História 50 Tons de Vkook (Taekook) - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Lemon, Sexo, Taekook, Taekook Porra, Traição, Vkook, Vkook Caralho
Visualizações 433
Palavras 863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Muito obrigada a vcs que me aguentaram sério, VEI... Eu to animada pra acabar essa fic de um jeito delicioso, Amo vcs! E se gostaram deixe seu favorito e deixe sua opinião nós comentário, AMO VOCÊS!!!

Capítulo 46 - Ok baby.


Fanfic / Fanfiction 50 Tons de Vkook (Taekook) - Capítulo 46 - Ok baby.

Taehyung Pvo. 


Visto minha roupa totalmente envergonhado, não era a primeira vez que transavamos nessa sala, ele sempre consegue tomar conta do meu corpo, até tento fugir das mãos dele mas não consigo, e praticamente impossível. Saio de cima da mesa e olho para o mais velho, seu olhar percorrer totalmente meu corpo enquanto passava a língua pelos lábios inferiores, ignorei aquilo e sair da sala do Jeon antes que acontecesse o segundo round, me direcionei até as escadas e subi todas elas até chegar no terraço, e lembrando que a empresa tem 20 andares, ou seja me ferrei. Não estava com paciência pra pegar elevador, quando cheguei no terraço, abrir a porta e me direcionei para a borda do prédio, me sentei alí e do nada começou a chover, ótimo que perfeito. - "Você não merece meu amor" - Falo essas palavras, as palavras que acabaram com ele, quando eu o ví na cama transando com meu ex melhor amigo, todos pensaram que eu tinha o perdoado, na verdade nunca esqueci daquele maldito dia, eu sou bom em esconder os meus sentimentos, sim eu amo o Jeon, mas perdi toda a confiança nele depois daquele vo. - "Sai de perto de mim" - Falo e começo a chorar baixinho, minhas lágrimas de misturavam com q chuva e o vento forte batendo forte sobre meu rosto. -Será que valeu a pena tudo isso? - tudo começou a invadir meus pensamentos, tudo mesmo... Coloco minha destra em meu pescoço que estava cheio de marcas roxas -Então você está aí - Ouço uma voz conhecida ecoar pelo local, olhei para trás e ví o kookie segurando um guarda-chuva em sua mão esquerda, me deitei no chão e fiquei sério e Fechei os olhos devagar. - Será que valeu a pena kookie? - Falo com a voz tremula, esperando um enorme de uma "?" - Não entendi Tae? - , -Será que valeu a pena eu ter voltado pra você? - Falo e ouço o barulho do guarda-chuva cair no chão, engoli seco e sentir um peso em cima de mim, abrir os olhos e me deparei com o mesmo em cima de mim olhando fixo. - O que foi? - Pergunto o olhando de volto, o mesmo sela nossos lábios e levo um pequeno susto, pois não esperava por isso, o beijo era calmo sem nenhum pingo de malícia entre ele, separei nossos lábios e suspirei pesado. - Quantas vezes vou ter que lhe dizer, que eu te amo, que eu quero construir uma família com você, quero... Só ter um vida normal com você Tae, eu sei que fui um idiota no passado, que te fiz sofrer bastante, mas você deu o troco quando ficou 4 anos longe de mim... E quase casou com aquele idiota - Ele fala e o mesmo da um soco no chão, ao meu lado - Esqueça tudo por favor, e doloroso lembrar disso, e doloroso todo o tempo que fiquei longe de você, e doloroso tudo isso... Eu odeio ficar longe de você, eu fico triste quando você não dá aquele sorriso quadrado que só você tem. - Engoli seco e continuei prestando atenção em cada palavra que saia de sua boca, não acredito que depois de tanto tempo ele fala isso pra mim, claro que não faz tanto tempo assim. - Adoro seu jeito carinhoso de ser, lembro muito bem como você me provocada, - O mesmo solta uma risadinha ao lembrar daquele momento - Eu adoro seu jeito safado, Adoro quando você geme meu nome bem alto Coro fortemente, e me arrepio ao sentir a destra gelada do maior em minha cintura, tentei me levantar mas foi em vão, pois o mesmo não deixou. - K-kookie - Falo e solto um gemido baixo, o maior começou a chupar meu pescoço como nunca tinha chupado antes - Você gosta quando eu faço isso? - O maior fala e se encaixa entre minhas pernas, sua destra estava por dentro da caminha camisa vermelha, mordi o lábio inferior tentando conter os gemidos que lutavam para sair, o mesmo retirou minha camisa e começou a estimular meus mamilos com brutalidade, gemi meio alto e arranhei as costas do maior - Kookie... Não os maltrate tanto! - Falo gemendo e ouço uma risadinha da parte do maior. - Você e tão sensível Tae, eu adoro isso... E aliás, e a primeira vez que vamos transar na chuva baby - O mesmo fala e nego com a cabeça, - Quem disse que vou aceitar isso - Falo e o mesmo aperta meu membro, já totalmente acordado - O que você disse Tae? - Merda... , Kookie ! Aiwn...não faz isso... Não aqui! - Falo mas o mesmo me ignora, meus braços são amarrados pela gravata do maior, rir baixo do seu desespero,e o olhei - Fale aquelas palavras que tanto,me deixa louco...vamos Tae - Nego com a cabeça e começo a gemer meio alto,ao sentir meus mamilos serem maltratados novamente,engoli seco e tentei juntar todas pequenas forçasque tinha - F-Fuck me Daddy - Falo e o vejo sorrir latino - Ok Baby...vou lhe foder bastante hoje - Eu  baixei a guarda, novamente...-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...