História A Aposta! (*Ziam) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Larry, One Direction, Ziam
Exibições 120
Palavras 1.768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Zaynte esse capitulo esta tenso, muito tenso kkkkk
Boa leitura Loves!!!!!!!!

Capítulo 13 - Thirteen!!!!


Fanfic / Fanfiction A Aposta! (*Ziam) - Capítulo 13 - Thirteen!!!!

POV’S Zayn

 

Depois de semanas chorando e dormindo mal eu consegui ter uma boa noite de sono e o melhor: acordei com Liam ao meu lado. Ele dormia serenamente da ate pena só de pensar em acorda-lo.

Essa com certeza foi a minha melhor noite, Liam foi tão gentil e carinhoso comigo, não tenho nem palavras para explicar. Para mim não foi apenas uma noite de sexo, nós não transamos,  nós fizemos amor. Foi lindo e...... ah..... eu estou encantado e muito apaixonado. Não cabe tanta alegria dentro de mim, Liam é a melhor pessoa do mundo e eu sei que é recíproco eu vejo em seus olhos. Eu tinha tanto medo de me apaixonar, a primeira vez que eu me apaixonei eu quebrei a cara, o coração, minha mãe parou de falar comigo, foi horrível. Mais agora eu sei que eu posso amar e não tenho medo, pois eu sei que Liam também me ama.

Eu me levantei e fui ao banheiro, lavei meu rosto e fiz minhas higienes matinais, voltei para o quarto e parei na porta, encarei Liam dormindo. E a imagem mais fofa e bonita que eu já vi, eu quero ter essa imagem todos os dias na minha memória, quero Liam comigo todos os dias da minha vida, eu quero ser mais que “ficante” dele, e não tenho medo de assumir isso. Uma ideia surgiu na minha cabeça. Eu não queria acordar ele, e como infligir uma lei, pois ele é tão fofo dormindo, mais é por uma boa causa, eu preciso perguntar isso, não vai ser do melhor jeito mais vale.

-Lee, Lee, acorda amor. – Balancei ele e ele resmungou.

-O que é? – Ele choramingou e eu sorri. Ele ainda continuava de olhos fechados. Eu me sentei ao seu lado na cama e acariciei seu cabelo.

Olha Liam, eu.... eu nem sei como diz isso, eu não queria que fosse desse jeito. Sei que não é nada romântico, mais eu preciso perguntar. Você quer namorar comigo?

Ele arregalou os olhos, me arrependi de começo, mais logo depois ele sorriu.

-E logico que sim. – Ele me puxou e me beijou. – Não foi romântico, mais foi renovador e diferente. E isso que faz eu me apaixonar ainda mais por você. Te amo.

-Também te amo. –Respondi e beijei ele novamente. – Eu queria ficar o dia todo com você, mais eu vou ir na lanchonete conversar com meu chefe para ver se eu posso voltar hoje, e como hoje é sexta eu já me apresento. – Falei enquanto me levantava da cama. – É você faltou aula, né?

-Não faz essa cara. Eu queria ficar o dia todo com você. – Ele se levantou e me abraçou por trás. – Então namorado. Eu tenho que ir mesmo, para resolver uma coisa, e a noite eu vou para a lanchonete te ver cantar.

-Ok namorado. Vou morrer de saudades.

-Também. – Ele me beijou calmamente. O melhor beijo de todos.

 

(.)

 

Assim que Liam foi embora eu liguei para Louis, ele não quis ouvir as coisas pelo telefone e disse que tinha algo importante para me contar, então em poucos minutos Louis já estava batendo na porta da minha casa desesperadamente, atendi e ele entrou rapidamente na minha casa e se sentou no sofá.

-Pode começar você, logo depois eu falo, e muito importante. – Sorri com o seu desespero. Ele parecia um pouco tenso, mas deixei para lá.

Me sentei do seu lado e comecei a falar.

-Ah, Louis. Foi..... foi, lindo, maravilhoso, tudo de bom para uma noite só. Eu nunca pensei que poderia amar tanto uma pessoa que nem eu amo o Liam. Ele foi tão carinhoso e sensível comigo. Nem acredito que ele aceitou namorar comigo e.....

-Espera. – Ele me interrompeu. – Como assim, vocês estão namorando? – Ele perguntou com o cenho franzido.

-Sim. Eu pedi ele em namoro hoje de manhã e ele aceitou. E ainda falou coisas lindas para mim. – Ele fez uma cara um pouco confusa que eu não entendi. – O que você queria me contar?

-Bom, é que..... ontem depois que você fui embora, eu encontrei o Harry, e ele me contou uma coisa que eu preciso te contar. E que.....

Nesse momento meu celular trocou, olhei para ele e vi uma mensagem de Liam.

 

“Estou morrendo de saudades, nem parece que faz menos de uma hora que eu te vi! Kkkk nunca esqueça: EU TE AMO. <3”

-Louis, ele é tão fofo, olha. – Estiquei o celular, ele leu a mensagem, logo depois que eu guardei no celular ele ficou em silencio, ele parecia estar longe.

 

POV’S Louis

 

Ontem à noite Harry me contou sobre a aposta que Liam vez com Stan. Eu fiquei com um ódio dele, minha vontade era de ir até a casa de Zayn, e retirar meu amigo dos braços desse..... desse imbecil. Mais eu não poderia estragar a noite de Zayn, ele estava tão determinado. Então quando ele me ligou a pouco eu corri para cá determinado a contar tudo. Eu estava quase, mais acho que foi o destino que fez aquele idiota mandar uma mensagem para Zayn, meu amigo esta tão feliz, eu não posso estregar isso. Ai como é difícil ser eu. Sim eu sou um britânico que ama Rebelde Mexicano uma novela de 2004, e sim eu tento cantar as músicas deles e imito o bordão da protagonista.

Mais voltando ao assunto principal, eu não posso magoar meu amigo. Quem tem que contar isso é Liam, não eu, e se Liam realmente ama Zayn como Harry me contou tenho certeza que ele não vai querer magoar Zayn.

-Lou. – Zayn me despertou. – O que você ia me contar.

-Ah.... é que..... Harry quer fazer um encontro de casal. É isso. Eu, você, Harry e Liam. – Falei um pouco afobado e tentando esconder meu nervosismo.

-Isso era o assunto importante? – Ele perguntou desconfiado.

-Sim. – Respondi rápido. – Você sabe que eu sou dramático. Eu adoro um drama. – Ele sorriu e eu forcei um em resposta.

Na verdade eu estou me remoendo de ódio por dentro. Ódio de mim por não ter contado e ódio principalmente de Liam por esta enganando meu amigo.

 

POV’S Liam

 

Eu odeio esperar, mais para isso é preciso. Mandei uma mandei uma mensagem para Zayn e logo depois ele me respondeu. Guardei meu celular no bolso e me sentei na cama para esperar um pouco mais.

-Liam. – Stan falou alegre quando entrou no quarto. – Não acreditei quando minha mãe falou que você estava aqui. Faz tempo que eu não te vejo, anda faltando aula. O que anda fazendo? – Ele jogou sua mochila em qualquer canto e veio em minha direção

-Estava com o Zayn. Esses dias foram difíceis para ele. – Respondi e ele sorriu.

-Falando nisso. A data de expiração da aposta está acabando, só falta uma semana. Já conseguiu fazer com que ele diz que te ama, ou algo assim?

-Sim. – Falei e ele comemorou. – Mais eu não quero cerveja nenhuma. Zayn não fale três fardinhos de cerveja. – O sorriso dele murchou e do nada ele ficou sério.

-Como assim.... espera. Você.... – Ele fez uma cara surpresa. – Você se apaixonou? Liam, como você pode se apaixonar por um cara como o Zayn? Ele é estranho, não passa de um nerd babaca. Você pode estar brincando..... a não espera. Já sei, você só quer comer ele....

-NÃO FALA ASSIM DO ZAYN. – Gritei com ele no impulso. Como alguém pode falar assim de outra pessoa sem conhecer ela. – Sim, eu me apaixonei por ele, e você como meu amigo tem que aceitar isso.

-Não, eu não aceito. – Ele falou mais sério ainda. – Ninguém grita comigo, ainda mais por um nerd gayzinho idiota.

-Já falei, para não falar assim dele. – Me levantei e fiquei cara a cara com ele. – Eu vou ficar com o Zayn quero você ou não. A vida é minha e você não tem nada a ver com isso.

Stan ficou sem ter o que falar por uns minutos, mais logo depois um sorriso sínico que me deu medo surgiu nos seus lábios, ele retirou seu celular do bolso e parecia que estva preucurando algo.

-Ae Liam, então quero ver o que o seu Zayn vai falar quando ver isso:

“-Eu Liam Payne aceito a aposta do Stan de fazer o idiota do Zayn Malikito se apaixonar por mim ate daqui a quatro meses. Isso tudo por causa de três fardinhos de cerveja.”

Esse vídeo. Eu tinha me esqueci desse maldito vídeo que Adam fez eu fazer para garantir a posta.

-Você vai humilhar seu “amorzinho” na frente de toda a escola Liam. Se não eu mostro esse vídeo para ele. Pode contar sobre a posta para ele, mais quando ele ver esse vídeo ele vai te odiar, pois olha o jeito sínico e debochado que você está falando.

-Isso é uma ameaça? – Perguntei com os olhos já cheios de lagrimas.

Esse não é o Stan que eu conheço, não sei o que deu nele. Dei um soco em seu rosto pequei seu celular e apaguei o vídeo.

-Liam, você acha que eu sou burro. No mesmo dia que você fez esse vídeo eu fiz copias, não sei porque mais já imaginava que esse vídeo seria útil. – Ele se levantou do chão como se nada tivesse acontecido.

-Eu não vou fazer nada disso que você está mandando Stan. Eu não vou humilhar uma pessoa tão boa e carinhosa que nem o Zayn, não quero magoar ele, por favor.... – Cai de joelhos e me entreguei as lagrimas.

-A que peninha do bobo apaixonado. – Ele falou debochado. – Segunda feira Zayn, na hora do intervalo, se você não humilhar o Zayn, fazer ele chorar na frente de todos em menos de um minuto esse vídeo já vai está no celular dele e ai meu amigo, e foi como eu falei, mesmo se você contar para ele vai ser pior para você pois ai mesmo que ele vai te odiar, o que vale mais, a sua palavra de arrependido ou um vídeo que mostra que você não estava nem ai para os sentimentos dele?

-Eu..... – Tentei relutar mais as palavras não saiam.

-Você está avisado, segunda feira. Agora sai da minha casa, anda logo, já estou enjoado da sua cara de choro.

Ele não precisou precisou falar duas vezes, sai de lá quebrado. Eu estava tão feliz a horas atrás e agora o meu castelo de cartas foi derrubado com um sobre de Stan, como ele teve coragem? Eu estou me odiando, eu não tenho escolha, vou ter que fazer o que Stan está pedindo, eu não queria ver ele sofrer, mais eu procurei isso e agora estou pagando.


Notas Finais


AI MEU CORE!!! Eu estou com raiva dessas pessoas que não ligam para os sentimentos dos outros!! :(
Mas a vida é assim, as vezes a pessoa que nós mais amamos nos magoa de uma forma horrível!!
E é com esse clima pesado que eu digo: ATÉ.........


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...