História A Bagunceira - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ficção Cientifica, Hentai, Lemon, Long-fic, Mpreg, Yaoi
Visualizações 9
Palavras 606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Meu 100or. Finalmente saiu cara! To sem palavras.
Pera...
Aaahhh eu vo viver!!! Kassandra não vai mais me matar!
Uuuhhhuuulll.
E perdão. Sei que a sinopse ta uma bosta. Sorry. Juro q irei arrumar assim que possível, assim como a capa.
Bem... Até la embaixo.
Boa leitura! Espero que gostem.

Capítulo 1 - Introdução


Há alguns anos, mais precisamente, 75 anos atrás, a humanidade passou a ser dividida/classificada em Alfas, Ômegas e Betas.

Isso aconteceu por causa de fatores climáticos e tensões políticas. Vários cientistas, de diversos países, temendo uma grande guerra que poderia dizimar a humanidade, decidiram criar um gene mais forte.

Após anos de muitas pesquisas, cientistas brasileiros, aliados com norte-americanos, conseguiram criar um gene que prometia isso. 

O gene ABO. 

Esse gene prometia transformar os genes humano de forma que sua força e resistência se tornassem superiores. Além de ter, de certa forma, maior controle quanto o crescimento populacional.

O gene foi inserido através de uma vacina, disponibiliza gratuitamente para a população mundial.

O que eles não contavam, é que o sistema imunológico de algumas pessoas não aceitaria o novo gene, resultando na morte de 5% da população. Mesmo assim, o experimento foi considerado um sucesso.

Alfas, Ômegas e, uma pequena parcela da população, Betas.

Alfas: Possuem cio num intervalo de 6 meses.

Ômegas: Possui cio num intervalo de 3 meses.

Betas: A princípio, não tinham cio. E nem eram pra ter.


Porém, com o passar dos anos, algo aconteceu no gene responsável por conceder às, poucas, pessoas as características de um Beta. As alterações foram o surgimento de um ciclo de cio, de 4 em 4 meses, e, anos mais tarde, a possibilidade de serem marcados. 

Um sistema quase perfeito, não fosse a, considerada pequena e indesejada, alteração nos genes do Betas. 

Então, conforme o tempo passava, uma parcela considerável da população começou a desenvolver um preconceito em relação a eles, aos Betas. 

Começaram a ser considerados impuros, uma mistura, algo indesejado.

Um erro. Uma mutação inútil, que nem deveria existir. 

Claro, não foram todos, mas uma grande parte, sim.

Passados 50 anos, os cientistas decidiram fazer mais pesquisas e experimentos. Dessa vez, relacionado a Híbridos. 

O resultado veio 7 anos depois, com o nascimento de Jyn, uma híbrida. Meio humana e meio gato.

Foram escolhidos felinos para esse experimento, pois foi provado que era uma espécie melhor e mais adequada para tal feito. Mais fácil de manipular os genes e, portanto, realizar o projeto em questão. 

Mais uma vez, considerado uma sucesso e grande avanço, logo foram sendo feitas alterações e, 3 anos depois, sendo posto ao alcance da população. Sendo possível compra-los ou... Encomenda-los. 

Mas somente as pessoas mais ricas conseguiam, pois eram caros.

Encomendar um híbrido passou a ser a opção mais escolhida, pois eram feitos a partir de suas especificações, ficando do jeito que as pessoas queriam. Quase como "um bichinho perfeito". Era adestrados, treinados conforme o "dono" quisesse. Seja para ser fofo e dócil ou não. Em casos extremos, chegavam a ser castrados. 

Porém,  era trabalhoso, alem de caro e cruel. Os híbridos que "não dessem certo", era, em geral, morto e descartado. Não teriam utilidade, já que cada vez mais as pessoas queriam encomenda-los.

Mas não durou muito. Muitas pessoas acharam cruel demais, e entraram na justiça, pedindo que esse comércio parasse imediatamente. 

Isso, aliado aos altos custos para realizar tal ato, causou o término do comércio e das pesquisas sobre. Sendo assim, o projeto fora abandonado. 

Essas não foram as únicas mudanças ocorridas ao decorrer dos anos. Algumas cidades brasileiras, não estado muito contente com seus respectivos nomes, pediram autorização para mudar.

E assim foi concedido. Várias cidades tiveram seus nomes trocados. E até mesmo estados entraram com esse recurso. 

Sendo assim, o nome antigo de nossa cidade não interessa mais. Apenas devem saber que é Carpe Diem.

Assim foi estabelecido, e assim é até hoje. E provavelmente permanecerá assim.

-Muito bem, aqui termina nossa aula. Sejam bem vindos a mais uma ano escolar! Espero que o último de muitos aqui. Até a próxima aula. Dispensados.





Notas Finais


Olá novamente.
Gente, sério. Perdão. Sei que não está tudo aquilo. Juro que vou tentar melhorar ao longo dos próximos capítulos.
Sabem... Admito que sou totalmente inexperiente nesse ramo de long fic. Perdão.
Decidi começar com essa pois já estava a bastante tempo trabalhando nela.
-É a sua primeira long fic?
Sim.
-E você começa logo com uma ABO?? Ce é doida guria.
Sim, eu sou mesmo. Vlw.
Enfim.
Espero que tenham gostado, e eu juro que tentarei melhorar ao longo dos capítulos.
Mas eu preciso da ajuda de vocês!
Por favor, não sejam Ghosts. Um comentário, sendo crítico ou não, é bom, sem comentar que me ajuda muito. E eu ainda sei a opinião de vocês quanto a estória. Por favor, comentem o que acharam. Vão me ajudar muito.
Aish! Falei demais.
Enfim, espero que tenham gostado.
Beijos mashmallows. '3"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...