História A aposta - Capítulo 25


Escrita por: ~ e ~karina-briefs

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bulma, Chichi, Goku, Vegeta
Tags Aposta, Bulma, Dragon Ball, Paixão, Vegeta
Exibições 85
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Respostas e reencontro


-- quem é você?

-- o meu nome é Alyssa!

-- o que você quer comigo?

-- você não se lembra de mim Kakaroto?

-- não...

-- sou eu, Alyssa filha do Arthur!

-- Alyssa que saudade! O vegeta vai ficar feliz em te ver!

-- não, o vegeta não pode saber que eu estou aqui!

-- porque ele não pode saber?

-- Olha eu vou te contar tudo do início, há um ano o meu pai se envolveu com uma mulher. eu não cheguei a conhecê-la porque estava na Itália meu pai estava apaixonado por ela, mas no final das contas ela era uma bandida que só queria o dinheiro dele, um dia eu estava passeando pela rua e recebi um telefonema da polícia eles me disseram que meu pai foi encontrado morto perto de um cemitério, eu comecei a investigar e descobri que a tal mulher que meu pai estava tinha sido a mesma que o matou.

-- Nossa! Quem é essa mulher?

-- ela é a Laura, a mulher do vegeta!

-- o que, a Laura matou seu pai?

-- sim que agora eu estou aqui para me vingar dela.

-- isso é muito grave, eu sabia que a Laura devia ter se envolvido com outras pessoas nesse período mas não que ela havia matado alguem!

-- eu fiz um dossiê sobre ela, Se eu entregar esse dossiê para polícia ela poderá ficar na cadeia por muitos anos.

-- Então o que estamos esperando vamos entregar logo esse dossiê para a polícia!

-- não precisamos que ela de o divórcio o Vegeta primeiro se não será um pouco complicado conseguir o divórcio pelo litigioso.

-- mas como faremos ela dá o divórcio ai vegeta?

-- Eu tenho um plano não se preocupe, tem outra coisa também que eu quero te contar.

-- o que?

-- eu sei onde bulma está!

-- vamos contar para vegeta agora, ele vai ficar muito feliz em poder revê-la!

-- Acho melhor esperar até hoje a noite! porque se fizermos isso agora ele com certeza vai querer ir até onde ela está, e ainda tem Laura ela pode atrapalhar todos os nossos planos.

-- esta bem!

-- temos que tomar cuidado quando formos contar para Vegeta porque quando bulma saiu da casa dos pais dele, ela estava grávida!

-- quer dizer que vegeta é pai!

-- sim, ele já até Segurou o filho no colo e não sabe!

-- mas como isso aconteceu?

-- bom no dia em que bulma ganhou o bebê, eu mandei que meu sobrinho fosse para frente da empresa e finge-se que estava passando mal, Vegeta acreditou e o levou para o hospital na hora que Samuel estava atendendo O Thomas a enfermeira entrou no quarto e disse que os aparelhos do Trunks estavam desligados Samuel chamou vegeta até o quarto e colocou trunks no colo dele.

-- Nossa, foi muito inteligente da sua parte! Mas me responda quem é esse Samuel

-- ele um amigo da minha falecida mãe, eu o considero cono um pai por que ele cuidou de mim quando eu estava de luto.

-- sinto muito pelo o que aconteceu com o tio Arthur!

-- obrigada, mas não vamos falar de coisas e agora meio dia eu vou mesmo dia do seu casamento como está se sentindo?

-- nervoso!

-- isso é normal, Olha eu adoraria ficar mais um pouco mas tenho que ir resolver alguns assuntos amanhã a noite vou até a sua casa para te entregar o dossiê.

-- estarei te esperando Alyssa!

Depois que Alyssa foi embora as horas se passaram voando e logo tinha chegado à noite, Kakaroto e chichi se casaram mas cedo no cartório, e agora a noite seria a grande festa de casamento. A festa seria na mansão de vegeta ja que a casa de kakaroto esta cheia de presentes e outras coisas, para poder ir a festa os convidados teriam que estar na lista.

Laura estava esbanjando veneno como sempre, vegeta estava sentado em um canto sozinho quando viu goku se aproximar sentar do seu lado.

-- você parece triste!

-- não, estou feliz por você...

-- não precisa mentira eu sei que você está assim por causa da bulma!

-- está tão Óbvio assim?

-- um pouco!

-- eu queria saber onde ela esta, queria saber o que ela esta fazendo agora!

-- E se eu te disser que sei onde ela está!

Nesse momento os olhos de Vegeta se iluminaram, Ele olhou para Goku e perguntou:

-- onde ela está diga-me logo Kakaroto!

Google tirou um papel do bolso e entregou a Vegeta e disse:

-- aqui está o endereço dela!

-- como você conseguiu?

-- outra hora eu te explico, mais agora surgiro que você se apresse e vá encontrar sua bulma logo, ah tome cuidado para que a Laura não perceba que você saiu!

-- tudo bem!

Vegeta se misturou no meio das várias pessoas que estavam na sua sala de estar, ele foi caminhando disfarçadamente entre os convidados até que chegou a porta principal e Abriu, ele Procurou Laura e achou conversando com um dos empresários que estavam na festa, ele saiu da casa e caminhou ate a garagem, chegando lá percebeu que não poderia sair porque vários carros estavam na frente do portão, ele caminhou até a saída e viu um táxi parado, ele caminhou até o táxi abriu a porta e falou endereço para onde desejava ir.

Bulma on:

Acabei de chegar do serviço, entrei dentro de casa e logo tirei os sapatos por causa que eles estavam me incomodando muito, Dona Rosa estava sentada em uma poltrona com trunks no colo, caminhei até a poltrona e peguei trunks no colo e disse:

-- ele deu muito trabalho Dona Rosa?

-- não minha filha, ele se comportou como um príncipe!

Dei um beijo nas bochechas de trunks, dona rosa se levantou e disse:

-- agora que você chegou minha filha eu vou embora!

-- ahh... fique mais um pouco Dona Rosa!

-- não posso minha filha, Amanhã nos vemos.

-- esta bem!

Me despedi de Dona Rosa e a levei até a porta, fui para o quarto de trunks e o coloquei no berço, e fui até a cozinha preparar alguma coisa para comer mas antes que eu chegasse lá ouvi alguém batendo na porta, me virei e fui em direção a porta, com certeza dona Rosa deve ter esquecido algo e voltou para buscar, abri a porta e disse:

-- a senhora esquec......

Nesse momento não consegui terminar a frase porque olhei para o rosto da pessoa que estava parado em minha porta e me deparei com um par de Olhos Negros em cima de mim, meu coração bateu mais forte, eu tentei fechar a porta mas ele a ssegurou  e entrou dentro da minha casa, segurou meus braços e disse:

-- finalmente te encontrei.

-- veggy....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...