História 9 minutos de Exo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Exo Planet, Fanfic, Kaisoo, Nove Minutos De Exo, Planetas
Visualizações 17
Palavras 1.287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Super Power, Violência
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ai, meu deus! Desculpe por demorar TANTO!
Mas logo avisando para se acostumarem porque sou cheia de trabalho :(
Maaas, nada pode me impedir, certo!?
Espero que gostem desse cap...ah! E...estou livre para responder qualquer pergunta! Desde que não seja uma de spoiler, podem pergunta qualquer coisa, do tipo...coisas sobre os planetas deles, etc etc.
Eu tive que pensar muito nisso, parecia que minha cabeça ia explodir á qualquer momento! É muita teoria e tudo para se encaixar perfeitinho!! :(
Então...vão lá...perguntem alguma coisa relacionada á Fanfic! :)

Capítulo 5 - Missões.


Fanfic / Fanfiction 9 minutos de Exo - Capítulo 5 - Missões.


- Baekhyun, nós amamos você! - disse Chanyeol, abraçando-o mais forte.
Um sorriso fraco surgiu no seu rosto. Mas não durou muito, ele estava mais frágil, olhou para todos, e viu que não era só ele. 


Há pessoas más, e há pessoas boas, dá para identificar cada uma delas, mas e se o mau e o bom se juntaram? E se essa pessoa não é pura? Ela é mau ou boa?
Isso aconteceu com os seres de Exoplanet, eles sempre ficavam tirando sarro dos que não tinham poderes comuns, eles eram estranhos, e viviam nas sombras. Essas pessoas eram boas, mas na visão dos outros, eram más.
Não deu para saber. E justamente por causa deles, viraram mal.
Com seus poderes, fizeram coisa que nem sabiam que eram capaz de fazer, mas graças á sua raiva, foi capaz. 
Os seres imploravam para viver, mas era tarde demais. Eles fizeram isso consigo mesmo. E agora estavam provando do próprio veneno. Que pena, tudo poderia ser diferente, mas como dizem? Ah, é, a raiva mata.
E aqueles olhos laranjas... - pensou Baekhyun, pensativo.
Ele sacudiu a cabeça, é melhor deixar para lá, deve ter sido só sua imaginação, mas não queria sair da mente, parecia tão real, parecia um dos que foram do mal e destruíram seu planeta. 
Mas esses olhos são tão parecidos aos do Chan. 
Esses poderes eram muito poderosos, e todos sabiam, mas não sabiam que sua própria espécie usaria contra eles mesmo. Será que todos morreram? Ou alguns sobreviveram ao ataque? Se sim, como? 

Sua cabeça está tão focada e pensativa que parece que vai explodir, ele não conseguiu juntar os outros pedaços que faltava do enigma, parecia uma missão impossível. Mas era tão simples. 
Simples...
...
- Hey, você estão prontos? Não podemos esperar mais, eu estou sentindo que meus batimentos cardíacos podem para á qualquer momento... - chamou Kai, se sentindo mal.
Todos assentiram, receosos do que iria acontecer.
Os nove deram as mãos, e fecharam os olhos. Kai suspirou bem alto, como se fosse seu último suspiro, e fechou os olhos também. Sua mão tremia tanto que parecia que estava em choque. 
Sentiu um pingo de suor escorrendo pela sua testa e caindo no pescoço.
Ele estava com medo de que não funcionasse, e que ele seria o culpado da morte de todos, mas e se fosse pior? E se só ele poderia ir para a Terra e os outros fossem deixado? Ele não suportaria a culpa.
Jongin engoliu em seco, e decidiu ignorar seus pensamentos que diziam para ele não fazer isso. 
Ele respirou lentamente, e sentiu todo seu ser congelar, e naquela hora soube que só tinha nove minutos, e morreriam...
Ele podia jurar que um barulho de relógio tocava no seu cérebro.
Mas continuou...tudo o que houve foram seu coração batendo, ele não ouviu mais nada. Ele não sabia se tinha conseguido, seus olhos estavam fechados fortemente, ele ficou com medo de que, se abrisse, sua visão iria mostrar que ainda estavam nos seus planetas. 
Suas pernas tremiam tanto que quase caiu, ele sentiu o calor das mãos dos outros, e naquela hora deu um sorriso. Estava funcionando então?!
Ele rezava que fosse sim.
...
Na hora que tudo atingiu exoplanet e tudo ficou completamente escuro, como as ruas ficam sem a luz do poste, algo, porém, iluminou eles de volta. 
E foi ninguém mais do que Baekhyun, apesar de ainda estar no berço, choramingando, ele tinha consciência e sabia que algo muito errado estava acontecendo. 
Ele cresceu mais graças á seu poder, e quando se deu de conta, estava caminhando, com meros seis anos. Era algo incrível e fascinante!
Depois outros poderes interviram, era fogo, água, gelo...tudo se misturou, e claro, graças á isso, eles puderam sobreviver. Apesar de soar estranho e inexplicável.
O planeta rachou, e então se dividiu em grandes nove pedaços, como um copo de vidro estilhaçado. 
Cada um foi para seu lugar, e de acordo com seus poderes, seu planeta ficou, ora quente, ora frio, ora cheio de plantas. 
Eles estavam triste, apesar de não saber exatamente por quê, era como se algo deles estivesse sido arrancado deles brutalmente. 
O que eles não sabiam, era que graças á eles, os outros considerados os responsáveis pelo seu planeta ter quebrado, estavam vivos, estavam distante, mas estavam respirando. E estavam com muita, muita raiva.
Por quê? Porque seu plano de matar todos tinha dado errado, e agora só nove sobreviveram, e eram até mais poderosos. 
Eles cresceram sossegados, com luz do sol e companhia, e ficaram juntos, formando uma família novamente, porque juntos, são invencíveis, e o amor deles é inquebrável. E como os outros não podiam fazer nada á respeito, decidiram acabar logo com isso, por usar o sol contra eles.
Mas aconteceu só depois de anos, talvez milênio, mas aqui estão eles, juntos de novo, com um plano louco, mas era um plano. E sabiam que não podiam morrer, eles tinham destinos preciosos, e não vai ser destruído novamente...sem desdenhas.
Parece meio doido, mas os que destruíram o exoplanet, ficaram também doente, sem vida. 
Talvez porque eles estavam fora do alcance da luz que os mantém vivos. Seus poderes enfraqueceram e por causa disso foi impossível usar seus poderes para fazer outro mal, o que é bom de uma certa forma.
Mas eles tinham novos planos...sua promessa foi matar todos os seres de Exoplanet, e não vão descansar em paz, mesmo mortos, sabendo que nove sobreviveram.
...
Jongin abriu os olhos, e seus olhos, antes verde, ficaram de uma cor castanha, assim como os outros.
Eles olharam para as próprias mãos, felizes por ainda estarem inteiros. 
E quando olharam á sua volta, todos sorriam e pularam de alegria!
Eles chegaram, estavam no Planeta Terra! Nada podia ser mais ótimo que isso!
- Ah, meu deus! Nós...conseguimos! - exclamou Baekhun, não acreditando nos seus olhos.
- AAAAAAAAAAAHHHHHHHH! - gritou Chen de felicidade, como um louco.
Eles foram curados rapidamente, graças á luz do sol que agora estava perto da Terra, mas não tão perto a ponto de bater, isso já era algo maravilhoso.
- Nossa! - disse D.o, arregalando seus olhos, seus lábios formando um coração quando sorriu.
Todos se abraçaram, contentes. Estavam tão distraídos gritando de felicidade que não perceberam que, bem longe, pares de olhos furiosos os encaravam...
- Ok, chegamos, mas e agora? - perguntou Lay, olhando para o céu azul.
- Bom...a gente tem que...eerr... - disse Chanyeol, paralisado.
Baekhyun olhou para ele, mas ficou surpreso por não encontrar mais aqueles olhos perturbadores.
- Chanyeol, você agora está com olhos castanhos, sabia? - falou ele, sorrindo.
- É? Mas como isso aconteceu? - ele perguntou, surpreso.
- Não sei, mas eu prefiro assim. - Baek disse dando umas piscadinhas.
Todos riram, apesar de isso não ter sido uma piada, não importa, eles conseguiram, e só isso importava.
- Eu sabia que você conseguiria! - sorriu D.o para Kai.
- É claro, sou um herói. - riu ele.
Suho ficou fazendo uma dança bem esquisita, mas logo parou de sorrir e falou.
- Gente! Nós temos que fazer algo agora já que conseguimos, e graças ao Kai! Mas se não perceberam, temos uma vida real aqui...
Todos ficaram pensativos, estavam tão distraídos em sobreviver que não pensaram na outra parte.
Suho tinha razão, era hora de visitar para verem onde estão, e o mais importante: O que irão fazer. 
Era muita coisa para decidir!
Mas, hey, nada é impossível, certo?
- Agora que nós estamos aqui, que tal fazer perguntas aos humanos? - sugeriu Xiumin, fazendo bico.
- Humanos, não, pessoas! - corrigiu Lay, com medo de os humanos estarem os escutando e acharem que são doidos.
Todos caíram na gargalhada..tão felizes...
 


Notas Finais


Deu para ver que eu estava meio nóiada escrevendo, não se preocupem!
Co-men-tem!!! Não me deixem no vácuo, please!!! :)
Aceito críticas! ( Eu acho )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...