História A babá do Kwan - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Min_Leeeh

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts V, Família, Kim Taehyung, Taehyung, Triângulo Amoroso
Visualizações 20
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Cheguei, Chegando com um capítulo °^°

Ass: Tia Bolinho

Capítulo 3 - 02.O Inferno


Fanfic / Fanfiction A babá do Kwan - Capítulo 3 - 02.O Inferno

{Min choi On}

Ouvi tudo prestei em cada detalhe.

—Olha eu também perdi minha mãe... Como a minha família inteira, Tive que sobreviver sozinha até hoje. — Olhei ele.

—Eu sei como e difícil... — Fiquei lembrando da minha família e uma lágrima cai do meu olho eu passo o dedo rápido.

—Bem..Quer fazer o que? — Sorrio com um pouco de cara de choro.

Aposto que ele tem tempo para comer alguém — Pensou kwan e logo se expressou com uma simples palavra — Entendo...

O mesmo ignorou o fato de Choi estar quase chorando ao seu lado. E apenas respondeu com simplicidade mas palavras — Comer algo... Estou com muita fome e preciso me alimentar.

O garoto disse se arrumando em uma posição confortável enquanto olhava para o outro lado do local, onde se encontrava a cozinha. E logo abriu a boca para falar mais alguma coisa. — E depois eu vou jogar algo, e daí eu vou andar já que não tenho nada para fazer.

—Okay..Tem algo especial pra comer? — Eu disse respondendo ele. E logo o olhei.

—Quer comer algo especial? Sei lá..algo que seu pai não deixa,..Posso jogar com você? Também gosto de jogar — Disse enquanto sorria e olhava para ele a espera de uma resposta.

{Min Choi Off}


{Park Kwan On}

— Não sei... — Olhei para ela e pensei um pouco.

— Não tenho algo de específico... Ele deixa eu comer quase tudo, então a cozinheira faz para mim. Se for doce sem nozes... Por que sou alérgico. — Disse calmo e me ajoelhei no banco. — Adoraria jogar com você.

Mintira — Pensei logo em seguida e dei um sorriso sem graça. 

—Ha você também e alérgico a nozes — A garota sorrio de forma normal e simpática.

—Somos parecidos em alguma coisa — Pediu a cozinheiras que fizesse algo que Kwan gostasse, e logo olhou o garoto vendo que nem estava interessado no assunto.

—Ha..

pela cara dele e mentira — Ela pensou, e logo olhou a cozinheira com o prato de Kwan pronto. E nem se deu o trabalho de levantar já que a cozinheira havia colocado o prato na frente dele.

—Pode comer ai..Bem eu já volto okay? — Espero que Não tenha nenhuma brincadeira no meu quarto — Ela pensou logo em seguida e se levantou seguindo o seu próprio caminho para o quarto.

— É talvez... — Novamente usando um tom calmo e sereno oque o deixava com um ar pesado e diferente. E me arrumei novamente no banco e olhei para o prato feliz, e comecei a comer ignorando oque ela havia falado, e juntei minhas mãos e agradeço a cozinheira pela comida que ela havia feito. E começo a comer calmamente.

Ela vai viver em um inferno se depender de mim... — Pensei comigo e deu um sorriso sádico e logo após uma gargalhada um pouco alta, e voltei a comer feliz, igual uma criança.

{Park Kwan Off}


{Min Choi On}

Subi para meu quarto e quando abri a porta, um balde de tinta cai sobre mim e eu dou um grito alto pelo susto que havia levado. — AAAAAAAAAAAAAA — Bufei com um pouco de raiva e limpei meus olhos, aproveitando que minhas mãos estavam limpas.

Só o que me faltava — Pensei enquanto coçava meu corpo e revirei os olhos. — Ai não.. Ai NÃO.

Foi correndo do meu quarto até a cozinha, para tirar satisfação do culpado por eu estar banhada a tinta, e estar coçando.

— Quem fez isso? — Disse começando a me coçar mais ainda, já que as coceiras haviam aumentado. — Isso ta ardendo tá...

Começo a tossir e respirei fundo, olhando para Kwan que comia feliz da vida. — Essa brincadeira foi longe de mais garoto.

Enquanto isso na cozinha, o garoto se contorcia setado no banco, segurando o máximo possível a risada, após ouvir o grito alto nada babá vindo do segundo andar. Quando ela já estava na cozinha ele a olhou banhada de tinta e pó de mico, e respirou fundo tentando aliviar a risada presa. E deixou o prato vazio de lado, e deu um pulo do banco olhando ela.

— Não existe limites para brincadeiras... — O garoto disse com um sorriso sádico no rosto e observou o estado da pobre mulher.

— Aliás... Esta mais bonita do que antes... — O mesmo disse em um tom irônico e levantou os braços se fazendo de desentendido.

— Agora aproveite sua tinta e seu pó de mico. — Ele disse saindo da cozinha a passos de dança, diria que contagiantes demais e foi direto para o jardim traseiro da casa, no qual passa seu tempo, e esperava que Choi fosse atrás dele para lhe tacar água. Ou apenas observar ela de cima de uma árvore.

{Min Choi Off}


Notas Finais


Gostaram? Minha escrita é diferente da Leeeh então espero que os agrade assim mesmo!

Beijos de Nutella da Tia bolinho >.< <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...