História A Ancora! (Derek Hale) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Anne Della Costa, Derek Hale, Stiles Stilinsky, Tyler Hoechlin, Tyler Posey
Visualizações 549
Palavras 773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


enjoy it ;)

Capítulo 18 - Invisible connection


Anne só saiu de seu transe quando ouviu seu celular tocando em cima do balcão, os fazendo se afastar um pouco, Derek ainda a olhava, a observando muito atentamente, gravando cada pedacinho de seu rosto.

Era sua mãe, ligando para ver se ela já havia acordado e que já estava a caminho de volta com comida do almoço, e Anne achou melhor não avisar por telefone que Derek tinha voltado ao normal, ela não sabia como sua mãe estava reagindo depois da noite passada.

Quando desligou, Derek ainda a olhava, seus lábios levemente arqueados, formando um sorriso quase imperceptível, e esse simples ato, fazia as famosas borboletas surgirem novamente em seu estômago, junto de seu rosto que parecia entrar em chamas, de repente ela se sentia constrangida.

- Seus olhos ficam com uma cor de âmbar quando a luz os encontra.

Anne não sabia o que falar, estava surpresa, boquiaberta, e mais vermelha do que nunca, ela se sentia em uma batalha, era uma tarefa que sua mente lutava para fazer, se acostumar com esse novo Derek.

- Isso é uma coisa, que eu preciso de um pouco de tempo para me acostumar. – A garota murmurou com uma careta, semi cerrando os olhos para Derek, que sorriu abertamente, e todas essas reações o divertiam, ele se sentia leve, não podia mentir o quanto ele havia sentido falta desse seu lado, que depois de tanta tragédia, parecia que nunca mais voltaria.

Anne esperava algum tipo de comentário, ou qualquer coisa mesmo, mas nunca veio, Derek simplesmente descruzou seus braços pegou todas as louças sujas e foi para pia, começando as lava-las, e a garota criou uma careta confusa; se sentando em uma banqueta em volta da bancada.

Ela ainda se sentia estranha com toda essa informação, e toda essas mudanças mínimas, mas tinham um impacto muito grande; e inda tinha o fato principal, como seria a relação dos dois agora? Ela gostava dele, e isso era recíproco, e os dois eram alma gêmeas, ela não fazia ideia de como isso funcionava, tudo que ela tinha era sua imaginação, que era fértil o bastante para a deixar nervosa e ansiosa por nada.

Logo sua mãe chegou, com compras penduradas nos braços, mais uma sacola com comida fresca pronta para ser comida. Antes que Anne pudesse ter qualquer tipo de emoção, Derek estava a postos na porta cumprimentando sua mãe como se a conhecesse a anos e a ajudando nas compras, e sua mãe respondia na mesma intensidade de conhecimento.

Anne permaneceu presa ao seu lugar, somente assistindo a cena e a interação dos dois se desenvolvendo, eles mantinham uma conversa leve sobre coisas aleatórias do dia-a-dia enquanto tiravam as compras das sacolas e as guardavam em seus devidos lugares, Anne dava sorrisos quando a olhavam ou dava respostas curtas e objetivas quando era perguntada sobre algo.

Então, quando se sentaram para comer e tudo aquilo ainda continuava da mesma maneira, ela estava prestes a surtar, inquieta e alerta para qualquer coisa, ela não esperava sua mãe tranquila muito menos Derek ser tão comunicativo e expressivo, além é claro, da imparcialidade/cara-tão-cheio-do-mundo, que costumava ser tão comum. Anne ficou quieta durante todo o almoço, somente assistindo, ela era uma ótima observadora.

Então quando terminaram e Derek insistiu em lavar a louça, e sua mãe se afastou para atender uma ligação de seu trabalho Anne viu a deixa perfeita para questionar Derek até ele se irritar e responder tudo sem gracinhas, isso geralmente funcionava com Stiles.

- Como isso vai funcionar? – A garota perguntou direta, sem rodeios. Por alguns míseros segundos ele parou, e ela viu os músculos de suas costas se retesarem e logo relaxarem, isso a fez sentir um leve arrepio.

- Como você acha que isso vai funcionar?- Ele se virou secando as mãos no pano de prato, a olhando com um esboço de risada. E por um deslize sua imaginação voou e ela se imaginou ali naquela mesma situação, os dois casados, seus filhos em uma festa de pijama na casa de algum amiguinho e os dois tendo acabado de ter um jantar romântico, que Derek havia preparado.

Derek levantou uma de suas sobrancelhas, assistindo a reação da garota que agora parecia levemente corada, e uma súbita mudança em seus sinais químicos. Ela pigarreou, siando de seu pequeno transe.

- Eu não faço ideia, só sei que esse novo “título” tem um peso muito grande.

- Então. – Ele disse se aproximando dela, deixando o pano de lado. Ela se sentia como uma presa, se mover sendo totalmente fora de seu controle. – Esqueça esse título, é só um título, foque somente no que você sente.


Notas Finais


GENTEEE, tdu bom? minhas semana de prova ta chegando e eu to preocupada, mas to escrevendo já o proximo capitulo, MAS PRECISO DA AJUDA DE VOCÊS LINDOS na parte HOt, então quem tiver experiencia, criatividade, por favor, são mais do que bem vindos para me auxiliarem, estou pensando em deixar meu email, ou n sei que outra rede podia ser usada para isso, helpem!! bom espero que tenham gostado! xxx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...