História A aposta (Imagine Park Jimin) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Suspense
Visualizações 381
Palavras 1.776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como pedido, aqui está mais um capítulo ❤😄

Boa leitura ❤

Capítulo 10 - Cap 10


Fanfic / Fanfiction A aposta (Imagine Park Jimin) - Capítulo 10 - Cap 10



JM ON 


Quando (S/n) me disse aquilo me deu uma raiva, parecia que o demônio entrou no meu corpo. Como assim ficar longe de mim? Quem ele pensa que é pra mandar ela se afastar de mim ? Eu vou é quebrar todos os ossos do corpo dele por ter dito isso. O pior ainda foi ver como ela ficou assustada, seu rostinho angelical estava dão abatido que me deu vontade e pegar ela é colocar em um potinho pra ninguém lhe machucar. Sei lá, ultimamente me sinto tão estranho quando estou perto dela, seu jeito irritante me deixa louco, sua boca a poucos quilômetros da minha me deixa com água na boca, sem falar no modo ela como me deixava irritado quando chamava aquele idiota de Baek. Mas foi tão incrível hoje de manhã, quando lhe encontrei dormido  fiquei lhe olhando por horas. Ah Jimin esquece isso, deve ser apenas coisas da sua cabeça, foca apenas na aposta e daqui com o tempo você vai estar comendo a gostosa da irmã do Yoongi. 


Parei o carro na frente na casa do idiota e desci com tudo, bati na porta e logo a mesma foi aberta por ele que estava sem camisa e todo amarrotado. Após que estava transando, o mesmo cheirava a buceta de puta. Nem esperei ele racionar o porque deu está aqui, lasquei logo um murro bem dado na cara dele. 


- Ficou louco ? - perguntou com a mão no rosto 


- Não, você que ficou louco quando mandou  (s/n) se afastar de mim - o segurei pela gola da camisa - Você só se esqueceu de um coisa, aquela garota já é minha, MINHA - lhe dei outro murro e o cretino começou  a rir 


- Cara, eu que vou comer aquela garota, eu que vou arrombar aquela bucetinha virgem - sorriu cínico 


- E eu que vou arrombar seu rosto com os meus socos - o empurrei pra frente e lhe dei um pisão na barriga 


Ele se segurou pra não cair e veio pra cima de mim, me acertando um soco no queixo. Lhe dei outro soco na barriga que fez ele tossir, ele aproveitou e veio querer da outro soco em mim, mas cruzei meus braços como forma de proteção, lhe dei uma rasteira e ele caiu no chão, subi em cima dele e distribuir vários socos na sua cara, ele me virou e ficou por cima de mim e começou a dar uma sequência de socos, mas eu defendia todos. Lhe joguei no chão de novo e dei um soco bem em sua barriga o fazendo chorar na hora, e me levantei apontando o dedo na sua cara. 


- Agora sou eu que digo, nunca mais, se aproxime da minha garota - dito isso eu saí de sua casa. 


Entrei em meu carro sentindo meu corpo todo machucado, mas nada que eu não suporte. Segui em direção a casa de (s/n) eu não sei por qual motivo, mas eu só queria lhe ver e abraçar aquele corpo pequeno. Não era em aposta que eu estava pensando nesse momento, e sim em apenas eu e (s/n).



Parei em frente a sua casa e fiquei alguns minutos dentro do carro raciocinando se eu entrava ou não. Lasquei o foda se e fui de encontro a garota que eu queria no momento. 



S/n On 


A língua de Jimin explorava cada canto da minha boca como se quisesse decorar cada cantinho. Suas mãos apertando minha cintura me fazia sentir muito bem o seu corpo e sua ereção na minha barriga. Logo ele encerrou o beijo com vários selinhos e deu um beijo na ponta do meu nariz. 


- Linda, toda linda - disse e eu sorri 


- Você é muito fofo quando quer - o olhei e ele estava com um sorriso no rosto 


- Também posso ser bem safado se você quiser - sorriu malicioso 


- Aigoo, você gosta de estragar os momentos - me sentei no sofá e ele ao meu lado - Já que você acabou com o clima, pode me dizer o que fez com Baek? - o olhei 


- É óbvio né - apontou pro rosto dele - Bati tanto nele que ele só não virou do avesso porque eu fiquei com pena - arregalei meus olhos - Fiquei com mais raiva ainda depois do que ele lembrou disse - fechou os olhos e apertou os punhos 


- O que foi que ele disse ? - franzi o cenho 


- Esquece isso, já passou - se ajeitei no sofá e beijou cada lado de minhas mãos 


- Não, eu quero saber o que foi que a pessoa eu conheço a dois anos disse - insisti e ele suspirou 


- Ele disse que ele que ia tirar sua virgindade, nem que fosse a força, pareceu isso pelo modo que falou - senti meus olhos lacrimejarem - Mas ele não vai tocar em você, eu o avisei pra ficar bem longe da minha garota - me puxou me fazendo sentar em seu colo e me abraçou forte 


- Obrigada por esta me ajudando - o senti  sorrir 



(...)



Estava na sala de aula conversando com Lee, quando avisto Baek entrar a sala todo machucado, estranhei pois ele não é da minha sala. Mas ele veio ao meu encontro. 


- Tá vendo meu rosto ? - apontou pro rosto dele - Foi seu namoradinho de merda que fez, mas quem vai pagar vai ser você - me lançou um olhar de ódio e saiu da sala 


- Avisa logo o Jimin - Lee disse preocupada 


- Não, chega de meter Jimin nisso, ele vai acabar se complicando por minha causa - sentei triste em meu lugar 



(...)



Eu não aguentei ficar na sala, toda hora eu sentia um nó na minha garganta se formando e uma vontade imensa de chorar. Então sair na hora da sala deixando olhos curiosos sobre mim, quando andava rápido pelo corredor uma mão me segurou forte e eu pensei que poderia ser Baek e fechei meus olhos na hora.  


- Porque saiu da sala daquele jeito? - abri meus olhos na hora ao reconhecer aquela voz suave e rouca ao mesmo tempo


- J-jimin - o abracei - Me leva pra qualquer lugar por favor, mas não pra minha casa, eu tô com medo - chorei 


- Shiii, tá bem, vem comigo - pegou em minha mão e saímos de mãos dadas - Vou mandar uma msg pra Yoongi levar o seu material e o meu pra casa dele - pegou o seu celular 


Entramos em seu carro e Jimin deu a partida na direção contrária de nossas casas. Eu nem queria saber pra onde ele estava me levando, apenas quis ficar em um lugar onde Baek não pudesse me achar. Depois de horas chegamos em uma casa de madeira perto de um lago. 


- Quem mora aqui? - perguntei assim e desci do carro 


- Ninguém, é minha - segurou em minha mão e me guiou até a casa - Comprei com meu dinheiro, quando quero ficar sozinho venho pra cá, você é a primeira pessoa que trago aqui - sorriu 


Entramos na casa e eu pude ver que tinha apenas uma sala que era dividida por um balcão entre sala e cozinha, e uma porta para um quarto com banheiro dentro. Entrei no quarto e fiquei olhando pra cama de solteiro, e logo senti um corpo atrás do meu e duas mãos quentes repousarem em minha cintura. 


- Tudo bem pra você se dormíamos juntos, eu não gosto de dormir em sofá - ouvi Jimin 


- Tudo bem, a gente já dormiu junto uma vez, a única diferença era que a cama era de casal - engoli seco 


- Não vou fazer nada que você não queira - deu um selar em meu pescoço me fazendo arrepiar toda e depois voltou pra sala/cozinha 



(...)


Como sempre minha mãe nem se importou em saber onde eu estava ou se estava bem, a mesma nem ligou. Jimin e eu estávamos sentados no sofá de frente a lareira que pegava logo.  


- Jimin? - o chamei 


- Hm? - grunhi sem tirar os olhos do fogo 


- Seus pais não vão ficar preocupados com você? - o mesmo começou a rir - Esta rindo do que seu idiota ? - o joguei um pedaço de Pau 


- (S/n), eu sou de maior, eu faço o que eu quiser, e eles devem ter uma noção que eu estou aqui - me olhou 


- Ou eles podem pensar que você está transando com alguma garota por aí - revirei os olhos 


- Você está sentindo ciúmes de uma coisa que eu nem estou fazendo? - o mesmo deu uma risadinha gostosa 


- Eu com ciúmes e você? Fala sério garoto - me levantei indo em direção ao quarto


Senti meu corpo indo a parede e depois virada, ao abrir os olhos era Jimin me olhando como estivesse tentando ver a minha alma. Colocou seu corpo contra o meu e aproximou a sua boca da minha. 


- Meus pais sabem que eu não fico com garota nenhuma a meses, e isso tudo e culpa sua - senti seu hálito de menta 


- Minha culpa por que? - perguntei desentendida 


- Porque a única garota que quero e desejo é você, não sei que diabo é isso, mas meu corpo só reage a você - fechou os olhos como se estivesse com raiva de si mesmo 


Levei minhas mãos no seu rosto e o toquei, e aos poucos me aproximei de seu rosto selando nossos lábios de forma calma. Jimin apertou suas mãos em minha cintura e me puxou contra seu corpo e aprofundou nosso Beijo cálido. Me levou em passos cegos até a cama e deitou comigo por cima de mim com cuidado, e levantou seu rosto por alguns minutos dando um sorriso lindo e depois voltou a me beijar com aqueles lábios macios e mornos que ele tem.  Eu podia sentir sua ereção contra minha intimidade, e então comecei a me movimento pra cima e pra baixo me esfregando nele. 


- Assim você acaba comigo - respondeu de olhinhos fechados 


Puxei seu pescoço selando  nossos lábios novamente, e ele começou a esfregar sua ereção em mim me fazendo morder os lábios forte, e com isso o mesmo soltou uma risadinha. 


- Gemeu pra mim, vai..geme - fingiu estocadas me fazendo chamar seu nome alto 


- JIMIN - dei um gritinho ele riu 


- Como é bom ouvir meu nome assim, baby - começou a dar beijinhos por meu pescoço e depois me olhou - Seja minha essa noite? - o olhei assustada 




Continua...



Notas Finais


Querem Hot já, ou acham que está cedo ainda ? 😆

Até mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...