História 9 In My Life - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Personagens Originais
Tags Exo Romance Hentai Drama
Visualizações 75
Palavras 794
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e tenham uma boa leitura...

Capítulo 12 - Sem Ideia para Título


Fanfic / Fanfiction 9 In My Life - Capítulo 12 - Sem Ideia para Título

Capítulo 12 – “Sem Ideia para o Título”

POV Baekhyun

    Fico ali a beijando, até que sinto a mesma me empurrar.

- O que houve? – Digo tentando me aproximar dela, mas ela recua – Fiz algo errado?

- Oppa, nós não podemos fazer isso – Disse ela, parecia estar arrependida – Nós somos irmãos.

- Mas não de sangue – Disse a olhando triste. Mas entendia o seu lado, eu fui precipitado ao dar o beijo nela. Pego em sua mão e a levo carinhosamente até em casa, o caminho foi de total silêncio.

  Quando chegamos em casa, puxo (S/N) para perto de mim e lhe dou um beijo na bochecha. Foi atrevimento da minha parte? Foi, mas eu amei ter beijado a maknae antes dos outros.

- Maknae, não conte a ninguém que eu lhe dei um beijo, por favor – Digo meio que a suplicando. Ela concorda com a cabeça e seguiu para o seu quarto, sem falar comigo.

Sigo para o meu quarto, quando eu entro encontro Sehun deitado na minha cama, mexendo no celular.

- O que você está fazendo aqui? – Digo olhando o mesmo, que me olha de “rabo de olho”

- Aonde você foi com a (S/N), Baekhyun? -  Disse Sehun, se levantando e ficando na minha frente, me enfrentando. Agora eu entendo Suho quando dizia ficar irado com a arrogância de Sehun.

- Primeiro, você vai me tratar com mais respeito – Digo apontando o dedo em sua face – E segundo, aonde fui com a “pequena” não é do seu respeito – Sim, coloquei um apelido nela.

- AONDE VOCÊ FOI COM A (S/N), BAEKHYUN? – Disse Sehun, levantando a voz para mim.

Eu rio da sua arrogância, pego Sehun pelo braço e o coloco para fora do meu quarto. Sehun começa a socar a minha porta, mas depois de um tempo (E pelos gritos de Lay para que Sehun parasse) Sehun vai para o seu quarto.

 Deito em minha cama e fico pensando nos lábios carnudos da “pequena”, com isso eu acabo dormindo.

POV (S/N)

  O que Baekhyun fez foi uma verdadeira loucura, nós somos irmãos. Ele não devia ter me beijado. Mas os lábios de Baekhyun são tão macios e quentes... OPA! Pare já com isso (S/N), vocês são irmãos. De sangue ou não, são irmãos.

  Estava deitada, quase dormindo, até ouvir um murro vindo de minha porta. Abro a mesma, vendo Sehun com um olhar de ódio. Ele me empurra, para se adentrar no meu quarto.

- AONDE VOCÊ FOI COM BAEKHYUN? – Disse Sehun agarrando o meu braço, fazendo o mesmo me machucar.

- Sehun, você está me machucando – Digo gemendo de dor – Me solta!

- Aonde você foi com o Baekhyun? RESPONDE – Disse Sehun me apertando mais forte ainda.

- Aonde eu fui com o Baekhyun não é do seu interesse – Digo sendo rude com o mesmo, que solta o meu braço – Vai atrás da Jennie, vá.

- Então é isso? Você está com ciúmes da Jennie? – Disse Sehun rindo. – Também, a Jennie é uma mulher, você é uma criança ainda. – Disse, jogando na minha cara o que ele e Jennie fizeram.

- Se ser mulher é ser vulgar, prefiro ser criança mesmo – Digo fazendo o mesmo perder o seu sorriso – Agora, saía do meu quarto – Digo abrindo a porta, fazendo com que o mesmo atravessa se a porta. Mas antes, Sehun impede que eu feche a porta, dizendo algo que eu nunca imaginei que ele disse se

- Você é ridícula. Você nunca vai chegar aos pés da Jennie, nunca vai ter a sensação de ter alguém em seu lado, pois ninguém vai querer  ficar perto de uma esquisita infantil, que nem você. Boa noite, “pequena” – Disse fechando a porta, fazendo com que eu me derramasse em lágrimas. O que Sehun disse foi humilhante, outra vez estava me sentindo um lixo.

No dia seguinte...

Acordei um uma dor de cabeça enorme, mudei de roupa e tratei de passar maquiagem para que ninguém visse as minhas olheiras. Desci para a cozinha, todos estavam sentados na mesa, esperando o café da manhã. Dei um boa dia para todos, peguei uma maça na geladeira e me dirigi para a porta de entrada, mas fui barrada por Lay

- Maknae, você não vai tomar café? – Disse ele com um olhar de sono. Sorrio ao ver assim, parece um bebezinho.

- Não oppa, obrigada. – Digo indo novamente em direção a porta – Vou mais cedo pra escola hoje, até mais tarde – Digo saindo mais rápido possível, não queria ficar perto de Sehun depois de tudo o que ele me falou.

 Estava caminhando até que ouço uma buzina, olho e vejo um lindo carro preto, parecia ser bem caro. Fico parada por um tempo, até que a pessoa abre a janela do carro e consigo ver quem é...

 


Notas Finais


Quem será que é ein?
Por favor, deixem seus comentários sobre a fic.
Até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...