História 505 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arctic Monkeys
Personagens Alex Turner
Tags 505, Musica, Oneshot
Visualizações 11
Palavras 395
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Musical (Songfic)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu escrevi isso ouvindo a musica 505 do Arctic Monkeys, por isso o nome da historia é esse. Eu procurei várias traduções livres e li a letra e o que eu escrevi foi o que eu entendi, minha forma de ver essa letra foi esse.
A única coisa que eu peço é que não plagiem minha historia, demorei muito pra poder escrever e sei que se você se esforçar vocês conseguem.
É isso, boa leitura <3

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction 505 - Capítulo 1 - Capítulo único

As notas da ultima música da noite soaram pelo estádio lotado, pude ouvir os gritos de todos ali presente e me preparei para sair do palco.

- Muito obrigado a todos os presentes, vocês fizeram essa noite se tornar especial. – Disse ainda andando pelo palco e ainda finalizei a coreografia em sincronia com as ultimas notas da música. As luzes que iluminavam o estádio se apagaram, finalizando o show da noite.

Sai do palco, junto com a equipe indo para o camarim. Estava apressado, ainda não tinha terminado minha noite. Precisava voltar para o hotel, voltar para o quarto 505, voltar para Melissa.

Adiantei-me, indo até a saída, junto com meu empresário e mais algumas pessoas da equipe.

Ainda teria uma longa viagem até nosso local de encontro. Mas eu não me importava, poderia ser 7 horas em um avião ou até 45 minutos dentro de um carro correndo como um maluco, mas eu iria até ela.

 Entramos na vã e eu já a imaginava deitada em nossa cama, com as mãos entre suas pernas, esperando por mim.

Confesso que era um relacionamento difícil de ser mantido, eu sempre estava em turnê ou em eventos, e ela sozinha em nosso apartamento.

Sentia-me nervoso e ansioso, era como se fosse a ver pela primeira vez, ou pela ultima vez. Eu a amava. E amava ainda mais quando ela envolve seus braços em meu pescoço e me sorri torto e beija meus lábios de uma forma suave e somente nossa.

Viajo em meus pensamentos pensando em todos os nossos reencontros no quarto 505 e lembro-me de como meu coração se quebra toda vez que temos a ouço chorar a noite, sabendo que eu terei de partir quando amanhecer.

Todas as nossas despedidas são dolorosas, com um gosto amargo de ultima vez. Sempre me sinto mal quando tenho que a deixar naquele lugar. E sinto que algum dia ela irá me receber com um “não dá mais”, é como se eu fosse estragar tudo antes mesmo de começar.

Nunca foi fácil toda essa distancia, mas chegar até lá e a ver deitada em seu lado da cama, com suas mãos entre as pernas e a ver sorrindo toda vez que eu abro a porta do nosso quarto especial. A ver sorrir faz todas às 7 horas voando ou os 45 minutos dirigindo em uma rodovia valerem a pena. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...