História 91 Days - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, V
Tags Abo, Jikook, Jimin Ômega, Jungkook Alfa, Namjin, Taeyoonseok, Vhope, Vmin, Yoonseok
Exibições 833
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo quatro


As bochechas gordas de Jimin ganharam um tom rosado ao ouvir as palavras barra cantada do moreno. Jungkook sorriu ao ver o que causava no menor só com umas simples palavras, sorriu pegando a mão dele fazendo o mesmo acordar do transe. Jimin segurou firmemente a caneta e o caderninho encarando o alfa nos olhos, viu ele por sua bolsa escolar na mesa e de lá tirar o trabalho de ambos. Entendo o que o alfa foi fazer alí, murmurou “quando eu terminar aqui faremos” e o outro assentiu, entretando quando o menor afastou-se Jeon o chamou novamente.

– Hey! Onde vai? Eu nem fiz meu pedido. – Jimin voltou e esperou que o mesmo voltasse a falar. O que não tardou – Eu quero um Cappuccino. – Disse e Jimin anotou no caderninho.

– Ok. Já já trarei seu pedido, Sr. Jeon. – o ruivo se afastou e entregou o pedido a Yoon e fora atender as outras pessoas.

O pedido de Jungkook não fora levado pelo ruivo e sim por Yoon, o que lhe deixou triste. Enquanto se deliciava do seu Cappuccino observava o ruivo correr de um lado para o outro. Ele não se cansa não? – Perguntou para se mesmo.

O moreno sorriu abobado vendo que mesmo cansado e correndo de um lado para o outro, Jimin sorria para todos clientes, ele parecia ser querido e amado por todos alí. Qualquer um se apaixonaria por ele... Só de pensar nisso Jungkook sentia seu coração apertar, não queria perder o ômega para ninguém nem mesmo para seu irmão,Taehyung.

Aos poucos as pessoas estavam indo embora facilitando para Jimin ir fazer o trabalho com Jungkook. O mesmo fora até a mesa que Jeon estava e sentou-se ao lado dele. Pondo suas coisa na mesa, Jimin e Jungkook iniciaram o trabalho, separavam as provas por turma e matéria.

Cansado, o Park deitou a cabeça na mesa olhando para Jungkook que estava distraindo com os papeis, permitiu-se dormir com aquela imagem linda que era o alfa. Jungkook até então não havia notado que o pequeno havia adormecido, todavia não tardou para virar o rosto e encontrar o ruivo dormindo tranquilamente; Pegou seu celular rapidamente e após desbloquear-lo ligou a câmera que tirará várias fotos do ômega dorminhoco.

Pegou a bolsa do menor e tateou procurando o celular do mesmo, mandando uma mensagem para mãe dele avisando que o mesmo dormiria na casa de um amigo e a mulher apenas pediu para que voltasse cedo no outro dia. Jungkook ligou para seu motorista e deu o endereço para que ele fosse lhe buscar, juntou todas a provas que faltava separa-las por ordem e as guardou em sua mochila, pegou a mesma e a de Jimin e pois nas costas; Pegou Jimin no colo estilo noiva e o levou para fora do estabelecimento, não tardou para que seu motorista brotasse alí o ajudasse colocar o ômega no carro.

O caminho todo Jeon sentia-se calmo e abobado vendo o ômega dormindo no seu colo. Quando o chegou na mansão, Jungkook saiu do mesmo com Jimin novamente em seu colo, entrando pela porta dos fundos para que ninguém percebesse tanto sua presença como a de Jimin. Subiu as escada tropeçando nos próprios pés, seguiu para seu quarto e colocou o menor sobre a cama arrumada e fofa; Trancou a porta guardando a sua mochila e a do ruivo, pegou um calça moletom no guarda-roupa e fora tomar um banho. Ao voltar para o quarto após banhar-se, deitou-se ao lado do ômega que ainda dormia tranquilamente, presumiu que estava o mesmo estava cansado demais.

                                                                                                          *



Jeon acordou com as batidas na porta e em seguida ouviu a voz do seu pai dizendo-lhe para não se atrasar para escola, murmurou apenas um “tudo bem” rezando para que ele fosse embora logo e não percebesse o cheiro do ômega ou que Jimin acordasse naquele momento. Ouviu os passos de seus pais se afastar de seu quarto e logo admirou o rostinho amassado. Jimin resmungou se mexendo na cama abrindo os olhos lentamente e logo os arregalar ao notar que não estava em sua casa ou na cafeteria onde estava com Jungkook, e ao ver esse ser na sua frente afastou-se bruscamente indo direto ao chão, olhou para cima vendo o alfa lhe encarar com um sorriso.

– O-Onde e-estou? – Gaguejou. Imaginava que - como não conhecia totalmente Jungkook – o alfa havia lhe raptado.

– Na minha casa, oras! – Jungkook riria porém viu o menor amedrontado. Aproximou-se dele que afastou-se minimamente – Calma Jimin eu não irei lhe machucar. Apenas lhe trouxe pra cá porque você dormiu enquanto fazíamos o trabalho e como não sabia onde morava, te trouxe pra cá.

Assim que o ômega ouviu as palavras do outro, entrou em desespero.

– Meu Deus! Minha mãe vai me matar! – Levantou-se e começou andar de um lado para o outro pensando nas piores coisas que sua iria fazer consigo – Vou ficar de castigo pelo resto da minha vida ou melhor ela vai-

– Ela não vai fazer nada tenha calma, pequeno.

– Como não? Eu dormir fora sem ao menos avisa-la.

– Eu a avisei. Não se preocupe.

– Você. O que? – O ômega falou pausadamente encarando Jungkook que pegou seu celular e lhe mostrou a mensagem – Você só pode está de brincadeira comigo. O ômega bufou jogando-se na cama e encarando o teto.

– Sabia que você é fica lindo e fofo quando está dormindo? – Jungkook deitou ao lado do menor enquanto fitava o rosto corado.

– V-Você f-ficou me olhando e-enquanto eu d-dormia? – Perguntou tímido com o olhar do alfa em si e isso piorou quando o viu afirmar.

– Sim! Bem... Eu passei quase a noite toda – Coçou a garganta – E você também tem um cheiro muito bom e-

Jungkook parou de falar assim que – novamente – ouviu batidas na porta de seu quarto e fora ver quem era, antes de abri a mesma olhou para Jimin que tinha se coberto todo dos pés a cabeça com o cobertor branco, riu baixinho e abriu a porta. A figura que virar a sua frente não fora tão agradável, dizia a mesma coisa Taehyung, em seu pensamentos ao ver o irmão com cara de tédio. Quando o alfa mais velho dos dois iria pronunciar-se sentiu o cheiro gostoso do ômega da escola, entrou no quarto sem a permissão do dono e foi até a cama puxando o cobertor.

O sorriso que Jimin tinha ao pensar que fora Jungkook que comentou tal ato com o cobertor, saiu de seus lábios ao ver a carranca de Taehyung para si. Não queria causar problemas ainda mais com os irmãos. Viu Jungkook fechar a porta e caminhar até si e lhe pedir para escovar os dentes ates de tomar café, mas sabia que ele só havia pedido aquilo para poder ficar só com o irmão, então entrou no banheiro do quarto fazendo-lhe o que ele pediu.

– O que ele está fazendo aqui? – Taehyung perguntou soltando o cobertor no chão.

– Isso não lhe interessa – Disse rude.

– Eu me lembro muito bem de lhe mandar ficar longe dele? – O alfa mais velho aproximou-se do outro.

– Eu não me lembro. – Brincou Jungkook.

– Então irei dizer novamente e espero que me ouça Jeon – Ficando de frente a frente com o mais novo, ditou irritado – Eu. Quero. Que. Fique. Longe. Dele.

– E se eu não quiser? Sabe que é feio correr atrás do ômega dos outros. – Taehyung iria avançar sobre o irmão quando uma voz delicada é ouvida pelos dois.

– Jungkook – Jimin chamou o alfa que virou-se para o menor que estava atrás de si – Onde estão minhas coisa? Você vai me levar em casa?

– Sim, mas você só sairá daqui depois que tomar seu café da manhã – Jimin bufou – Será que você pode sair? Eu quero me arrumar para ir pra escola e levar meu ômega pra casa. – Perguntou sorrindo mas ao passar perto do irmão foi empurrado pelo mesmo, o fazendo ir ao chão – Que merda pensa que está fazendo!

– Eu mandei você ficar longe do ômega, Jungkook! – Disse irônico.

Jeon se levantou e fora até o irmão ambos rosnaram fazendo o único ômega alí se encolher. O primeiro soco fora Jungkook que desferiu no rosto do irmão e assim atracaram entres o socos; Ambos só pararam ao ouvir o rosnar e o grito raivoso de seu pai.

– Que porra é essa que está acontecendo aqui? – O silencio tomou conta do quarto e um fungar fora ouvido pelos alfas – E quem é aquele ômega? – Perguntou irado ao ver o ômega encolhido na cama.


Notas Finais


Como expliquei na outra fic vou explicar aqui também...

Provávelmente eu só postarei aqui no final de dezembro ou só em janeiro mesmo, pois terei que fazer uma cirugia na segunda dia 29/11 e outra no dia 07/12 e a outra ainda não foi marcada, então ficará difícil de postar aqui. Espero que entendam :)

Então foi isso, espero que tenham gostado
Me desculpem pelos erros..
Até próximo capítulo
kisses ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...