História 50 tons de cinza - Capítulo 51


Escrita por: ~ e ~daniella-singer

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Fifth Harmony, Harry Potter, One Direction
Personagens Ally Brooke, Astoria Greengrass, Camila Cabello, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Dinah Jane Hansen, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lino Jordan, Louis Tomlinson, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Niall Horan, Normani Hamilton, Nymphadora Tonks, Olívio Wood, Pansy Parkinson, Percy Weasley, Personagens Originais, Regulus Black, Remo Lupin, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rowena Ravenclaw, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Severo Snape, Sirius Black, Ted Lupin, Theodore Nott, Tiago Potter, Victoire Weasley, Viktor Krum, Zayn Malik
Tags 50 Tons De Cinza, Revelaçoes
Visualizações 134
Palavras 2.901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 51 - Luna!


Fanfic / Fanfiction 50 tons de cinza - Capítulo 51 - Luna!

Alex olhava para amiga abracada a mim com carinho e eu ponderei se poderia ter havido mais do que um simples amizade entre esses dois, porem não perguntarei pelo menos não na frente dela.

---- Agora vamos ver o seu bebê ---- Disse ela soltando meu corpo ela me fez deitar na cama e Alex veio para meu lado e abraçou minha mao com as dele.

---- Precisamos saber de tudo, quantos mes ela tem! Qual será seu pré-Natal.

Ela disse para Alex o mesmo confirmou.

Ana pegou a Barra do meu shorts e abriu o botão descendo a minha roupa eu ia perguntar o por que quando Alex colocou a mão por cima da de Ana.

---- O que acha que irá fazer? Nem pense em deixar ela nua...

Ele ameaçou apertando a mão da amiga que gemeu de dor.

---- Alex por Deus eu nao vou estuprar sua noiva ---- Disse ela sorrindo para o amigo que tirou a mao da amiga, eu sorri para ele eu sempre soube que ele é ciumento mais nunca presenciei de verdade sua defesa por ciúmes.

---- Ela não é minha noiva é minha mulher... ---- Alex falou sério e me olhou eu fiz um biquinho e mandei um beijo para o mesmo ele sorriu e fingiu pegar o beijo no ar e colocou sobre sua boca.

---- Eu so vou arrumar a roupa de sua mulher para vocês ouvirem o coração do bebê e verem ele também.

Após ela falar ela puxa o zíper da minha roupa e passa a Barra da minha rouoa para dentro da minha calcinha, Alex praticamente rosnou para o ato, ela rolou os olhos para Alex, o mesmo esfregou a mao uma na outra de forma afobada eu sei que ele quer castigar a melhor amiga o que é hilario.

Então com um puxão ela sobe minha regata expondo minha barriga um pouco mais saliente do que o normal, eu nao havia reparado por falta de experiência com tudo mais tem uma coisa que eu sei na vida minha barriga era completamente reta, agora aparece uma leve alteração em seu normal, antes eu achava que era inchaço por conta da falta da menstruação mais agora eu sei é o meu bebê o meu tesouro me fazendo engordar, eu sempre paro para pensar se Alex irá me amar mesmo eu sendo a mulher mais gorda do mundo depois disso tudo, mais eu sempre vejo a resposta no olho dele a admiração que ele tem pela minha barriga é de se imprecionar.

---- Pode ser ante profissional mais Alex definitivamente você não é para casar... e eu vou te matar por não me convidar para seu casamento...

---- Não somos casados ---- Eu esclareço para ela a mesma parece chocada enquanto despeja o gel sobre minha barriga.

---- Mas Alex disse que você é a mulher dele?! ---- Ela me questionou.

---- Meissa é minha mulher ela é a mulher que vai ser mãe dos meus filhos, ela é minha mulher dentro e fora da cama.

Ana sorri e passa levemente a máquina sobre meu ventre e então na demora muito e o som de um coração acelerado soar no ambiente eu sorri, Alex me olhou com ternura, eu sei que aquele barulho é o som do coração de uma vida que eu carrego em meu ventre é minha salvação é a minha pequena esperança, meu tesouro meu futuro meu amor minha vontade de viver.

---- Pelo o que eu vejo você tem Dois mês e Três semanas falta pouco para completar uma semana diria que ele tem aproximadamente o tamanho de um tomate cereja ele é bem desenvolvido agora é so ganhar peso ---- Ela sorriu olhando a tela e girou a máquina com a ajuda do gel que sobre meu ventre estava ---- Olha so papai o seu bebê ---- Ela apontou para tela eu vi o Alex sorrir para a tela emocionado sua mão apertou a minha em uma forma de conter sua emoção ---- Olha so essa é a perninha do bebê ---- Ela apontou uma pequena mancha na tela eu sorri olhando o meu bebê.

Após um tempo de fala ela me entrega um papel toalha e eu começo a retirar o gel sobre a minha barriga o gel é gelado o que me faz ter calafrios horrosos pelo meu corpo, quando retirei tudo por completo eu entreguei o papel para Alex que o descartou na lixeira após ele voltar eu apontei para meu shorts desabotoado ele me deu um sorriso sacana e começou a abotoar.

---- Gosto mais quando você tira sabia! ---- Disse sorrindo safada ele sorriu uma espécie de rosnado e me puxou para cima.

---- Tem que preencher esse prontuário para darmos início ao seu pré-Natal.

Ela me entregou uma lista completa eu sorri olhando aquele monte de pergunta nem preciso dizer que eu tive vontade mandar ela para a puta que a pariu.

---- Amor pega a minha bolsa? ---- Eu pedi a meu namorado o mesmo se levantou da cadeira e foi para a maca onde estava a minha bolsa.

Depois que ela voltou ele me deu um beijo na testa e me entregou a bolsa.

Comece a preencher.

Nome da mae da gestante: Jasmim Black Lupin Malfoy. 

Nome do Pai da gestante: Draco Lucio Malfoy.

Nome da gestante: Meissa Lupin Malfoy.

Nome do companheiro da gestante: Alexandro  Bernardez Ferreira.

Mês de gestação: Dois mês e Três samanas.

Endereço : Esclava, casa doze, Miami 

Telefone: 607153-2844

Médico responsável pela Gestante: Harry Styler-Tomlinson

Para falar a verdade o Harry é de tirar o fôlego de qualquer mulher mais ele não curte a fruta que eu tenho a oferecer e além do mais eu amo o Alex, mais se ele topasse eu daria um beijo nele sem pestanejar nele e em seu marido que não é de se jogar fora pelo contrário.

Qual será o seu tratamento: Especial 

Tinha várias opções eu escolhi o especial para os vips é claro eu sou rica Alex também entao não tem problema a minha gravidez será a menos conturbada o possível se Deus assim desejar.

Mais um pouco de paciência eu terminei de preencher so sobrou para Alex preencher o cheque de pagamento.

---- Tudo pronto ---- Ela disse ao pegar a Prancheta de documentos ---- Aqui está seus documentos o ultrasson e os exames nunca esqueça de traze-los em suas consultas ---- Nos vemos na sua próxima consulta que será na próxima semana e depois veremos por mês.

Eu assentiu Alex pegou os documentos e o ultrasson eu me levantei porem uma tontura me abateu eu segurei o braço de Alex fortimente tentando não cair no chão o mesmo soltou os papéis e me segurou em seus braços me chamando eu queria responder porem tudo rodava eu nao sabia ao certo o que era a voz o os ruídos que meu ouvido capitava, eu senti uma cadeira encostar em meu corpo e eu suspirei dobrando a cabeça para trás sentindo o mundo ganhar formas mais reais.

---- Amor? Mey você está me escutando querida? ---- Ele me questionou eu assenti com a cabeca suspirando para ele, eu sorri para meu namorado.

---- Eu estou bem amor não se preocupe seu filho que gosta de me pregar peças desse jeito sorte que você estava ao meu lado se não eu tinha caído ---- Disse para meu namorado o mesmo assentiu me ajudando a me levantar ---- Bom hoje ja casa do Alex vai ter uma festa em homenagem a meu aniversário, leve Teddy para me conhecer?

Ela sorriu para mim e assentiu me deu um abraço e me desejou um feliz aniversário.

Eu e Alex saímos do consultório o mesmo abriu a porta do carro para que eu me sentasse eu fiz o que me foi predestinado e passei o cinto de segurança por que agora eu nao me machucaria sozinha ele também não é meu amor, eu pensei alisando meu ventre por baixo da blusa. Eu olhei para os lados minutos depois de nossa saida e eu reconhecia aquelas ruas so não queria acreditar estávamos a poucos metros da residência da minha tia Luna.

---- Para onde vamos agora? ---- Eu questionei Alex o mesmo me olhou meio receoso.

---- Mey eu tenho assuntos para resolver com Luna eu tenho que ir até até casa dela! 

Eu instaneamente senti o ar parar em meus pulmões tudo pareceu não fazer sentido para meu cérebro o meu coração se apertou e eu comecei a sentir uma leve tontura.

---- Meissa? MEY? AMOR... ---- Ele parou o carro no acostamento da casa da minha tia eu senti meu mundo cair pouco a pouco causando um enorme estrondo.

---- Você disse que daria o meu tempo! ---- Eu disse ele afirmou, ele saiu do carro as pressas em direção ao meu lado do carro abrindo a porta ele se acaixou a meu lado e pegou minha mão.

---- Mey eu nao posso deixar você voltar para casa a festa esta sendo arrumada eu conversei com Luna ela concordou em não dirigir a palavra para você eu sei que é difícil mais eu tenho que garantir o futuro do meu herdeiro que está aqui em seu ventre! ---- Ele desceu a mao por toda a extensão do meu ventre.

---- Alex...

Eu suspirei eu nao quero ver ela eu não quero ouvir a voz dela tudo que eu mais quero é que ele me leve para longe dela.

---- Mey eu preciso resolver isso ainda hoje você tem que me entender... eu juro que farei tudo o mais rápido que ser não vai precisar ficar aqui nem uma hora direito por favor eu preciso que você me compreenda e me acompanhe...

minha cabeça rodava e meu estômago está embrulhado eu nao estou nada bem.

---- Alex... eu estou passado mal...

Sussurrei com a voz falha o mesmo me olhou seu olhar suplicante mudou subitamente para preocupado ele me pegou no colo e me colocou sobre seus imensos braços e me alinhou a seu peito caminhando para dentro da casa da minha tia ao passar pelo portão eu vejo aquela casa que tanto me foi familiar por anos, estava o jardins e uma criança passeando eu sei que é a Rose Weasley minha prima ela tem onze anos porem apronta como uma de cinco. 

Senti meu corpo ser depositado sobre um sofá.

---- LUNA ME AJUDE? ---- A voz dele estava desesperada ele me olhava com total aflição.

---- Alex o que... o meu Deus Mey o que foi? ---- A velha cabeleira loira que tanto aprendi a amar durante tantos anos.

---- Ela está passando mal... me ajude eu nao sei o que fazer?

 Senti a mao de minha tia sobre minha cabeça eu suspirei era como voltar a ser pequena minha mãe sempre me trazia aqui para minha tia me ajudar quando eu estava doente e não por ela ser médica e sim por ela ser a terceira pessoa que eu mais amava.

---- Meissa você consegue me ouvir? ---- Ela questionou, eu olhei para ela meu estômago estava embrulhado mais as minhas costas voltaram a se estabilizar.

---- Alex? ---- Eu o chamei estendendo a mao para ele o mesmo sorriu para mim e veio até meu encontro eu sorri de forma terna ele se abaixou e colocou a mao sobre meu ventre. 

---- So vocês dois conseguem me desesperar dessa forma...

Sussurrou perto de meu ouvido.

---- Alex resolva o que tem para resolver estarei com Rose la fora esteja atento ao celular sr eu passar mal ou não estiver bem eu ligo!

Tudo que eu mais quero é me afastar dela antes que eu me detone de vez e acaba de vez com isso não so com o relacionamento de Alex e minha tia mais também o meu e dele. Eu me levantei do sofá ignorei os dois e me dirigi para o jardins onde eu fiquei sentada olhando minha prima brincar no balanço.

Eu celular toca rapidamente eu atendi era minha prima.

---- Lírio?

A minha voz saiu suave muito mais do que eu julguei capaz depois de tudo que aconteceu nessa casa.

---- Eu preciso da sua ajuda miga! Um vestido Rosa florido com um decote suave que bate no meio das pernas ou um vestido cor vinho comprido apertado de seda com um decote que valoriza minhas atribuições lembrando tenho um dominador? ---- Ela me questionou eu diria para ir com o florido caso Leo não gosta-se de se mostrar poderoso.

Meu irmão completou seus 16 anos a mais ou menos duas semanas ele já é considerado um homem perante a nossa sociedade entao ele já pode dirigir comer fora viajar sem a autorização de nosso pais e tudo que um adulto tem direito inclusive ele se mudou agora ele mora com Sirius e Ethan em uma mansão ao norte da casa de Alex.

---- Use a da cor de vinho se bem conheço meu irmão ele ficará possesso de raiva porem agora ele tem uma uma mulher exuberante para mostrar...

 Ela deu uma risadinha do outro lado da linha.

---- Feliz aniversário miga linda ta vejo na sua festa e eu vou desligar antes que eu abra a minha boca  e lhe conta tudo! 

Eu sorri sentindo o outro lado desligar por completo a outra linha eu olhei para minha prima ali perto.

Rose foi adotada a mais de três anos nos a consuderamos da família como qualquer outro membro, tia Luna jamais pode ter filhos talvez daí venha sua frustação por tudo isso e ela queira descontar sua tensão em um submisso mais por que não usar o seu próprio marido, ela é casada mais porem ela se diverte com os outro sem dar a mínima para alguém como Alex na idade em que ela estava a isso é uma merda de fato.

---- Prima Mey faz tempo que você não vem me vez! Você não gosta mais de mim? ---- A voz doce da minha prima Rose se fez presente eu olhei para ela com aqueles lindos olhos verdes e os cabelinhos cacheados e ruivos.

---- A prima não pode vir por que ela está cuidando do bebê dela ---- Disse sorrindo eu coloquei a mao dela sobre meu ventre ---- Ela está louco para ver seu rostinho ---- Eu disse para a menina o que faz dela se iluminar.

---- E como ela foi parar dentro de sua barriga? ---- Disse sorrindo eu neguei com a cabeça eu nao vou falar de sexo com uma criança de onze anos.

---- Vamos ir ver o que o pai do meu bebê esta fazendo ---- Disse segurando a mao da menina a mesma tagarelava sobre o dia em que meu bebê iria nascer eu discuti com ela sobre o sexo do bebê ela falava ser menino e eu menina apesar de eu ter quase certeza que vai ser um lindo Alexandro Júnior.

---- Mamãe sabia que a prima Mey vai ter um bebezinho... ---- Murmurrou minha prima pulando no colo de sua mãe a mesma estava com uma saia curta e com as pernas cruzadas eu odiei ela ainda mais.

---- É mesmo?! ---- Ela olhou para Alex o mesmo balançou com a cabeça e sorriu com carinho para mim eu sorri para ele Olhando as imensas planises de uma estrutura.

---- Alex amor vamos para casa eu estou tão cansada! ---- Eu reclamei para ele apontando para minha cabeça para trás e ele sorriu.

---- entao ficamos com o projeto das indústrias Jauregui-Cabello ---- Disse rle recolhendo as coisas de cima da mesa de centro.

---- Eu posso conversar com você um segundo em particular Mey...em nome dos velhos tempos?

---- Tudo bem! Alex...

---- É so gritar amor eu largo tudo e vou correndo lhe ajudar... e lembre-se não se altera por nada nesse mundo pode ser prejudicial para todos.

Ele disse segurando meu rosto eu caminhei ao lado da minha tia, o caminho foi tenso nem eu ou ela falávamos alguma coisa, nos entramos na sala de seu escritório eu via seu distintivo sobre a mesa e milhares de fotos com documentos de prováveis criminosos.

---- Mey... você deixou, Alex se explicar e eu queria  que você me deixa-se explicar também? ---- Ela me olhava de um jeito suplicante apesar da dor em meu peito pedir para mim sair daqui a não olhar para trás eu continuei firme e forte ali e apenas assenti com a cabeca sem a menor ideia de como realizar tal feito ---- Eu vi em Alex uma pessoa na qual eu cheguei a amar de verdade você não entende ele é igual ao pai... eu Amava de verdade Fernando eu nao pode dar a ele o que ele desejava um herdeiro como você sabe eu sou estéril...

---- Para Luna não vai dar certo esse seu joguinho... Alex é dominador eu reconheço quando o mesmo quer me manipular com suas palavras eu nao vou cair nessa suas palavras também... eu nao posso dizer que eu não te perdoe um dia mais por enquanto não me procure e saiba que eu somente entrei aqui por que é meu aniversário e eu nao podia voltar para casa por que a festa esta sendo montada e a decoração é surpresa... Eu agradeço por você apesar de tudo ainda insitir em me ter por perto mais eu não quero nada com você agora eu estou cansanda meu pé está doendo e ainda por cima estou totalmente enjoada.

---- Eu somente quero terminar de explicar...

Ela implorou para mim com os olhos marejados eu juntei toda a minha força e sai dali eu estava abalada lágrimas desciam pelo meu rosto com indigência sinto braços me alertaram e me levantar do chão.

---- Eu vou levada você para a casa... ---- A voz de Alex sussurrou em meu ouvido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...