História A Babá - Capítulo 21


Escrita por: ~

Visualizações 380
Palavras 1.163
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capitulo final gente
Chorei escrevendo
É muita emoção
Num aguento
Vai ficar na saldade

Capítulo 21 - Final


O Homem cai no chão, sangrando, Chat consegue se soltar, e Kim e Mas me soltam. O Homem usava uma roupa que lembrava uma borboleta ... A roupa dele começa a sumir e ele fica com as roupas normais.

-M-Meu Deus ... – Falei surpresa.

-PAI! – Chat grita e vai até Gabriel Agreste, atrás de Chat vai um cara com uma roupa que lembrava bolhas, deve ser amigo dele. Vou com eles – Pai, pai ...

-Filho ... Me ... Me desculpe ...

-Pai – Chat começa a chorar – Não me deixa

-F-Filho, e-eu preciso lhe falar ...Uma coisa muito importante – Ele tosse.

-Não acho bom o senhor falar pai – Fala Chat preocupado – Vou levar o senhor pra um hospital e vai ficar tudo ...

-Não vai filho. Meu tempo já esta acabando e eu preciso falar com você – Ele suspira – F-Filho ... A-A sua mãe não morreu, e-eu a deixei trancada em nossa casa todo esse tempo

-Oque ? ... C-Como ? – Chat fica surpreso, nem eu nem o carinha de bolhas falávamos.

-No dia do acidente ... E-Eu mandei procurarem o corpo da sua mãe, antes da policia, nos conseguimos achar, a encontramos desmaiada ... E-Eu a levei pra casa, você estava dormindo, então resolvi leva-la para um quarto especial ... No dia seguinte, fui ve-la ... E ... E-Ela estava louca ... Comecei a fazer tratamentos nela, no inicio não deu certo, pensei até em desistir, mas ela começou a melhorar , hoje ela esta quase curada, o quarto fica naquela parte ... que eu nunca deixei você entrar

-E-Então minha mãe esteve viva esse tempo todo ? ... E por que o senhor não me falou nada!?

-Porque eu não queria que você ficasse triste vendo sua mãe daquele jeito ... E isso também foi um pedido dela, s-sua mãe queria estar totalmente curada para voltar a ver você, e e-eu acho que esse dia é hoje ... – Gabriel sorri de leve – Filho ... Cuide bem da sua mãe ...

Gabriel dá um último suspiro ... E ... Morre ...

-PAI! – Chat começa a balançar o corpo – PAI ACORDA PAI!

-C-Chat ... E-Ele já morreu – Falei segurando Chat – Não dá pra fazer mais nada ...

 Chat chora rapidinho mas seca as lagrimas, agora nos olhos dele dava pra ver um ódio. O olhar dele ficou completamente verde. Ele se levanta e se vira para o Ilustrador do mal.

-Você ... Matou ... MEU PAI! – Chat faz sair de suas mãos um poder negro, ele avança no Ilustrador e quando Chat o toca, Ilustrador cai no chão e começa a ... Virar pó.

-OQUE VOCÊ FEZ COMIGO SEU INFELIZ !? – Ilustrador pergunta já se deformando

-Você merece isso, agora, vai morrer

Chat se vira, e Ilustrador vira pó, bate uma leve brisa e aquela poeira sai voando. Todos os capangas de Nathaniel saem correndo, Chat volta a ficar perto do corpo do pai

-Pai ... Me desculpa, por favor ...

 

1 Semana Depois

 

Era o enterro do senhor Agreste, estava chovendo, todo mundo de preto e com uma sombrinha na mão. Adrien e a senhora Agreste , ficavam perto do tumulo, eu ficava ao lado de Adrien, o protegendo da chuva, os dois choravam. Adrien se levanta e se vira pra mim.

-Obrigado por estar comigo – Ele diz secando as lagrimas – Essa semana ta sendo difícil pra mim ...

-De nada, mas é meu dever como sua noiva ficar com você, seja na alegria ou na tristeza – Ele me abraça – Seja como for, eu vou estar com você

 

3 Meses depois

 

Estavamos preparando tudo para o nosso casamento, a senhora Agreste também tem ajudado e muito.

-Marinette, o que você acha destas flores ? São lindas né ?

-Sim sogrinha – Sorrio – A-Ai ... – Falei ao sentir uma dor em meu ventre.

-Você ta bem ? – Ela me segura.

-N-Não ... C-Chama o Adrien por favor – me apoio na mesa.

-T-Ta – Ela vai procurar Adrien.

Eu dava gemidos baixos, a dor não era tão fraca mas também não era tão forte. Será que ... Que eu estou gravida ?
Adrien chega preocupado.

-Amor, você ta bem ? Vamos pro os hospital agora

Adrien me segura no colo e me leva ao hospital.  Faço vários exames e minha ideia estava certa. Estou esperando um filho do Adrien!

 

8 Meses depois

Eu estava vestida de branco, a senhora Agreste e minha mãe me ajudaram a me arrumar, fizeram meu penteado e minha maquiagem. Hoje vou me casar com Adrien!

-Filha ... Você ta linda – Fala minha mãe quase chorando.

-Mãe não chora se não eu choro também – Falei.

-Sabine sua filha esta certa, não é bom chorar no dia do próprio casamento – A Senhora Agreste sorri e vem até mim – O vestido esta apertado ? Não quero que machuque meu neto

-Não esta – Sorrio – Obrigada. Seu neto esta muito bem.

[...]

Cheguei ao portão do casamento com meu pai, ele segurava minhas mãos e sorria. O portão se abre a música começa a tocar, no caminho vejo Adrien no altar, ele estava lindo. Chego ao altar e meu pai vai se sentar no banco. Me viro para Adrien e seguramos nossas mãos. O Padre começa a falar.

 

2 Meses depois

 

Adrien e eu aviamos acabado de voltar de nossa Lua de Mel, tínhamos ido a Nova York, a cidade é linda. Chegamos em nossa casa, Adrien tinha comprado para nos morarmos.

-Adrien, a casa é linda

-Comprei pensando em você – Ele sorri.

-Vamos guardar as malas ?

-Claro

Subimos para o nosso quarto de casal e arrumamos as malas.

-Amor, quero ver o quarto do nosso filho – Falei

-Não, vai ser surpresa.

-Me leva pra lá, por favor

-Não, eu já sei o sexo do nosso filho e você não quis saber, o quarto já esta todo arrumado e se você entrar já vai saber

-É verdade ... Mas é maldade

Começo a sentir contrações. Minha bolsa avia estourado.

-A-Adrien ... A Bolsa ... – Me sento na cama.

-Pra que você quer sua bolsa agora ?

-Não essa bolsa ... A-A bolsa estorou ... O bebê vai nascer!

-O bebê!

Adrien se desesperou e me levou rapidamente pro hospital.
O Parto foi normal, mas foi meio doloroso. Quando acabou pude ouvir o choro do meu filho ... Era uma menina. Adrien a trás pra mim com um grande sorriso no rosto.

-É uma menina amor – Ele a entrega nos meus braços.

-Que linda ... – Sorrio quase chorando – Oi meu amorzinho ... Seu nome vai ser Emma

 

1 Ano Depois

 

Hoje é o 1 aninho da Emma, minha filinha. A pequena puxou o meu cabelo e os olhos do pai. Minha filha é linda. Ela ainda ta aprendendo a falar, mas já sabe falar algumas palavrinhas.

-Mamã – Ela me abraça – Ti amo

-Oh meu Deus – Abraço ela – Também te amo minha pequena – Adrien vem e se junta ao abraço.

-E o papai em ? – Ele pergunta.

-Tabe, ti amo papá – Ela sorri com um dentinho na boca.


Notas Finais


Terminou com a fofa da Emma falando, owwwnnnnt

Não chorem não sabe pq ?

PQ VAI TER 2° TEMP. MEU POVO!!!!!!!!!

Sobre a 2° Temp. Eu vou puxar um pouco pro lado sobrenatural, vai ser foda

Eu queria agradecer a todos que acompanharam a fic desde o inicio, isso vale muito pra mim e me incentiva a escrever mais e mais pra vcs. Queria dizer que eu amo vcs <3

Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...