História 47 Seconds - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Sra_Castle

Postado
Categorias O Hobbit
Personagens Bilbo Bolseiro, Dis, Dwalin, Frodo Bolseiro, Gandalf, Thorin II (Escudo-de-Carvalho)
Tags Castle, Detetive Thorin, Escritor Bilbo, Jacob, Stephen Strange
Exibições 21
Palavras 821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello pessoas!! Espero que gostem dessa história que foi isnpirada pela série Castle <3 enfim, não vou enrolar muito aqui, tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - PRÓLOGO



              Gritos para todos os lados, pessoas correndo e fogo em todo o lugar. Foi a primeira coisa que o detetive Thorin Durin viu ao sair de seu carro. Era uma cena de puro horror para qualquer um, até mesmo para ele, que havia lutado na guerra. 
         Sua equipe já estava a sua frente indo para o local onde a bomba havia sido soltada mas ele não conseguia não deixar de olhar para os corpos dos caídos no chão. Não apenas adultos, havia crianças ali, adolescentes da idade da sua filha. Seus rostos estava paralisados e seus olhos abertos, mas não enxergavam nada, não ouviam nada, não iriam sentir mais nada. Que monstro havia feito tal crime hediondo? Se perguntava Thorin com o coração pesado. 
     

    - THORIN! - Gritou um de sua equipe. Era Dwalin, estava o chamando e parecia assustado. - Venha rápido! 
     

   Thorin era um homem de 45 anos de idade, ex-soldado e agora detetive do destrito de NY. Seu cabelo era cortado militar, e seus olhos eram azuis, corpo esbelto e bem definido. Sua arma descansava na sua sentura, onde sua mão estava bem ajustada. 
     Thorin olhou uma última vez para o corpo de uma garota que aparentava ter 15 anos, a idade de sua filha e foi até Dwalin que estava parado em frente a um prédio que pegava fogo, onde provavelmente foi o lugar que a primeira bomba explodiu. Ao lado de Dwalin estava Stephen e Jacob falando com o chefe do corpo de bombeiros. 
   

   Dwalin era um pouco mais alto que Thorin, corpo mais musculoso e careca com várias tatuagens. Já Stephen era mais magro, cabelo meio preto com vários fios brancos, com uma barba por fazer, grandes olhos azuis bem claros, ao contrário dos do Thorin que eram mais escuros. E Jacob era o mais gordinho, com um bigode bem feito, e cabelo meio liso meio enrolado. 
     

  - O que houve. - Exigiu Thorin olhando para o Capitão. 
   

     - Claramente a primeira bomba foi solta aqui, o prédio não vai aguentar ficar daquele jeito por muito tempo. - Disse o Capitão. - Estamos tentando ver se tem alguém vivo ainda, mas parece que conseguimos tirar todos. 
     

  - Capitão com todo respeito, eu não quero que você e sua equipe pense que tiraram todos. Eu quero que você e sua equipe tenham certeza que conseguiram tirar todos. - Disse Thorin sem medo do que o Capitão iria responder. - Já houve mortes demais! 
 

O capitão concordou com a cabeça e saiu para falar com os outros de sua equipe. Thorin passou a mão no rosto e voltou-se para o prédio. 
   

  - Eu quero todos os nomes das pessoas que saíram de lá com vida. Quero que enterroguem todos, descubram se eles viram alguém suspeito nos últimos dias, ou se alguém tinha algo contra a esse prédio. Tudo Stephen! Eu quero tudo, mesmo pequeno que seja. 
   

   - Sim senhor! - Disse Stephen saindo com Dwalin ao seu lado. 
   

     Thorin olhou para baixo e viu Jacob fechando os olhos de uma criança que aparentava ter cinco anos. 
       

- Jacob. Vá também. - Disse Thorin por fim. - Eles vão precisar de você. 
   

  Jacob concordou e saiu sem dizer nada. Duas explosões na mesma rua, isso iria para os jornais como um ataque terrorista sem dúvida. Mas Thorin nunca seguiu o raciocínio dos jornalistas, ele queria fatos, provas, algo em que se segurar. Do que apenas ideias, teorias. 
     

  - Detetive Durin... - Chamou Stephen indo até Thorin com uma expressão nervosa e triste.
     

  - O que houve Stephen? Eu pensei que eu tinha lhe dito para voltar ao distrito. O que ainda faz aqui? - Perguntou Thorin nervoso. 
       

- Eu já estava indo para o distrito senhor mas um paramédico me parou e ele... bem senhor eu não sei como te dizer isso. - Disse Stephen abaixando a cabeça.  - Por favor, venha comigo. 
       

   Thorin estranhou a atitude do amigo detetive mas mesmo assim o seguiu. No meio do caminho ele tentava não olhar para o chão onde os corpos caídos estavam, ele ainda estava tentando entender quem faria algo como aquilo e porquê aquela rua? Nada fazia sentido. 
         Stephen parou e pediu para que um paramédico tirasse o pano de cima de um corpo, e quando ele o fez, Thorin sentiu-se como se tudo fosse desabar perante seus pés. Ele se aproximou, e tocou no rosto suave da mulher que estava com os olhos abertos, e o rosto sujo. 
         

 - Achamos que ela estava andando por aqui na hora do incidente. - Disse Stephen baixo. - Eu sinto muito Thorin. 
         

 O corpo de sua esposa estava na sua frente, morta, sem respirar e ele já não sabia como se respirar. Tudo estava escuro, sem sentido. Ele queria gritar, queria socar a cara do Stephen, socar a cara daquele idiota do paramédico que não fechou os olhos de sua amada para que ela pudesse descansar. Ele queria tantas coisas... 
 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado, por favor comentem e favoritem, até o próximo bjs,


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...