História 50 Tons de Incesto (Versão JiKook) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby!jimin, Daddyjk, Daddykink, Dirtytalk, Gravidez Masculina, Incesto, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Lemon, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 528
Palavras 1.487
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


#OmmaTodoDia tô aqui... até as notas finais

Capítulo 24 - Shut Up and Kiss Me


Fanfic / Fanfiction 50 Tons de Incesto (Versão JiKook) - Capítulo 24 - Shut Up and Kiss Me

O silêncio reinava no quarto e tanto Jungkook quanto Taehyung me encaravam esperando qualquer tipo de resposta que eu pudesse dar no momento, eu tinha aguçado ambas curiosidades sobre quem seria o tal nome que Kookie fazia tanto mistério, respirei fundo e me preparei para dizer a ambos o que eu tinha certeza ser o certo...


- Eu tenho certeza que a pessoa por quem o Hyung está apaixonado e o...Namjoon, tá muito óbvio, eles sempre foram grudados e todos sabemos que desde que o Nam e o Jin começaram a namorar, o Yoongi se afastou um pouco.


Ambos me olhavam como se esperassem que eu dissesse mais alguma coisa, direcionei meu olhar a Jungkook que parecia estar pensando sobre a minha resposta e não demorou a se pronunciar...


- Minnie, meu amor...Cala boca e me beija. - Jungkook falou na maior naturalidade e em seguida caiu na risada enquanto segurava meu rosto em suas mãos e me puxava para mais perto selando nossos lábios em um beijo rápido, seus lábios se moviam nos meus de forma calma, me passando apenas a vontade de ter aquele beijo aprofundado porém nós separamos dá mesma forma como nos juntamos, rápido, Taehyung fazia barulhos de quem estava vomitando enquanto nos olhava rindo e Jungkook passava o braço sob meus ombros me colando em seu corpo...


- Vocês são tão fofinhos que não sei mais se quero apertar vocês ou bater nos dois por serem tão grudentos. - Taehyung acabou de falar enquanto fazia um coração em nossa direção me fazendo mostrar o dedo para o mesmo enquanto Jungkook ficava rindo da situação.


Continuamos debatendo sobre quem seria a suposta paixão do Yoongi, aquele assunto acabou virando nosso ponto principal de especulações e de discussões também porque eu tinha certeza que se tratava de Namjoon, enquanto Taehyung tinha plena certeza que aquela cena toda do encontro comprovaria que a paixão do Hyung era o Hoseok e claro Jungkook permanecia quieto afinal ele era o único que sabia a verdade e não demorou para que Taehyung e Eu nós juntassemos para tentar arrancar alguma informação do mesmo e acabamos falhando completamente, após uma tarde de muitas discussões e uma cama quase quebrada quando Taehyung decidiu se jogar em cima de mim e Jungkook para que prestassemos atenção nele, fomos todos para sala assistir alguns filmes e nos distrair daquele assunto todo, o filme escolhido pela votação de 3 contra 1 no caso minha pessoa, acabamos assistindo Ouija...Passei boa parte do filme com o rosto escondido no peito de Jungkook enquanto o mesmo me abraçava e comentava com nosso Appa sobre o filme já que Taehyung se mudou para poltrona por dizer que éramos muito barulhentos e ele não conseguia prestar atenção no filme, tomei vários sustos durante o mesmo afinal eu estava odiando ver aquele filme com espíritos e coisas assustadores, quase me joguei no chão e agradeci quando o filme acabou, nosso Appa avisou que iria trabalhar em alguns projetos no escritório então acabamos apenas os três na sala, não fiz muita questão de prestar atenção no outro filme que foi escolhido, eu já estava me arrependendo da greve e eu mal tinha começado ela, Jungkook apertava minha cintura na sua mão enquanto prestava atenção no filme e vez ou outra dava alguns beijos na minha cabeça e em seguida me fazia um carinho, eu me agarrava ainda mais em seu corpo enquanto aproveitava pra sentir o delicioso cheiro que vinha do seu pescoço, aproveitei a distração do mesmo para começar a distribuir selares naquela área, Jungkook apenas sorria mas não estava dando muita importância para aquela carícia então comecei a dar leves mordidinhas ali e em seguida dar beijos onde eu havia mordido, pude sentir sua pele se arrepiado gradativamente e seus dedos apertando ainda mais minha cintura, um sorriso moldou meus lábios e eu voltei ao que fazia, mas agora acrescentando minhas mãos no processo, enquanto eu beijava e mordia seu pescoço, aproveitei minhas mãos na cintura do mesmo para adentrar sua blusa, meus dedos gelidos iam percorrendo calmamente o abs dele e depois desciam, assim que meus dedos se aproximavam da calça, subiam novamente arrastando minha unha curta ali e vendo Jungkook segurar um gemido e fingir que nada acontecia, senti sua mão escorregar da minha cintura para minha bunda e apertar ali com força me fazendo pular do lugar e minha perna esfregar no seu membro ainda coberto pela calça fazendo um arfar escapar de seus lábios, pra nossa sorte a TV estava alta e Taehyung estava bem distraído, Jungkook segurou meu rosto com uma das mãos e arrastou seus lábios por minha bochecha até o lóbulo da minha orelha deixando uma mordidinha ali e subindo mais...


- O que você está pretendendo com isso Baby? - Sua voz parecia mais rouca e meu corpo inteiro se arrepiou com aquilo, um sorriso malicioso nasceu em meus lábios quando revirei de forma lenta e arrastada.


- Te provocar e deixar você louco...dentro de mim Daddy.


Jungkook voltou seu rosto até que seus olhos encontrassem os meus, eu podia ver suas pupilas se dilatarem e perceber que eu tinha conseguido o que eu queria, eu tinha conseguido deixar meu Daddy excitado o suficiente pra que ele esquecesse que Taehyung estava ali e me agarrasse colando nossos lábios de forma agressiva, mal tive tempo de corresponder e sua língua já adentrava minha boca explorando toda cavidade de maneira agressiva, seus dedos forçaram minha cintura e eu tinha certeza que ali ficaria roxo, mas eu realmente não estava dando a mínima, entrei no ritmo daquele beijo arrastando minhas mãos até sua nuca e puxando os cabelos ali e vez ou outra arranhando a mesma fazendo com que nossos gemidos fossem engolidos por ambas as bocas, o clima já estava ficando quente, nossos lábios se colidiam de forma absurda enquanto eu me perdia em meio daquele beijo, ambas as línguas brigavam por espaço e eu já podia sentir meus lábios ficando dormentes e o ar se esvaindo, Jungkook capturou meu lábio inferior entre seus dentes puxando o mesmo e logo soltando dando início a outro beijo intenso mal me dando tempo de respirar, o ar parecia cada vez mais difícil de suportar, tudo parecia tão quente e tão excitante e nem o balde de água fria que Taehyung nos jogou não abaixou todo aquele fogo, nós separamos enquanto olhávamos completamente indignados para Taehyung e em seguida para nossas roupas completamente encharcadas, ele realmente havia jogado um balde de água fria em nós dois...


- Olha eu super apoio que vocês façam um filho e se peguem loucamente, mas eu estou aqui...Me respeitem por favor. - Taehyung dizia enquanto segurava o balde vazio em suas mãos e nos olhava de forma acusadora.


- Tinha mesmo a necessidade de um balde Tae? Sério? - Foi a vez de Jungkook se pronunciar enquanto o mesmo levantava e intercalava o olhar entre nossas roupas completamente ensopados e Taehyung.


- Claro que sim, vocês deveriam me agradecer, eu ia buscar um instintor mesmo pra apagar o fogo no cu de vocês, agora se me dão licença eu vou chamar o Tio Kwang e pedir pra ele me levar embora, aproveitem...Eu vou enrolar o velho na rua e vocês se comem.


Nem tivemos tempo de responder e Taehyung já estava gritando pelos corredores atrás de nosso Appa enquanto Jungkook seguia para o quarto atrás de roupas secas, me levantei do sofá e fui até o banheiro encontrando no caminho Taehyung puxando meu Appa para sala, ambos pararam ao me ver e seguraram o riso, me deixando puto...


- O que aconteceu filho? 


- Taehyung jogou um balde de água em mim Appa, acredita nisso?


- Vocês não molharam meu sofá certo? - Fiquei indignado do meu Appa estar preocupado com o sofá e não comigo.


- Claro que não Tio, e quero deixar claro que eu só fiz isso porque o Jimin tava me parecendo meio sujinho. - Taehyung disse, arrancando boas gargalhadas do meu Appa e nesse momento eu senti uma grande vontade de dar um tiro no Tae.


- Ok, isso foi bem engraçado...Minnie Vai tomar banho e se trocar enquanto eu levo o TaeTae pra casa.


Assenti com a cabeça, enquanto Taehyung voltava a puxar meu Appa pelo braço e puxava algum assunto aleatório com o mais velho, assim que ouvi a porta de saída bater entrei no banheiro, arranquei toda roupa molhada jogando em um canto qualquer e liguei o chuveiro deixando bem quente e me colocando embaixo do mesmo, a água quente percorria todo meu corpo me relaxando e me deixando completamente mole, quase não percebi a porta do banheiro ser aberta, apenas senti um vento frio ao que o vidro do box foi aberto revelando Jungkook completamente nú e duro me encarando, meu coração praticamente trocou de lugar com o rim e meu corpo inteiro foi tomado por aquele calor novamente, ainda mais após suas palavras arrastadas e roucas...


- Eu acho que nós deveríamos continuar o que começamos babyboy.


Notas Finais


Eu vou soltar um capítulo de avisos sobre oq mudou da original pra adaptação amo vcs...

Só digo que: preciso de migas pra cantar backstreet Boys comigo.

Aviso: "Tô sarrando em você mentalmente..." byebye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...