História 50 Tons de Namjin - ABO - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~asdoro

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Visualizações 200
Palavras 668
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Toda a verdade ft HIATUS?


 Sweets,como voces andam percebendo,eu ando bem afastada das minhas fanfics em questão de atualizações.

 

Bom...E eu acho,que devo ser bem sincera com voces.Vou falar tudo.Talvez ajude.

 

 

 

 

Há uma no atrás,eu vivia a vida como qualquer outra adolescente,e isso durou por no máximo uns dois meses,pois minha mãe traiu o meu pai...E isso foi um choque...

 

Eu estava em casa com meu irmão de 6 anos e duas primas,dava de se ouvir toda a gritaria,os xingamentos, as palavras de desgosto ...Tudo fluía da boca de meus pais.Estavámos trancados em meu quarto,sem acesso a saber o por que de toda aquela discussão que me doía os ouvidos,meu irmão estava chorando,e eu não podia fazer nada...

 

 

Tudo isso durou um...dois...tres meses!E não adiantava pensar positivo!Sabia que aquilo não funcionaria nem ajudaria,mas eu o fiz!Mas...eles estão juntos até hoje.Meu pai perdoou minha mãe.

E eu não sei o porque,mas minha mãe está tomando antidepressivos!Minha mãe não está feliz!Ela não ama o meu pai...Ela chega estressada do trabalho,ela chora.Mas ela é forte,e não quer que nós sabemos disso,mas é impossivel não notar que meus pais me escondiam algo.Eu descobri.

 

Sabe,sempre fui de ter muitos amigos.Mas eu tinha um,que me protegia de tudo e todos,que me defendia,e pode parecer bobeira,mas ele era o meu cachorro.Eu ganhei ele no meu aniversário de 10 anos...Ele era um poodle toy.Me lembro o quanto tive que chorar só para meu pai me comprar um cachorro,mas toda aquelas lágrimas valeram apena no final.

Porém no dia 27 de setembro do ano passado,ele fugiu.Ele fugiu por que a dona dele -vulgo eu- MEXIA NA PORCARIA DE UM CELULAR  E NÃO NOTOU O PORTÃO ABERTO!Ele fugiu...Era um domingo,no outro dia eu tinha aula de manhã,mas sai a procura dele!Dei voltas e voltas nas ruas o procurando!Mas não o achei...E agora vão fazer 130 dias...Sabe o quanto demorei para me acostumar a não ve-lo perto de mim?Acredite,foi muito tempo.Ele sempre esteve perto,dormia de baixo da minha cama me protegendo...me seguia a todo lugar.

 

 

 

 

No mes passado,eu estava na cantina do meu colégio,na fila esperando para comprar  salgado,e estaria tudo perfeito se eu não tivesse sentido mãos passando em mim...Na minha bunda...na minha coxa.Mãos de um garoto.E eu fiquei tão assustada!!Sai da fila e encarei o menino,ele tinha um sorriso debochado nos lábios e ria junto a seus amigos...Me senti tão...Nojenta.Tanto que não consegui levantar  a mão para o dar um tapa,não tinha forças,sai correndo de lá,corri por toda aquela maldita escola.

 

Chorei muito naquele dia.Contei para a coordenação e sabe oque fizeram?Lhe deram somente uma advertencia.

O garoto que passou a mão em mim,vamos dizer que era 'o pegador" na escola,e é claro que essa história se espalhou,ela se espalhou tão rápido que no dia seguinte já haviam pessoas rindo de mim.Por que o garoto contou uma versão de toda essa história,uma versão falso que muitos acreditaram.Mas eu sei a verdadeira,pois EU senti,EU  estava lá,EU fui assediada.

 

 

 

No mesmo,na semana das provas,após terminar a prova de matemática,eu peguei um lápis e escrevi uma carta na mesa.Uma carta falando tudo!Todas as minhas angustias,todos os meus medos e tudo o que eu sentia.Essa carta foi parar nas mãos da coordenação novamente.E eu só fiquei sabendo disso quando uma professora veio falar comigo.

 

 

 

Nesse mes,eu já havia me cortado inúmeras vezes.E um dia em especial,meu pais descobriram.E sabe o que fizeram?SABE OQUE MINHA PRÓPRIA MÃE FEZ?!!Ela brigou comigo!Me disse que quem fazia isso iria para o inferno!No final,troquei de sala,troquei de amigos!Tentei recomeçar...E tudo o que eu queria agora era...um abraço.Queria poder falar com Aline,e desabafar novamente.Mas de que funciona?Me sinto destruída.Acabada.

 

 

 

No meu aniversário,tem dois grandes acontecimentos.

1-Meu aniversário

2-A morte de minha vó

 

 

Bizarro né?Posso ser direta?!EU VI MINHA VÓ MORRER!Sabe como isso foi horrivel para uma criança??!!

 

Eu era muito apegada a ela.Me doeu muito ve-la partir assim,tão derrepente.

 

 

 

 

Olha,sabe por que falei isso a voces?Eu precisava.Não tinha mais mentiras para contar...Só me restou a verdade.

 

A fanfic vai estar em Hiatus por um tempo.Me perdoem.

 

Por favor me perdoem.

 

 

 

De Omma



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...