História 5 anões, uma flor e um princeso? (vkook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseokflorzin, Umpouquinhodenamjim, Umpouquinhodeyoonmin, Umvkooklindo
Visualizações 110
Palavras 2.878
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


to muito animada kkkjjkjjjkkjkjkjj
obs: o vkook não é algo muito explícito, mas o suficiente pra apreciar esse shipp BEAUTIFUL

Capítulo 1 - Taehyung de Neve



Taehyung sonhava lindamente com unicórnios coloridos, cachoeiras de águas azuladas e arco-íris cruzando o céu, até...

- ACORDA ESTRUME!

- AAAAAAAAAA! SUSTO DO CÃO! - Taehyung berrou, pulou e sentou. Vendo 5 pares de olhos o encarando. - MEU DEUS! CRIANÇAS PERVERTIDAS!

- Não somos crianças! - um loirinho falou. - Por que você ta na nossa casa?

Ele olhou cuidadosamente para cada um, pensando em algo sensato para dizer.

- AAAAAAAAAAAAAAA

Taehyung pensava:

"Mas que porra de lugar é esse?"

"Como cheguei aqui?"

"Puta que pariu, fui sequestrado e perdi a memória"

Ele correu até a janela mais perto do quarto e olhou para o local.

Árvores, plantas e flores coloridas e vários animaizinhos correndo e pulando lerdamente pelos cantos.

- AAAAAAAAAAAA! - Voltou a surtar. - PUTA MERDA TO NA DISNEY! não se rio ou se choro. - fez uma cara de sofrimento.

Mas gente, dêem um desconto pra ele. Quem nunca surtaria numa situação dessa? Se encontrar deitado em várias caminhas, com cotocos de gente olhando pra você é um bom motivo berrar aos quatro ventos.

- Quem são vocês, crianças pervertidas?! - Taehyung se virou pra eles e voltou a sentar, se controlando pra não se rolar no chão e gritar.

- Já falamos que não somos crianças seu retardado. Somos anões lindos e maravilhosos, porra. Bom, pelo menos eu.  - outro cotoquinho de gente azulado falou.

- Nossa que humilde você mano. - Tae colocou a mão no peito e fez uma cara de indignado.

- Pois é, nem adianta tentar dar educação pra esse caralho. - um anãozinho um pouco maior falou. - Meu nome é Seokjin, esse é o Namjoom, Yoongi mal-educado do caralho, Jimin e nosso bebê, Jungkook. - foi apontando para os demais cotocos até chegar nesse tal bebê.

Bom, na verdade não era um bebê. Era só o anão caçula, o mais pequeno dali.

- Eu sou o Taehyung de Neve. - Tae disse indiferente, seu nome era a única coisa que lembrava.

- E o que você quer e como chegou aqui, querido? - Jin falou sorrindo.

- Eu não lembro... - olhou hesitante. - Não se importa de eu ficar aqui, né?

- AAAAAAH MAS NOS IMPORTAMOS SIM-

Yoongi foi cortado por uma frigideira que o mesmo levou na cara de Jin.

Taehyung começou a urrar assim como Jimin e Jungkook, o que foi um bom momento para ouvir as risadinhas fofas dos cotoquinhos.

- Porra, também não é assim Jin. - Namjoom falou ajudando o cotoco azul a levantar. - Olha pro muleque, todo quebrado.

- De onde ele tirou essa frigideira? Do cu? puta merda... - Yoongi disse ainda meio noiado.

- Não interessa cacete. - Jin virou para Taehyung - Vai ser um prazer ter você aqui, ainda mais com esse vestido MA-RA-VI-LHO-SO.

- Quê? Vestido? WTF?

O maior olhou para suas vestimentas e seu queixo caiu.

Não, não só caiu. Ele caiu, fez um buraco no chão, passou pelo centro da terra e agora ta dando "oi" pro capeta.

Ele usava um vestido azul marinho e amarelo, que cobria seus braços com uma mangas compridas brancas.

- AAAAAAAAAAAAA EU TO DE VESTIDO! POR QUE EU TO DE VESTIDO??

- sei lá. - Yoongi falou. - E dá pra parar de gritar?  Porra, meu ouvido não é penico.

- Não tá tão mal Tae. - Namjoom sorriu mostrando suas covinhas.

- Tá fofo - Jimin pegava na tecido amarelo.


- O pior nem é isso, é que eu to usando uma calça e um tênis por baixo. Wtf? 


Jungkook só olhava, Taehyung estava estranhando o menor ser tão calado assim.

- Aish, que seja - Tae pegava em um lacinho amarelo do vestido.

- MEU DEUS! - Jin fez uma cara de aterrorizado. - A LASANHA NO FORNO! - Então saiu correndo que nem um foguete.

- Licença Taehyung... - Namjoom sorriu outra vez. - JIN ESPERA!

- comidaaaa! - Jimin saiu correndo atrás dos dois junto de Yoongi.

- Você realmente gostou desse garoto Chim? - Yoongi fez uma careta.

- Fica quieto porque você gostou dele também.

Os anõezinhos foram saindo do quarto, deixando um Taehyung sorrindo todo bobo para trás

"Eles são engraçados", Tae pensou.

O maior olhou para baixo e viu Jungkook ainda ali. Quando o zitito fez menção de sair dali Taehyung disse:

- heey, você nem falou comigo. - fingiu uma cara triste. - Por que não falou comigo? Assim você me deixa triste, fala algo pra mim!


Jungkook se aproximou mais das pequenas camas que Taehyung estava sentado e o olhou atentamente.

- Gostei do lacinho vermelho na sua cabeça. - disse baixinho.

- Hm? Lacinho vermelho? - Taehyung levou a mão até suas madeixas cinzas e tocou em um tipo de fita que estava amarrado em sua cabeça. Deduziu ser o laço. - Ah, obrigado. Quer vir aqui? - deu duas batidinhas em suas pernas.

Jungkook ficou tímido, não era muito bom em falar com as pessoas.

Há! Como se alguém não fosse gostar dele. Aquele troçinho é a fofura em pessoa, todo mundo gosta dele, ele querendo ou não.

100% de Taehyung sentia vontade de pegar Jungkook e morder aquelas bochechinhas redondas e coradas. Mas a vida é difícil e injusta, então ele não podia.

O cotoquinho fofo levantou os braços na direção de Taehyung, num pedido mudo de colo.

"HMMMM AAAAAAAAA SEU FILHO DA PUTAAAAAA" era o que passava pela linda cabecinha de Taehyung.

A vontade de tacar o anãozinho na parede era surreal.

Taehyung pegou o pequeno no colo e levantou das camas. Jungkook ficou todo encolhidinho, fazendo o maior rir.

- Você parece mesmo um bebê assim. - deu uma puxadinha de leve na bochecha de Jungkook. -Vamos ver os outros? - o outro apenas assentiu.

Eles desceram as escadas e encontraram os meninos na cozinha. Jin estava cortando a lasanha, Namjoom arrumava a mesa e Jimin e Yoongi estavam sentados no chão da sala brigando pelo controle da TV.

- Disney atualizada essa... - soltou baixinho, só Jungkook ouviu e os dois riram.

- Oi Mano! - Tae ouviu uma vozinha ao seu lado que, ao ver de quem pertencia, ficou surpreso. Um surpreso bom, não um ruim, um bom.

Enfim, a voz vinha de uma flor. Uma flor  pequenininha que estava dentro de um vaso em cima da mesa. Ela era vermelha, tinha duas folhinhas e um sorriso bonito.

Não era algo de se ver todo dia, na opinião de Taehyung. Mas porra, como se acordar com amnésia cercado por anões fosse algo normal.

- Oi! - ela repetiu. - Você é surdo?

- N-não, desculpe. Oi, sou Taehyung.

- sou o Hoseok. Mas pode me chamar de Hobi. Não liga pra esse "Hobisson" escrito no meu vaso, esses filhos da puta não sossegam nem quando eu durmo.

Taehyung soltou uma gargalhada.

- HORA DE COMER! - Jin gritou, servindo os pratos.

Os meninos sentaram na mesa, Taehyung colocou Jungkook sentado ao seu lado.

- vejo que fez o Taehyung de amiguinho Kookie. - Jin disse sorrindo, colocando Hoseok na janela e umas casquinhas de cenouras em seu vaso.

Jungkook nada disse, apenas corou e Tae sorriu.

Jin se sentou na mesa.

- Yoongi, faça os agradecimentos.

Yoongi bufou e juntou as mãos.

- Obrigado Zubumafu por essa refeição deliciosa que Omma Jin preparou, apesar de ele quase deixar queimar, inclusive. - fez uma cara engraçada.

- Xiu. - Jin chamou atenção. - Não ta esquecendo de algo a mais. - e olhou pra mim.

- E obrigado por fazer Taehyung entrar na nossa família, apesar dele ser retardado, gostei dele. REBULIÇO.

- Sabia que você me adorou. - Sorri e ele me mostrou o cotoco - Olha, um cotoco mostrando outro. - dessa vez ele riu também, assim como os outros.

- Hmm, adubo. - Hoseok mostrou a língua, rindo.



Depois da incrível refeição que os 7 tiveram (contando Hoseok com seu adubo) os cotoquinhos e Taehyung conversavam animadamente comendo sorvete de sobremesa. Até ele sentir algo em seu bolso.


Primeiro ele pensou:

"Que merda de vestido é esse que tem bolso?"

Pra só então se perguntar o que tinha ali.

- Oal, tenho um iphone - falou analisando o celular. - qual o nome do wi-fi daqui?

- Como você sabe que aqui tem wi-fi Tae? - Jimin perguntou.

- Essa Disney tem uma TV e um iphone brotou no meu bolso, se aqui não tivesse wi-fi eu ia ficar muito puto.

- Faz sentido. - Jimin voltou a comer seu sorvete.

- Qual o nome Yoon? - Taehyung perguntou digitando não sei o quê no novo celular.

- "Why so serious?"

- Senha?

- "Eu sou o Batman". - Taehyung começou a rir. - Minha criatividade é de nível 8mil.

- Depois eu que sou retardado. Você também é! Não é Kookie?


Taehyung olhou pro pequeno, que estava comendo seu sorvete de morango e que estava todo lambuzando de calda de chocolate.

- De vez em quando Yoongi Hyung é bastando doido e idiota, é muito divertido quando ele tá assim. - ele disse calmo, mas logo começou a rir quando Tae se pois a urrar.

- JUNGKOOK! - Yoongi disse corado.

- O que é? É a verdade. - Hoseok gritou da janela

- AISH! fiquem quietos! Seu garoto biscoito e você, seu broto de jurubeba! - Yoon começou a tacar sorvete de mente em todo mundo

- MEU PANO DE MESA! NAMJOOM AGORA  EU MATO! - Jin levantou batendo a mão na mesa. 

- CALMA JIN!

- CALMA O CARALHO! MEU PANO LINDO! OLHA PRA ISSO YOONGI! SE ESSA MERDA NÃO SAIR O PANO NOVO VAI SER AS TUAS ROUPAS!

- Nossa Jureg. - Yoongi jogou sorvete na blusa rosa de Jin.

- Você não fez isso... - Jin deu um olhar mortal para Namjoom - Sai de perto de mim senão vou ser viúvo.

Todo ficaram em silêncio. Namjoom se afastou de Jin, Jimin correu para a sala e Taehyung pegou Jungkook no colo, correndo atrás de Jimin.

Hoseok dançava em seu vasinho, balançando suas folhinhas.

- Tretaaaa~

- FILHO DA- - Jin avançou em Yoongi.

Hoje teremos um funeral.




Algumas semanas haviam se passado, e Taehyung se divertia loucamente naquela casa de cotocos (e com a florzinha).

O que aconteceu com Yoongi depois de Jin avançar em cima dele?

Nada demais... Jin apenas bateu na bunda dele com uma colher de pau e o fez lavar o seu pano, e quando a mancha de sorvete saiu, Jin fez ele lavar de novo.

Taehyung estava na janela, com Jungkook sentado nela ao seu lado, balançando suas perninhas.

Eles observavam os outros cotocos que estavam no lado de fora da casa.

Jin estendia a roupa no varal e Namjoom o ajudava (ele tava todo enrolado e com uma cueca na sua cara mas ok), Suga e Jimin estavam conversando enquanto apontavam para várias borboletas que estavam perto deles.

Até Hoseok estava lá! Bom, batendo boca com umas rosas que haviam ali, mas ainda assim ele estava lá!

- Olha aqui suas rosas, vocês nem inventem de se achar com essas pétalas cheirosas porque isso é só cheiro de recalque meu amor, vocês não chegam nem nas minhas raízes. -  ele levantou uma de suas folhas. - era pra ser um dedo do meio mas eu não tenho dedo ENTÃO CONSIDEREM! - saiu pulando com seu vaso - Vou até sair desse seu território, imundas.

Taehyung e Jungkook riam da atitude da flor.

Era uma tarde bonita, tipo essas cenas de romance.

Jungkook começou a fitar o rosto de porcelana de Taehyung, admirado cada traço. Posso ser só a narradora mas vendo essa cena to tipo: "OOOOOOOOWWWWNN se comam".

- O que foi Jungkook? - Taehyung olhou rapidamente para o cotoquinho fofo ao ver que este tanto o fitava.

Ata, como se desse pra não olhar para Taehyung. Mesmo vestido de princesa, mó homão esse aí, Jungkook se deu bem.

- N-nada Hyung... eu só acho você muito bonito... - o rostinho do pequeno virou um pimentão.

Taehyung riu e o pegou no colo, Jungkook segurou em seu ombros e envolveu suas pernas na cintura de Tae. Isso acabou virando um costume para eles, quase sempre o maior estava com o cotoquinho no colo.

- Você também é bonito Kookie. Lindo. - ele sorriu largamente, era divertido ver a timidez do outro.

Jungkook com um fio de coragem olhou para seu crush e roubou dele um selinho rápido. Taehyung apenas olhou para ele, o pequeno com vergonha escondeu seu rosto no pescoço, o maior riu e o abraçou mais forte, dando um beijinho no topo de sua cabeça.

- Vamos lá fora.



Taehyung se balançava lentamente num balanço que havia numa macieira, com Jungkook sentado em suas pernas.


Ele olhou para os fritos acima deles e teve uma idéia. 


- Pensei em algo Kookie...


- Hm? - O pequeno olhou para Taehyung.


- Você vai me ajudar a cozinhar algo. - sorriu, dando outro beijinho no menor, só que na bochecha. 


Foi aí que tive uma convulsão. 





- Ahh, perfeito. - Tae disse colocando a torta de maçã na mesa. - Como está a aparência Kookie?

- Está bom, assim como o cheiro e com certeza o gosto. - sorriu, parecendo um coelho.

- VOLTAMOOOOS - Jin entrou, acompanhado dos outros anões.


- Hey. - Taehyung limpou as mãos no vestido. - Como foi? O que fizeram de bom la lá fora depois que saímos?

- Namjoom correu 5km atrás das roupas porque bateu um vento desgraçado que levou tudo, Jimin bateu no Yoongi porque ele matou uma borboleta sem querer, mas no final ele tropeçou e eles se beijaram...

- HYUNG! - Jimin gritou corado, assim como Yoongi.

- Cala a boca porra, vocês se amam. - Jin revirou os olhos - Enfim, e Hoseok tava metendo a porrada nas rosas do quintal.

Eles começaram a rir.

- Que cheiro bom é esse? - Namjoom perguntou.

- Ah, eu fiz essa torta com a ajuda do Kookie...

- maçã? - Yoongi se aproximou da mesa.

- Uhum - Jungkook balançou a cabeça, afirmando.

- Mas vocês usaram as maçãs da árvore com o balanço né? - Jin perguntou apreensivo.

- Não. - Taehyung foi direto. - usamos a da macieira do lado, parecia mais maduras.

Os olhos de Jin e Namjoom se arrecadaram

- SEU LOKO! - Jin berrou.

- O QUE? O QUE FOI?

- AQUELA AS MAÇÃS DAQUELA ÁRVORE SÃO ENVENENADAS! - Namjoom completou.

- O QUE? E POR QUE CARALHOS VOCÊS TÊM UMA MACIEIRA ENVENENADA?? - Taehyung começou a berrar também.

- SEI LÁ! AQUI É A DISNEY! SASPORRA APARECE! ONTEM MESMO APARECEU UM MONTE DE PASSARINHO ATRÁS DO YOONGI E ELE TEVE QUE ATIRAR PEDRAS EM TODOS PRA PODER SE LIVRAR DELES!

- PORRA! - Taehyung pegou a torta e atirou pela janela.

- AAAAAAAAAA

Tudo ia estar ok se ele e os anões não ouvissem um grito de Hoseok.

- PUTA MERDA! O HOBISSON TAVA NA JANELA! - Taehyung puxou os cabelos. - COMO CARALHOS ELE BROTOU ALI??

- MEU DEUS! - Jimin colocou a mão na boca.

- VAMO SALVAR NOSSA FLOR! - Yoongi saiu correndo acompanhado dos outros.

Apenas sobrou Jungkook e Taehyung na cozinha.

Tae pegou o menos no colo como sempre e disse:

- Parece que teremos mais ajuda pra fazer a outra torta. - Jungkook concordou rindo. - Vamos ir pegar as maçãs da macieira certa dessa vez.

Taehyung pegou a cesta que havia usado pra pegar as maçãs envenenadas e foi na direção na macieira certa dessa vez.



Após engessarem as folhas de Hoseok que haviam quebrado na queda, eles fizeram outra torta e comeram.


Então Taehyung de Neve e os cotoquinhos viveram felizes para sempre.























•sonho off•














Taehyung sentiu alguém balançar seu corpo e logo despertou. Sua cabeça estava confusa e ele não sabia o que era real.

Em outras palavras, ele tava na maior brisa.

Mas logo seus olhos conseguiram se abrir, é acabou vendo um  sentado no canto da cama ao seu lado. No seu tamanho normal.

- Hm... Kookie? - ele perguntou sonolento.

- Você está dormindo faz um tempão, vim ver se você estava bem. - O mais novo argumentou, mostrando uma expressão aliviada. - Realmente os ensaios, coreografias estão bem puxados... todos nós ficamos sempre muito cansados...

- Eu... eu sonhei que era a Branca de Neve. - Tae falou se sentando, para olhar Jungkook melhor.

- O quê? - o mais novo riu. - Sério?

- Vocês eram os anões. - Sorriu pequeno - Menos Hoseok-Hyung. Ele era uma flor.

Jungkook começou a gargalhar. Seu Hyung realmente tinha tanta imaginação para sonhar aquilo?

- Você era meu anão favorito... - Taehyung sorriu ao lembrar que o Jungkook cotoquinho era bem mais tímido que o normal. - Aigoo... vou sentir falta de carregar você! - fez uma cara triste.

- Q-que? - Jungkook se envergonhou e ficou vermelho como a rosa que Hoseok meteu a porrada.

- Você ficava assim mesmo quando eu te elogiava... Ah! Preciso dizer... ou melhor, fazer uma coisa.

Tae aproximou seu corpo para mais perto do Maknae.


Jungkook estava curioso com o que seu Hyung iria fazer. Taehyung riu e segurou a nuca do mais novo, aproximando seus rostos e em seguida, tocando seus lábios com os dele.


Jungkook não sabia o que savia o que fazer. Seu Hyung, o Hyung no qual ele é secretamente apaixonado, estava o beijando.

Era uma sensação tão boa que parecia que havia acabado de comer pudim que não era do Jin.

"PUTA MERDA! FUI NOTADO!" era que o pequeno queria dizer.


Taehyung afastou seus rostos, olhando os lábios - agora vermelhos pelo beijo recente - de Jungkook, sorrindo ao ver a expressão surpresa do mesmo.

- Isso foi pra retribuir o selinho que você me deu. - Sorriu.


O corpo de Jungkook foi tomado pela vergonha e tombou para o lado, caindo na cama de Taehyung e colocando um travesseiro no rosto.


- Aigoo... o dance practice de Go Go mexeu com a tua cabeça...




Notas Finais


Obg por lerem ducinhus sz
(desculpa os erros de português)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...