História A aposta - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Revelaçoes
Exibições 69
Palavras 1.540
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Segredo aberto


-É..Yoongi é melhor pararmos por aqui, as crianças podem acordar..- Falei me levantando.

-Aish..- Ele bufou -Tudo bem..-

-Você quer ficar pra jantar?- Perguntei para que ele não ficasse magoado.

-Claro!- Ele sorriu.

Respirei aliviada, liguei a TV e estava passando Coraline.. SÉRIO? JUSTO ESSE FILME?? AISHHH _____!!

Me sentei ao seu lado toda sem graça, mas ter o Yoongi ao meu lado era uma tentação, engoli o seco e me encolhi no meu lado do sofá, Yoongi foi se chegando aos pouco perto de mim.

-Posso deitar no seu colo?- Ele perguntou.

Assenti com um pouco de receio, TRÊS MALDITOS ANOS E EU AINDA NÃO ESQUECI ELE, PORRA ______!

Ele se deitou e se aconchegou no meu colo.

-Para onde foi todo esse tempo?- Sua voz estava rouca e sonolenta.

-Estados Unidos..- Respondi.

-Woah.. Passei por lá quando o BTS estava viajando!-

-É.. Conquistaram muitas fãs!- Sorrir.

-É... Graças a nossa noona..- Ele levou minha mão até seus cabelos.

Dei início a um cafuné, bom, ainda éramos amigos.

-Vão fazer um novo álbum?-

-Sim, Wings!-

-Asas? Do que se trata?- Perguntei curiosa.

-Você é fã? Uma army?- Ele perguntou com os olhos fechados.

-Sim!-

-Então não posso revelar!-Ele riu.

-Yaah, eu, eu não sou não, me conta!-

-Não pode voltar atrás, mas eu vou te dar uma dica, tem haver com o livro Demian!-

-E como se chama o escritor?-

- Ah noona, estou falando demais!- Ele dormiu.

-Yahh!! Sugaa!! Não durma!! Aishh!- Baguncei os cabelos dele -Sem sal!- murmurei.

-Eu sei que me ama Gabriel!- Ele sussurrou mais eu o ouvi.

Rir fraco, e o pior é que ele estava certo, aishhh e se Yoongi descobrir a verdade, que Yuno e Yang são nossos filhos, porra o que eu fiz??

QUEBRA DE TEMPO

Acordei e vi que o Suga ainda com sua cabeça em meu colo, o tirei dali e me levantei do sofá e fui para o meu quarto, preciso de um banho, tirei minhas vestes e me enrolei na toalha.

-Nossa..- Levei um susto ao ver Yoongi na porta.

-Porra Yoongi! Que susto garoto!!- Botei a mão no coração.

Ele veio rapidamente até mim e prensou o meu corpo sobre a parede.

-O que está fazendo Suga?- Perguntei com cenho franzido.

-Não irá mais escapar noona!- Ele disse e logo em seguida me beijou com voracidade.

Acabei cedendo pois eu não resistia, ele nos arrastou até o banheiro e trancou a porta, ele cessou o beijo e começou a se despir.

-Yoongi... Acho melhor não..- Tentei falar enquanto ele se aproximava.

-Por favor... Apenas hoje.. Eu preciso de você...- Ele sussurrou beijando meu pescoço.

-Só.. Hoje..- Falei em meio a suspiros.

-Só hoje..- Voltou a me beijar com vorazcidade.

Fomos até o box e Yoongi puxou minha toalha e a jogou brutalmente no chão, ele parecia realmente necessitando daquilo. Liguei o chuveiro, Suga empurrou minha cintura até a parede fazendo meu bumbum empinar e eu gemer baixo.

Suas mãos foram até meus seios e ali mesmo ele os apalpou com vontade, arfei. Puxei os cabelos agora molhados de Yoongi e comecei a sentir sua ereção.

Levei minha mão até seu membro rígido e o estimulei, fazendo movimentos para cima e baixo, rápidos e lentos deixando gemidos de Yoongi ecoarem em meus ouvidos.

-Eu cresci noona... Não me provoque..- Ele suspirou e acabei por sorrir de lado.

-Então.. Me mostra..- Sussurrei puxando-o mais para mim e arranhando suavemente seu abdômen.

Ele puxou brutalmente minhas coxas até sua cintura e me penetrou sem nem se quer torturar.

-Ahhhw..- Gemi alto.

Suga deu início a movimentos rápidos e eu já ficava louca, ele começou a sugar meus seios e mordê-los, aquilo era muito bom, quanto tempo fiquei sem isso?!? Uma de minhas mãos seguravam seus cabelos e a outra arranhava todo seu ombro direito, nossos lábios se encontraram num beijo afoito e suas estocadas ficaram mais intensas.

Nossos gemidos eram como músicas para mim, Suga apertava fortemente minhas coxas, era ótimo, logo sentir que estava chegando quase ao meu limite.

-Ooh Suga.. Estou.. Eu vou..- Falei entre meus próprios gemidos.

-Isso amor... Eu também..- Ele sussurrou no meu ouvido.

Logo sentir um líquido tomar o meu corpo, Yoongi havia chegado em sua ápice, ainda bem que tinha tomado uma daquelas pílulas, com mais algumas estocadas cheguei ao meu também.

Ficamos ali abraçados um tempo, a água caia sobre os nossos corpos cansados, Suga parecia ter feito aquilo a três anos também, por um lado eu estava feliz e por outro, eu estava preocupada.

Yoongi saiu de dentro de mim e eu desci de seu colo, tomamos um banho normal e saímos do banheiro e Suga parecia não muito feliz com isso.

               _______ POV'S OFF

SUGA POV'S ON

Após transarmos, saímos do banheiro, não gostei do fato dela ter dito que seria apenas hoje, por mais que eu tenha gostado dos nossos quarentas minutos de prazer, por mais que eu a ame.. Acho que a ________ não me ama mais, e se amar, não é como antes.

-Yoongi, o que foi?- Ela me perguntou.

Sorrir fraco.

-Nada..- Vesti minha cueca.

-Aishh Suga, eu te conheço, o que você tem em? Você não gostou é isso? Me diz!!- Ela se aproximou um pouco de mim.

-Não é isso.. É só que.. Essa foi a nossa última vez, eu sei _____ que fiz uma burrada, mas se pelo menos você me desse uma chance de me redimir , que eu parei com o ciúmes doentio..- Falei me jogando na cama.

Ela suspirou e foi trocar de roupa, mais uma vez sem resposta, respirei fundo e afundei minha face no travesseiro.

Depois de uns três minutos ou até menos senti um corpo sobre o meu, ela estava com um vestido curto eu acho, pois suas pernas estavam geladas e sentia o tecido sobre minhas costas.

-Eu não gosto quando fica chatiado..- Ela murmurou.

-Desculpe..- Sussurrei.

-...Que tal... A gente ter.. Uma amizade mais aberta, você.. Pode ganhar sua.. Chance..- Sorrir bobo ao ouvi-lá falar isto.

-Promete?- Perguntei.

- ... Por que, não?- Murmurou novamente

Sorrir e me virei, fazendo com que ela ficasse no meu colo.

-Eu te amo..- Sussurrei a puxando para mais pra mim.

Ela suspirou.

-Aish Suga.. - Apoio seu queixo no meu peitoral.

Franzi o cenho e ela me beijou vorazmente mas logo o cessou.

-Por que parou?- Perguntei.

-Ainda não me acostumei..- Ela se levantou de cima de mim -Vou indo fazer o jantar, você pode ir acordar as crianças?- Assenti.
   
Me levantei e fui ao outro quarto, abrir a porta e logo vi aqueles dois pequenos, são tão fofos e lindos.. Mas se parecem tanto comigo.. Ou.. Aishh é coisa da minha cabeça.

Fui até o Yang e me ajoelhei de frente à sua cama, por incrível que pareça, ele se parece com a ______, mesmo tendo os olhos puxadinhos, tinha o mesmo sorriso da pessoa que mais amo.

Mas os filhos podem puxar as tias, mas não me lembro da ____ mencionar uma irmã em sua vida, ou sim e eu não venha a me lembrar?
Saí dos pensamentos e acordei cautelosamente aquela bela criança.

-Omma me deixa...- Murmurou ainda dormindo.

O balançei novamente e logo ele foi abrindo os olhinhos.

-Moço?-

-Me chame de Suga!- Sorrir.

-Você namora a omma?- Se levantou ainda sonolento.

-Ainda não..- Rir e ele riu junto -Sua mãe pediu para tomar um banho e ir para a sala de jantar!- Falei.

-Hum..- Foi para o banheiro mas logo parou na porta e se virou para mim -Se conseguir acordar a Yuno, me diz como foi!- Entrou no banheiro.

Já vi que vai ser difícil acordar aquela ali, suspirei e me virei para sua cama, comecei a balançar a Yuno que mal dava sinal de vida.

-Yunoo..- Sussurrei para acordá-la.

-Appa?- Será que ela está sonhando??

-... Sim.. É o.. Appa.- Falei com certo receio.

-... Por que a omma não fala.. De você?-

-.... Não sei, talvez.. Eu não swja um bom pai?- Meu deus o que eu estou fazendo??

-Por que fez a omma chorar? Ela falava com a babá que um homem deizou ela com a gente na barriga..- Ela não acor.. Pera aí, o quê?!?!? A ______ estava grávida antes de ir para os EUA?!?!

-você se lembra do nome do homem?- Perguntei.

-Açúcar.. Ou é sem sal..- Yuno murmurou ainda dormindo.

Pera... A-ah ______ mentiu?!?! Ela estava grávida e não havia me contado?!?
Logo flashs vieram a tona, os vômitos e dores inexplicáveis, a menstruação atrasada, e.. Porra eu não usei camisinha na nossa última noite, agora tudo se encaixa.

Os nomes das crianças começarem com minha inicial, elas se parecerem tanto comigo, ______ ficar toda desconfortável e mudando de assubto quando se tratava das crianças.. Mas o porquê da mentira? Ela realmente me quer longe?!? Tenho que saber a verdade.

Acordei a Yuno e ela logo abriu os olhos e seu sorriso também, exatamente igualzinho ao meu, acabei por sorrir também.

-Sua Omma pediu para você tomar um banho e ir para a sala de jantar!- Selei sua testa e sai do quarto.

Eu preciso tirar esta história a limpo, se são meus filhos eu preciso saber como eles também, será hoje ou nunca!!

CONTINUA..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...