História A Adaga do Demônio - IMAGINE BTS - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baile De Máscaras, Bangtan And You, Bangtan Boys, Bts, Castelo, Chegada, Drama, Etc, Hentai, Hoseok, House Of Cards, Imagine, Império, Incesto, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Magia, Mistério, Namjoon, Originais, Taehyung, Trio, Vizinhos, Você, Yoongi
Exibições 229
Palavras 2.807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteeeeiiiii
Boa Leitura
Espero que Gostem

Capítulo 16 - Sentir um Toque


Fanfic / Fanfiction A Adaga do Demônio - IMAGINE BTS - Capítulo 16 - Sentir um Toque


"Constantemente
Garoto, você brinca com minha mente como uma sinfonia
Não há como descrever o que você faz comigo
Você apenas faz comigo o que você faz
E eu sinto como se tivesse sido resgatada
Eu fui libertada
Estou hipnotizada por seu destino
Você é mágico, lírico, lindo
Você é
E quero que você saiba, baby
Eu, eu te amo como uma canção de amor"

POV _____ ON
Uma imensa dor de cabeça ? sim, foi como eu acordei. Não entendo isso, pois dormi como uma pedra. Cocei os olhos enquanto me sentava na cama, , senti algo agarrando minhas pernas e tirei o cobertor e vendo algo que não esperava, um garoto encolhido agarrado em minhas pernas, ele estava quentinho e seu rosto estava levemente ruborizado. 
"legal, o que eu faço ? preciso sair daqui imediatamente"- pensei tentando soltar minhas pernas do garoto , mas ele parecia querer continuar prendendo-as para não escapar.
- Jeon...- o chamei, senti sua mão começar a se soltar levemente e começar a subir um pouco assim pousando em minha coxa (com certeza corei) , tentei tirar sua mão dali , mas tentativa falha , ele deu um apertão e eu me constrangi.- JUNGKOOOK !!!- gritei e ele caiu da cama pelo susto.
- o que ? ja acordei - ele disse com os cabelos bagunçados , seu olhar estava confuso quando viu que não estava em seu quarto.
- o que esta fazendo aqui ?- perguntei de cabeça baixa tentando esconder que estava corada. 
- e-eu não sei - ele disse desviando o olhar .
- voce não se lembra de nada ?- perguntei o olhando e ele corou muito e arregalou os olhos.
- desculpe desculpe desculpe, eu fiz alguma coisa ? eu juro que estava dormindo, desculpe - atropelou as palavras uma atras da outra, foi ate engraçado.- é que eu estava no chão e ai estava frio e então eu fiquei do outro lado da cama embaixo da coberta e devo ter pegado no sono e então.....
-  tudo bem....- não vou nem citar.
- ah e-eu vou para meu quarto então, tchau- ele se levantou para ir embora, fui engatinhando pela cama e peguei seu braço o parando.
- seja la como voce veio parar aqui, eu te agradeço por ter me feito companhia, eu estava tendo alguns pesadelos e depois me senti ate bem por não ter mais....- corei e olhei para sua mão, se ele não a soltou significava que ele não me odiava e por que eu deveria odia-lo também ? não sei o que a comigo, é como algo diferente, como se eu gostasse de te-lo por perto.- ....eu...obrigada Jeon....- disse o soltando e o olhei, ele estava com os olhos arregalados e a boca semiaberta, vi ele engolir seco e respirar fundo.
- eu...posso ficar mais se voce quiser....- por um momento meu coração se acelerou com suas palavras, talvez eu tenha as entendido errado. 
"Sim, JungKook, eu quero que fique, fique mais aqui comigo"- afastei esses pensamentos loucos. Não eu não quero isso.
- _____ ???- ele me chamou e o vi se aproximar e apoiar o joelho no colchão para ficarmos da mesma altura. Sua mão encostou em meu rosto tocando minha bochecha com o polegar e pude sentir sua respiração quente bater em meu rosto- ____....voce quer que eu fique ?- suas palavras sairam de uma maneira completamente diferente, sua voz estava rouca e é como se necessitasse de uma resposta.
- eu....não posso....a Hanna provavelmente esta te esperando la embaixo- disse tirando suas mãos de mim e me afastando , ele abaixou o olhar e pareceu decepcionado.- desculpe....
- imagine, eu quem me exautei , eu....não disse coisas com sentido- ele coçou a nuca e forçou um sorriso- eu só...ah ate mais tarde, ____, com licença- ele saiu do quarto rapidamente me deixando ali sem entender muito.  Eu não entendo ele, muito menos a mim mesma, ate ontem, disse que o odiava e hoje eu nem me importei por ele ter entrado em meu quarto no meio da noite e dormir na mesma cama que eu, e o pior...EU ESTAVA DESACORDADA !!! Sabe a gravidade disso ? e se ele fez alguma coisa comigo e eu nem senti ?? é melhor eu ir checar !!
POV _____ OFF
POV JUNGKOOK ON
Por que voce disse aquilo, seu idiota ? a garota vai te achar um babaca tarado !! 
- eu não estava em mim, merda- sussurrei para mim mesmo balançando a cabeça para afastar esses pensamentos. Onde eu estou com a cabeça ? eu ia mesmo tentar beijar a ____ ? não posso, não posso força-la se não será pior, ai que ela me odiaria mesmo. Mas, não consigo evitar, é mais forte que eu. Noite passada....ela estava dormindo tão serena e quentinha, e eu para o lado de fora, aquele chão frio sem contar que pelas chuvas do lado de fora estava ainda mais frio, e eu nem trouxe uma coberta ou coisa do tipo, o tecido fino também não ajudava muito na temperatura de meu corpo, eu podia acabar congelando ali. Resolvi me levantar para pelo menos me sentar em um canto da cama, pelo menos isso me ajudaria um pouco com o frio. - acho que cai no sono- disse olhando para baixo com um minusculo sorriso nos labios. Havia sido inusitadamente envergonhante , eu me encolhi embaixo das cobertas e ali fiquei, o calor dali estava perfeito, me aqueceu como nunca, mas ainda me envergonhava por estar tão perto de ____, a cama era tão pequena que não ajudava em manter uma certa distancia. Mas eu devo admitir que gostei ....
******* 
- Kookie- Hanna abriu a porta do meu quarto e pulou em cima da cama onde eu estava deitado descansando. - eih acorda, ja esta de tarde, não é hora para dormir- ela dizia pegando meu travesseiro.
- não estou dormindo, só descansando - respondi me virando para o outro lado. Pude ver sua perna pousar ao meu lado, ela me puxou me fazendo ficar deitado de costas e subiu em meu colo se sentando em minha barriga. - Hanna, o que pensa que esta fazendo ?- perguntei meio sem graça, ok ela me pegou de surpresa.
- não percebeu ainda ? estou terminando o que comecei aquele dia da floresta- ela aproximou o rosto e pude sentir sua respuração batendo em meu rosto , isso era desconfortavel demais.
- Hanna, saia de cima de mim, por favor- disse tentando tira-la, mas ela meo que grudou em mim não querendo sair.- Hanna, me larga - pedi novamente.
- não ! eu quero ficar aqui , ficar com voce , ainda não percebeu ? por que voce não me corresponde, eu pensei que gostasse de mim- ela dizia meio irritada , desviei o olhar- é por causa dela, não é ?-ela saiu de cima de mim e começou a pisar fortemente.
- Hanna , o que pensa que vai fazer ?- disse puxando seu braço e ela parou para me olhar.
- vou dar um jeito nessa garota- ela disse se soltando .
- não, eu não vou deixar - disse pegando sua cintura e a puxando devolta.
- hm, quer dizer que não vai deixar ? então voce gosta dela, Kookinho ?- ela disse se virando e passando a mão pelos meus ombros e descendo um poucos pelos meus braços.- se voce quiser, eu posso ate deixa-la em paz, mas terei condições- ela dizia agora com o rosto bem proximo ao meu. Eu devo admitir, ela era muito bonita, um corpo desejavel por qualquer pessoa, seus olhos azuis eram incrivelmente belos , e seus toques eram excitantes. Pena que eu não sou atraido por isso, ela não me atrai. Eu ja lhe repeti que somos apenas amigos, mas acho ela tão teimosa que não entende isso.
- o que voce quer, Hanna ?- disse tentando me afastar , mas ela me puxou pela camisa colando nossos corpos.
- eu quero voce, Jeon ....- ela disse provocante.
- Hanna, não....
- ou é isso ou terá a cabeça dela em uma estaca em frente ao seu quarto !!- ela se irritou e alterou sua voz , ela estava impaciente- então, o que será ? vai mesmo querer que eu faça isso com a ____ ??
- eu...- parei um tempo digerindo a situação. 
" Essa não é a minha Hanna....a minha melhor amiga....aquela em quem confiava"- pensei. Olhei para a mesma e ela estava de braços cruzados e sobrancelha arqueada esperando uma resposta. Suspirei, não acredito que estou tomando essa decisão.
- tudo bem, Hanna....- ela sorriu largamente e veio me abraçar mas afastei a mesma- mas me prometa que não encostara nenhum dedo na ____ - ela revirou os olhos- prometa, Hanna- ela suspirou longamente.
- ok, eu prometo - ela disse- agora somos namorados ?- vi o brilho em seus olhos, ela realmente esperava por isso ?
- não diria muito bem isso, Hanna, acho melhor esperarmos um pou....- ela ja havia selado nossos labios, eu não senti nada , estava sem reação, não quis prosseguir , muito menos corresponder ao seu beijo.
- é melhor tentar mais da proxima vez ou quer que eu tenha uma conversinha com a ____ ?- engoli em seco e a puxei pelos ombros aprofundando um beijo pouco mais voraz.
POV JUNGKOOK OFF
POV _____ ON
- Obrigada por ter me feito companhia hoje, Hobi , é otimo saber que minha tia não esta internada por minha causa- disse e ele riu. Sim, e era verdade, o Hobi esta me ajudando bastante me mantendo informada sobre minha tia, as vezes me perguntava por que ainda não havia ido ve-la , talvez eu não queira, eu ate que gosto daqui, mesmo sendo um pouco bizarro, aprendi a conviver com os meninos, o que era um pouco dificil. Fico bem apenas em saber que ela não desenvolveu uma depressão ou algo do tipo, apenas esta preocupada, mas pelo que Namjoon me disse, Hanna esta fazendo a cabeça dela, eu odeio ter que mentir para ela, mas não posso chegar assim de repente, ela iria perguntar por onde esteve ou coisas do tipo, não poderia sair falando por ai que seres magicos de tempos passados me sequestraram, me chamariam de doida, ate eu me acho doida as vezes em pensar que tudo isso é real. Eu nunca sonhei que seres misticos existissem e hoje sou prova viva de que eles realmente existem e vivem entre nós.
- fico feliz que esteja gostando de passar um tempo comigo, pelo menos assim voce se distrai um pouco- ele disse me olhando com um sorriso largo no rosto, seu sorriso é extremamente bonito.
- pois é, obrigada de novo, Hobi- disse lhe dando um abraço e um beijo na bochecha e indo para meu quarto. Entrei e fui tomar um banho rapido, estava frio la fora, estavamos em epoca de chuvas e em breve começaria a nevar, não via a hora , eu adoro brincar na neve, é tão divertido. Vesti um vestido largo na altura das coxas de cor branca e com alças finas, sequei os cabelos com a toalha mesmo e os penteei,sentei-me na cama e por um momento me lembrei de Jeon e o que aconteceu mais cedo, me peguei rindo sozinha. 
" Ja parou para pensar que possa ter sentimentos em meio dessa amizade doida de voces dois ?" 
- não venha me dar conselhos- disse a voz em minha consciencia. Mas e se for verdade ? eu nunca senti isso por alguém, é tão estranho, e se for ...amor ? Não fael besteiras, ___ !! não é amor, nunca foi, voces são apenas amigos...colegas....conhecidos....que quase se beijaram a algumas horas atras. 
" va falar com ele, diga o que sente, talvez ele te entenda"
- ok ok, voce venceu, talvez eu goste sim do Jeon, mas não é um gostar do tipo "GOSTAR" !!! É só...gostar....- estou confuso, se gosto ou não, o que importa é que gosto de sua companhia e me sinto mal quando sou dura demais com ele. Ele também gosta de mim, se não ele não teria tentado algo mais cedo...É ISSO !!
É ...eu gosto do JungKook ...eu...GOSTO DELE !!! 
Levantei-me em um pulo e corri pelos corredores como uma doida, trombei com Jimin que ia falar comigo mas o cortei.
- EU GOSTO DO JEON !!- disse pegando suas mãos, ele ficou confuso por um tempo mas assim que percebeu minha felicidade (nem eu sabia direito o por que, talvez por nunca ter sentido isso).
- va falar com ele então -ele disse abrindo um sorriso e eu assenti abrindo a porta do quarto do garoto.
- Jeon eu......- meu sorriso sumiu quando vi aquela cena, ele estava agarrando Hanna ? 
- _____ ??- ele me olhou de olhos arregalados, seus cabelos bagunçados e sua camisa com botões abertos e levemente amarrotada, significa que ele estava aproveitando. Engoli em seco e fiquei cabisbaixa vendo o mesmos e aproximar.- ____ , eu poderia explicar mas....
- MAS A BOCA DELA E´MAIS INTERESSANTE, EU SEI , SEU IDIOTA - disse o empurrando e ele permaceu quieto.- eu vim aqui para dizer uma coisa a voce...mas acho que me enganei completamente.....- sai correndo de la, cobri o rosto com as mãos.
"Não vou chorar , ele não merece minhas lagrimas" - pensava e pensava varias vezes mas isso só piorava minha situação, eu queria muito chorar, tenho que ser forte, não posso chorar toda vez que ele fazer esse tipo de coisa. 
Eu quero sair daqui, não ficarei aqui para ver esse tipo de coisa, quero voltar a morar com a tia Sophia. Vesti um casaco fino e sai dali discretamente pela porta da frente, chovia , mas não me importei em ficar doente. Abri o portão do lado de tras do castelo e sai indo pela floresta, estava escuro, frio, e chovia muito , era um ambiente assustador, não me importava mais com o perigo, muito menos com o amanhã, só quero sair dali e ficar um pouco sozinha. 
***** 
Passei horas andando naquela chuva , nem sabia mas onde estava, estava no meio do nada, toda encharcada e provavelmente com o rosto roxo graças ao frio. 
- e era nesse momento que eu deveria acordar do meu sonho...- disse rindo sarcastica de mim mesma, minha situação...nunca pensei que chegaria ate aqui. Avistei uma minima luz ao longe, me levantei e andei com dificuldade ate la, minha curiosidade as vezes é bizarra (autora: ja percebemos , amiga ), não deveria ter seguido a maldita luz, não poderia , por que faz isso comigo ?
- vai continuar na chuva ? - ele disse mostrando o guarda-chuva que era transparente com detalhes em branco o que deixavam ele pouco parente no escuro, ele também estava com uma lanterna, por isso da luz, ele sabia que isso me chamaria atenção.- acha mesmo que esse casaco iria te proteger de um tempo como esse ?- ele se aproximou e eu permaneci cabisbaixa, senti ele colocar algo em meus ombros e pude ver que era seu enorme casaco preto que ainda estava seco por estar embaixo do guarda-chuva.- desculpe ok, eu.....
- voce não sabe o quanto dói....- disse e afastei meu rosto com o braço, eu não queria que ele me vesse chorar, o choro que guardei pro esse tempo que agora estava prestes a teimar e cair.
- me desculpe....
- desculpe ? só isso voce sabe dizer ? - disse o olhando e ele estava sem graça- idiota....
- eu sei....- desviou o olhar.
- ja pode ir, quero voltar pra casa- disse.
- sua casa é la no castelo, com os meninos e ...comigo....- ele me encarou levemente ruborizado.
- não, não é, minha casa é com minha tia, não aqui- disse com uma lagrima ameaçando cair.
- voce realmente quer voltar ??- ele disse olhando para o nada e coçando a nuca.
- eu quero....não quero mais ficar aqui, por favor....- ele pegou meus ombros e olhou em meus olhos, senti borboletas no estomago e meu rosto queimar , sua respiração estava proxima ao meu rosto e seus olhos analisavam meu rosto. Ele selou nossos labios em um beijo calmo e timido, com medo de eu não corresponder, eu não sabia direito o que fazer pois nunca havia beijado alguem assim, os garotos tinham muito medo de mim quando era mais jovem, nunca tive essas experiencias. Passei minhas mãos pelos seus cabelos molhados e o senti pegar em minha cintura com a mão livre enquanto a outra segurava o guarda-chuva, infelizmente ele se soltou me deixando completamente sem jeito.
- então....que assim seja....- apenas vi seus labios se movimentarem e se aproximarem novamente , desta vez me tomando em escuridão.....











Notas Finais


Demoreei mas voltei kkkkk
ahhh sabe o quanto eu adorei escrever esse cap ? muitoooooooo
espero que tenham gostado das minhas surpresinhas kkkk
Bom.....eu estava pensando em alterar levemente alguns detalhes da historia, por isso dessa mudança ai (se é que perceberam kkkkk mas foi bem pouca , nem da pra perceber)
Acho que é só, nem vou falar muito hoje, to cansada de escrever ja kk
ate o proximo cap
*morrida com a live do JungKook de hoje *
kiss kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...