História A Babá - Capítulo 20


Escrita por: ~

Visualizações 382
Palavras 531
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente to muito triste
Esse é o Penultimo cap
Só emoção
To chorando!

Capítulo 20 - Adaga


-Espero que consiga dormir – Ele fala irônico.

Nathaniel sai e me deixa sozinha. Agora, acho que estou entendendo um pouco. Mas o que me incomoda é que estou correndo risco de morte. Mas e Adrien ? E se ele vier ? O que vai acontecer com ele ? Espero que nada de ruim.

 

Adrien On

 

Marinette estava sumida, ela não voltou pra casa e nem veio trabalhar aqui em casa. To muito preocupado com ela.
Ouço a campainha tocar e vou abrir a porta, vejo um papel no chão, pego o papel e começo a ler.

-Que ?!

Vou ao escritório do meu pai, ele estava lá, eu tenho que pegar o dinheiro com ele!

-Pai! Me empresta dinheiro ? Por favor!

-Mas pra que .... ?

-Só me empresta por favor!

-Ta ... De quanto você precisa ?

-2.000

-Que ?!

-Pai por favor, é pra salvar uma vida! O senhor tem mais de Bilhões, por favor, só preciso disso!

-Esta bem filho

Ele me dá o dinheiro, agradeço a ele e saio correndo e vou pro meu quarto. Visto minha roupa de Chat Noir, a  roupa que o Ilustrador do Mal deu pra mim. Pego o dinheiro que eu devia pra ele e saio de casa pela janela e vou pro lugar onde ele costuma ficar. Espero que ele não tenha feito nada com ela, porque se não ele morre. Mas eu não vou pra lá sozinho, vou chama uma ajuda.

 

Mari On

 

Perdi a noção do tempo aqui. Será que já anoiteceu ? E meus pais ? Como será que eles estão ? Acho que bem ... Mas devem estar preocupados comigo. Eu tenho que achar um jeito de sair daqui, mas até agora não achei nada por onde eu possa fugir, esse lugar é totalmente vigiado. Não tem como eu fugir.
A porta se abre e eu vejo Nathaniel.

-O seu namoradinho chegou – Ele sorri – Tragam ela pra sala

Kim e ... Max vieram até mim e seguraram meus braços, eles estavam com outra, roupa, era meio engraçado. Fui levada novamente até aquela sala, tudo estava ruim até que vejo Adrien, na roupa de gato. Eu ia gritar “Adrien!” Mas me lembrei que aqui não se usa o nome verdadeiro.

-Chat! – Tentei ir até ele mas Kim me segurou.

-Soltem ela! – Falou Chat.

-Quem dá as ordens aqui, sou eu – Nathaniel/Ilustrador fala – Ela só ficará livre se você, me der o dinheiro

-Eu trouxe o dinheiro – Chat diz e dá o dinheiro ao Ilustrador – Agora solta ela

-Acha mesmo que eu vou fazer isso ? – Nathaniel da uma rasteira em Chat que ele acaba caindo de joelhos no chão – Segurem ele!

-NÃO! – gritei tentando me soltar.

Dois caras seguraram Chat, pelos braços o impedindo de se soltar. Nathaniel mostra uma adaga em sua mão.

-Agora, você vai pagar por ter me roubado minha namorada! – Ele coloca a faca bem no pescoço de Chat.

-Não faz isso por favor!!! – Implorei.

-Não se preocupe joaninha, ele não vai sofrer, vai ser bem rápido

Nathaniel já ia enfiar a adaga em Chat e eu gritava tentando me soltar. Alguém fica na frente de Chat e leva a facada por ele.


Notas Finais


Prox cap a fic acabaaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...