História A árvore secreta - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 6
Palavras 580
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Capítulo 05 - Um sonho que tinha um toque de realidade


Deitado com sua cabeça no travesseiro, ele adormeceu.

Era um pátio, enorme. O chão eram tacos de madeira que brilhavam se olhados de longe. E ao fundo do pátio, uma escada enorme, que tinha o formato de um "Y" e então, do lado esquerdo, ele começou a ouvir barulhos que eram iguais os de passos descendo as belas escadas de mármore. Era ela, a garota com os cabelos de cor alaranjada e olhos de cor âmbar. E enquanto descia a escada, olhava para os seus olhos, com um olhar que só ele podia diferenciar, era um olhar de desejo misturado com mistério e interesse, era como se ela olhasse pra dentro do garoto. Ela vestia um vestido preto que ia até pouco depois da metade suas coxas, com bordados e rendas brancas, um salto alto preto, pulseiras e um colar fino, prateado no seu fino e definido pescoço. Nos braços, longas luvas pretas e nas pernas, uma meia calça rendada com detalhes brancos. Passo após passo, ela se aproximava do garoto, exalando um ar de mulher matura e também, e obviamente um cheiro doce e inconfundível. Makoto vestia um smoking, tinha seu cabelo arrumado e usava um óculos quadrado, que dava um ar de homem sério. 

A garota segurou levemente a mão de Makoto e saíram por aquela enorme porta feita de madeira com detalhes em alto relevo que formavam rosas, galhos e folhas. Entraram em um carro conversível e ele começou a dirigi-lo, sem um caminho definido, até chegarem no que era espécie edifício com toques religiosos, era quase um castelo, porém menor. E tinha grandes portas também, que ao abrir, foi descoberto um grande pátio, com centenas de pessoas, todas vestindo roupas e vestidos elegantes, e dançando. Sim. Era um baile de máscaras. Ao entrarem, foram recepcionados por dois guardas altos que entregaram em suas mãos, máscaras. 

Foram horas de dança, diversão, risadas e conversas sendo sussurradas entre os ouvidos dois. E após isso, Makoto agarrou Ann por seu braço direito, a segurou em seu colo e saiu daquele lugar com ela em seus braços, após colocar a garota no banco do conversível, e sentar no lado do motorista, olhou a garota que ainda segurava com a mão esquerda a máscara, que então tirou a máscara e olhou novamente com aqueles olhos de cor âmbar no fundo dos olhos do garoto e ele fez o mesmo, olhando no fundo dos olhos da garota, um silêncio se iniciou, tendo apenas os olhares de ambos se cruzando entre si. Ele então, se aproximou da garota quase sem perceber, ficando apenas a alguns centímetros do rosto da garota, e ainda se olhando. Makoto levantou sua mão direita, que ao fazê-lo, foi observado pela garota, que não expressou nenhuma reação. Então, ele descansou a sua mão direita na bochecha esquerda da garota, ainda em transe com seu olhar, a garota então desviou seu olhar, e empurrou seu rosto contra a mão do garoto enquanto deu um sorriso tímido e emitiu a seguinte frase em um tom quase inaudível:

"Eu esperei tanto por você... E esperei tanto por esse momento"

E então, ele se aproximou ainda mais. Estavam tão próximos que ambos podiam sentir e ouvir a respiração um do outro. E então, ele tocou com seus lábios, os lábios da garota, que eram carnudos e bem definidos, e que estavam com um forte batom vermelho.

No momento que ele se afastou para olhar o rosto da garota... Makoto acordou de seu sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...