História A babá da minha irmã - Calum Hood - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Calum Hood
Tags 5sos, Calum Hood
Exibições 81
Palavras 1.827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


fiquem com o cap boa leitura S2

Capítulo 4 - Boa viagem pai e mãe...


Acordei com minha mãe me chamando, abri meus olhos devagar me acostumando com a claridade do local, minha mãe tinha aberto a janela.Hoje é domingo graças a Deus né hoje meus pais iriam sair pra uma viagem ver minha tia uma viagem de dois dias eles sairiam agora cedo  e voltariam na terça de madrugada disse minha mãe, ela já tinha mesmo me avisado que iriam visitar minha tia mas que a Emyli não iria pois minha tia não tem filhos da idade dela e ela iria se entediar e ficar pedindo pra ir embora é bem a cara dela, então ela iria ficar comigo ou melhor com Alice  como é domingo ela não teria aula e  amanhã segunda ela iria pra aula e iria levar a emy que estuda no mesmo horário então não haveria problema, me sentei na cama com minha mãe me olhando. 

- bom dia - falei rouco.. 

- bom dia meu amor... - ela sorriu. - se arruma e desce tomar café eu e seu pai já estamos de saída..- ela me deu um beijo na bochecha e saiu do quarto, me levantei e me arrumei, olhei  a janela e o quarto  de Alice estava fechado. Desci e fui pra cozinha ainda meio dormindo e arregalei os olhos ao vê-lá desenhando com minha irmã na mesa do café pô? é só chmar que ela vem? eu vou começar a chama-lá também.

- bom dia mano..- minha irmã disse.

- oi cal.. - ela disse dando um sorriso pra mim que sorri involuntariamente.

- bom dia pras duas - disse me sentando e me servindo. - dormiu bem? -perguntei pra Alice bebendo a xícara de café puro.

- sim e você? - ela disse ainda não me olhando por estar focada pintando o desenho com a Emy.

- sim..

- por que ninguém me perguntou se dormi bem? - disse a Emy fazendo biquinho que fez nos dois rirmos.

- por que sabemos que você dormiu bem linda - disse Alice se explicando.

- aahh - ela disse e voltou a desenhar. Alice me olhou e riu baixo.

- já tomou café?

- sim, tomei café junto com a Emy..

- que horas chegou aqui? 

- 6:30 - ela disse e eu arregalei os olhos. -que foi?

- como você acorda essa hora em um domingo quase implorei pra minha mãe me deixar dormir.. - eu disse e ela riu.

- eu acordo todo dia cedo é melhor da mais disposição, pelo menos pra mim... 

- huummm... - ia falar algo mas meus pais desceram as escadas com as malas.

- tchau meus amores - minha mãe disse e eu me levantei indo até ela na porta da sala Alice pegou a Emy e vei atrás.

- tchau mãe mande um beijo pra tia Lila - falei a abraçando e beijando sua testa abracei meu pai e me despedi também.

- tchau mamãe beijo . - Emy disse e meu pai a pegou do colo de Alice a dando um beijo na bochecha minha mãe fez o mesmo depois a entregou pra Alice.

- tchau vão com Deus boa viagem - ela disse quando pegou a Emy e assim meus pais e foram eram mais de 4 horas de viagem então eles ainda saíram meio tarde vão chegar la pelo meio dia. - Emy vai lá assistir desenho que eu vou lavar a louça- ela disse pondo a Emy no chão que correu pra sala ligando a t.v.

- ei pode deixar

- não tudo bem, sua mãe ta me pagando pra isso cal.. Pra olhar a emy e deixar a casa limpa - ela disse indo pra cozinha e eu a segui  ela começou a lavar a louça e eu tirei a mesa a ajudando depos sequei e fui guardando.

- cal me acompanha hoje em um lugar? - ela perguntou ainda lavando a louça.- eu vou levar a Emy também mas ela vai ficar na sala de espera.

- ok mas onde você vai? - perguntei curioso.

- fazer o segundo furo na orelha e retocar o cabelo.

- por que não faz em casa? 

-por que doi..

- não, to falando do cabelo.. a gente compra a tinta e o mick faz pra você, ele que pinta o cabelo dele ele pode fazer pra você..

- é o mick parece legal pode ser... eu marco pra furar a orelha outro dia - ela sorriu. - mas vamos fazer isso amanha que hoje é domingo e eu quero descansar.. - ela disse e eu ri.- a materia da escola ta me matando..

- o que é? 

- equação de segundo grau..

- é facil eu te ajudo se quiser

- vou adorar mas preciso de uma aula por semana - ela disse e ri.

- não me importo eu e os meninos demos um tempo nas turnes e shows por enquanto mesmo.

- ok quando vai cobrar - ela disse pegando o guardanapo  secando as mãos.

- nada de graça.. - sorri acho que meio fofo por que ela apertou minhas bochechas

- você é muito fofo calum hood - ela disse me apertando e eu ri e ela logo parou. - podemos começar agora? 

- vai pegar logo seu material - ela sorriu me deu um beijo na bochecha e saio da cozinha logo da casa também. Fui pra sala e me deparei com uma moreninha dormindo no sofá quase babando ri baixo e a peguei no colo levando pra cima  a deitei na cama forada com o edredom de unicórnios me fez lembrar Michael, logo depois desci e alice já estava lá em baixo com sua mochila  nós nos sentamos no sofá e eu comecei a explicar para ela tudo o que ela tinha duvida e o que eu lembrava né, depois de umas duas horinhas nos cadernos e livros escutamos os passinhos da Emy na escada ela veio até nós e nos perguntou o que estávamos fazendo.

- seu irmão estava me ajudando na lição de casa amore..

- hum.. vocês se beijaram?

- Emyli!- chamei sua atenção e ela me olhou confusa ela não sabia de nada.

- de onde você tirou essa ideia amore? - Alice perguntou calma mas corada.

- da minha cabeça - ela disse apontando pra cabeça e eu ri baixo.

- e por que sua cabeça acha isso? - dessa vez eu perguntei.

- por que vocês se gostam e as pessoas se beijam quando se gostam - ela explicou e eu ri   não me contendo. Onde minha irmã aprendeu isso senhor? 

- agente não se beijou Emy e nem vai ok? - Alice disse e minha irmã assentiu meio decepcionada mas logo a animamos falando que iriamos assistir senhor dos anéis eu fiquei assistindo uma parte com ela enquanto alice fez o almoço a comida dela era deliciosa e nossa tarde foi pacata nos estudamos mais um pouco enquanto Emy assistia a t.v quietinha ela não é de dar trabalho no fim da tarde jogamos vídeo game, que nem preciso dizer o quanto ela é boa em mortal kombat. 

Já era de noite pedimos pizza Emmy já tinha tomado banho e se trocado pronta pra dormir por já estar no horário, ela estava na sala sentada no colo de Alice que penteava seu cabelo.

-bom eu vou tomar banho ok? - perguntei me levantando e ela assentiu subi para meu quarto e tomei meu banho, quando sai pus uma box preta uma bermuda e fiquei sem camisa mesmo Alice disse que não se importava , caminhei pra descer e ela estava no quarto da emy abri uma frexa sem que ela percebe e fiquei olhando ela cantava pra minha irmã  eu sorri bobo ao ouvi-lá cantar butterfly fly away de miley cyrus  com certeza era musica quando ela se levantou eu sai do quarto descendo  me jogando no sofá logo depois ela desceu.

- bom eu vou ir tomar banho dai eu volto - ela disse e eu assenti, ela saio e eu fiquei assistindo t.v quando voltou seu cabelo estava molhado e ela estava com um pijama que na verdade era um shorts com tecido leve e uma blusinha solta também com a estampá do pikachu, uma fofura ela também estava com um mochila.

- o que tem ai? - perguntei curioso.

- camisinhas, brinquedos sexuais minhas coisinhas - ela disse e eu tossi ela começou a gargalhar. - minha roupa seu bobo. 

- uau pra uma virgem você é bem safada.

- cala a boca calum - ela disse logo rindo.

- vem calar - disse e a desgraçada veio mesmo. Ela veio até mim e se sentou no meu colo o que me fez gelar  só queela começou a me fazer cosquinhas e eu gargalhei.

- A-Alice p-para - falei entre a risadas, ela ria junto comigo até que caímos do sofá  eu caindo por cima dela mas eu segurei pra não soltar todo o peso em cima dela ela me olhou assustada eu também estava e nos dois estávamos ofegante ficamos um tempo nos encarnado em silêncio eu me perdia em seus olhos castanhos profundos e lindos  começamos a nos aproximas eu estava a centímetros de seus lábios quando a merda da campainha eu iria xingar quem fosse na quela porta, ela se afastou e eu me levantei a ajudei a se leantar e fui até a porta bufando abri e era o carinha da pizza peguei a pizza e pois voltei com o dinheiro assim que entreguei pati a porta na cara porra podia ter chegado em outra hora ou pelo menos uns 3 minutos depois. Levei a pissa pra sala e eu Alice comemos em um silêncio desconfortante no ar, coloquei em mister beem o que nos rendeu boas risadas e nos fez esquecer o que havia acontecido, quer dizer a ela por que eu não vou esquecer de meus lábios ficaram a centímetros dos seus, tão lindos e cobiçados  por mim. Eram quase meia noite quando decidimos dormir.

- bom boa noite cal... - ela disse  se ajeitando no sofá.

- ei dorme na minha cama. - eu disse e ela me olhou negando eu ri.- não comigo lá sua louca.. dorme lá eu durmo no sofá.

- não precisa.

- eu insisto - disse e ela sorriu fraco sem mostras os dentes.

- brigada -eu sorri pra ela subimos eu peguei outro travesseiro no guarda roupa com outra coberta também estava quase saindo do quarto quando ela me chamou. - cal - ela disse e eu me virei logo ela veio até mim me dando um beijo na  bochecha que relou de leve no canto de  minha boca ela se afastou meio corada e eu sorri beijei sua testa.

- boa noite Lice até amanhã durma com os anjos, princesa.

- boa noite até -ela disse sorrindo e eu sai do quarto desci pra sala me ajeitei no sofá e logo dormi também.


Notas Finais


oi minhas amoras.. gostaram? continua? espero vê-las no próximo beijos beijos tata S2 S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...