História 365 Fresh - Capítulo 6


Postado
Categorias HyunA
Tags 365 Fresh, E'dawn, Hui, Kim Hyojong, Leehoetaek, Triple H
Visualizações 9
Palavras 416
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Que dia é hoje?

Capítulo 6 - HyunA


Mesma Sexta-feira, 20:00

A noite finalmente caíra em uma cidade já desolada pela desgraça. Algumas mães deviam gritar com suas pestes para que parassem de assistir televisão e fossem escovar os dentes para dormir. Alguns mendigos deveriam estar forrando o papelão sob o viaduto para que pudessem também, dormir. Alguns sortudos poderiam muito bem estar desfrutando dos imensos prazeres que a noite lhes oferecia. Mas Hyuna não, ela não estava nem um pouco satisfeita em ter que atender mais um cliente para, merecidamente, voltar para casa.

“Eu tenho negócios para resolver” a amiga dissera antes de entregar-lhe a chave do estabelecimento e ser engolida pela escuridão. Idiota, pensou Hyuna ao imaginar a maldita toda contente de bêbada e sustentada por dois caras bonitões enquanto a pobre coitada da ruiva teve que dar conta de cortes de cabelo e barba de centenas de homens o dia inteiro que fizeram questão de comê-la com os olhos sedentos e gananciosos de todo pedaço de carne que uma mulher aparentemente bonita tinha a oferecer.

Era o último, sustentou o pensamento enquanto se encaminhava para atender o cliente. Parecia outro rapaz costumeiro, aparentemente bonito como os outros.

Passou por trás do engomadinho sentado na cadeira de clientes e inclinou-se para deitar a cadeira dele. Não era feio ao encarar-lhe de perto, Hyuna até olhou-se no espelho para checar se estava arrumada, mas as feições imprimidas do dia não lhe garantiam muita coisa. O batom vermelho-sangue cintilava em seus lábios ao passo que os olhos estavam mais mortais e provocantes que nunca. Em todo caso, ela manteria uma distância segura visto que a noite estava estranhamente calada e vazia. Ela teve medo.

Procurou as ferramentas necessárias para o trabalho de barbear, seguindo os pedidos que lhe foram feitos.

De vez em quando a amiga fazia questão de ensinar-lhe técnicas suficientes para que deixasse Hyuna no lugar dela. Porém, mesmo sendo uma ótima companhia, a amiga cogitava mesmo era em deixá-la sozinha para cuidar dos tarados. Felizmente tudo parecia correr bem até aquele dado momento.

Hyuna quase terminava o serviço, podia-se senti-la energética por estar indo para casa em poucos minutos, por deixar os sapatos na soleira e correr para o sofá assistir filmes. Talvez fosse exatamente por essa agitação e essa onda de felicidade que fez com que o rapaz extrapolasse os limites, deslizando sua mão pelas pernas descobertas da moça objetivando o que se escondia sob a saia listrada.

   Hyuna assustou-se de imediato deixando cair os objetos de trabalho que maneava.


Notas Finais


http://my.w.tt/UiNb/9DW9VlTNyF

Link de uma história minha do Wattpad (note que não sei pegar link do perfil).

Passem por lá, soltem um pontinho e eu saberei que são vocês.

Beijos luz.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...