História A Adaga do Demônio - IMAGINE BTS - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baile De Máscaras, Bangtan And You, Bangtan Boys, Bts, Castelo, Chegada, Drama, Etc, Hentai, Hoseok, House Of Cards, Imagine, Império, Incesto, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Magia, Mistério, Namjoon, Originais, Taehyung, Trio, Vizinhos, Você, Yoongi
Exibições 335
Palavras 2.459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Neste Capitulo vamos falar um pouco sobre o Jin ok, aparecerá algumas coisinhas sobre os outros meninos mas será mais sobre a o ponto de vista do Jin kkkkkk
BOA LEITURA
ESPERO QUE GOSTEM

Capítulo 5 - Irmãos


Fanfic / Fanfiction A Adaga do Demônio - IMAGINE BTS - Capítulo 5 - Irmãos

Eu não quis sair do quarto, fiquei la o resto do dia e uma boa parte da noite, TaeHyung havia me trazido o jantar, eu não sei quem cozinhava mas estava de parabéns (eu não devia comer, mas estava com muita fome). Ouvi batidas vindas da porta, não respondi ate ver o rosto de um ser surgir na brecha da porta.

- com licença, posso entrar ?- era SeokJin, ele perguntou educadamente e eu assenti com a cabeça, ele entrou e ficou parado em frente a porta.

- o que voce quer?- disse abaixando a cabeça e escondendo o rosto em minhas pernas que estavam dobradas em frente meu corpo.

- eu só queria pedir desculpa pelo ocorrido com Yoongi, ele as vezes é meio impaciente- ele disse e eu o olhei.

- tudo bem, não foi nada, eu o entendo, eu sou meio curiosa demais- disse e ele sorriu.

- não é verdade, voce nunca foi irritante para nós- ele disse, eu precisava saber o que estava acontecendo, não quero ficar com tantas perguntas na minha cabeça.

- SeokJin eu...

- me chame só de Jin , ok, é menos estranho- ele me cortou e eu sorri continuando.

- Jin...- corrigi – eu queria saber uma coisa, estou muito confusa....voce poderia me explicar o que esta acontecendo ?- o olhei e ele se sentou na beirada da cama.

- voce realmente não sabe o que esta acontecendo ? voce realmente não se lembra de nós ?- ele perguntou me olhando e eu neguei com a cabeça, um suspiro saiu de sua boca e depois ele me olhou novamente- ok, eu te explicarei....é uma longa historia....

FLASHBACK ON – POV JIN ON

*ANO DE 1694*

- voce esta sozinho, querido ?- uma mulher perguntou, ela usava vestes belas e joias douradas, seu rosto estava coberto por um negro véu de rendas. Meu rosto estava vermelho e molhado graças ao meu choro recente.- onde estão seus pais ?

- eu...não tenho...eles...me deixaram- voltei a chorar e ela me abraçou forte assim acariciando meus cabelos.

- shhh, tudo bem, eu estou aqui , ok, qual seu nome ?- ela dizia tentando me consolar.

- SeokJin, Kim SeokJin – respondi, ela sorriu.

- e quantos anos tem ?

- 5....e a senhora ?

- em breve voce saberá, querido SeokJin...

*1697*

- Jin, eu lhe trouxe um novo amigo- Leona gritou do andar de baixo, eu estava em meu quarto como sempre depois de minhas aulas particulares, estava brincando, ate ver ela passar pela porta, seus rosto era sempre belo, adorava olha-lo, eu sei que era muito novo, tinha apenas 8 anos, mas eu reconhecia que ela era bonita.

- ola, Leona- disse sorrindo , ela veio em minha direção e me deu um abraço de urso como sempre que me via.

- ola, pequenino, como voce esta ? – perguntou arrumando meus cabelos que estavam bagunçados.

- estou ótimo, melhor agora que voce chegou, quer brincar comigo ?

- eu adoraria, pequeno, mas eu tenho algo bem melhor para voce- ela disse e olhou para a porta- Yoongi, venha cumprimentar seu irmão.

- irmão ?- perguntei olhando para a porta, um garoto de cabelos castanhos apareceu, ele estava com suas roupas todas rasgadas e seu rosto sujo, a mesma aparência de como estava a anos atrás quando Leona me encontrou jogado na rua, depois de ter sido abandonado pelos meus pais.

- sim, pequeno, ele será seu novo irmãozinho, espero que se deem bem- Leona disse e puxou o garoto para que eu o cumprimentasse, ele estava calado então tomei iniciativa.

- ola, eu sou Kim SeokJin, mas pode me chamar de Jin- disse sorrindo e estendendo a mão para ele.

- o...ola, eu sou Min Yoongi – ele parecia tímido.

- vou te chamar de Suga- disse e ele sorriu, seu sorriso era pequenininho e seus dentes eram branquinhos como sua própria pele, ele parecia feito de açúcar e seus dentes pareciam pequenos flocos de neve.

*1698*

- Suga , olha só isso- disse mostrando uma foto de um livro para ele, ele estava deitado na cama quase dormindo (ele só sabia dormir, o dia inteiro dormia)

- Jin, me deixa dormir- ele disse virando e enfiando a cabeça no travesseiro.

- boa noite , pequenos- aquela voz, que eu adorava ouvir.

- LEONAAAA- corri em sua direção a abraçando.

- LADDYYYY- Yoongi se levantou em um pulo e correu ate ela a abraçando também.

- ok, para que todo esse amor ? – ela gargalhou e nós rimos juntos.- eu tenho uma surpresa para vocês- ela disse e olhamos para a porta no qual apontou, haviam dois garotos, ambos de cabelos escuros e de vestes simples (bem diferentes de mim e Yoongi que usávamos roupas caras e dignas , Leona sempre queria o nosso melhor e nos dava do melhor)- estes são Namjoon e Hoseok, eles moravam em um orfanato e eu finalmente consegui a guarda deles, não é incrivel ? – ela estava tão animada com isso, realmente, me sentia tão bem em ver nossa família crescendo cada vez mais.

*1700*

Nossa família estava tão grande como nunca , só no ano passado Leona havia adotado mais dois garotos, um se chamava TaeHyung e o outro Jimin, agora eu tinha 5 irmãos e os amava mais que tudo, nunca me senti tão amado quanto agora, pela primeira vez tenho uma família de verdade e Leona é a responsável por toda essa minha felicidade.

- eih Jin, não quer brincar ?- Jimin apareceu com um graveto nas mãos.

- te peguei- Taehyung pegou Jimin e correu para não ser pego pelo outro.

- vem logo, Jimin- Hoseok dizia amarrando Taehyung com uma corda enquanto ele gritava por “socorro”, “me solta”.

- ok, se quiser, vem brincar com a gente logo- Jimin correu para voltar a brincadeira, eu queria é ficar sozinho com a Leona a um bom tempo não converso com ela, antes era tão mais fácil ela ter tempo para mim. A procurei por todo o jardim da mansão (sim morávamos em uma mansão) e a encontrei sentada em um banco enquanto lia uma carta.

- Leona- disse a chamando e ela me olhou e sorriu.

- oi, pequeno, por que não esta brincando com os outros ?- perguntou, me sentei no banco ao seu lado.

- não quis brincar, vim te procurar, voce anda meio estranha- disse e ela sorriu me puxando para perto dela.

- que bonitinho, Jin, esta preocupado comigo ?- ela disse rindo.

- as é claro, voce é importante para mim, sabia- disse e ela riu me dando um beijo na testa.

- tenho medo de quando voce crescer, vai me dar muito trabalho com esse seu romantismo todo- ela dizia, não entendi muito bem o que ela quis dizer com “trabalho”.

- mas eu já sou bem grande, tenho 11 anos, já.

- sim, já é um homenzinho- eu ri com aquilo.

- Leona....voce sabe que eu te amo, não é ?- saiu sem querer.

- logico que sei, pequeno, eu também te amo- ela me ama ? é só isso que precisava ouvir.

*1706*

Eu sempre achei o fato de Leona nunca envelhecer estranho, desde que a conheci ela nunca havia mudado, sempre bela e um rosto jovem e angelical, enquanto eu continuo a envelhecer, hoje era meu aniversario, eu fazia 17 anos e queria muito falar com Leona sobre algumas coisas (meus sentimentos), eu estava guardando isso a muito tempo, a muito tempo venho querendo dizer meus sentimentos por ela, eu sei que ela ainda é mais velha que eu, talvez mais do que pareça, mas mesmo assim, isso não importa.

- Leona...eu queria...- entrei em seu quarto e ela estava arruando suas malas- onde vai ?

- arrume suas coisas, Jin, vamos embora daqui- ela disse e saiu do quarto rapidamente.

Fiz como ela mandou e comecei a arrumar minhas coisas.

- Jin, o que esta fazendo ?- TaeHyung apareceu me olhando confuso.

- nem eu sei, Leona mandou arrumarmos as coisas, vamos embora daqui- respondi e ele ficou tristonho.

- não vamos mais voltar ?- ele disse.

- não sei, me ajude com isso e avise os outros para arrumar as coisas, vou falar com a Leona e nos encontramos na sala depois que ajeitar isso, ok- disse e assim ele fez, foi avisar a todos, o que sera que estava acontecendo ? isso não era comum.

******

Estavamos partindo da Coreia , Leona disse que não voltaríamos tão cedo e ela estava nos levando para sua antiga casa onde realmente morava. Ela morava no Japão, perto de um vilarejo japonês, sua casa (que não era uma casa) era um castelo, ele era imenso, exatamente como nos meus livros que sempre lia, ele era realmente belo e bem cuidado. Assim que chegamos fomos todos para nossos aposentos com a ajuda da empregada da casa, meu quarto era no segundo andar e eu estava dormindo sozinho (pela primeira vez, eu sempre dividia quarto com Namjoon), cada um de nós tínhamos nosso próprio quarto e eram todos uns ao lado do outro. Na hora do jantar estávamos todos reunidos na sala de jantar donde um imenso banquete era servido, Leona ainda não havia chegado e eu estava ficando preocupado.

- onde esta Leona ?- perguntei a Jimin que comia ao meu lado.

- não sei, ue- ele respondeu e depois voltou a comer. Fiquei meio preocupado em pensamento e não comi ate ela chegar, quando a vi ela estava com um imenso sorriso no rosto e eu me levantei para falar com ela.

- Leona eu...- parei ao ver um garoto atrás dela, ele se escondia em sua saia, ele parecia com medo, ela o chamou e ele veio a nossa frente, ele era muito bonito e fofo, seus cabelos eram negros e seus olhos....completamente diferentes de qualquer coisa já havia visto, o esquerdo era azul bem claro com detalhes em verde agua enquanto o direito era verde com detalhes em dourado, ambos bem claros, sua pele era pálida como a de Yoongi e seu corpo era pequeno e magro.

- não esta feliz ? nossa família agora tem mais uma estrelinha- ela disse fazendo cocegas no menino que começou a rir. Por que sinto algo estranho ? esse menino não é boa coisa ? ou sera só impressão ? por que ela esta tão feliz ? é só mais um menino assim como nós.

- olha que pequenininho- TaeHyung disse se aproximando.

- Tae, vocês devem ter a mesma idade- Namjoon disse e Tae riu.

- qual seu nome, menino ?- Jimin disse se aproximando dele.

- é...JungKook....- o menino corou e sua voz saiu como a de um bebezinho (ok, eu quem sou o velho aqui).

- não fique tímido, querido, venha, vou te levar la pra cima- Leona disse o puxando e saindo de la conversando com ele.

- não sei por que, mas não fui com a cara desse menino- disse.

- é ciúmes por que agora a Leona não terá mais atenção para o preferidinho dela- Yoongi disse rindo sarcástico.

- claro que não, eu só achei ele estranho- disse.

- ata, sei- Yoongi insistiu, dei de ombros e voltei a comer. Quando acabei fui para meu quarto descansar.

*1710*

Depois da chegada de JungKook nessa casa (corrigindo, catelo) a vida de todos estava mudada, Leona não tinha muito tempo e quando tinha gostava de passa-lo ao lado do pirralho, eu devo admitir que estou ficando com ciúmes dele, isso não é justo, eu fui o primeiro, ele o ultimo, por que ela tem que dar mais atenção a ele do que a mim ? O pirralho só te 14 anos e recebe mais atenção do que eu com 21, realmente injusto.

FLASHBACK OFF- POV JIN OFF

Notei que Jin estava alterado, ele começou a desviar o olhar e eu fiquei esperando ele continuar a historia.

- e então....- disse tentando dar continuidade.

- desculpe, falei demais- ele se levantou para ir embora, mas eu o segurei.

- por favor, continue, Jin- pedi, ele se soltou e suspirou.

- eu não sei se devo- ele disse olhando para os cantos do quarto- esta tarde e eu...

- me poupe, Jin, não sou uma criança, já tenho 20 anos- disse e ele arregalou os olhos.

- 20 ? uau, é uma surpresa pra mim- ele começou a rir enquanto coçava a cabeça.

- realmente, não parece ?- ele negou enquanto ria, acabei rindo também da situação. Ate que Jin não parecia ser um cara mal, tudo bem que é estranho ele ter me sequestrado e agora eu estar aqui rindo e conversando com ele como se nada tivesse acontecido, mas ainda estava intrigada pelo fato de sua historia, será mesmo verdade ? ou apenas uma brincadeira de jovens que não tem o que fazer ? é um mistério, eu ainda acho que estou sonhando, que nada é real. – Jin....eu acho que estou sonhando...

- por que ?

- não sei explicar, na verdade, estou confusa, vocês dizem que sou essa tal de Leona, essa Leona da sua historia, mas não é possível, se voce diz que ela viveu a mais de 300 anos atrás, é meio que impossível isso, não acha ?- dizia e ele abaixou a cabeça.

- Namjoon disse que é voce, eu tenho persistência e sei que é voce, voce é idêntica a ela, ate seu jeito é parecido- ele dizia.

- mas quanto ao...mais novo ? na sua historia , o ultimo filho ...voce não me disse o que aconteceu com ele depois...ele não esta aqui ,certo ? por que ?- perguntei e ele hesitou.- o que aconteceu com ele ?

- não posso dizer, isso voce terá de descobrir sozinha, se voce se lembrasse seria tão mais fácil- ele se aproximou assim ficando poucos centímetros de distancia de mim.

- como assim ? o que eu tenho que lembrar ? é tão complicado assim ?

- talvez seja, só saiba que...se voce realmente for Leona , eu sempre a amei, desde que a vi pela primeira vez, e essa é a chance que tenho de um momento a sós com ela- ele se aproximou e pegou meu queixo assim selando nossos lábios em um beijo calmo, eu não soube o que fazer então o empurrei com força.

-v...voce...SAIA DAQUI, ME DEIXE EM PAZ...voce...TEM ALGUM PROBLEMA ? quantas vezes tenho que dizer ? EU NÃO SOU ELA !!- me joguei na cama assim cobrindo meu rosto, pude ouvir seus passos pelo quarto e ele fechar a porta, fiquei ali sem olhar para tras, não quero nem saber, preciso sair dali o mais rápido possível, antes que acabei enlouquecendo, mas antes, preciso saber o que aconteceu com o ultimo filho....


Notas Finais


Ok ok, ficou grande né kkk desculpe kkkk me empolguei um pouco
Na verdade eu não sabia direito como colocar tudo isso em um cap só então resumi tudo (e ficou desse tamanho kkk)
O que acharam ? kkkk cara...obrigada pelos favoritos e comentarios, assim ta tudo otimo kkkk
Ain meu kokoro kkkk to nada bem (pirando nos comentarios do cap anterior kkkk)
Obrigada por lerem e acompanharem , continuem assim que eu gosto kkkk brinks
Espero que tenha dado pra entender o cap mais ou menos kkkk os proximos eu juro ficarem mais elaborados é que realmente eu me confundi toda kkkk

Só isso mesmo
ate o proximo cap
kiss kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...