História 7 Pecados Capitais - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Larry, Lilo, Lirry, Narry, Nouis, Zarry, Ziall, Ziam, Zianourry, Zouis
Exibições 253
Palavras 1.797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


I'M BACK BITCHES!!!!

Capítulo 28 - Twenty sevan


O caminho até a mansão king foi silencioso, porém a tensão no ar era palpável, Louis parecia um gatinho encolhido, fazendo o máximo para não chamar atenção, porém todos nós só pensávamos em uma coisa: como torturar o Tomlinson.

Quando chegamos a mansão tudo parecia tranquilo, agarrei o braço do castanho para ter certeza que ele não sairia do meu lado, subimos as escadas e ao passar pela porta do quarto de minha mãe verifiquei se ela já tinha chegado e felizmente não. Seguimos até o nosso quarto e sem pestanejar abri a porta e joguei o maior na cama.

- Eu vou te dar trinta segundos para explicar o que aconteceu. - meus olhos transbordavam fúria, eu só queria matar aquele filho da puta.

- Niall, por favor. - gemeu em piedade.

- Tic toc Louis, seu tempo está acabando.

Ao mesmo tempo que os meninos olhavam enfurecidos para Louis eles tinham uma leve surpresa no olhar, me ver agindo daquele jeito parecia ser um choque para eles assim como era para mim.

- Eu estava bêbado ok? Eu não fiz por querer. Eu estava afim de fuder, só isso. - o outro falou em desdém.

- Só isso?! - gritei - e por acaso você não podia me procurar para enfiar a porra do seu pau!

- Ele foi o primeiro que eu vi, me desculpem. Foi um deslize eu estava drogado demais. - seus olhos transbordavam piedade o que chegava a ser engraçado. Eu sabia o que aquele homem era capaz de fazer e pensar que naquele momento ele não passava de uma criancinha assustava inflava meu ego. 

Os papéis foram trocados e agora eu era o Daddy e por mais que eu gostasse de ser submisso a eles, não poderia mentir que aquela situação me agradava.

- Louis por que você não consegue segurar esse seu pinto dentro das calças? - Harry bufou atras de mim.

- Desculpe baby, eu não queria magoar vocês. 

- Mas magoou. - Zayn falou enquanto tinha os braços de Liam em volta de si.

Eu podia ver a mágoa estampada nos rostos dos três, eles esperavam a traição de qualquer um, menos de um de nós.

- Por favor me perdoem! - nesse momento o mais velho estava ajoelhado na cama enquanto suas palmas se encontravam juntas - eu faço o que for preciso, eu me arrependo tanto!

- Que merda Louis, por que você sempre faz essas coisas?! - Liam gritou.

- Eu não sei, me desculpem eu prometo não fazer mais isso.

E antees que qualquer um pudesse responder minha mão foi de encontro à face dele. O susto foi geral, todos olhavam para mim com os olhos arregalados.

- Você... - Louis disse em um fio de voz enquanto a destra estava apoiada em sua face.

- Vira. - ordenei.

- O que?

- Vira, agora. 

Ele se virou ficando de bruços na cama. Olhei para os meninos que me olhavam confusos até Harry esboçar um pequeno sorriso.

- Eu vou pegar. - falou saindo do quarto. 
Liam e Zayn me olhavam sem saber o que fazer. Harry voltou para o quarto com uma caixa de madeira na mão e me entregou e sentando no sofá que ficava de frente para a cama.

- O que você vai... - Liam começou.

- Relaxem, hoje teremos um showzinho. - então os dois olharam para caixa e para um Louis reclamão ainda de bruços na cama e finalmente soltaram sorrisos maliciosos se sentando ao lado de Harry.

- Então Louis, você sabe por que está apanhando? - perguntei enquanto tirava um chicote de couro marrom e possua três tiras na ponta de dentro da caixa 

- Sim, mas só para ser claro eu acho isso uma hipocrisia já que você também já beijou outra pessoa.

- Resposta errada Lou. - falei puxando sua calça e cueca de uma vez e dando uma chicotada em sua nádega direita, o que resultou em um grito de sua parte. - Mas você tem razão. Eu fui um menino mal Lou, e recebi meu castigo. - falei olhando para Harry por canto de olho e o safado soltou uma risadinha.-  Sabe por que? - ele negou - Por que meninos maus merecem apanhar.

A bunda do castanho era redondinha e empinada, além da cor dourada como o resto de sua pele. 

- Eu vou ter bater e não quero ouvir nenhuma reclamação, entendeu? - ele não respondeu - Responda!

- Sim, entendi. 

Ouvi um "Esse é o meu garoto!" do cacheado atras de mim o que me fez rir.

Dei a primeira chicotada e vi Louis se contorcendo, as seguintes vinham com algumas lufadas de ar de sua parte e pude o ver mordendo o lençol enquanto tentava não gritar, suas costas se erguiam cada vez que o couro tocava sua pele. Depois de algumas parei e pude notar a sua bunda avermelhada. Aquilo doeria por algum tempo assim como a minha doeu.

Terminei de tirar sua calça que estava presa em seus tornozelos, o virei sentado de frente a mim e ele reclamou que sua bunda doia.

- Então baby, aprendeu a lição? -  ele assentiu enquanto tinha um bico em seus lábios - Não seja um babe malvado e venha dar um beijo em mim. 

Seus olhos estavam marejados e um biquinho em seus lábios parecia maior, mas sem um pingo de resistência ele veio até mim começando um beijo calmo. Ao nos separarmos podia ver seus olhos se dirigindo aos três atras de mim, eles estavam vidrados em nos.

- Agora seja um bom garoto e deixe seu Daddy te foder, hum? 

Seus olhos arregalaram logo se derretendo em malícia e pude ouvir os suspiros vindo dos três homem.

Sem cerimônia empurro o castanho para trás e me deito sobre ele atacando seus lábios, minha mãos percorriam todo o seu corpo e assim que apertei sua bunda ele gemeu de dor o que me fez rir.

- Você está se tornando um verdadeiro filho da puta Horan. - sussurrou no meu ouvido.

- Eu venho aprendendo com os melhores.

Tirei minha calça e o puxei até que estivesse sentado em meu colo, sua testa estava suada e seus olhos azuis esbanjavam um brilho diferente, nesse momento eu podia ver um Louis mais doce é totalmente entregue.

- Niall, eu não sei se quero fazer isso. Minha bunda tá doendo. - choramingou.

- Bem... - falei passando a mão por sua bochecha, sentindo sua barba rala arranjar meus dedos - você não tem que querer, eu estou te punindo babe. Então trate de sentar em mim, agora.

Seus olhos ase estreitaram e pude ouvir um "Você vai se arrepender Horan", mas não liguei. Ele posicionou meu pênis e sua entrada de aos pouco foi sentando. Sua bunda engolia toda a minha extensão e alguns segundos depois eu já estava totalmente dentro dele, porém antes que eu pudesse fazer qualquer movimento senti uma boca na minha nuca, Zayn.  

Suas mãos tocavam qualquer parte exposta do meu corpo e logo tratou de tirar a minha blusa, sua boca percorria desde a minha mandíbula até meus ombros, seus movimentos faziam com que eu fosse do céu ao inferno em instantes. Já Liam e Harry estavam literalmente tentando tirar um pedaço do Louis, suas bocas mordiam os lábios, ombros, pescoço, tudo que estivesse ao alçasse de seus dentes e isso fazia o menor gemer em uma mistura de dor e prazer. Eu sabia que aquilo era uma punição.

Segurei a cintura do castanho e puxei ele levemente para cime, ele pareceu entender o recado e começou a se movimentar lentamente em cima de mim, os garotos não desgrudavam suas bocas de nós  e Louis subia e descia cada vez mais alto, nossos gemidos eram misturados e ecoados pelo quarto, ele não parecia mais ligar se sua bunda estava machucada, ele descia tão forte que fazia minhas pernas ficarem bambas. E em uma última sentada nós gozamos. Seu corpo caiu em cima de mim mole e eu apenas me apoiei nele.

- Não pensem que acabou. - Harry falou enquanto puxava Louis para longe de mim.

- Aí meu Deus, tenha piedade de mim - o castanho gemeu enquanto Harry subia em cima dele junto com Liam. Não demorou muito para que os três estivessem se pegando ferozmente.

- Acho que sobrou eu e você. - Zayn disse enquanto se ajeitava sobre meu colo.

- Eu estou exausto Z, além de estar puto com aquele bundudo filho da puta.

- Eu sei, estou com vontade de atirar no meio da cabeça dele agora mesmo, mas você não precisa fazer nada, só se deite.

O obedeci e logo depois ele se deitou em cima de mim. Nos beijávamos intensamente, sua mão foi até minha nádega e um de seus dedos escorregou até minha entrada, gemi em aprovação enquanto me contorcia em baixo dele é um novo dedo foi introduzido, ele fazia movimentos de vai e vem, minha visão estava turva pelo prazer e minhas costas arqueadas enquanto eu procurava por mais contato.

- Vira.

Me virei e ele puxou meu quadril para cima fazendo com que minha cara ficasse enterrada no edredom e com a visão perfeita de Harry e Liam penetrando Louis.

Em um movimento só Zayn me penetrou e soltei um grito fazendo mais velho de nós me olhar e soltar um sorrisinho de satisfação, filho da puta! 

As entocadas de Zayn ficavam cada vez mais fortes e profundas, suas mãos agarravam meu cabelo me fazendo ficar curvado. E depois de mais algumas entocadas eu me desmanchei e não demorou muito para ele vir.

Meu corpo estava estirado na cama na mesma posição a cinco minutos.  Os garotos já estavam deitados e só pude sentir o Liam me puxando para cima e me colocando em seu peito.

- Quem diria que você pode ser bem mandão quando quer pequeno. - o moreno disse enquanto acariciava meus cabelos.

- Nem eu sabia disso. - ri.

- Então agora você vai querer só foder né? - Harry falou em deboche.

- Na verdade eu goste que vocês sejam meus Daddy, eu gosto de ser fodido por vocês.

- Porra Niall, você tem que parar de falar essas coisas. Assim eu não aguento. - Zayn disse apertando seu membro.

- Mas só para deixar claro eu não me importo de você seja o Daddy novamente. - Lou falou fazendo todos rirem, porém eu corei.

- Ah, e aliás, deixe eu te pegar ficando com alguém novamente e eu vou ter castrar Tomlinson.

- Eu nunca mais vou fazer isso, eu prometo. 

- Acho bom. - Harry falou beijando o topo de sua cabeça.

É, aquele era um dia perfeito na mansão king, ou quase perfeito.


Notas Finais


Como quem é vivo sempre aparece estou aqui.
Vou pedir dois favores: 1- me digam o q vcs acham q deve melhorar no meu Lemon. Pf quero melhorar ele pra vcs

2- me falem o que vocês querem ver nos próximos capítulos ok?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...