História 7 companheiros de sela - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangatan Boys (bts), Policial
Exibições 19
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Sozinhos na sela


Não sei mais o que esperar aqui...

Eu e Yoongi passamos a oite toda conversando, botando as fofocas em dia. Admito... fiquei com um certo ciuminho quando ele disse que pegou a Paola, a Mallena e a Tylla...

De manha a Tamires passou acordando geral e adivinha? Batendo panelas:

- ACORDA CAMBADA!

- EU VO TE MATA JUNGKOOK! - Marina desceu da sua cama e começou a bater nele.

- Tamires, assim, namoralzinho, você ta virando um Jin, em outras palavras, uma mãe! - Namjoon desceu de sua cama com o cabelo todo para cima, literalmente.

- Tamires, eu não to muito bem, ainda tenho uns doces, pode quebrar esse galho? - disse Yoongi.

- Tá, mas você não pode ficar sozinho então, vai que cê desmaia né?

- Tá, a Mayu fica, temos muita fofoca pra botar em dia ainda. - ele me olhou e deu um sorrisinho de lado.

- Okey, agora... LEVANTA HOSEOK! - hoseok estava escondido de baixo do lençol.

Todos sairam e me deixaram sozinha com Yoongi, desde os 7 anos não ficavamos sozinhos em mesmo ambiente.

- Por que tão longe? Vem mais perto. - obedeci e me deitei ao seu lado.

- É estranho....

- O que? Saber que eu era o Rato?

- É... Mas... Me fala ai, como conseguiu namorar a Paola? A Mallena e a Tylla até da pra entender, mas a Paola?

- Não sei também... E você ficou com alguém?

- Não. Sou estranha demais para o mundo.

- Não. Acho que o mundo que é politicamente correto demais para você.

- Não... Até que eu ainda sou politicamente correta, você que não é, pelo menos não era.

- Quer perder essa sua parte politicamente correta?

- Como?

- Assim. - ele se aproximou mais de mim e me puxou para cima dele, chegou seu rosto bem perto do meu e me beijou, um beijo lento, doce e cheio de gosto. Ficamos nesse por um tempo até nos separarmos porque respirar também é bom sabe?

Mas logo depois ele me deu outro beijo, mais selvagem. Por impulso comecei a tentar tirar sua camiseta mas ele não parou de me beijar para que a camiseta saisse.

Depois ele me puxou para baixo o fazendo ficar por cima, ele se sentou em cima de mim e tirou a camiseta, mesmo sem ter muito abs, o pouco já bastava.

Ele começou a beijar e der lever mordidas e chupões em meu pescoço me fazendo suspirar.

- Para, e se eles chegarem?

- Calma Mayu, já sei, vem comigo.

Yoogi pegou minha mão e me levou até a parede, ele passou a mão em cima de um tijolo e a parede abriu.

- Ouxe, tô me sentindo em um filme agora.

- Logico, e depois quero que me diga que filme vai ser.

Ele me puxou para dentro e logo a parede se fechou, era como um quartinho, tinha um colchão, comida e outras coisas.

Eu olhei em volta. Depois o empurrei o fazendo cair no colchão.

- Então... Acho que nesse jogo, eu sou a player 1.

Me sentei em seu colo e comecei a rebolar, ele suspirava. Ele segurava minha cintura e logo tirou minha camiseta deixando meu sutiã a mostra. Eu cobri meus seios, tinha uma cicatriz horrivel e não queria que ele visse. Ele riu e me colocou por baixo, ele desceu os beijos da minha boca para o pescoço, depois para os peitos, ele me olhou como se pedisse permissão, depois retirou meu sutiã e atacou meus seios. Eu respirava alto, mas de um jeito que ainda dava para ser escondido.

Depois de brincar com a parte de cima e desceu seus beijos por minha barriga e chegou ao quadril, sem aviso retirou minha calça e começou a dar beijos em minha intimidade ainda coberta pela calcinha.

Ele logo retirou-a e sem aviso enfiou a lingua em mim me fazendo gemer um pouco mais alto.

Yoongi tirou sua lingua de mim e be deu um beijo muito mais selvagem do que o anterior me fazendo sentir meu proprio gosto.

- O que foi? Algum problema Mayu?

- Isso tá injusto. - retirei sua calça deixando ele só com sua box preta.

Ele me ajoelhou a sua frente e me lançou um olhar safado. Retirei sua box e vi seu membro saltar para fora. O coloquei na boca, Yoongi jogou sua cabeça para trás de prazer, ele segurou minha cabeça para me alciliar no movimento de vai e vem.

Fiquei nessa até que ele chegou ao apice. Depois ele me jogou no colchão e se arrumou entre minhas pernas. Ele me penetrou devagar me fazendo gemer mais alto.

Logo começou as estocadas, cada vez mais rapidas. Nossas respirações se misturavão entre os beijos. Depois de varias estocadas, nós dois chegamos ao apice. Suga se retirou de mim e com dificuldade colocamos nossas roupas e saimos do quartinho, os outros  não haviam chegado ainda.

Nos deitamos em minha cama e ficamos ali, abraçados e tentando recuperar o folego. Adormecemos.


Notas Finais


Desculpa se não tiver ficado bom, é o primeiro desse tipo que eu faço...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...