História 60 dias para aprender a me amar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Himawari Uzumaki
Visualizações 39
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas. ^^

Até que eu não demorei muito pra postar o próximo capítulo.

Boa leitura, espero que gostem.

Capítulo 2 - Explicações


- Que bom que você está bem, estava morrendo de saudades e preocupação!! - Ele fala e me beija sem mais nem menos, como se fossemos namorados. 

Me assustei e o empurrei, ele acaba caindo de bunda no chão. 

- O que deu em você Hima? - Me afasto dele enquanto ele se levanta.

- Eu que pergunto, nunca te vi e você já vem me beijando!

- Inojin, ela perdeu a memória. - A Hinata nota o que aconteceu e vem até nós.

- Como assim? Ninguém me falou nada.

- Tentamos te avisar, mas você não atendia o celular.

- Hinata, quero dizer mãe, quem é ele? - Me aproximo da minha mãe.

- Filha, ele é o Inojin seu... Depois eu explico. 

Que maravilha, um cara me beija sem mais nem menos me beija eu não vou ter uma explicação agora. Não que o beijo não tenha sido bom, mas pra mim ele é um completo estranho. Será que ele é meu ficante ou algo do tipo?

Quando notei já estava sozinha.

- Você está bem maninha? - Olho para o lado e vejo o Boruto com um copo de água. 

- Na medida do possível sim, mas quem é aquele cara que me beijou? - Peguei o copo de água das mãos dele e dei um gole.

- Bem, ele é o seu noivo. - Cuspi a água que acabei de tomar e me molhei toda.

-Noivo? 

Como assim noivo?! Não to entendendo mais nada, alguém por favor devolve a minha memória!!

- Acho que falei demais, vou te levar para o seu quarto para você trocar de roupa. 

Ele me levou até um quarto enorme e lindo, tinha alguns livros em uma estante,  um mural de fotos e coisas normais de quarto.

- Eu vou lá pra sala, as roupas são suas então pegue qualquer uma. 

- Obrigada, Boruto. - Ele sai do quarto e eu vou até o armário.

Quanta roupa! Tudo isso era meu? Olhei algumas roupas, peguei um vestido rosa e me troquei. 

Sai do quarto e tentei ir até a sala, mas acabei me perdendo. Andei muito até achar um quarto com a porta meio aberta. Antes de eu abrir a porta escuto vozes.

- Boruto, o que eu faço agora? O casamento é daqui sessenta dias!! 

- Se acalma Inojin, talvez ela recupere a memória antes disso.

- E se ela não recuperar a memória? Tudo aconteceu do nada, estávamos tão felizes. 

- Seja positivo Inojin, eu tenho fé que a minha irmã vai recuperar a memória.

Casamento? Sessenta dias? Era só o que faltava!!

- Himawari? Por que você está ouvindo a conversa dos outros? - Levo um susto e depois vejo que é a Hinata. 

- Eu não... tá, eu estava ouvindo a conversa. - Abaixei a cabeça.

- Mãe? Hima? - Os dois saem do quarto. - Quem que estava ouvindo a conversa?

- Eu, me desculpa não foi por querer.

- Que parte você ouviu?  - O de pele pálida pergunta. 

- A parte que fala que tem sessenta dias para o casamento pra frente.

- Filha vem comigo, vou te explicar as coisas antes que sua cabeça exploda. - Foi levada até um quarto e sentada em uma cama.

- Por onde eu começo? 

- Que tal falando como eu perdi a memória, e explicando melhor essa história de casamento? - Sugeri, ela respirou fundo e me encarou. 

- No dia do acidente, você estava voltando pra casa. Era de noite, e um carro acabou batendo no seu. Na batida falaram que você bateu a cabeça no volante, te levaram para o hospital, onde você ficou desacordada por uma semana. - Algumas lágrimas escapam de seus olhos.

Me deu um aperto no coração vê-la assim, mesmo eu não tendo lembranças com ela sinto um enorme carinho pela Hinata.

- O importante é que eu estou bem, não acha? - A abraço - As memórias eu posso recuperar ou fazer novas, pra tudo a gente dá um jeito.

- Filha. 

- Oi? 

- Você não mudou nada. - Solto ela e vejo que está sorrindo.

- Vou confiar em você, já que ainda não me lembro das coisas. - A Hinata enchuga as próprias lágrimas.

- Agora sobre o casamento, você e o Inojin se amavam muito. Você veio toda feliz contar pra mim que ele tinha te pedido em casamento. Vocês estavam discutindo sobre onde fazer a festa quando... quando você perdeu a memória.

-Esse casamento ainda vai acontecer? 

- Não sei, mas já pagamos muitas coisas e já entregamos os convites. Temos que ver isso com a Ino o Sai e o Inojin, se eles querem cancelar o casamento.

Antes de eu pensar em qualquer coisa ou entrar em desespero, o meu pai entra no quarto e fala:

- A janta já está na mesa, estão todos esperando por vocês. 

- Vamos então filha? 

- Sim. - Nos levantamos e fomos para a sala de jantar, onde tive que me sentar do lado do meu "noivo".

(...)

O jantar foi tranquilo. Enquanto todos falavam, eu permaneci em silêncio comendo e ouvindo a conversa dos outros. Me senti ser observada mas ignorei, estava ocupada apreciando a maravilhosa comida.

Algumas pessoas foram embora, quase todas na verdade. Só ficaram eu, Boruto, Naruto, Hinata, Ino, Sai e Inojin.

- Então, o casamento ainda está de pé? – Minha mãe, Hinata, perguntou.

- Eu que iria perguntar isso. – Ino respondeu.

- A Hima perdeu a memória, não seria melhor adiar ou até mesmo cancelar o casamento? - Boruto sugere.

O homem que supostamente era o pai do meu noivo, Sai, cruzou os braços parecendo incomodado com a sugestão de meu irmão.

- Já gastamos muito dinheiro, sem contar todos que convidamos. Cancelar e adiar não são uma opção.

Depois de ouvir aquele comentário, não pude apenas continuar escutando. Indignada, protestei:

- Eu vou ter que me casar com alguém que nem conheço?

- Bem filha, você vai ter sessenta dias para se acostumar com a ideia. - Naruto interviu numa tentativa de me acalmar.

Oi? Como alguém pode achar normal isso? Eu perdi a memória e eles querem que eu me case com alguém que eu não sabia nem que era meu noivo?


Notas Finais


Fiquei muito feliz com os comentários do último capítulo.

Obrigada por ler até aqui. ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...