto entre as pernas e chorei.

" Por favor Deus, a deixe comigo "

Implorei, logo o medico saiu.

-Senhor Taehyung?

-Sim...- respondi trêmulo

-Eu... Lamento.

Meu mundo caiu, comecei a chorar igual uma criança, a mae dela também.

-Não... Minha filha...

Yoongi chorava e Lia também, ela me abraçou tentando me acalmar.

Eu perdi minha mulher!




Notas Finais


Tem mais um cap não me matem.
Leiam minha OS do Hope, favoritem e dêem amor a ele.

https://spiritfanfics.com/historia/lagrimas-j-hope-bts-10596758

Contínuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...