História 50 tons de cinza (jikook version) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Adaptação, Jikook
Visualizações 796
Palavras 1.819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii ! Desculpa a demora, estava pensando em como eu iria fazer esse cap, e acabou saindo assim...

➡espero que gostem, ficou bem especial ♥♥♥

Capítulo 26 - A intrusa maluca.


Fanfic / Fanfiction 50 tons de cinza (jikook version) - Capítulo 26 - A intrusa maluca.

— Ok, esta noite, — ele aceita. — Agora acabe o café da manhã.


Minha cabeça e meu estômago dão voltas. Meu apetite sumiu. Contemplo a metade de meu café da manhã, que segue no prato. Já não tenho fome.


— Coma, Jimin. Ontem à noite não jantou.


— Não tenho fome, de verdade, — sussurro.


Ele aperta os olhos.


— Eu gostaria muito que terminasse o seu café da manhã.


— Qual o seu problema com a comida? — Eu deixo escapar. Ele franze a testa.


— Já te disse que não suporto desperdiçar comida. Coma, diz-me bruscamente, com expressão sombria, doída.


Droga. O que é tudo isto? Pego o garfo e como devagar, tentando mastigar. Se for ser sempre tão estranho com a comida, terei que lembrar para não encher tanto o prato. Seu semblante se adoça a medida que vou comendo o café da manhã. Observo-o retirar seu prato. Espera a que eu termine e retira o meu também.


— Você cozinhou, eu limpo.


— Muito democrático.


— Sim. — diz-me, franzindo o cenho. — Não é meu estilo habitual. Assim que acabar,acs um banho.


— Oh, ok. 


Oh meu Deus... Eu preferiria uma ducha. O som de meu telefone me tira do devaneio. É Hobi.


— Olá. — Afasto-me dele e me dirijo para as portas de vidro da varanda, na minha frente.


— Jiminnie, por que não me mandou uma mensagem ontem à noite? — Ele está zangado.


— Desculpe-me. Eu fui superado pelos acontecimentos.


— Você está bem?


— Sim, perfeitamente.


— Você fez? — Ele tenta conseguir a informação. Eu rolo meus olhos com a expectativa em sua voz.


— Hobi, eu não quero comentar isso por telefone. — Jungkook eleva os olhos para mim.


— Você fez... eu posso dizer.


Como pode estar seguro? Ele está blefando, e eu não posso falar sobre isso. Eu assinei um maldito acordo.


— Hobi, por favor.


— Como foi? Você está bem?


— Já te disse que estou perfeitamente bem.


— Ele foi gentil?


— Hobi, por favor! - Não posso reprimir meu aborrecimento.

— Jiminnie, não me oculte isso. Estou a quase quatro anos esperando este momento.


— Nos veremos esta noite. — E desligo.


— Ue, oque tem ele saber ? Esses jovens de hoje, são todos cheios de preocupações... 


Uma louca qualquer diz, cruzando seus braços magros, enquanto estava encostada em um dos vidros da porta; parecia confortável. Se eu me assustei? puff ...claro que não! Eu só soltei um belo grito, que resultou em um jungkook afobado e confuso vindo as pressas até a varanda. 


— Oque foi ? –ele perguntou ofegante e eu apontei tremulo para a garota, que sorria divertida. — e você quem é, e como entrou aqui?  


A garota revirou os olhos e suspirou. 


— Que falta de modos, não sabem nem tratar bem uma visitante.


Ela andou até a cozinha e logicamente fomos atrás dela. Quem ela pensa que é ? 


_ Me responda ou eu chamo a polícia! – Jeon disse impaciente.


— Credo... –ela se sentou em uma cadeira e sorriu, deixando o braço em cima da mesa, enquanto apoiava o rosto na mão. — eu sou a autora do filme porno de vocês.. Brincadeira , mas é quase isso.


Oque ? Filme ? 


— Como assim ? É maluca, eu vou ligar para polícia. 


Jeon pegou seu aparelho celular, mas o mesmo sumiu rapidamente de sua mão. A garota segurava um celular também e deu uma bela gargalhada. Espera... ela digitou e o celular de Jeon Sumiu!?  


— Amadores... – ela sorriu francamente e apontou para duas cadeiras a sua frente. — sentem. 

 

Sentei porque ela parecia assustadora. Jungkook revirou os olhos e sentou-se ao meu lado. Quem era ela de fato e porque ela estava me encarando, como se me conhecesse? 


— Eu leio seus pensamentos bebê. – ela disse e eu segurei a mão do maior ao meu lado, com medo.

 

— Vai dizer oque quer? Ou vai ficar enrolando? – Jungkook foi direto como sempre.


— Relaxa, só vou responder algumas perguntas e deixo vocês transarem em paz ... — fiquei mortificado, e corado.


— Perguntas ? – resolvi perguntar. Ela sorriu e olhou para mim. 


— Isso querido. – Jungkook a olhou com um certo ódio no olhar, e ela riu alto. — homem ciumento... Armaria .  


Eu não estava entendendo nada, e jungkook parecia esta do mesmo modo. A garota vasculhava sua bolsa em busca de algo. Me encolhi, e se fosse uma arma ? Ou algo pior ? 


— Achei! – ela levantou um papel, levantei uma sobracelha confuso.— acho que preciso me apresentar ... – ela disse óbvia. Percebeu agora querida ?


— Eu também acho. – Jungkook disse. 


— Hmm ... Meu nome é Celine, e como eu sou uma autora retardada,   invadi minha própria adapatação, para responder as perguntas que as "bybolinhos" fizeram. – ela abriu os braços sorrindo e eu sorri forçado, como se estivesse entendido tudo.


— Adapatação? – Jungkook perguntou confuso.


— Sim ... Agora cala a boca que eu vou dizer dez fatos sobre mim. – ele olhou para Celine irritado e confuso. — okay então vamos lá. 1°- fato! — ela levantou uma plaquinha. 


Onde ela conseguiu isso ?


— Eu sou uma menina timida, tipo bem tímida mesmo. Eu sou bem espontânea em redes sociais, mas é como dizem, "atrás de uma tela a pessoa é ... Esqueci .. – ela riu — mas é alguma coisa sobre vocês não serem corajosos como... Ah esquece. 

Admito que eu ri, não porque foi engraçado; mas sim porque ela quis jogar a plaquinha fora, na lixeira se sentindo uma jogadora de basquete; Porém ao tentar acertar a mesma errrou a pontaria e acertou em um vaso de flores, provavelmente caro, de Jeon. Por sorte não quebrou.

_maus ai ! – ela disse sorrindo e Jeon bufou irritado. — 2°-fato; eu tenho 1,54 de altura .. Sim eu sofro muito bullying. — ela fez um biquinho fingindo tristeza.   


— 3°-fato; Eu moro em Minas Gerais. Fato desnecessário, mas segue o bonde. – ela joga a terceira Placa fora e pega uma quarta, Jungkook me olha e dá de ombros e sorrio para ele. — 4° fato; eu já tive anorexia.

— sinto muito. – eu disse e ela sorrio, pegando a outra placa. Ela não quer falar mais sobre isso. 


_5° fato- eu já passei mal por comer miojo estragado. Passei um dia e meio vomitando. Triste . — ela pega uma sexta placa, eu e jungkook ficamos parados observando. — 6° fato- eu nunca fui ao um show do Bts... Eu sou kpobre ... Quero chorar. 


Vou fingir que entendi, OK ? OK. Ela pega uma sétima placa.  


— 7° fato- eu já quis ser uma winx... Oque me rendeu muitas vergonhas...uma delas, foi tentar pular uma cerca ... E não pergunte o motivo. 


Aish ... Eu nem queria saber mesmo.


—7° fato- eu já roubei uma borracha, por má influência, mas fiquei com a consciência pesada e devolvir no outro dia. – ela pegou uma oitava placa. — 8°- eu sou bissexual. 

Ela sorriu e pegou outra placa, Jungkook olhava para um ponto específico; me pergunto oque ele está pensando.


— 9°- eu perdi o BV com 14 anos, e contra minha vontade... – ela pegou a última placa. — 10° e ultima; eu já fingir esta doente para matar aula. Eu sei...foi errado. Mas não me arrependo,a vida que segue.

Ela olhou para o Jeon e sorriu francamente.


— se esta pensando em tocar aquele botãozinho vermelho para chamar os seguranças, saiba que eles estão desacordados.

 

— você matou eles ? – perguntou assustado.


 Não vou mentir estou assustado também.


— só estão dormindo exagerado. Agora toma, leia as perguntas pra mim . – ela me entregou alguns papéis com perguntas. 

Eu vou ler, não tem jeito mesmo.


— bom que você sabe... – ela sorriu. 


Droga ela pode ler oque eu penso. Eu esqueci totalmente.


— Primeira pergunta; de ~borgessilva:

  você vai seguir a história de acordo com o filme? Ou pretende mudar algo? 


História? 


— eu estou seguindo de acordo o livro; e por enquanto não penso em mudar nada. só o final provavelmente, mas isso é segredo. – ela fez sinal de silêncio e eu dei de ombros, Jungkook continuava com a expressão carrancuda.


— pergunta de ~Alanaestefane;

 Me tira uma dúvida, tu vai continuar a história de acordo o filme ? 

Me tira outra dúvida, tu vai incluir "cinquenta tons mais escuros" na fanfic? 


— bem eu estou seguindo o livro, e não irei seguir o filme, porque ele priva muita coisa; e eu não sei se vou incluir "50 tons mais escuros" depende de como vai ser daqui para frente. — ela sorriu, eu estava entendendo tudo, mentira não estava não. 

— pergunta de ~misslively

Hmm perguntinha clichê: você shippa jikook de verdade sem shippar com outros, tipo jikook é real rs

Ou shippa surubangtan mesmo? ~carinha de lua~  

Afinal, qual seu bias ? 


— sim eu shippo jikook de verdade, jikook é otp. – Que sorriso descarado ela ta fazendo agora ? Oque é jikook ? — eu shippo outros, porém não tanto quanto jikook. Ah meu bias é o Hoseok mozão, e utt Jimin.– Ela olhou pra mim com um sorriso bobo. 


Ta... Ela é estranha. Por falar em estranho, Jungkook está com meu celular na mão, como ele pegou? E pra que ele quer?  


— pergunta de ~JeonParkArmy


Bem eu tenho uma dúvida, vc vai continuar a fic com a parte do cinquenta tons mais escuros ? 


—vocês parecem interessadas nisso, eu vou pensar seriamente em fazer continuação. Vamos ver, como vai seguir o rumo dessa história . 


Olhei para o Jeon mais uma vez , e ele mostrou a tela do celular para mim, e estava escrito nas anotações, " disfarça, e me ajuda". assinto e continuo com as perguntas.

— pergunta de ~Jimin-oppa- 

Tem quantos anos? 

Qual seu utt?

Qual seu shipp supremo? 


Ela sorriu e olhou para Jungkook, eu pisei em seu pé para alerta-lo. Celine pareceu não se ligar e se acomodou na cadeira. 


— tenho 18 anos, meu utt é o Jimin e jikook é meu shipp supremo! – disse animada. 


— ultima pergunta, feita por ~skarletHD 

1- Quando teve a ideia de escrever a fic? 

2- você leu o livro ou só viu o filme? 

3- será livro único? 

4- entendeu a referência?  


Jeon deixou um meio sorriso escapar, mas Celine não percebeu estava ocupada demais pensando. 


— bom eu tive a idéia, quando comecei a ler o livro 50 tons de cinza; pensei 'porque não ?' ai me arrisquei e estou aqui. Bom, primeiro vi o filme e depois li o livro. Por enquanto será livro único, eu irei pensar em uma suposta continuação. E não entendi a referência, infelizmente a autora é lerda e...

 

— ainda bem que sabe! – jeon a interrompeu, após dois seguranças entrarem. — já está na hora de ir embora Cecília. 


Os seguranças levaram ela para fora, com calma; afinal ela ainda era uma garota. 


— o nome dela é Celine. – corrigir ele. O mesmo deu de ombros e me abraçou por trás. 


— não dou a mínima. 

Ele riu e eu o segui; isso foi estranho. Não irei esquecer tão facilmente.    


Notas Finais


➡E finalmente eu fiz isso kkkk

➡espero que tenham se divertido, quanto eu, me diverti escrevendo, eu pensaria em algo melhor mas ... Não tenho as melhores idéias. Não desistam de mim, que eu vou melhorar prometo ♥♥ bjs e até a próxima !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...