História 50 tons de Nepeta. - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~ZiamTexugo

Postado
Categorias Homestuck
Personagens Dave Strider, Equius Zahhak, Jade Harley, Karkat Vantas, Nepeta Leijon, Vriska Serket
Tags Amores, Desamores, Desventuras, Homestuck, Nepkat, Revelaçoes, Romance, Shipps
Exibições 30
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É gente..................... Isso vai ser uma bosta <3.
O modo de cada personagem de escrever vai estar aí... Não irei fazer como na outra fanfic que todos escreviam com letra maiúscula e com acento,

OBRIGADO POR ESTAREM LENDO!!!!!! <3 se vocês ainda forem ler...

Capítulo 1 - Capítulo um.


Alguns dias depois de criarem um novo universo, humanos e trolls começaram a viver na Terra C. Finalmente, eles poderiam viver o resto de seus tempos felizes como uma comunidade. Casais foram formados, trolls foram perdidos e assim o tempo foi passando; 


E todos estavam felizes. . . . . .
...............................................................................................
Será mesmo que todos estavam felizes? 

 

Certo dia, Karkat estava conversando com Jade sobre seu namorado, Dave. 

ENTÃO JADE. VOCÊ ACHA REALMENTE QUE O DAVE É GAY? - O garoto falava do mesmo jeito de sempre, berrando e com um ar de ódio. 

- não sei.. - E continuou: - quer dizer, eu não tenho certeza sobre :P mas tenho certeza que seu irmão é! ma- O outro intrometeu: 

- QUEM? O DIRK? 

- sim, sim.. o dirk.. mas não entra no caso!! - Ela soltou uma risadinha. 

- MAS, DE QUALQUER JEITO: PORQUE PORRAS ESTAMOS CONVERSANDO SOBRE ISSO?! - Ele perguntou, parecia mais bravo e desconfiado do que o normal. - BEM, JADE, VAMOS MUDAR A PORRA DO ASSUNTO, POIS ISSO ESTÁ FICANDO ESTRANHO. 

-ENTÃO JADE, VOCÊ ESTÁ SE SENTINDO SOZINHA? TIPO, DEPOIS DE TUDO QUE OCORREU...

Ela parecia surpresa por causa da pergunta: - quê? pior que não... hahaha! 

- BEM, POSSO FALAR ALGO? 

- claro! a vontade hehe

- BEM, EU SINTO FALTA DE ALGUNS FILHOS DA PUTA. TIPO, O NERDÃO DO SOLLUX, O DEFICIENTE DO TAVROS, AQUELA LOUCA DOS PEIXES E..... A NEPETA.

- oh... porquê não vai visita-los, ou sei lá? - Ela peguntou. 

- BEM, EU GOSTARIA QUE ELES ESTIVESSEM AQUI, SABE. NA PORRA DA MINHA FRENTE. ATÉ TINHA UMA TROLL QUE, QUE... EU NÃO VOU DIZER A MERDA DO NOME, MAS QUE GOSTAVA DE MIM? E EU DESCOBRI ISSO APÓS A MORTE DELA, E EU ESTOU REALMENTE... - Ele soltou um suspiro logo após a pausa do "realmente". - MAS ACHO QUE NÃO TEM JEITO, NÃO É? 

- wo ahh!! hmmm,,, bem... hmm... poxa... - Ela não sabia o que respondeu e acabou gaguejando qualquer coisa, que até ficou meio confuso. O que fez-a rir. 

Passou alguns minutos, ambos ficaram calados.

- ENTÃO É ISSO, CARALHO. VOU TER QUE VIVER O RESTO DA PORRA DA MINHA VIDA SEM DIZER O QUE EU SENTIA POR ESSA TROLL.

- uau... mas bem.. hmm.. não tem outro jeito de você dizer isso para ela??? 

- BEM, TODA DREAMBUBBLE QUE EU VISITO É UMA VERSÃO FANTASMA DIFERENTE, ENTÃO *REALMENTE* NÃO DEVE TER JEITO. 

- oh.. mas tem que ter algum jeito!! - Ela parecia confiante. 

- OLHA, EU AGRADEÇO A PORRA DA SUA PREOCUPAÇÃO, MAS EU NÃO SEI COMO FAZER ESSA CARALHA.

- não sabe mesmo?? 

- NÃO.. MAS ESTOU ACEITANDO SUGESTÕES SOBRE. 

- hmm, eu não sei.. mas não tem como você perguntar para outras pessoas ou trolls? :0

- EU... EU TENHO VERGONHA. NÃO FALO COM NINGUÉM SOBRE ESSA MERDA DE SENTIMENTOS, VOCÊ É A ÚNICA QUE SABE DISSO.

- não seja tão bobo! você não precisa se esconder atras de seus próprios sentimentos!! libere-os! creio que todos entenderiam! se não ficará sozinho e irá sofrer e falar "nossa.. como jade tinha razão!"!!!!!!!!!!!!!!!!

-EU SEI, MAS... ELA JÁ MORREU! COMO EU VOU DEIXAR DE FICAR SOZINHO SE ELA JÁ ESTÁ MORTA?
MAS BEM, ACHO QUE TEM RAZÃO.

- mas... todos nós já morremos!!!!!!!! :o 

- EU SEI, EU SEI. NÃO PRECISA RESSALTAR TAL PONTO. BEM, IREI DORMIR. ADEUS, JADE. 

- tchau tchau!! 

Karkat vai até seu quarto, deita em sua cama e começa a dormir. Em uma Dream Bubble, encontra vários trolls. Karkat vai a procura de seu amor não correspondido, e acaba achando Vriska, " a puta das aranhas " ((( Autor: NÃO EH MESMO, JEAN?????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ))).

- Heeeeeeeeeeeeey, Karkat!!!!!!!!!!!!!!! ::::) - Ela falava no ar irritante de sempre. 

- OH, OI VRISKA. COMO VAI? 

- Eu estou muuuuuuuuuuuito 8em. E você???? - Sua voz realmente lhe irrita, dá até vontade de lhe socar e fazê-la sofrer. Mas, você não liga. 

- BEEEEEM... VIU A NEPETA? 

- A morta?? Neeeeeeeeeeem. - Ela falou no maior desgosto, como se escondesse algo ou um ódio. 

- OH. OK. VOU ANDANDO POR AÍ. 

- Oooooooooooooooook!!!!!!!!!!!!! ::::) 

- TCHAU VRISKA. 

- Tchaaaaaaaaaaaau!!!! 

E Karkat vai andando pelo Dream Bubble e vai encontrando vários desconhecidos, que nem tenta conversar por razões bobas: não conhece-os. 

E, (( aosomdeGrandeFamília )) Karkat continua andando e....................

 


Notas Finais


Gente, ficou uma bosta, culpa o Jean >>>>>>>>>>>>>>>>>
me perdoem eu não fiz capítulo novo no de DirkJake por causa disso mesmo...... EU ESTOU FAZENDO ESSA PORRA DE FANFIC. <3
Bem, espero que tenham gostado KKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...